Cracóvia: conheça as principais atrações deste destino polonês

Escrito por Sheila Almendros

A Cracóvia é um dos destinos mais bonitos da Polônia, e possui atrações históricas com arquitetura medieval intacta, já que a cidade foi uma das poucas da região poupada de ataques durante a Segunda Guerra Mundial. É possível conhecer um pouco do papel da Cracóvia durante a guerra no filme “A Lista de Schindler”, e também em seus museus e monumentos que narram a trajetória da cidade.

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

Como chegar

A Cracóvia fica no sul da Polônia, fazendo fronteira com a República Tcheca. Não há voos diretos partindo do Brasil até o Aeroporto Internacional John Paul II, mas é possível fazer conexões em outros países até o destino, como Irlanda, Espanha e Alemanha.

15 coisas para se fazer em Cracóvia que não podem faltar em seu roteiro

Conheça as principais atrações em Cracóvia, variando entre construções históricas, museus, atividades culturais, entre outras opções:

1. Muralhas da Cracóvia

Construída no final do século XIII, as Muralhas da Cracóvia receberam diversas reformulações ao longo dos anos, até se transformarem em uma fortificação de três metros de grossura e 39 torres. Hoje só há um fragmento de 200 metros desta estrutura, onde há uma exposição sobre as antigas fortificações, e também o portão St. Florian, junto com as torres de Barbacã e dos Carpinteiros. A atração funciona de abril a outubro, todos os dias, das 10h30 às 18h. Os ingressos custam a partir de 6zł.

2. Portão St. Florian e Barbacã e Torre dos Carpinteiros

A visita às três construções remanescentes fazem parte do mesmo ingresso das Muralhas da Cracóvia, e é um plus à experiência de conhecer de pertinho uma construção medieval original e intacta. É possível percorrer alguns andares de cada edifício, subir ao topo para conferir a vista da cidade, e tirar muitas fotos.

3. Collegium Maius

A antiga Universidade de Cracóvia se transformou no Museu da Universidade Jagellonia, e abriga uma extensa coleção de instrumentos históricos utilizados na astronomia, meteorologia, cartografia, física e química. Aproveite para apreciar os arcos do pátio e seu relógio ao centro: a cada duas horas, um peculiar desfile de esculturas de madeira alegra o ambiente.

4. Rynek Główny (Praça Central)

A maior praça da Polônia possui uma grande concentração de atrações em seu entorno. As mais conhecidas são a Basílica St. Mary, construída no século XII e repleta de lendas em volta de sua existência, o Grande Mercado Coberto, com diversas lojas de roupas e souvenirs, a Igreja de St. Adalbert, uma das construções de pedra mais antigas da Polônia, a Torre da antiga prefeitura, que durante o verão abre para a visitação pública, e a Eros Vendado, uma escultura oca assinada por Igor Mitoraj, inspirado em personagens da mitologia grega e romana.

5. Castelo Wawel

Quando a Cracóvia ainda era a capital da Polônia, os reis faziam moradia no Castelo Wawel, uma majestosa construção gótica e renascentista construída em cima da colina homônima, às margens do rio Vístula. Atualmente, o local abriga um complexo de atrações, como a Catedral de Wawel, o Museu Catedralício João Paulo III, a Caverna do Dragão, uma gruta com túneis de 270 metros de longitude, e o Palácio Real. Os valores dos ingressos e funcionamento das demais atrações podem variar de acordo com a temporada.

Continua após o anúncio

6. Planty

O Planty é o pulmão verde da cidade, que cerca o centro antigo da Cracóvia, construído no lugar das antigas Muralhas. O parque possui 21 hectares, com diversos jardins e muitas árvores, recebendo diariamente turistas e moradores para relaxar e praticar atividades físicas.

7. Ulica Grodzka

A Ulica Grodzka é a rua mais antiga da Cracóvia, responsável por ligar o centro antigo ao Castelo de Wawel. Além de ser a rota real, utilizada pelos monarcas para circular entre a região norte e sul da cidade, também foi (e ainda é) um grande ponto comercial. Aproveite a visita para conhecer a Igreja de Santo André, e as inúmeras lojas, restaurantes e bares espalhados por sua extensão.

8. Plac Bohaterów Getta

A praça Bohaterów Getta é conhecida por ser o local onde os judeus eram agrupados antes de partirem para os campos de concentração durante a Segunda Guerra. Eles eram obrigados a deixar seus pertences para trás, e as 68 cadeiras vazias espalhadas pela área representam exatamente essas bagagens abandonadas, as quais nunca retornaram aos seus donos. Por ali também há um pedacinho conservado do Muro do Gueto, que existia na cidade para segregar os judeus dos demais moradores.

9. Kazimierz

Este antigo bairro judeu da Cracóvia foi totalmente abandonado e destruído após a Segunda Guerra Mundial, mas após as gravações do filme A Lista de Schindler, o local passou a receber doses homeopáticas de revitalização. Hoje ele se tornou uma das regiões mais populares e boêmias da cidade, pois concentra um grande número de baladas, bares e restaurantes bastante frequentados por moradores e turistas.

10. Museu Oskar Schindler

A história desta fábrica de panelas se popularizou com o filme “A Lista de Schindler”, e não é para menos: foi por intermédio dela que seu dono, um homem de negócios chamado Oskar Schindler, conseguiu poupar mais de mil judeus do extermínio. A fábrica foi convertida em museu e os ingressos são vendidos a partir de 18zł (exceto às segundas, que a entrada é gratuita), e o horário de funcionamento também pode variar de acordo com a temporada.

11. The Cloth Hall

Um bom local para compras na Cracóvia é o The Cloth Hall. O edifício antigo com arquitetura renascentista recebeu uma boa restauração no final do século XIX para receber inúmeros comerciantes. Aproveite o passeio para admirar toda a estrutura e também para garantir lembrancinhas da viagem.

12. Kraków Opera

Fundada após a guerra em 1954, a Ópera de Cracóvia é uma boa opção para quem gosta de fazer uma imersão na cultura local. O prédio moderno recebe diversas peças tradicionais da Polônia, e também do mundo inteiro. Turistas que já passaram por lá garantem que a experiência é perfeita, e o preço é bem mais justo que de outras casas de óperas europeias. Confira a programação da casa e reserve uma data durante a sua viagem para ver de perto um musical orquestrado.

13. Remuh Synagogue

A única sinagoga que ainda está atualmente em funcionamento recebeu o nome do filho de seu fundador, que foi um importante astrônomo, historiador, filósofo e geômetra da época. Sua simplicidade é encantadora, tendo como principal atração o antigo cemitério, com diversas lápides com inscrições em hebreu, conservadas mesmo depois da destruição nazista. A entrada custa 5zł e o horário de funcionamento varia com a temporada, mas ela fica fechada aos sábados e em feriados judaicos.

14. Benedictine Abbey

Pertinho da Cracóvia está Tyniec, a cidade que abriga a Benedictine Abbey. Há centenas de opções de tours vendidas no centro antigo para conhecer o local, de bondinho a bicicleta. Inicialmente o edifício foi erguido para abrigar um mosteiro, e ao longo dos anos, ele foi destruído e reformado inúmeras vezes. O horário de funcionamento do Benedictine Abbey é das 9h às 17h, todos os dias da semana.

15. Lost Souls Alley

Já ouviu falar no Escape 60 aqui no Brasil? O Lost Souls Alley tem a mesma pegada: você participa de um jogo ambientalizado, com enigmas a serem descobertos em um tempo específico, e tudo é tão real que surpreende! Nesta versão polonesa, conte com muitos sustos, e no final da experiência, confira os registros feitos pela equipe durante a sua jornada. Uma atividade bem diferente que vai adicionar muita diversão à sua viagem.

A Cracóvia oferece atrações diferenciadas, capazes de agradar todos os tipos de viajantes!

Vídeos sobre Cracóvia com dicas e curiosidades

Tome nota das dicas adicionais dos vlogueiros a seguir. Assim a sua viagem se tornará ainda mais completa:

1. Mochilando na Cracóvia

Neste vídeo você vai percorrer o itinerário de Varsóvia até a Cracóvia com o mochileiro, conferir imagens dos principais pontos turísticos, conhecer as comidinhas típicas, entre outras novidades.

2. Dez coisas para fazer em Cracóvia

Confira imagens dos dez pontos turísticos mais populares da Cracóvia, e como curtir cada um deles durante a sua viagem.

3. O que fazer na Cracóvia

Além dos pontos turísticos fundamentais em seu roteiro, conheça também opções de onde e o que comer na Cracóvia.

Além de conhecer a Cracóvia, que tal incluir a Varsóvia em seu roteiro durante a viagem à Polônia? Certamente você não se arrependerá!

 
   

PARA VOCÊ