13 dicas para ser um viajante mais consciente e ético

Escrito por Sheila Almendros

Uma viagem não implica em somente desbravar novos lugares, é também encontrar desafios, conhecer novas culturas, costumes e fazer de tudo isso um crescimento pessoal, um enobrecimento. Mas é importante destacar algumas atitudes simples que devem ser encaradas até como mandamentos, para que esta experiência seja divertida de forma ética e consciente.

Continua após o anúncio

1. Leve somente o que conseguir carregar

iStock

iStock

Não é legal dar trabalho para os outros durante uma viagem. Leve o que você poderá dar conta sozinho, seja com suas próprias mãos ou o que aguenta empurrar com a ajuda de um carrinho. Mas nunca faça suas malas contando com braços de terceiros para carregarem suas coisas.

2. Não faça com o seu vizinho de poltrona o que não gostaria que fizessem com você

iStock

iStock

Isso inclui uma série de coisas, entre elas: ligar a luz ou abrir a janela quando o outro está tentando dormir, ou dormir sem apoio algum e escorregar para o ombro do vizinho, apertar as pernas da pessoa de trás ao inclinar a sua poltrona até o fim… Coloque-se no lugar do outro antes de fazer qualquer coisa.

3. O bagageiro é um direito de todos

iStock

iStock

Se você entende bem o item 1, isto não será um problema para você, certo? Mas todo mundo precisa guardar sua bagagem de mão, portanto, tenha isso em mente antes de enfiar 10 coisas no compartimento, e de qualquer jeito, achando que aquele espaço foi reservado exclusivamente para você.

4. Gentileza e educação são bem-vindos em qualquer lugar

iStock

iStock

… e em qualquer circunstância. Dar passagem para alguém, abrir a porta para a pessoa passar, oferecer um sorriso junto com um “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”, agradecer sempre que for servido ou quando alguém for gentil e ser pontual nunca é demais e todo mundo gosta.

5. Pesquise a cultura e os costumes de seu destino

iStock

iStock

Isso evita muitas bolas foras e saias justas. Muitos lugares têm costumes diferentes dos nossos e que merecem ser respeitados e, para isso, você precisa estar ciente deles.

6. Use a regra do consumo consciente

iStock

iStock

Evite deixar luzes acesas inutilmente e desperdiçar água com banhos longos e torneiras abertas. Mesmo que o lugar visitado não esteja passando por uma crise, vale a pena fazer a nossa parte para zelar o meio ambiente.

7. Seja responsável por todas as suas coisas

iStock

iStock

Não é legal com quem cuida da limpeza de suas acomodações encontrar todas as suas coisas jogadas por todo o quarto. Tente manter tudo guardado em lugares específicos, até mesmo para facilitar as coisas para você quando quiser encontrá-las. Isso vale principalmente para sacolas de compras.

8. Tenha em mente a lei do retorno

iStock

iStock

Isso faz muito sentido para o tópico anterior. Facilitar as coisas para os outros contribui para que também facilitem as coisas para nós. Como diz o velho ditado “gentileza gera gentileza”, então, que sejamos gentis e educados com todos para que recebamos o mesmo em troca.

9. Obedeça as leis, sejam elas civis ou de trânsito

iStock

iStock

Qualquer pessoa com bom senso segue esta regra à risca, não é mesmo? Se temos regras em nossa própria casa e gostamos que sejam respeitadas, imagine em outro país?

10. Respeite o espaço alheio

iStock

iStock

Não seja aquele folgado inconveniente que não sabe os seus limites. Isso vale quando nos hospedamos na casa de outra pessoa ou quando conhecemos pessoas durante a viagem. Entre somente se for convidado, não use as coisas de outros sem permissão ou sem que ofereçam e respeite caso ouça o “não” de alguém. Ninguém é obrigado a nada.

11. Não fure filas

iStock

iStock

Em nenhum lugar, sob nenhuma circunstância. É feio, vergonhoso e demonstra total falta de respeito.

12. Seja discreto

iStock

iStock

Essa é uma forma muito pontual de respeitar o espaço do próximo. Evite discussões em público, se exaltar por coisas bestas (como ficar aos gritos em supermercados, chamando a família e amigos porque viu um preço barato) e fazer perguntas constrangedoras para pessoas que acabou de conhecer. Quanto mais discrição, melhor.

13. Lixo no lixo

iStock

iStock

E quando houver latas específicas para certos tipos de produtos, respeite a divisão e descarte o lixo no local correto. Mais uma vez, o meio ambiente agradece.

 
   

PARA VOCÊ