20 fatos curiosos que você provavelmente não sabe sobre a Disney

Por
Atualizado em 26.11.20

Os parques da Disney proporcionam experiências mágicas para pessoas de todas as idades. É tudo tão incrível que muitas vezes não conseguimos perceber muitas das coisas que estão ao nosso redor. Nessa lista, você vai descobrir uma série de fatos curiosos sobre o complexo de parques da Disney e vai entender como a mágica acontece.

Publicidade

1. O Magic Kingdom fica no segundo andar

Quando você passeia pela Main Street, na verdade está andando no segundo andar do parque. Existe uma verdadeira cidade abaixo do Magic Kingdom! Formada por diversos túneis, ela funciona como uma rede de locomoção dos funcionários e conta com vestiários, restaurantes, salas de maquiagem, salas de descanso, entre outras coisas. Ao contrario do que possa parecer, os túneis não são subterrâneos. Como a Flórida fica ao nível do mar, os engenheiros construíram essa estrutura ao nível do mar e, somente depois, iniciaram a construção do parque, no segundo andar.

2. Existe um quarto no topo do castelo

Quase ninguém sabe, mas é possível se hospedar no famoso castelo da Cinderela. Uma suíte de luxo fica no topo da edificação e foi projetada pelo próprio Walt Disney, que desejava ter um quarto exclusivo para sua família. No entanto, Disney faleceu antes que a obra ficasse pronta e a administração acabou utilizando o espaço como escritório durante décadas. Isso mudou em 2005, quando a vontade de seu criador virou realidade. Hoje, somente convidados podem se hospedar no castelo. A lista restrita inclui famosos, grandes empresários e pessoas carentes.

3. Descanso em paz

A curiosidade é um pouco mórbida e pode fazer você ter calafrios em alguns passeios: embora não seja permitido, é muito comum famílias jogarem cinzas de entes queridos em brinquedos do parque. Pensando pelo lado bom, esse sem dúvidas será o descanso mais feliz da terra.

4. Você não vai conseguir comprar chicletes

Uma das maiores preocupações da administração dos parques é com a manutenção da limpeza. Por isso, nenhum local dentro dos parques pode vender chicletes, evitando assim que eles acabem grudados em bancos, mesas ou no chão.

5. A fórmula dos 30 passos

Se a limpeza é prioridade, a melhor arma contra a sujeira é manter muitas lixeiras em todos os cantos. Por isso, não importa em qual lugar do parque você está: nunca serão necessários mais do que 30 passos em qualquer direção para encontrar uma lata de lixo.

6. Diversas atrações originais ainda funcionam

No Magic Kingdom, 14 brinquedos inaugurados na abertura do parque, em 1971, ainda funcionam. São eles: “Country Bear Jamboree,” “Dumbo the Flying Elephant,” “Frontierland Shootin’ Arcade,” “Jungle Cruise,” “Peter Pan’s Flight,” “Prince Charming Regal Carrousel,” “Swiss Family Treehouse,” “The Hall of Presidents,” “The Haunted Mansion,” “Tomorrowland Speedway,” “Walt Disney World Railroad,” “Walt Disney’s Enchanted Tiki Room,” “It’s a Small World” e “Mad Tea Party”, as famosas xícaras.

7. Mickeys secretos

Nem todo mundo sabe, mas os parques da Disney e seus resorts têm milhares de Mickeys escondidos. Eles aparecem em todos os cantos e fazem a busca pelos “Hidden Mickeys” uma das brincadeiras mais divertidas entre os frequentadores do parque. O assunto é levado tão a sério que existem sites, fóruns de discussão e aplicativos dedicados exclusivamente ao passatempo.

8. Os primeiros ingressos custavam U$1!

Hoje, um ingresso para parques da Disney custa cerca de U$100, mas quando o Magic Kingdom foi inaugurado seu ingresso custava apenas U$3,50 para adultos, U$2,50 para adolescentes de até 17 anos e U$1 para crianças de até 11 anos!

Publicidade

9. Visite uma atração da Feira Mundial de 1964

Em Tomorrowland existe um brinquedo chamado Walt Disney’s Carousel of Progress – o Carrossel do Progresso. Ele é ignorado por grande parte dos turistas e quase nunca tem filas, mas sua história é tão mágica quanto todo o resto do mundo de Disney. O brinquedo é um teatro giratório projetado pelo próprio Walt Disney para a Feira Mundial de Nova Iorque de 1964, mesma feira que, em 1937, presenteou o mundo com a Torre Eiffel, em Paris. O teatro é interpretado por robôs (ou, como Disney chamava, “Animatronics”) vivenciando a evolução da tecnologia desde a invenção da lâmpada até o século 20, com realidades virtuais previstas com maestria por Disney na década de 60. Impossível sair do brinquedo sem seguir cantarolando seu tema ao longo do dia: “There’s a great, big, beautiful tomorrow shining at the end of every day…”

10. Existem aromatizadores por todos os cantos

Para te colocar dentro da magia, a Disney abusa dos quatro sentidos. Dando uma voltinha na Main Street, você sentirá cherio de biscoitos no forno e baunilha fresca, dentro do brinquedo Piratas do Caribe, é o cheiro do mar que invade o local. Na Spaceship Earth, o globo do Epcot, o cenário da Roma Antiga traz cheiro de madeira serrada.

11. 900 toneladas de peru

Anualmente, os frequentadores do parque consomem cerca de 900 toneladas de Turkey Legs, as coxas gigantescas de peru.

12. O pesadelo dos óculos de sol

A Disney é praticamente um cemitério de óculos de sol: todos os dias mais de 200 óculos de sol são entregues ao departamento de Achados e Perdidos.

13. O chão colorido deixa as fotos mais bonitas

Você pode achar que o chão colorido das áreas temáticas está lá apenas para ambientar o local, mas ele é resultado de um estudo feito pela Disney e pela Kodak. Eles descobriram que as cores do chão, quando refletidas pela luz solar, deixam a iluminação mais confortável e adequada ao ambiente, também fazendo com que as fotos fiquem muito mais vívidas.

14. A Disney movimentou o congresso para decorar o Hall dos Presidentes

Só existem três selos presidenciais: um fica na Sala Oval, escritório oficial do presidente dos Estados Unidos, o outro junto ao Sino da Liberdade, na Filadélfia e o último no chão do Hall of Presidents, no Magic Kingdom.

15. Palmeiras-robô

As palmeiras futuristas de Tomorrowland se dobram durante a noite e são abertas novamente sempre que o sol nasce.

16. O Epcot foi projetado para ser uma cidade

Walt Disney comprou a grande área em Orlando para criar uma cidade inteligente. Esse era o conceito original do EPCOT (Experimental Prototype Community of Tomorrow). A ideia era a construção de uma comunidade futurista, com espaço para abrigar 20 mil habitantes, mas o projeto foi abandonado com a morte de Disney e acabou se transformando em um parque temático anos depois. Parte dos planos originais podem ser observados no brinquedo PeopleMover, no Magic Kingdom.

17. Ainda há muito espaço no Epcot

Enquanto caminha no parque, você pode acreditar que não existe mais espaço para mais países, porém, existem espaços reservados para 8 novos pavilhões.

Publicidade

18. Rose and Crown

No pavilhão do Reino Unido, o “Rose and Crown” representa as duas palavras mais utilizadas em nomes de pubs ingleses.

19. Aquário gigante

O aquário do The Seas é tão grande que a Spaceship Earth, o icônico globo do Epcot, poderia caber inteiro dentro dele.

20. Hieróglifos futuristas

Olhe com atenção para os hieróglifos na área do Indiana Jones na The Great Movie Ride. Você encontrará o C-3PO, o R2-D2, além de Mickey e Donald.