9 hotéis no Brasil que você só consegue chegar de barco ou avião

Escrito por Nicole Dias

Ao viajar, uma das decisões mais importantes está na escolha da hospedagem. Geralmente o indicado é que o viajante escolha algo bem localizado, que seja próximo de transportes públicos e de pontos turísticos interessantes. Mas quem foi que disse que precisa sempre ser assim?

O charme de alguns locais está justamente no seu acesso mais restrito. É o caso de hotéis e pousadas onde só é possível chegar através de barco ou avião. Já pensou? A proximidade com rios, lagos e mares traz, além de vistas espetaculares, uma série de passeios e atividades para os turistas. Além disso, há um toque mais intimista no atendimento e mais tranquilidade no dia a dia.

Curtiu essa proposta? Então confira essa lista que preparamos. São opções requintadas e ideais para quem procura um pouco de conforto e sossego longe das grandes cidades.

1. Anavilhanas Jungle Lodge – Novo Airão, Amazonas

No coração da Floresta Amazônica Brasileira, às margens do Rio Negro e a 180 quilômetros de Manaus, está localizado o Anavilhanas Jungle Lodge, o pequeno e exclusivo Hotel de Selva. O local oferece uma grande variedade de atividades e passeios para os interessados em experimentar a Amazônia com segurança, conforto e pitadas de aventura. O pacote de 4 dias e 3 noites, por exemplo, inclui canoagem pelos igapós e igarapés, visita à comunidade local, focagem noturna no Arquipélago de Anavilhas, prática com arco e flecha, trilha na mata de terra firme, procura por botos cor-de-rosa, pescaria recreativa e contemplação do nascer do sol.

Todas as épocas são indicadas para visitação, sendo que durante os meses de dezembro a maio as chuvas são intensas. As tarifas variam conforme o pacote escolhido, indo de R$ 2.800,00 na baixa temporada a R$ 15.228,00 na alta temporada.

2. Asalem – Ilha Grande, Rio de Janeiro

Estrategicamente localizada na charmosa enseada do Abraão, Asalem traz o mar de um lado e a floresta de outro. A melhor forma de chegar ao hotel é através de lanchas que partem do povoado de Conceição de Jacareí, localizado a 30 minutos de Angra. A proximidade da hospedagem com o mar oferece a possibilidade de observar a riqueza da fauna marinha da região. Já a floresta traz visitas frequentes de macacos, esquilos, vagalumes e uma variedade de pássaros típicos da Mata Atlântica.

A atmosfera concebida para Asalem é o de um “santuário pessoal” e de respeito ao meio ambiente da ilha. A iluminação com velas e lampiões a gás contribui para essa atmosfera mágica. O local conta com suítes e chalés e a diária inclui hospedagem com café da manhã, transporte na chegada e partida, uso de caiaques e canoa, da biblioteca e jogos. Vale lembrar que na Ilha Grande não existem bancos, caixas eletrônicos ou casas de câmbio. Esteja preparado.

3. Casa da Ilha do Mel – Ilha do Mel, Paraná

Localizada na famosa Ilha do Mel, Paranaguá, Paraná, a Casa da Ilha do Mel conta com apenas cinco acomodações e é administrada por Vaninha D’Amico, chef formada pela Cordon Bleu em Paris. As duas suítes e os três bangalôs do local possuem acesso privado a Praia do Farol, bem como ar-condicionado, wifi e decoração exclusiva. Um dos pontos altos está na gastronomia da Casa da Ilha do Mel, que traz café da manhã tipo brunch.

A melhor época para conhecer esse paraíso ecológico no litoral do estado do Paraná é ao longo do verão. No entanto, essa é justamente a alta temporada. Como há um limite de visitantes na ilha, é importante planejar a sua viagem com antecedência.

4. Casarão da Amazônia – Ilha de Marajó, Pará

Marajó é um destino exótico e autêntico. A ilha fluviomarinha é resultado das violentas convulsões provocadas pelo encontro do mar com o rio Amazonas, e seu isolamento geográfico permite que muitas de suas belezas estejam preservadas. A ilha é o lugar de maior rebanho de búfalos do Brasil e conta com matas, rios, campos, mangues e igarapés. É nesse cenário que está inserido o Casarão da Amazônia, charmosa propriedade que oferece qualidade e privacidade aos próprios hóspedes. Seu acesso pode ser feito de balsa, — viagem direta para Soure — ou ainda, de lancha e barco regular até Camará (Salvaterra).

Além de piscina e wifi grátis, o local oferece uma interessante gastronomia ítalo-marajoara, que combina ingredientes locais com a mistura de técnicas da cozinha mediterrânea. O hotel ocupa um casarão do século XIX, e entre as opções de atividades na localidade estão visitas às praias, campos, montaria em búfalo, caminhadas, e passeios com canoa e lancha.

5. Cristalino Lodge – Alta Floresta, Mato Grosso

Na beira do Rio Cristalino e rodeado pela selva do sul da Amazônia matogrossense está o Cristalino Lodge, selecionado como um dos 25 melhores Ecolodges do mundo pela National Geographic Traveler, em 2013. Ideal para pessoas que gostam da natureza e que queiram fazer parte da conservação local, o hotel pratica o turismo responsável, procurando minimizar o impacto ambiental e apoiando entidades ecológicas. Os bangalôs contam com aquecimento solar, sistema de ventilação natural e tratamento de resíduos, mas não deixam de lado o design e conforto.

O acesso ao Cristalino Lodge é realizado através do Aeroporto de Alta Floresta, no estado de Mato Grosso, Brasil, e depois por uma viagem de carro e de barco. Para que o hóspede possa desfrutar de todas as atividades da Floresta Amazônica, o indicado é que a viagem dure pelo menos 5 dias. Há excursões ao ar livre, canoagem, trilhas, torres de observação, passeios de barco e uma vista incrível da fauna regional. As diárias variam de R$ 1320 a R$ 1520.

6. Pousada Maravilha – Fernando de Noronha, Pernambuco

Sem dúvida nenhuma, o arquipélago de Fernando de Noronha é um dos principais pontos turísticos do Brasil. O local encanta pelas suas maravilhosas praias de areia clara e águas límpidas, clima agradável e ótimas opções de lazer. O máximo desse recanto paradisíaco pode ser desfrutado na Pousada Maravilha, que faz de tudo para que a bela vista de deste paraíso possa ser apreciada, da piscina de borda infinita às varandas amplas das oito acomodações.

O estabelecimento oferece bangalôs luxuosos, que contam com ofurô com hidromassagem na varanda e vista emoldurada da Baía do Sueste, além dos apartamentos, que são ideais para famílias ou turmas de amigos. O atendimento personalizado, o charmoso spa e a busca pelo equilíbrio ambiental fazem dessa pousada uma das mais procuradas da região.

7. Pousada Villa dos Corais – Morro de São Paulo, Bahia

Localizado na Ilha de Tinharé, Bahia, o Morro de São Paulo oferece muito agito e, ao mesmo tempo, paisagens de fazer o coração acelerar. Seu acesso pode ser feito de avião ou pelo mar. Piscinas naturais de água transparente, vida marinha rica e caminhadas entre uma praia e outra são alguns dos atrativos do local. Se essa visita ao nordeste está nos seus planos, vale pesquisar sobre a Pousada Villa dos Corais.

Ela fica no encontro da Terceira com a Quarta Praia e dispõe de 40 apartamentos, todos equipados com frigobar, cama super king size, cofre individual, TV a cabo, ar-condicionado split, aquecimento solar central, entre outros confortos. A pousada oferece transporte gratuito e exclusivo aos seus hóspedes por meio de uma Land Rover até a Segunda Praia, em horários frequentes e regulares.

8. Pousada Canto Bravo – Ilhabela, São Paulo

Conhecido como arquipélago da aventura, Ilhabela fica a 190 quilômetros da capital de São Paulo e a 140 quilômetros da divisa com o estado do Rio de Janeiro. Em seu extremo sul fica a Praia do Bonete, lugar perfeito para quem quer fazer trekking, hiking, praticar surf, mergulho, ou apenas para quem quer curtir um belo e merecido sossego. O acesso à praia se dá por uma trilha de 12 quilômetros feita de barco ou helicóptero, dependendo das condições do tempo.

A dica de hospedagem para esse local é a Pousada Canto Bravo, que se encontra com os pés na areia e de frente para o mar. Estão à disposição 10 quartos aconchegantes, um restaurante e um longe bar. As atividades vão desde surf, mergulho e pesca a passeios para conhecer os costumes da comunidade, formada por descendentes de piratas europeus. Importante saber: no Bonete não há carros, a luz elétrica vem de um gerador comunitário e os celulares não se tem sinal. Uma experiência e tanto para os conectados de plantão.

9. Barco Hotel Peralta – Pantanal

Prepare-se para uma experiência diferente de tudo o que você já viveu! Que tal se hospedar em um hotel que também é um barco? O Barco Hotel Peralta é o primeiro desta modalidade de luxo no Pantanal. Ele pode ser alugado por empresas para viagens e eventos corporativos, e também por agências de turismo, além de operar seus próprios roteiros pelo Rio Paraguai. Excursões temáticas e de ecoturismo também podem ser realizadas a bordo do barco-hotel. Passeio com caiaque, conhecer tribos indígenas, pescas de piranhas e andar a cavalo são algumas das diversas experiências que podem ser usufruídas. A pescaria no Pantanal, permitida entre março e outubro, é outro dos atrativos.

Alguma opção chamou a sua atenção? Então coloque já na sua lista de próximas viagens! Aproveite para compartilhar com amigos que adorariam conhecer esses destinos também.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS