12 cidades históricas brasileiras que merecem uma visita

Escrito por Joyce Bandeira

Uma experiência incrível onde a nossa história é contada através de ruas de pedras, casarões coloniais e igrejas centenárias. Belas paisagens e cenários naturais mantem vivas a herança dos colonizadores nas cidades históricas brasileiras.

1. Paraty – RJ

A arquitetura colonial de Paraty hoje é considerada um Monumento Histórico Nacional. No centro histórico os carros são proibidos e os turistas precisam se aventurar entre as ruas de pedras irregulares da cidade fundada em 1667, em torno da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios. Além de encantadores passeios de barcos e visitas aos casarões coloniais, o evento literário mais importante do Brasil, a FLIP, também acontece todos os anos no local.

2. Petrópolis – RJ

Dom Pedro II ficou encantado com o clima ameno da região serrana do Rio de Janeiro e fez de Petrópolis sua morada de verão. O casarão com arquitetura imperial e muita vegetação natural atualmente é conhecido como Museu Imperial e abriga relíquias e historias de seu segundo reinado.

3. Ouro Preto – MG

Seu cenário é tão lindo e único que foi tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Um conjunto arquitetônico repleto de historia se mistura com o movimento das muitas repúblicas estudantis que agitam a cidade, principalmente no Carnaval. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Pilar impressiona por riqueza de detalhes que incluem as três fases do movimento barroco mineiro.

4. Tiradentes – MG

A cidade é um livro de historia a céu aberto, pois fez parte do Ciclo de Ouro de Minas Gerais. Além de ser uma das cidades históricas mais bem conservadas do país, a alta gastronomia, restaurantes estrelados e pratos que valorizam a culinária mineira também encanta turistas que visitam Tiradentes.

5. São João Del Rei – MG

Seu Centro Histórico reflete a colonização portuguesa, principalmente por suas construções coloniais. Não deixe de incluir no roteiro a Ponte da Cadeia e as igrejas Nossa Senhora das Mercês e São Francisco de Assis. A ferrovia da cidade está entre as mais antigas da história do Brasil e nunca parou de funcionar desde sua inauguração.

6. Antonina – PR

Localizada na Baia de Paranaguá, a cidade portuária de Antonina preserva a história dos garimpeiros de outro, no inicio do século XVIII. O tradicional carnaval da cidade acontece em meio à arquitetura colonial e belíssimas paisagens naturais. Percorrer o trajeto da Estrada da Graciosa é um passeio imperdível para qualquer turista que visita da cidade.

7. Olinda – PE

O centro histórico desta cidade fundada em 1535 também foi tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade. Muitos prédios foram restaurados após a invasão holandesa durante o século 18 e estão abertos à visitação até hoje. Suas ruas estreitas recebem milhões de fólios todos os anos para o carnaval e a Igreja do Carmo é considerada a mais antiga igreja carmelita do Brasil.

8. São Cristóvão – SE

Com forte influência espanhola em seu conjunto arquitetônico, São Cristóvão foi a capital de Sergipe até 1855. Com mais de 400 anos de existência, seu Centro Histórico continua charmoso e muito bem preservado. A Praça de São Francisco também oferece diversas atrações para os turistas e foi tombada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 2010.

9. São Luiz do Paraitinga – SP

Essa pequena cidade paulista é formada por casas construídas entre os XVIII e XIX. Mesmo com as devastadoras enchentes que destruíram parte das charmosas construções arquitetônicas há seis anos, a cidade soube se reinventar e seguir encantando turistas com atrações especiais, como a Festa do Divino.

10. São Miguel das Missões – RS

Até o final do século XIX, a colonização portuguesa não se interessou pelo sul do País, por isso registros históricos são raros na região, mas a grandiosidade das ruínas do sítio arqueológico de São Miguel das Missões prova que incluir este lugar no roteiro vale muito a pena.

11. São Francisco do Sul – SC

Fundada em 1504, a cidade é a mais antiga do Estado e preserva uma mistura arquitetônica com influências espanhola, africana e francesa. O seu Centro Histórico é encantador e o Museu Nacional conta toda a história desta cidade portuária.

12. Cidade do Goiás – GO

Mesmo sendo palco de uma das mais tradicionais festas religiosas, a Processão do Fogaréu, e atrativa por seus gigantescos parques aquáticos, a cidade ainda é pouco conhecida por turistas. O Centro Histórico com construções do século XVIII preserva traduções culturais seculares e a inconfundível arquitetura barroca.

PARA VOCÊ