O que fazer em Lima: 40 atrações para vivenciar a rica cultura local

Escrito por Talissa Silverio

Lima é a maior cidade e capital do Peru e foi fundada no século XVI. Pouco tempo depois, a capital se tornou a sede do Império Espanhol na América do Sul. Por isso, andar pelas ruas da cidade e ver essa arquitetura colonial junto com ruínas pré-hispânicas é como fazer uma viagem ao passado. Na cidade, ainda existem construções daquele século e sem dúvida há muito o que fazer em Lima.

Existem diversas outras opções diferentes de entretenimento, museus, praias, lindos parques e uma vista privilegiada do Oceano Pacífico. Confira essa lista e saiba como planejar sua visita à Lima! Veja as opções de programas noturnos, românticos e para quem tem pouco ou bastante tempo na cidade.

O que fazer em Lima em 2 ou 3 dias?

Com pouco tempo na capital, o ideal é focar em algumas das atrações mais procuradas. Há várias opções para conhecer melhor a história, a cultura e até mesmo a fauna peruana. Afinal, um dos melhores jeitos de explorar uma cidade nova e perceber que está ali de fato é conhecendo suas atrações mais famosas.

1. Plaza Mayor de Lima

A Plaza Mayor ou Plaza de Armas faz parte do centro histórico de Lima. Assim, é possível conhecer vários pontos turísticos porque lá se encontram diversos prédios históricos, presentes desde a fundação da cidade. Esses prédios são: a Catedral de Lima, Palácio do Governo, Palácio Arzobispal, Prefeitura de Lima e a Casa de Aliaga.

A declaração da independência do Peru aconteceu lá, por isso, a praça é famosa pela quantidade de eventos importantes que ocorreram nela. É um dos lugares mais conservados de Lima e um bom lugar para relaxar e sentar na grama ou nos bancos, sendo ideal para famílias. Devido ao seu amplo espaço, a Plaza Mayor também abriga diversos festivais, desfiles, cerimônias e shows.

2. Ilhas Palomino

Quem não costuma relacionar Lima com conhecer a vida selvagem do Peru, irá se surpreender com uma visita às Ilhas Palomino. Elas são um conjunto de pequenas ilhas próximas à costa de El Callao e abrigam incontáveis leões e aves marinhas. Por isso, é um ótimo lugar para quem quer fugir um pouco da cidade grande e ter contato com a natureza. O passeio de barco oferece um panorama da ilha e a possibilidade de mergulhar na água e nadar com os leões marinhos.

  • Horário de funcionamento: os passeios de barco ocorrem todos os dias entre 8h e 14h.
  • Valores: o passeio custa, em média, 50 dólares para adultos e 40 dólares para crianças.

3. Huaca Pucllana

Engana-se que pensa que em Lima só se encontra edificações do período colonial. No meio do distrito de Miraflores, você encontra as ruínas de Huaca Pucllana. Esse sítio arqueológico foi utilizado pelos povos pré-Incas como um importante centro cerimonial e administrativo.

Ele também chama atenção pela sua grandiosidade, principalmente por causa da pirâmide de 25 metros de altura feita de tijolos de adobe. Estima-se que Huaca Pucllana foi povoada entre os anos 200 e 700 d.C. O local também conta com um museu que exibe diversas peças encontradas durante a investigação feita pelos arqueólogos. Indicado para famílias e pessoas que se interessam por história.

  • Endereço: Calle General Borgoño s/n, cuadra 8 – Miraflores.
  • Horário de funcionamento: quarta a sexta das 9h às 17h para o serviço diurno. Quarta a domingo das 19h às 22h para o serviço noturno.
  • Valor da entrada: 15 soles para adultos e 7,50 soles para menores de 12 anos no serviço diurno. 17 soles para adultos e 8,50 soles para menores de 12 anos no serviço noturno.

4. Barranco

Barranco é o distrito mais bonito de Lima, cercado por atrações turísticas, praias e uma ótima e agitada vida noturna. Esse bairro também é um ótimo lugar para se conhecer a História do Peru através da arte, visto que há diversos murais com grafites sobre o país, suas crenças e seus povos. Por isso, é ótimo para quem gosta de arte urbana, vida noturna e ótimos restaurantes.

Esse distrito começou como sendo um local onde as famílias ricas de Lima passavam o verão. Por isso, até hoje conta com diversos casarões que foram transformados em bares, galerias de arte e outros tipos locais para entretenimento. Barranco também é um dos únicos pontos de Lima que proporciona acesso a uma praia com orla de areia.

5. Brisas del Titicaca

Gosta de dançar e de conhecer mais sobre músicas e danças locais dos lugares que visita? Então visitar o Brisas del Titicaca é uma parada obrigatória! A casa oferece diversos espetáculos de danças folclóricas e os dançarinos ainda te chamam para entrar no meio deles e participar da perfomance.

O local também oferece diversas comidas e bebidas típicas peruanas por um preço mais baixo que os lugares da região. Por isso, é um ótimo lugar para quem gosta de entretenimento e principalmente para quem ama dançar e não tem vergonha!

  • Endereço: Heroes de Tarapaca, 168 – Lima.
  • Horário de funcionamento: domingo e segunda das 12h às 15h; terça e quarta das 12h às 15h e das 21h às 0h30; quinta das 12h às 15h e das 21h às 1h30; sexta e sábado das 12h às 17h30 e das 22h às 2h30.
  • Valor da entrada: a partir de 30 soles, varia de acordo com o dia e setor escolhido.

6. Palácio do Governo

Esse palácio é sede do poder executivo e a residência oficial do presidente do Peru. Seu interior é decorado com esculturas e pinturas de diversas personalidades que foram líderes dos movimentos de independência da Espanha. Todos os dias, às 12h, acontece a cerimônia de troca da guarda, que dura aproximadamente 15 minutos.

Essa cerimônia também conta com a banda do exército, que toca enquanto faz uma volta na praça. O palácio oferece visitas guiadas, mas a reserva precisa ser feita com pelo menos 48h de antecedência. Um prato cheio para quem gosta de História e tem vontade de conhecer os prédios históricos da Plaza Mayor.

  • Endereço: Jirón de la Unión, s/n – Lima.
  • Horário de funcionamento: os passeios são aos sábados e domingos às 9h ou às 10h.
  • Valor da entrada: gratuito.

7. Museu da Inquisição e do Congresso

É um dos museus mais concorridos de Lima e seu prédio é considerado patrimônio histórico da humanidade. Ele abrigou o Tribunal da Santa Inquisição entre 1584 e 1820, após esse período, tornou-se sede do senado nacional até 1939. O museu conserva esses dois ambientes e possui acervos originais datados dessa época.

Um ótimo local para quem se interessa em conhecer mais sobre a História de Lima durante o período da Santa Inquisição. Além disso, o museu mostra os métodos que utilizavam para julgamento e punição dos que eram considerados pecadores. A visita guiada é oferecida em diversos idiomas, entre eles, o português, mas possui horários específicos para esse idioma.

  • Endereço: Plaza Bolivar, Jirón Junín – Lima.
  • Horário de funcionamento: sexta à quarta das 9h às 17h.
  • Valor da entrada: gratuito.

8. Museu Larco

O Museu Arqueológico Rafael Larco Herrera ou Museu Larco, como é popularmente conhecido, é um dos principais museus de Lima. Foi fundado em 1926 e abriga mais de 5 mil anos da História Peruana. Seu acervo é focado em todos os povos peruanos, ou seja, os pré-Incas, pré-hispânicos e todos os que vieram depois desse período.

Dessa forma, ele conta a história em ordem cronológica e dispõe de diversas peças arqueológicas de períodos distintos. Além disso, um grande atrativo do Museu é o fato dele funcionar dentro de um lindo casarão construído no século XVII. Passeio imperdível para os admiradores da história peruana e da arquitetura colonial.

  • Endereço: Av. Bolívar 1515 – Pueblo Libre.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, de 9h às 22h.
  • Valor da entrada: 30 soles.

9. ChocoMuseo

O ChocoMuseo conta a história do chocolate e do cacau, mostra todo o processo de colheita até a produção do chocolate em si. Nele você também pode ter experiências mais interativas, como ver e tocar as sementes de cacau que utilizam na produção. Além disso, eles oferecem a possibilidade de participar de diversos workshops e fazer seu próprio chocolate.

O principal foco do museu é falar sobre a produção artesanal do chocolate e valorizar os produtores regionais. Dentro do local você encontra diferentes tipos de chocolates e diversos cosméticos feitos com cacau. Além de tudo, é possível fazer degustações e desfrutar do café e bar que funciona dentro do museu. Um ótimo destino para os amantes de chocolate e quer provar novos sabores!

  • Endereço: Calle Berlin, 375 – Miraflores; Jirón Carabaya, 191-195 – Cercado de Lima; Calle O. Benavides, 344 – Parque Kennedy.
  • Horário de funcionamento: Miraflores – todos os dias das 9h às 20h30; Cercado de Lima – todos os dias das 9h às 18h30; Parque Kennedy – todos os dias das 9h às 21h.
  • Valor da entrada: gratuito.

10. Catedral de Lima

É a maior igreja do Peru, foi construída em 1555 e mesmo passando por várias reformas, continua fiel ao seu projeto original. Em seu altar de madeira, é possível ver diversas pinturas e mosaicos extremamente ricos em detalhes. Essa catedral possui várias capelas, em uma delas está enterrado o conquistador Espanhol e fundador de Lima, Francisco Pizarro.

Além disso, a catedral ainda conta com o Museu de Arte Religiosa na parte dos fundos. E para quem faz o passeio completo também é possível conhecer partes pouco exploradas da igreja e ver o acervo de pinturas e livros. As igrejas de Lima são heranças da colonização espanhola, por isso, o passeio é indicado para aqueles que procuram conhecer um dos principais pontos turísticos da capital e descobrir a História local.

  • Endereço: Jirón Carabaya, s/n – Cercado de Lima.
  • Horário de funcionamento: segunda à sexta das 9h às 17h; sábados das 10h às 13h; domingos das 13h às 17h somente para missas.
  • Valor da entrada: 30 soles.

11. Convento de São Francisco e Museu das Catacumbas

O incrível prédio do Convento de São Francisco foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO. Ele também pode ser considerado um museu devido ao grande número de obras de arte encontradas lá dentro. Esse local proporciona uma experiência bem diferente da maioria das igrejas e museus. A primeira parte do passeio mostra algumas de suas obras de arte. Já a segunda parte é a passagem pela biblioteca do convento, que possui um acervo de mais de 25 mil documentos.

Entre os documentos mais famosos estão o primeiro dicionário de espanhol e uma edição da Bíblia feita no século XVI. Por último, a parte mais impressionante: as catacumbas de fato, onde é possível ver um ossário com cerca de 70 mil ossadas. Isso se deve ao fato de que enterrar as pessoas em igrejas era uma prática bem comum antes do surgimento dos cemitérios. Esse passeio é para quem gosta de ir além do convencional e não tem medo de descer nas catacumbas.

  • Endereço: Jirón Ancash – Cercado de Lima.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 9h às 20h15.
  • Valor da entrada: 15 soles para adultos e 3 soles para crianças.

12. Pachacámac

Um dos sítios arqueológicos mais famosos de Lima, foi construído por volta de 200 a.C. É um local importante por ter abrigado quatro diferentes civilizações pré-hispânicas: Lima, Yshma, Wari e os Incas. Para os historiadores, Pachacámac foi um local com um setor administrativo, doméstico, religioso e servia também de abrigo para peregrinos. O nome do local é o mesmo do deus que foi considerado criador do mundo para esses povos. Por isso, diversas oferendas e sacrifícios ocorreram por lá.

O sítio foi saqueado e destruído pelos espanhóis na época da colonização, além de ter tido suas estruturas abaladas por terremotos. Por isso, ainda está em um processo contínuo de restauração e escavação. O local também conta com um pequeno museu e seu acervo possui objetos encontrados ali e informações sobre a história do país. Indicado para aqueles que gostam de aprender sobre a cultura pré-hispânica e saber que está em um dos lugares mais antigos de Lima.

  • Endereço: Antigua Panamericana Sur, km 31.5 – Lurín.
  • Horário de funcionamento: terça a sábado das 9h às 17h, domingos das 9h às 16h.
  • Valor da entrada: 10 soles.

O que fazer em Lima à noite?

Lima é uma cidade bem agitada durante à noite, possui diversas opções de programas, desde uma simples ida ao shopping mais famoso e sofisticado a um passeio fora do comum pelo maior cemitério da cidade.

13. Larcomar

O Shopping Larcomar é um dos mais sofisticados de Lima, ele conta com uma vista privilegiada da cidade e do Oceano Pacífico. Por isso, chama atenção por estar bem na frente da costa, como se estivesse pendurado. Além disso, o shopping possui cinemas, teatro, bares, restaurantes variados, boliche, balada e diversas lojas. Fica localizado no distrito mais badalado da cidade, Miraflores.

O Larcomar é indicado para quem quer ter uma experiência diferente em shopping, por ser bem diferente dos que existem no Brasil. É um bom programa para se fazer à noite com a família e amigos para desfrutar das diversas opções de entretenimento que ele disponibiliza. Também é um bom lugar para quem gosta de comprar roupas e acessórios de marcas conhecidas.

  • Endereço: Malecon de la Reserva, 610 – Miraflores.
  • Horário de funcionamento: o shopping é a céu aberto e o horário de funcionamento das atrações e restaurantes varia.

14. Miraflores

Como citado anteriormente, Miraflores é um dos distritos mais badalados de Lima! Ao andar pelo bairro, você já conhece diversas atrações, um pouco da agitada vida noturna da cidade e ainda pode escolher entre os diversos restaurantes do bairro. É um dos lugares mais agradáveis e seguros para se andar em Lima durante a noite.

Experimente passar pela famosa Calle de las Pizzas (Rua das Pizzas), que é uma das mais bonitas do bairro e conta com diversas opções de pizzarias e outros tipos de restaurantes. Também tem a Calle Berlín, com diversas opções de bares, pubs e bastante arte urbana nas paredes. Uma ótima opção para quem quer simplesmente andar pela cidade e terminar a noite em um barzinho.

15. Peña del Carajo

Quem gosta de dançar e de conhecer mais da música regional em suas viagens, vai adorar essa peña! Esses locais têm esse nome porque são casas feitas para performance de danças típicas como a criolla. Esse ritmo é uma mistura de ritmos andinos com os espanhóis e africanos. Essa casa é considerada como um dos melhores lugares para se conhecer esses gêneros e experimentar uma noite autêntica peruana.

Por lá, acontece um misto de balada com performance e shows, conta com diversas danças coreografadas para os mais tímidos que não dançam tanto. Algo que diz muito sobre o lugar é seu nome, “del carajo” (do caramba) é uma expressão para relatar algo extraordinário!

  • Endereço: Jirón Catalino Miranda, 158 – Barranco
  • Horário de funcionamento: sábados das 22h às 3h
  • Valor da entrada: 30 soles

16. Circuito Mágico das Águas

O circuito acontece no Parque da Reserva, cerca de 12 fontes são ligadas e suas águas são misturadas com luzes e projeções para virarem verdadeiras obras de arte. Algumas fontes são só para admiração, mas outras são mais interativas, você pode passar no meio ou por baixo das águas e participar do show.

O parque fica aberto durante o dia, mas o circuito só acontece à noite. As crianças são as que mais gostam, então é um passeio ideal para família e para os dias que não são frios, já que é natural que se molhar um pouco na interação com as fontes.

  • Endereço: Jirón Madre de Dios, s/n – Cercado de Lima.
  • Horário de funcionamento: o parque abre de quarta a domingo das 15h às 22h30, mas os shows são realizados às 19h15, 20h15 e 21h30.
  • Valor da entrada: 4 soles para adultos e gratuito para menores de 5 anos.

17. Parque Kennedy

Esse parque fica no coração de Miraflores e é considerado um dos pontos de referência do distrito. Durante a noite, ele fica com uma diversidade enorme de pessoas, misturando locais e turistas. O local conta com diversas barracas de artesanato, food trucks, exposições artísticas e muito mais.

Assim como o parque, as ruas em seus arredores também contam com diversas opções de restaurantes e lojas. E para quem gosta de animais, ainda dá para conhecer os inúmeros gatos que habitam o parque. Um bom passeio tanto para quem quer mais agito como para os que querem só caminhar e descansar nos bancos.

18. Gran Teatro Nacional

Esse teatro é um dos maiores e mais modernos prédios do país. Um ótimo programa para os fãs de ballet, orquestra e ópera, que são os estilos que compõem a maioria da programação. Também oferece peças de teatro, espetáculos de outros tipos de dança, shows de artistas populares e internacionais e várias apresentações gratuitas.

Para quem só quer conhecer mais sobre o local sem ir aos espetáculos, o Teatro também oferece visitas guiadas. Esse local é indicado para quem gosta de arte, conhecer novos lugares e apreciar os espetáculos produzidos pelos peruanos. Ele é considerado uma atração turística devido ao seu tamanho e à sua fachada modernista.

  • Endereço: Av. Javier Prado Este, 2225 – San Borja.
  • Horário de funcionamento: varia de acordo com a programação.
  • Valor da entrada: varia de acordo com a programação.

19. Cemitério Presbitero Maestro

Nesse cemitério, foram enterradas grandes personalidades da música, arte e História peruana. Esse passeio, em específico, é para os mais corajosos e que gostam de aventuras e planos fora do usual. A maioria das agências que oferecem o passeio ao cemitério durante a noite o chamam de “tour do medo”.

Existem opções de passeios durante o dia e à noite, mas na parte da noite o foco não são somente as grandiosas e deslumbrantes sepulturas. A visita à noite é para você conhecer mais sobre as histórias das pessoas que foram enterradas lá, ou seja, tem muitas lendas urbanas. Além disso, contam histórias sobre crimes e outras coisas que aconteceram por ali.

  • Endereço: Jirón Ancash – Barrios Altos.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 19h.
  • Valor da entrada: 7 soles

O que fazer em Lima a dois?

Nada melhor do que viajar com aquela pessoa querida, conhecer novas culturas juntos e se inspirar através de lugares que estimulam o romantismo! Confira os melhores lugares de Lima para casais.

20. Ponte dos Suspiros

Essa ponte foi construída no século XIX e possui uma vista panorâmica de uma das partes mais charmosas de Barranco. Por isso, ela fica ainda com um clima mais romântico quando o sol está se pondo e as luzes das ruas se acendem. A ponte foi adotada por casais e é possível ver muitos por ali, principalmente os recém-casados.

Além disso, os locais acreditam que a ponte é um lugar para fazer desejos e que se você conseguir atravessá-la sem respirar, seu desejo será realizado. Ideal para casais que desejam começar um roteiro mais romântico em Lima.

  • Endereço: Jirón Batallón, Ayacucho, 271 – Barranco

21. Parque el Olivar

Esse parque mistura a beleza com a história, ele possui diversas oliveiras que foram trazidas pelos espanhóis na época da colonização. Por não estar localizado em um dos bairros mais turísticos, ele é muito mais tranquilo do que os parques de outros bairros mais famosos. O local ainda possui uma fauna abundante, sendo possível ver inúmeros pássaros diferentes, esquilos, peixes e tartarugas.

É um ótimo lugar para um passeio, encontros românticos e para realizar um piquenique. Para fazer piqueniques é possível comprar os alimentos em um mercado que fica em uma das ruas dos arredores. O parque ainda conta com a Biblioteca Municipal, o Centro Cultural de San Isidro e o Museu Marina Nuñez de Prado.

  • Endereço: Parque El Olivar – San Isidro.

22. Parque do Amor

Com esse nome, precisa dizer mais alguma coisa? O Parque do Amor é muito bem conservado, tem uma vista maravilhosa para o Oceano Pacífico e proporciona um lindo pôr do sol. Além de ter muitos jardins floridos, lindos mosaicos e frases românticas espalhadas por eles. Não só é ideal para casais, simplesmente foi feito para eles!

O parque foi inaugurado em 14 de fevereiro, Dia dos Namorados e possui uma escultura em homenagem aos casais que passam por ali. Essa estátua se chama “O Beijo” e foi construída pelo artista Victor Delfín, ela se encontra no centro do parque. O lugar é tão apaixonante que é usado por diversos casais locais para fazerem as fotos de seu álbum de casamento.

  • Endereço: Malecón Cisneros – Miraflores

23. Costa Verde

A Costa Verde é a rua de frente para o Oceano Pacífico em Lima. De lá, é possível andar por cima das falésias que “sustentam” a cidade. Ideal para casais que gostam de passeios mais longos com bastante atividade e movimento. É possível passar por diversos pontos turísticos ao fazer todo o percurso da Costa Verde.

O caminho também conta com diversos espaços onde é possível fazer um piquenique ou simplesmente sentar para relaxar. O modo de locomoção depende do perfil do casal, pode ser feito a pé ou de bicicleta, dependendo do tempo que querem dedicar ao passeio. É um jeito bem romântico de conhecer um pouco mais da costa da cidade.

  • Endereço: começa na Av. Costanera com a Callejon de los Huancas e termina no píer.

24. Gran Hotel Bolivar

Construído em 1924, o Gran Hotel Bolivar foi o primeiro grande hotel de Lima e hospedou grandes celebridades como Walt Disney e Mick Jagger. Além da maravilhosa arquitetura, o hotel possui a fama de ter o melhor Pisco Sour do mundo.

Ideal para casais que querem ter uma noite de estrelas e se sentirem mais imersos na história da cidade. Vale a pena dar uma volta pelo saguão e tomar o famoso drink peruano. O hotel também é muito utilizado para casamentos. Por isso, pode ser uma boa inspiração para quem pensa em se casar em um país diferente e um local histórico.

  • Endereço: Jirón de la Unión, 958 – Lima.
  • Horário de funcionamento: o bar abre todos os dias, das 10h às 23h.
  • Valor da entrada: gratuito.

25. La Rosa Nautica

O restaurante é famoso por sua localização, ele fica no píer ao final do Circuito de Playas. Também chama atenção por sua arquitetura, já que é um grande casarão de madeira sobre o mar. A vista do restaurante é bem privilegiada, de um lado está o Oceano Pacífico e do outro é possível ver as falésias da cidade.

O restaurante possui um ambiente bem sofisticado e romântico, ideal para casais que gostam de alta gastronomia e uma boa vista. O menu é bem amplo e especializado em frutos do mar, possui tanto pratos de cozinha internacional como também da cozinha peruana.

  • Endereço: Espigón Miraflores, Lima 18, Circuito de Playas.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 12h às 22h.

26. Parque da Amizade

Apesar de se chamar Parque da Amizade, não quer dizer que é menos romântico que o Parque do Amor. Esse parque é mais afastado do centro, pois ele fica localizado no distrito de Santiago del Surco. Por não ser um distrito famoso, é considerado um dos mais bonitos e bem cuidados fora da tradicional rota turística.

O parque conta com restaurantes, cafés e ainda há opções de passeios de pedalinho no lago e passeios de trem em volta do parque. Perfeito para um dia mais romântico na viagem, para fugir um pouco dos lugares turísticos e ter um contato mais próximo com a natureza.

  • Endereço: Av. Caminos del Inca, 33 – Santiago de Surco.
  • Horário de funcionamento: terça a sexta de 9h às 21h, sábados de 9h às 22h e domingos de 9h às 23h.

O que fazer em Lima no fim de semana?

Fim de semana merece passeios divertidos para aproveitar o que a cidade tem de melhor para oferecer. Confira!

27. Bairro Chinês de Lima

Esse lugar foi criado devido à enorme quantidade de imigrantes chineses que foram trabalhar nas plantações costeiras do país no século XIX. O Bairro Chinês de Lima não é um lugar comum para os turistas, mas é um lugar que vale a pena conhecer, principalmente para quem gosta de fazer passeios gastronômicos. Os restaurantes chineses mais renomados de Lima estão nesse bairro, mas a principal atração são os chifas.

Nesses chifas, dá para conhecer mais um novo sabor, já que fazem uma mistura da culinária chinesa com a peruana. Além disso, o bairro possui diversas lojas, mercados e barracas de venda que oferecem alimentos, especiarias e objetos típicos da China. Ótimo para ir aos fins de semana e andar com calma pelo bairro.

  • Endereço: Calle Capón com Jirón Paruro.

28. Praia San Bartolo

San Bartolo é um dos distritos turísticos de Lima, principalmente para os locais, é um balneário bem popular criado na década de 50. Localizada a cerca de 50 km de Lima, essa praia é ideal para ir aos fins de semana. Isso porque é preciso de tempo para ir até lá e é um lugar extremamente tranquilo e seguro.

As águas são bem limpas, é perfeito para relaxar, caminhar, ver o pôr do sol e encontrar leões marinhos, animais muito comuns no Peru. Além do mais, está perto de diversos restaurantes e possui uma ótima estrutura no geral. Também é boa para praticantes de surf e bodyboard.

  • Endereço: Malecon Ribera Norte.
  • Horário de funcionamento: aberta 24h.
  • Valor da entrada: gratuito.

29. Catarata de Antankallo

Para aqueles que gostam de contato com a natureza, caminhadas e querem sair um pouco da cidade grande, visitar a Catarata de Antankallo é um ótimo passeio. A trilha dura 1 hora e meia e é de dificuldade média por ser subida, também existe a opção de descer de rapel por dentro da catarata.

É bom para ir nos fins de semana se tiver tempo de sobra, visto que somado ao tempo da trilha, ainda leva cerca de 2 horas para chegar no distrito de Matucana. A vista é maravilhosa! É mais indicada para adultos com um certo preparo físico para aguentar as elevações da trilha.

  • Endereço: Antankallo – Matucana.

30. Bioferia

A Bioferia é uma feira de produtos orgânicos, inaugurada em 1999 e abastecida por fazendeiros locais e ongs ambientais. A visita é recomendada para adeptos de um estilo de vida mais saudável ou pessoas dispostas a experimentar novos sabores. Na feira, você encontra alimentos diversificados incluindo os típicos do Peru, além de encontrar também artesanato.

O local ainda conta com barracas que vendem comidas e bebidas orgânicas com diversas opções para as dietas veganas, vegetarianas e celíacas. Além de verduras e legumes, também é possível encontrar alimentos artesanais como queijo, café peruano, geleias e leite de vaca e cabra. Um bom lugar para visitar e tomar um café da manhã orgânico em um sábado, único dia da semana que a feira acontece.

  • Endereço: Parque Reducto, San Antonio – Miraflores.
  • Horário de funcionamento: sábados de 8h30 às 14h30.

31. Caral

Depois de ver tanta coisa sobre os Incas e os Espanhóis, pode se pensar que só esses povos estiveram presentes no Peru, mas Caral mostra que não. São mais de 5 mil anos de história presentes ali, é uma civilização tão antiga quanto as do Egito, Índia e Mesopotâmia. Esse local foi o berço da civilização Andina, que diferente das outras três, viveu isolada de outras civilizações.

Foi considerada patrimônio mundial em 2009, a cidade arqueológica possui diversas pirâmides, praças e diversos outros tipos de edificações. É um ótimo lugar para quem gosta de história se sentir imerso nela ao estar em um lugar tão antigo. Ideal para ir em um fim de semana, visto que fica a uma distância de 4 horas da parte turística de Lima.

  • Endereço: Accesso Caral – Caral.
  • Horário de funcionamento: segunda à quinta das 9h às 16h, sexta a domingo das 9h às 18h.
  • Valor da entrada: 11 soles para adultos e 1 sol para crianças e idosos.

32. Praia El Silencio

Essa praia fica no distrito de Punta Hermosa e é considerada uma das melhores praias da região. Dizem que ela tem esse nome porque os surfistas que descobriram o local não queriam compartilhar esse segredo. Por isso, eles a batizaram de “O Silêncio”.

A El Silencio possui águas calmas e é ideal para famílias que querem passar um tempo juntas na praia durante o fim de semana. Porém, é preciso cuidado ao entrar na água, já que logo no começo ela possui um desnível e já fica funda. Por causa disso, é mais recomendada para quem já sabe nadar. Também é um local bastante frequentado por surfistas.

  • Endereço: Playa El Silencio – Punta Hermosa.

33. Museu do Automóvel – Coleção Nicolini

Esse museu expõe mais de 120 carros antigos do colecionador Jorge Nicolini, alguns de seus carros já possuem mais de 100 anos. Nicolini comprou seu primeiro carro aos 18 anos e desde então, colecioná-los virou seu hobbie. Os carros não estão só para exposição, todos funcionam perfeitamente e alguns ainda são dirigidos pelo próprio fundador.

O museu também conta com uma oficina no próprio local para fazer a restauração dos carros adquiridos por ele. É um lugar maravilhoso para quem ama carros e está com tempo, já que o museu fica um poucos mais afastado da região turística de Lima.

  • Endereço: Av. La Molina, 37 – La Molina.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, de 9h30 às 19h.
  • Valor da entrada: 20 soles.

O que fazer em Lima com chuva?

Não é muito comum chover em Lima, mas sabemos que esse fator pode atrapalhar e até mesmo cancelar alguns planos, já que a cidade conta com muitas opções ao ar livre e até mesmo os shoppings são abertos. Então, é sempre bom estar preparado e ver as opções de programas em locais fechados.

34. Teatro Municipal de Lima

Assistir a um espetáculo no Teatro Municipal é perfeito para os dias chuvosos, ele é o lar da orquestra sinfônica do Peru. Foi reinaugurado em 2010 após ser devastado por um incêndio, ele foi completamente restaurado seguindo o máximo possível de sua planta original. É um prédio deslumbrante localizado no Centro Histórico de Lima.

Vale a pena passar por lá só para apreciar sua arquitetura deslumbrante, bem como entrar para ver sua impecável decoração interior. O repertório de seus espetáculos varia entre ballet, danças folclóricas, shows de rock, orquestra e muitos outros. O Teatro não só é elogiado pela sua aparência, mas também pela sua ótima acústica.

  • Endereço: Jirón Ica, 377 – Lima.
  • Horário de funcionamento: varia de acordo com o espetáculo.
  • Valor da entrada: varia de acordo com o espetáculo.

35. Museu Nacional de Arqueologia, Antropologia e História

Esse museu foi criado em 1822 e hoje possui cerca de 300 mil peças que contam a história e cultura dos povos pré-hispânicos. A duração sugerida para conhecer todo esse acervo é de duas a três horas, ótimo para esperar a chuva passar enquanto você descobre mais sobre a rica História e cultura peruana.

O acervo é dividido em diversas salas e está organizado em ordem cronológica. É um museu um pouco fora do círculo turístico, por isso, é ideal para os que amam História e procuram um lugar mais tranquilo para observar tudo com calma.

  • Endereço: Plaza Bolivar, s/n – Pueblo Libre.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 8h45 às 17h.
  • Valor da entrada: 10 soles.

36. Cassino La Hacienda

O cassino do hotel La Hacienda é um dos mais famosos de Lima, o ambiente é aconchegante, possui máquinas modernas e eles oferecem alguns drinks de cortesia para os frequentadores. Para quem gosta desse tipo de entretenimento, é interessante ir para conhecer e se divertir nas máquinas em uma noite chuvosa. Ele fica localizado no centro do distrito de Miraflores e atrai tanto turistas como diversos moradores locais.

  • Endereço: Av. 28 de Julio, 511 – Miraflores.
  • Horário de funcionamento: aberto 24h.
  • Valor da entrada: gratuito.

37. Museu de Arte de Lima

O museu fica em um palacete do século XIX e possui dois andares, um com uma exposição permanente e outro com exposições temporárias. Seu acervo aborda todos os tipos de arte em ordem cronológica. São mais de 3.000 anos de história contados somente através da arte produzida pelos povos habitantes do Peru.

Por isso, reserve cerca de duas horas para contemplar todo o acervo. Contudo, para os entusiastas de arte que gostam de ver tudo com mais calma, o tempo gasto pode ser maior. O museu ainda conta com um café para quem quiser relaxar e tomar um chocolate em um dia chuvoso.

  • Endereço: Paseo de Colon, 125 – Parque de la Exposición.
  • Horário de funcionamento: terça à sexta das 10h às 19h, sábados das 10h às 17h e domingos de 10h às 19h.
  • Valor da entrada: 30 soles.

38. Museu MATE

O Museu Mario Testino ou MATE, como é popularmente conhecido, é imperdível para os amantes de fotografia. Isso porque ele abriga as obras do fotógrafo Mario Testino, considerado um dos maiores fotógrafos atualmente. Ele é conhecido por ser fotógrafo de celebridades, tendo em sua exposição fotos da família real britânica, Brad Pitt e Gisele Bündchen.

Apesar disso, ele ainda gosta de mostrar suas raízes através da fotografia, então é possível ver retratos de povos peruanos também. O museu fica em um charmoso casarão em Barranco e abriga exposições temporárias e permanentes também, sendo uma delas dedicada à Princesa Diana.

  • Endereço: Av. Pedro de Osma, 409 – Barranco.
  • Horário de funcionamento: terça a domingo de 10h às 19h.
  • Valor da entrada: 25 soles.

39. Mercado Municipal de San Isidro

O Mercado Municipal de Lima é um lugar onde você pode encontrar frutas e outros ingredientes típicos do Peru. Que tal comprar tudo fresquinho para preparar um ceviche, que é um dos pratos típicos mais adorados pelos turistas? Você vai conhecer também o milho roxo, uma iguaria exótica bastante apreciada por lá. Aproveite também para tirar fotos nos murais grafitados do mercado. É um passeio imperdível e também uma viagem pela gastronomia local.

  • Endereço: Av. Del Ejercito, 1551-1565.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 7h às 17h.

40. Workshop de Chocolate

O ChocoMuseo oferece diversos workshops e você pode aprender a fazer sua própria trufa, seu próprio chocolate do zero, desde a escolha da semente de cacau. Ele também conta com um workshop de mini-chocolate, com duração de, aproximadamente, 45 minutos, para quem não pode ou não quer passar tanto tempo ali.

Os workshops duram, em média, duas horas, mas os chocolates só ficam prontos para serem retirados após uma hora do final do seu preparo. Uma atividade muito gostosa para se fazer caso a chuva tenha entrado no caminho de outros passeios, pessoas de todas as idades podem participar.

  • Endereço: Jirón Carabaya, 191-195 – Centro Histórico de Lima ou Calle Berlin, 375 – Miraflores.
  • Horário de funcionamento: os workshops tem horários entre 9h30 e 17h.
  • Valor da entrada: os workshops custam 25 soles para adultos e 20 soles para crianças.

Mesmo com pouco tempo, é possível fazer muito e conhecer diferentes lugares em Lima, visto que diversos pontos turísticos ficam muito próximos uns dos outros. Depois de todas essas opções de atrações extraordinárias para visitar, dá cada vez mais vontade de arrumar as malas e ir!

PARA VOCÊ