10 atrativos da Ilha de Páscoa para desbravar durante a sua viagem

Escrito por Sheila Almendros

Situada na região de Valparaíso, no Chile, a Ilha de Páscoa é mundialmente conhecida por ser um território regado a mistérios. Os viajantes que embarcam para este destino se surpreendem ao avistar as famosas estátuas gigantes de pedra, que marcam presença impactante em diversos pontos estratégicos da ilha.

Mas engana-se quem pensa que a Ilha de Páscoa só possui os Moais como principal atrativo! O local é recheado de atrações para lá de convidativas, com atmosfera cultural, histórica e também contemplativa. Conheça a seguir todas as informações e atrações que este lugar tem a oferecer:

Onde fica a Ilha de Páscoa?

A Ilha de Páscoa faz parte da Polinésia Oriental, rodeada pelo Oceano Pacífico. Está localizada a 3.700 km de distância da costa oeste do Chile, fazendo parte da região de Valparaíso.

Como chegar à Ilha de Páscoa

IStock

O único meio de chegar à Ilha de Páscoa é de avião, partindo de Santiago. A LAN (única cia área disponível), possui 8 voos semanais, com 6 horas de duração. Os valores são um pouco alto, mas vale a experiência!

5 curiosidades sobre a Ilha de Páscoa que você deve saber antes de viajar

  1. Ninguém sabe ao certo como foram construídas as estátuas gigantes (chamadas de Moais) e nem por quem. Há diversas especulações a respeito, mas nenhuma prova histórica de como ocorreu.
  2. Outro fator que adiciona mais mistérios à ilha é a sua distância (por isso voar para lá sai caro). Há também diversas especulações referentes ao seu descobrimento.
  3. Apesar de ser longe de tudo, a Ilha de Páscoa possui uma boa estrutura para receber turistas, com bons hotéis, restaurantes e diversos passeios, que podem ser feitos de bicicleta, a pé, a cavalo, por conta própria ou excursão.
  4. As principais iguarias da gastronomia local são os frutos do mar. Os amantes deste tipo de culinária se deliciarão com ceviches, entre outros pratos feitos com atum.
  5. A língua oficial da Ilha de Páscoa é o espanhol.

10 atrações imperdíveis na Ilha de Páscoa para incluir no roteiro

Falando em atrações, confira a seguir todas as atividades que podem ser realizadas na Ilha de Páscoa. Pode apostar que a experiência será inesquecível!

1. Conheça os enigmáticos Moais

IStock

A principal atração da ilha é também o seu cartão postal. São aproximadamente 900 estátuas espalhadas por todo o território, com as mais diferentes alturas e pesos, e algumas delas não foram terminadas ou foram danificadas pelo tempo. As mais visitadas são as fixadas nas pedreiras do vulcão Rano Raraku, as da região central, no setor Tahai (com o pôr do sol mais bonito da cidade) e na praia de Anakena.

2. Explore os vulcões e suas erupções

IStock

O território da Ilha de Páscoa foi formado pelas erupções de 3 grandes vulcões: Poike, Rano Kau e Terevaka. Suas crateras são enormes, chegando a 1,5 km, proporcionando uma das melhores vistas da região. Há ainda outros vulcões, como o Rano Raraku e Puna Pau, todos eles já extintos, e em alguns há até cerimônias e apresentações para que o turista possa conhecer um pouco mais sobre a cultura local.

3. Desbrave as cavernas da ilha

IStock

O belo trabalho em conjunto dos rios com a lava vulcânica criou, com o passar do tempo, diversas cavernas espalhadas pela Ilha de Páscoa que não podem deixar de ser visitadas! A caverna Ana Kakenga, por exemplo, oferece uma vista paradisíaca de um costão em frente ao Oceano Pacífico, através de duas “janelas” existentes por lá. Outras cavernas muito visitadas são a Ana o Keke e Ana Kai Tangata, onde é possível encontrar algumas pinturas rupestres.

4. Curta dias paradisíacos nas praias

IStock

Para dias contemplativos, algumas praias da ilha podem servir como um belo cenário para a ocasião, mas se a ideia é se refrescar neste mar azul turquesa, há 3 opções próprias para banho: Anakena, (a mais popular delas), com uma infraestrutura completa para atender o turista, com quiosques e lojinhas de artesanato, além dos Moais mais visitados da região, Ovahe, que mesmo pequena é muito indicada para a prática de snorkel (quando a maré favorece) e Pea, com ondas fortes para surfistas e uma piscina natural perfeita para os banhistas.

5. Aproveite para praticar esportes marítimos

IStock

Já pensou mergulhar a 50 metros de profundidade e ainda de quebra conferir um cenário excêntrico, formado por erupções vulcânicas e vida marinha? Isso é possível na Ilha de Páscoa, através do mergulho de cilindro, uma das atividades mais praticadas no local. Como já mencionado no tópico anterior, ainda é possível surfar em Pea, e também conhecer o Va’a, um esporte Rapa Nui praticado em grandes canoas polinésias.

6. Não deixe de conhecer os mistérios de Te Pito Kura

IStock

Ahu Te Pito Kura é um sítio arqueológico que atrai diversos visitantes por suas histórias, como a do Moai caído e destruído (e nunca reformado, por conta da lenda que o cerca), e também pela enorme pedra oval presente no local, batizada como “o umbigo do mundo”. Segundo relatos dos moradores, a tal pedra possui tanta energia que é possível carregar a bateria do celular e inutilizar bússolas. Se a história é verdadeira ou não, ninguém sabe, mas muitos visitantes relataram que sentiram algo estranho ao tocar a pedra. Será?

7. E mergulhe na história da ilha no Museu Antropologico Padre Sebastian Englert

Com um acervo de cerca de 15 mil objetos, o Museu da Ilha de Páscoa abre somente pelas manhãs, e possui entrada gratuita. A sugestão é ir a esta atração logo no começo da viagem, para conhecer a fundo toda a cultura e história local. Assim a sua tour pela ilha será ainda mais imersiva e completa.

8. Admire-se com os petrogrifos de Papa Vaka

Papa Vaka é outro sítio arqueológico no qual a sua principal atração são os petrogrifos relacionados ao mar. São diversas imagens de tartarugas, peixes, tubarões, polvos, e até uma canoa de 12 metros de extensão. O melhor horário para avistá-los é pela manhã.

9. Confira as danças típicas de Rapa Nui

IStock

Confira as apresentações dos grupos Ballet Cultural Kari Kari, Te Ra’ai, Varua Ora ou Maori Tupuna-Vai Te Mihi nos diversos restaurantes da Ilha de Páscoa que oferecem, em um único preço, o valor do jantar e também do show. Dependendo da época de sua viagem, vale a pena entrar em contato com o estabelecimento para garantir uma reserva.

10. E também o Festival Tapati

Se a sua viagem está marcada para a primeira quinzena de fevereiro, não deixe de conferir o festival mais importante da Ilha de Páscoa: o Tapati. É neste período que você poderá conferir competições de canoas de totora, surf, corridas de cavalo, deslizamento em troncos no vulcão Maunga Pu’i, entre outras atividades. As danças típicas, assim como a gastronomia regional também poderão ser devidamente desfrutadas durante o evento.

10 imagens da Ilha de Páscoa de tirar o fôlego

Os cliques a seguir podem te causar ansiedade — para arrumar as malas e pegar o primeiro voo até a Ilha de Páscoa:

1. Dê uma espiada nesta panorâmica da cratera vulcânica de Rano Kau

IStock

2. A noite, parece que os Moais estão contemplando as estrelas

IStock

3. E também o nascer do sol

IStock

4. E essa vista maravilhosa?

IStock

5. A paisagem vista de dentro da caverna Ana Kakenga é maravilhosa!

IStock

6. As praias da Ilha de Páscoa são um espetáculo a parte

IStock

7. Admire mais um pouquinho a vista das misteriosas estátuas gigantes

IStock

8. A prática de mergulho é muito comum na ilha

9. Quando o céu e o mar se misturam

10. Essas cores são de tirar o fôlego de qualquer viajante!

E aí? O que achou das dicas? Partiu Ilha de Páscoa?

PARA VOCÊ