Genebra: dicas para curtir a mais cosmopolita cidade da Europa

Escrito por Flávia Resende

Quem visita a Suíça não pode deixar de conhecer Genebra. A cidade é mais conhecida por conter sedes de empresas, corporações internacionais e centros diplomáticos, mas atrai pessoas de várias partes do mundo também a lazer.

Lá você encontra várias atividades interessantes para fazer e atrações para conhecer. Ao andar por suas ruas, é bem comum ouvir vários idiomas sendo falados, pois ela é um grande ponto de encontro de culturas. Conheça mais e se apaixone!

Mapa de Genebra

Genebra é a capital do Cantão da Suíça e é a segunda maior cidade do país (atrás apenas de Zurique), ficando a 168 quilômetros de Berna. Ao voar do Brasil, a chegada é no Aeroporto Internacional de Genebra, que fica a cinco quilômetros do centro da cidade. Para quem está saindo de Zurique, a viagem de trem até Genebra custa 40 CHF (francos suíços) e dura três horas.

O que fazer em Genebra

Está pensando em conhecer Genebra e ainda não sabe quais são as principais atrações da cidade? Elaboramos uma lista com 10 sugestões de atrações para você. Confira.

1. Jet d’Eau

A fonte Jet d’Eau é um dos marcos de Genebra. Com 140 metros de altura, está localizada no Lago de Genebra, em frente aos calçadões da cidade. Os visitantes podem dar uma volta de quase 360º em torno dela enquanto passeiam pelos calçadões. Os turistas ficam encantados com a água subindo a 140 metros de altura a uma velocidade de 200 km/h.

Datada de 1886, a construção não seria uma fonte, pois foi somente criada para liberar a pressão de uma estação de água. Como a ‘fonte’ foi atraindo cada vez mais visitantes, ela foi transferida para um local de melhor localização e ganhou uma bomba com mais capacidade.

  • Endereço: Quai Gustave-Ador, 1207.

2. Muro dos Reformadores

O Muro dos Reformadores, localizado no Parque dos Bastiões, homenageia com quatro grandes estátuas os principais nomes da Reforma Protestante no século XVI: John Calvin, William Farel, Théodore de Bèze e John Knox. O monumento foi idealizado pelos artistas franceses Henri Bouchard e Paul Landowski com estátuas de cerca de 99 metros de comprimento e nove metros de altura, ladeadas por estátuas menores de importantes protestantes, inscrições e baixos-relevos.

O monumento fica no terreno da Universidade de Genebra, que foi fundada por John Calvin, e foi construído para comemorar o 350º aniversário do início da universidade e o 400º aniversário do nascimento de Calvin.

  • Endereço: Prom. des Bastions 1, 1204.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas por dia.

3. Palácio das Nações

O Palácio das Nações foi construído entre 1929 e 1937 e fica localizado no Parque Ariana. Foi a sede da Liga das Nações até 1946 e depois foi ocupado pela Organização das Nações Unidas. Em 1966, tornou-se a Sede Europeia das Nações Unidas.

Só é permitido adentrar o castelo com visita guiada, que leva a espaços onde é possível observar a arquitetura, o Hall da Assembleia (onde a Assembleia Geral da ONU se reúne) e a Câmara do Conselho (sede da Conferência sobre Desarmamento), além de jardins bem cuidados.

  • Endereço: 1211.
  • Horário de funcionamento: segunda a sexta das 10h às 12h e das 14h às 16h.
  • Valor de entrada: CHF 15 para adultos; CHF 13 para estudantes universitários, idosos e portadores de deficiências; CHF 10 para crianças estudantes e jovens de 6 a 18 anos.

4. Catedral de São Pedro de Genebra

A catedral é um dos monumentos mais visitados de Genebra. De estilo românico, foi construída entre os anos de 1160 e 1289 e possui alguns lindos mosaicos do século XIV e uma escadaria em espiral com 157 degraus que leva ao topo da catedral, onde se vê os Alpes Suíços, o horizonte de Genebra e a paisagem nos arredores.

Hoje a catedral pertence à Igreja Reformada Suíça e é mais conhecida como a igreja de John Calvin, famoso reformador francês.

  • Endereço: 1891 Kaneville Rd.
  • Horário de funcionamento: junho a setembro: de segunda a sábado das 9h às 19h e domingo das 11h às 19h; outubro a maio: segunda a sábado das 10h às 12h e das 14h às 17h e domingo das 11h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h.

5. L’horloge Fleurie

O L’horloge Fleurie (Relógio de Flores) fica localizado no lado oeste do parque Jardim Inglês, no calçadão ao lado do lago. Foi criado em 1955 como um símbolo dos relojoeiros da cidade e dedicação à natureza. Seu ponteiro é o mais comprido do mundo, com 2,5 metros. O relógio contém mais de 6500 flores e ganha um novo design a cada temporada.

  • Endereço: Quai du Général-Guisan, 1204.

6. Jardim Inglês

O Jardim Inglês fica na margem do Lago de Genebra e é lá onde fica uma das principais atrações da cidade: o Relógio de Flores. No jardim está também o Monumento Nacional, uma estátua com duas mulheres representando a República de Genebra e Helvetia, um símbolo da união entre Genebra e a Confederação Suíça.

  • Endereço: Quai du Général-Guisan 34, 1204.

7. Parc de La Grange

De frente para o lago de Genebra, o Parc de la Grange é o maior espaço verde da cidade e conhecido como o mais bonito jardim de rosas de Genebra, com 10.000 rosas de 200 espécies diferentes. O jardim foi construído depois da Segunda Guerra Mundial, entre 1945 e 1946. Os canteiros ficam distribuídos em forma de terraço entre escadas de rocha natural, reforçadas por arcos e piscinas.

  • Endereço: Quai Gustave Ador.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 7h às 21h.

8. Banhos des Pâquis

Os Banhos do Pâquis ficam localizados no quarteirão Les Pâquis e são muito frequentados desde 1932. Em 1988 foi, inclusive, realizado um referendo para manter e renovar o local, que atrai moradores e turistas por sua variedade de atividades disponíveis e preços acessíveis. No verão, funciona como uma zona de praia, já no inverno é frequentado por quem quer aproveitar a sauna ou o banho turco a vapor.

  • Endereço: Quai du Mont-Blanc 30, 1201.
  • Horário de funcionamento: o bar funciona todos os dias das 7h às 21h30. A praia depende do mês: de junho a agosto funciona das 9h às 20h; maio e setembro das 10h às 18h. O banho turco e a sauna funcionam das 9h às 19h30 no verão, e no inverno das 9h às 21h30.
  • Valor de entrada: de 1 a 20 CHF.

9. Museu de Arte e História

Localizado no centro da cidade, esse é o maior museu de Genebra. O Museu de Arte e História foi criado em 1826 dentro do edifício Musée Rath, porém, o prédio que atualmente abriga a coleção foi construído em 1903.

A coleção de belas artes é composta por um grande número de artistas europeus, como Cézanne e Rembrandt, e vai desde a Idade Média até o século XX. O museu também tem em seu acervo uma coleção variada de artes decorativas, como louças, armamento e tecidos.

  • Endereço: Rue Charles-Galland 2, 1206.
  • Horário de funcionamento: terça a domingo das 10h às 18h.
  • Valor de entrada: gratuito.

10. Parque dos Bastiões

O parque era um local de caminhada antes de o botânico Augustin Pyrame de Candolle desenvolver um jardim botânico no lugar, em 1817, e depois um laranjal, estufas e um conservatório de botânica. No parque está localizado o Palácio Eynard, que data de 1817, e o primeiro edifício da universidade foi construído lá em 1873.

Mais tarde, em 1904, o jardim botânico foi transferido para o outro lado do Ródano e, aos poucos, um novo parque foi sendo criado, com a construção do Muro dos Reformadores em 1917. Na entrada do parque tem jogo de xadrez e dama gigantes para pessoas de todas as idades.

  • Endereço: Prom. des Bastions 1, 1204.
  • Horário de funcionamento: todos os dias por 24 horas.

Como a cidade é pequena, é possível acrescentar ainda mais coisas para fazer em sua lista dependendo do tempo que você pretende ficar. Use sua criatividade!

Clima em Genebra

O clima em Geneva é moderadamente continental, com verões quentes e invernos frios. A temperatura diária varia de 1°C em janeiro a 19°C em julho. Dias muito quentes são raros, podendo ocorrer algumas vezes em julho e agosto, com temperaturas que podem ultrapassar 32°C. No outono, de setembro a novembro, chove bastante e as temperaturas são prazerosas e, aos poucos, se tornam mais frias.

Curiosidades sobre Genebra

Aqui estão alguns fatos interessantes sobre a Genebra que, provavelmente, você ainda não sabe. Você sabia que turistas não pagam transporte público em Genebra? Saiba mais a seguir.

  • A moeda não é o euro: é o franco suíço (CHF). As moedas são de 5, 10, 20, 50 centavos e 1, 2, 5 francos; e cédulas de 10, 20, 50, 100, 200 e 1000 francos.
  • Língua local: francês, mas também pode-se usar o inglês.
  • O transporte é gratuito: o transporte é gratuito para turistas que se hospedam em um hotel, hostel ou camping. O cartão pode ser solicitado no momento da reserva ou do ckeck-in.
  • Relógios: os relógios suíços são referência no mercado de luxo. Marcas com identidades únicas tiveram origem em ateliês relojoeiros suíços. A líder mundial de relógios de pulso de luxo é a Rolex, que fica sediada em Genebra.
  • Chocolates: o chocolateiro Daniel Peter inventou o original chocolate ao leite em 1875. Em virtude de sua localização, a Suíça incorporou aspectos da produção de chocolate de toda a Europa.

Visitar uma cidade sabendo de algumas de suas curiosidades ajuda não só a entender a cultura local como também a economizar.

Onde ficar em Genebra

Conheça opções de hotéis e hostels em Genebra que vão desde os luxuosos até os mais simples. É só analisar as comodidades oferecidas e fazer sua reserva naquele que mais agradar.

1. 9 Hotel Paquis – $$$$

O hotel fica a 15 minutos a pé do Relógio de Flores e da The Library In English. O Muro dos Reformadores e a Catedral de São Pedro também ficam próximos. São apenas cinco minutos a pé até a Parada de bonde Cornavin e a Estação Genebra.

Todos os quartos possuem Wi-Fi grátis, TV a cabo, cofre, telefones, secador de cabelo, tábua de passar roupas e outras comodidades. O hotel também oferece academia, piscina interna, cafeteria, bar/lounge, serviço de lavagem a seco, entre outros.

  • Endereço: Rue de Berne 31, 1201.

2. Eden Hotel Geneva – $$$

O Hotel Eden fica localizado a alguns minutos do Lago de Genebra, perto do centro da cidade. Aceita animais de estimação, oferece café da manhã, restaurante à la carte com pratos da cozinha tradicional francesa e internacional, academia e bar/lounge. Os quartos têm Wi-Fi gratuito, ar condicionado, serviço de limpeza e outras comodidades.

  • Endereço: Rue de Lausanne 135, 1202.

3. Hotel Carmen – $$$

O Hotel Carmen está localizado no bairro de Plainpalais, em Genebra, a 15 minutos a pé da Catedral de São Pedro e a apenas 200 metros da Universidade de Genebra. Tem terraço coberto, permite animais de estimação, café da manhã no quarto e serviço de quarto.

  • Endereço: Rue Dancet 5, 1205.

4. City Hostel Geneva – $$$

O City Hostel Geneva fica próximo ao Lago de Genebra e à Estação de Trem. Oferece Wi-Fi gratuito, lounge com computadores e cozinha de uso comum, armários individuais, máquinas de bebidas e lanches, cofre, elevador, jardim, entre outros.

Os quartos contam com guarda-roupa, mesa, dormitórios, escrivaninha e banheiro compartilhado. Os quartos individuais e duplos também possuem pia.

  • Endereço: Rue Ferrier 2, Paquis, 1202.

5. Geneva Hostel – $$$

O Genebra Hostel fica bem no centro de Genebra, em um edifício histórico do século XIX. Oferece Wi-Fi gratuito, restaurante que serve pratos da cozinha suíça à noite, cozinha compartilhada com área para refeições e micro-ondas, café da manhã, elevador, sala de estar de uso comum com TV e armários individuais. O Cartão Transporte de Genebra já está incluído na diária.

  • Endereço: Rue Rothschild, 28-30, Paquis, 1202.

Para quem está procurando por dias de folga em uma cidade luxuosa, Genebra é uma escolha certa. E, para deixar a viagem ainda mais legal, alguns hotéis ficam localizados em lugares próximos a várias atrações turísticas.

Restaurantes em Genebra

Genebra também tem boa comida da tradicional culinária suíça. Quer você esteja procurando uma comida mais simples ou mais sofisticada, a cidade tem muitas opções.

1. Parfums de Beyrouth

O restaurante libanês serve pratos da cozinha libanesa, mediterrânea, do Oriente Médio e fast food, para levar ou para comer no estabelecimento. No cardápio podem ser encontrados pratos como sanduíche de frango, Kebab de fallafel e mix libanês.

  • Endereço: Rue de Berne 18.
  • Horário de funcionamento: sábado e domingo das 11h às 2h.

2. Restaurant Les Armures

Localizado na Cidade Velha, o restaurante serve almoço, jantar, brunch e fica aberto até tarde. No cardápio, pratos da cozinha suíça, europeia e opções vegetarianas e sem glúten. É conhecido ainda por servir um delicioso fondue.

  • Endereço: Rue du Puits-Saint-Pierre 1.
  • Horário de funcionamento: sábado e domingo das 9h às 23h.

3. Cafe du Soleil

Próximo às Nações Unidas está o melhor restaurante de Genebra para comer o autêntico fondue suíço. O restaurante serve comida francesa, suíça e europeia, tudo isso acompanhado de bons vinhos. Abre para almoço e jantar e fica até tarde.

  • Endereço: Place du Petit-Saconnex 6, Genebra 1209.
  • Horário de funcionamento: segunda a sexta das 7h às 0h, sábado das 10h às 0h e e domingo das 10h às 23h.

4. Intensus

O restaurante tem um conceito bem diferenciado para proporcionar ao cliente uma experiência diferente. Para começar, o restaurante é secreto. Após fazer a reserva, o cliente recebe o endereço 24 horas antes do evento.

O restaurante reúne 12 estranhos em uma mesa para ter uma experiência única. O jantar tem 10 serviços da cozinha francesa, europeia e contemporânea, e seis vinhos e champanhes.

  • Endereço: Rue du Mont-Blanc 7
  • Horário de funcionamento: terça a sábado das 19h30 às 23h.

5. Bayview

Localizado no Hotel Presidente Wilson, de frente para o Lago de Genebra, o restaurante serve o primeiro cardápio suíço criado pelo renomado chefe Michel Roth. Os sabores, texturas e o visual dos pratos são todos perfeitamente preparados. Um dos pratos servidos é o Ouriço do Mar, com uma mousse de Ouriço-do-Mar e pepinos crocantes cobertos com caviar.

  • Endereço:47 Quai Wilson, Genebra 1211.
  • Horário de funcionamento: terça a sábado das 12h às 14h e das 19h às 22h.

Uma das melhores partes da viagem é experimentar a comida local, afinal, é uma experiência que fica guardada na memória e no paladar. Separe algumas horinhas para conhecer a gastronomia do lugar.

Dicas de quem já foi a Genebra

Nada melhor do que receber dicas de viagem de quem já tem experiência com o destino que vamos visitar, certo? Acompanhe as dicas nos vídeos a seguir.

O parque mais lindo do mundo fica em Genebra

O vídeo mostra onde comer e como visitar as principais atrações turísticas da cidade a pé, como o Parc de La Grange e o Lago de Genebra.

Genebra: uma cidade na Suíça francesa

O vídeo mostra um passeio pelo Jet d’Eau, o Lago Léman, o Relógio de Flores e o Muro dos Reformadores. Veja para conhecer e se inspirar!

Vlog Genebra

No vídeo, é mostrado como Genebra é um lugar único, que combina perfeitamente a cidade com natureza. Assista e fique por dentro.

Essas são apenas algumas das razões para você visitar Genebra pelo menos uma vez na vida. Da famosa fonte Jet de L’eau aos lindos cenários montanhosos, há algo para todos os tipos de pessoas nesse local histórico!

PARA VOCÊ