8 pontos que devem ser considerados para escolher a localização do hotel/hostel

Por
Atualizado em 11.10.23

Na hora de planejar sua viagem, algumas questões são muito importantes, e uma das principais certamente é a localização de seu hotel ou hostel, pois isso pode impactar diretamente em seu roteiro e em seu planejamento financeiro.

Publicidade

É claro que dicas de amigos sobre locais de hospedagem são bem vindas, mas é importante considerar o tipo de viagem que você vai fazer, com quem vai, quanto planeja gastar entre outros. Confira abaixo oito pontos que devem ser considerados na hora de selecionar onde ficar em casa cidade.

1. Roteiro

Antes de selecionar seu hotel, pense nos pontos turísticos mais importantes para a sua visita. Mesmo que você esteja em um bom hotel e com preço acessível, a viagem pode se tornar um pouco complicada se você não estiver em um local de fácil acesso. Quanto maior o número de pontos a visitar perto de sua hospedagem, melhor. Economia de tempo e de dinheiro com deslocamento.

2. Segurança

Em qualquer cidade do mundo, a preocupação com segurança é real. Mesmo nos locais considerados mais tranquilos, existem pontos que podem ser evitados para tentar se prevenir de possíveis roubos. Uma rápida pesquisa na internet pode ajudar você a descobrir se o seu hostel ou hotel está em uma área segura. Além disso, não deixe de conferir a opinião de outros hóspedes sobre esta questão em sites de viagem, para saber se, além do entorno, o próprio local é seguro para deixar seus pertences e aproveitar seu dia tranquilamente.

3. Vida noturna

 Pixabay

Pixabay

A vida noturna é outro ponto importante para se considerar, e aqui a dividimos em duas partes: os viajantes que desejam um lugar com vida noturna agitada e aqueles que querem ficar em um local mais calmo. Se sua viagem é entre amigos e você curte uma boa balada, nada melhor do que estar a poucos passos de bons locais para ir e voltar. Mas, se você quer algo mais calmo, pesquise bem a região para não sofrer com noites mal dormidas em suas férias.

4. Alimentação

Muitas vezes, um local que é perfeito de dia pode ser completamente abandonado durante a noite. A questão da alimentação acessível é bem relevante e saber se você terá boas opções por perto, abertas em diferentes momentos do dia, é crucial para seu bem estar na viagem — até porque, depender de caros itens de frigobar ou da limitada cozinha de um hotel pode não ser a melhor ideia.

5. Ônibus e metrô

Cidades pequenas podem ser percorridas a pé, mas, nas grandes cidades, boas alternativas de deslocamento são cruciais. Muitas vezes, um hotel ou hostel podem estar fora dos principais pontos turísticos, mas oferecer bons acessos através de ônibus e metrô, o que compensa sua localização. Vale lembrar que hospedagens fora dos pontos mais centrais também costumam ter preços mais em conta, o que pode ajudar na hora de calcular os custos da viagem.

6. Tipo de viagem

 Pixabay

Pixabay

Qual será o estilo de sua viagem? Em família, com amigos, de casal? Essas questões também influenciam a escolha de um local para se hospedar, já que faz com que você leve em conta todos os aspectos que citamos nessa lista. Com crianças, por exemplo, o melhor é ficar em locais mais tranquilos e com bons lugares para comer e fazer compras por perto. Mas, entre amigos, acabamos sempre nos aventurando mais e curtindo lugares mais agitados.

7. Época do ano

 Pixabay

Pixabay

A época do ano também é uma questão a ser pensada na hora de selecionar seu hotel ou hostel, já que alguns pontos da cidade podem ficar muito mais movimentados no verão, ou podem ser pouco acessíveis no inverno. Optar por um local longe de pontos de ônibus e estações de metrô durante épocas muito frias ou muito quentes, por exemplo, pode ser uma má ideia, fazendo com que você ande bastante em temperaturas nada agradáveis.

8. Financeiro

 Pixabay

Pixabay

É claro que ficar em um hotel com vista para o principal ponto turístico da cidade pode ser muito mais caro do que um pequeno hostel longe do centro. Por isso, é preciso balancear bem a equação “localização X preço”. Além disso, é preciso questionar se você realmente vai utilizar todas as atividades que o hotel oferece e se vale a pena gastar mais em hospedagem ou deixar mais dinheiro na conta para gastar na cidade.

Todos estes pontos citados caminham juntos na hora de você selecionar o melhor local para se hospedar durante sua viagem. Vale lembrar que opiniões de outros hóspedes são bastante importantes, e que você também pode passear pela vizinhança, usando recursos como o Google Street View, para conhecer bem onde vai ficar. E boa viagem!