14 motivos para visitar Bordeaux: a capital mundial do vinho

Escrito por Bruno Mendes

Há MUITOS motivos para visitar Bordeaux e se apaixonar pela cidade das incríveis vinícolas e que embora seja pequena, – há um pouco mais de 200 mil habitantes – tem atividades interessantes para viajantes com os mais diferentes propósitos. Provar alguns dos melhores vinhos do mundo em um bar tradicional , caminhar e fazer compras pela charmosa e movimentada rua Sainte-Catherine e observar as construções centenárias enquanto passeia pelo trem elétrico que cruza a cidade são apenas algumas das opções.

Continua após o anúncio

Bordeaux tem vários monumentos históricos, parques com muito verde e aquela atmosfera tranquila típica das cidades com excelente qualidade de vida. Confira 14 razões especiais para você fazer as malas e conhecer esse paraíso do vinho na França!

1. Manhãs e tardes ensolaradas no Jardim Botânico de Bordeaux

iStock

Bordeaux já é uma cidade calma, mas se você for ao Jardim Botânico, situado bem no centro da cidade, se sentirá ainda mais relaxado, afinal estará em contato com uma área de natureza plena e vasta: são mais de 3000 plantas, trilhas por onde se encontram coleções de samambaias, briófitas e muitas árvores, e estufas com espécies vegetais de todo o planeta.

Bucólico e aconchegante, o jardim é o lugar certo para passar aquela manhã e tarde de sol com a família e amigos.

2. Fotografar ou assistir um espetáculo no Grand Théâtre de Bordeaux

iStock

O imponente Grand Théâtre de Bordeaux chama atenção do visitante a distância, com suas 12 colunas e as estátuas acima delas que representam três deusas e nove musas. Ele foi inaugurado em 1780 na época do reinado de Luis XVI e pode receber mais de 1000 pessoas em uma sala com cores brancas e douradas e adornos de mármore.

Se você conseguir assistir um espetáculo por lá, ótimo ( a Ópera Nacional e a Orquestra Nacional de Aquitânia se apresentam no teatro, vale procurar a programação), mas se estiver na correria, será uma boa ideia parar em frente a monumental construção e tirar muitas fotos.

3. Conhecer a Place de la Borse

iStock

Praticamente em todas as cidades importantes do mundo há uma praça contornada por monumentos históricos e cheia de visitantes. A Place de La Borse é essa área em Bordeaux, pois é cercada por edificações suntuosas ( como o Palácio da Câmara do Comércio) e fica de frente para o rio Garonne.

Projetada pelo arquiteto Ange-Jacques Gabriel, ela hoje presenteia o visitante com a linda fonte Miroir d’Eau, que a depender da iluminação e do ponto que está sendo vista, reflete os prédios do entorno.

4. Visitar a belíssima Château Pape Clément

Só em Bordeaux há mais de 4000 vinícolas e como seria, de certa forma, cansativo tentar conhecer o máximo possível destas, fica a dica: tire um dia para ir à Château Pape Clément, uma propriedade com 60 hectares, onde são produzidos vinhos “grand crus” desde o século 13.

Além da adega, a vinícola tem um jardim bucólico com diversos tipos de plantas e algumas estátuas. Ao agendar o passeio, que custa em torno de 49€, mas pode variar a depender da época do ano, o visitante poderá degustar 5 vinhos.

Continua após o anúncio

5. O Rio Garonne

iStock

O rio Garonne nasce na Espanha, banha o sudoeste francês e desaguá no estuário da Gironda, cujo início fica em Bordeaux. Na capital mundial do vinho, o rio é um atrativo, pois dá para fazer um passeio de barco e apreciar a bebida, que é servida durante o caminho.

Há também belíssimas pontes para o visitante atravessar e contemplar a cidade por uma perspectiva especial.

6. Provar os Macarons

iStock

O Macarons é uma guloseima típica da França, cuja receita foi elaborada na Itália há mais de 500 anos. Muito agradável aos olhos e paladar, o biscoito é crocante por fora e bem macio por dentro e é vendido em diferentes sabores.

7. Museu do Vinho

iStock

O novíssimo Museu do Vinho – inaugurado em 2016 – não pode deixar de ser visitado na sua passagem por Bordeaux. Com localização privilegiada – ele fica às margens do rio Garonne – a estrutura arquitetônica contemporânea marcada por formatos curvilíneos, difere de grande parte das construções da cidade e saúda com grandeza e requinte a principal bebida do país.

Em cada trecho high tech do ‘La Cité du Vin’, o visitante conhece um pouco da história do vinho e ao final da visita recebe uma taça para, é claro, matar a vontade de beber ao menos um pouco. E quem quiser comprar uma ou mais garrafas, opções não faltam: no museu há uma loja com 800 rótulos de diferentes nacionalidades.

8. Caminhar e fazer compras na Rua de Sainte-Catherine

A rua Saint-Catherine é um dos principais centros de compras de Bordeaux e frequentemente bastante movimentada por moradores locais e turistas da própria França e de muitas partes do mundo. Se você quer tirar um dia para ver bastante gente andando de um lado para o outro e comprar roupas, acessórios ou o que preferir, já sabe o destino.

9. Parada para um(s) drink(s) no Calle Ocho

Depois das compras, do passeio pela vinícola ( ou mais de uma) e entre a apreciação de obras de artes em um ou outro museu, é uma sábia decisão parar em um bar decolado para tomar uns drinks e petiscar. O Calle Ocho é um bar cubano super elogiado no TripAdvisor, onde são servidos os tradicionais mojitos, outros tipos de drinks e muitos petiscos. Ah, o lugar tem djs e muita música, é animação na certa!

10. Jantar no restaurante e Le Pressoir d’Argent

Não é surpresa que a culinária francesa está entre as melhores do mundo, portanto, ir a um bom restaurante em Bordeaux é um programa que não pode ser descartado. E o Le Pressoir d’Argent é o estabelecimento com muitos elogios no TripAdvisor, em razão do excelente atendimento e dos suntuosos pratos que harmonizam com cada vinho da carta.

11. Mais vinho no ‘Wine more time’

Pode até parecer exagero falar de vinho em tantos tópicos desta lista de Bordeaux, mas ao caminhar pela cidade você perceberá o quanto a bebida é amada e requisitada, então nunca é demais incluir uma nova dica.

O Wine More Time é um bar agradável e nada sofisticado, que tem uma generosa carta de vinhos com mais de 400 rótulos. Sabe aquele bar simples, arrumadinho e com bom atendimento para deixar o cliente leve e bem à vontade? É esse!

12. Monumento dos Girondinos

iStock

O Monumento dos Girondinos fica localizado na praça Quinconces e tem estimado valor histórico para a França, pois homenageia o grupo político que foi duramente perseguido durante a Revolução Francesa. A estrutura tem uma uma estátua de bronze com 43 metros de altura e duas grandes fontes.

13. Mercado Marché des Capucins

Se você busca fazer alguma atividade ‘menos turística’ e em total sintonia com o cotidiano da cidade, pode incluir um passeio no Marché des Capins, o típico ” mercadão municipal” de Bordeaux. Em um ambiente muito agradável, o visitante poderá encontrar frutos do mar, queijos, frutas, pães, cereais, tapas espanhóis e, olha ele de novo……VINHO( muitos vinhos!!).

Por lá há bons restaurantes onde o visitante poderá parar e almoçar ou fazer um lanche entre uma compra e outra.

14. Passear no bonde pelas ruas de Bordeaux

iStock

O VLT( Veículo Leve sobre Trilhos) tem 45 quilômetros de extensão e percorre 12 dos 27 municípios da região metropolitana de Bordeaux. Esse tipo de meio de transporte, aliás, transformou os deslocamentos entre os principais pontos da cidade e proporcionou significativa melhora no trânsito, porque muitas pessoas passaram a deixar o carro na garagem.

Observar os parques, o rio Garonne, o requinte moderno e o tom clássico das construções e toda a dinâmica urbana de Bordeaux passeando no moderno bonde será uma atividade prazerosa e barata. Pode incluir na sua programação!

Não faltam razões para visitar e amar Bordeaux. Clássica e moderna, pacata e recheada de opções de lazer. Pode ter certeza: entre uma taça de vinho e outra você irá vibrar por ter incluso esse destino francês na sua listinha.

 
   

PARA VOCÊ