20 praias do Rio de Janeiro que você precisa conhecer

Escrito por Sheila Almendros

Um dos destinos mais conhecidos do Brasil é também um dos mais bonitos do mundo. E não é para menos: o Rio de Janeiro abriga praias paradisíacas que atraem um público diversificado, dos viajantes que procuram por tranquilidade e sossego, até os que querem ficar perto do agito e da badalação.
Conheça algumas opções incríveis que podem ser incluídas em seu roteiro carioca:

1. Praia do Farol

Localizada em uma reserva ecológica no Arraial do Cabo, a Praia do Farol é muito frequentada por famílias e casais, e foi considerada a mais perfeita do Brasil pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Isso porque estamos falando de um paraíso de águas cristalinas e areia branquinha, com um quilômetro de extensão. É proibida a entrada na praia com água e comida, e para chegar até lá, é necessário pegar um barco, partindo da Praia dos Anjos.

2. Barra da Tijuca

IStock

Uma das praias mais famosas do rio é bastante frequentada não só por moradores e turistas, mas também por surfistas, já que a água verdinha do mar costuma estar sempre agitada por conta dos ventos fortes. É a maior praia do Rio de Janeiro, com seus 18 quilômetros de extensão, sendo grande parte dela totalmente urbanizada, com calçadão beirando a avenida, ciclovia e muitos quiosques. A partir da Reserva de Marapendi, uma área de proteção ambiental, que a Barra começa a ficar mais tranquila e limpa. Vale a pena tirar algumas horas do dia para passear por lá também.

3. Grumari

Grumari se tornou Área de Proteção Ambiental em 1987, portanto, espere encontrar um local totalmente preservado, com fortes ondas no fundo da praia, ideal para a prática de surfe, e uma grande parte rasa de águas geladas e limpas, perfeita para os banhistas. Costuma ser muito frequentada aos finais de semana, e seu acesso feito por uma estradinha estreita fica lotada de carros, mas durante os outros cinco dias a calmaria reina na região.

4. Prainha

IStock

Ali do ladinho da Praia de Grumari, na Baixada de Jacarepaguá, fica a Prainha, uma pequena extensão de 150 metros de faixa de areia estreita, protegida por morros e pedras cobertos de Mata Atlântica. Assim como a sua vizinha, ela é bem movimentada aos sábados e domingos, sendo mais tranquila durante a semana, e suas águas cristalinas e agitadas costumam atrair bastante surfistas. Seu acesso pode ser feito de carro e também com transporte público.

5. Praia do Forte

Situada na região central de Cabo Frio, a Praia do Forte costuma ter bastante banhistas por toda a sua orla, que atinge 7,5 quilômetros de extensão. Suas águas agitadas atraem surfistas e velejadores, mas do lado esquerdo, próximo ao Forte São Mateus, o mar é mais tranquilo

6. Praia do Cachadaço

Quem busca tranquilidade deve incluir a Praia do Cachadaço em seu roteiro. Localizada em Trindade, sua extensa faixa de areia permite que os seus visitantes fiquem bem espalhados, sem ninguém ficar brigando por um espacinho em frente ao mar. Por lá também há as fontes de água doce desembocando na praia, perfeito para dessalgar o corpo no fim de sua estadia. Se o mar agitado e as valas te assustam, o ideal é migrar para as piscinas naturais da Cachadaço, que é acessada em 20 minutinhos através de uma trilha no canto direito da praia.

7. Ipanema

IStock

A praia mais conhecida do Brasil é também o ponto de encontro mais popular e movimentado do Rio de Janeiro. Localizada entre o Arpoador e o Jardim de Alah, seus 2 quilômetros de extensão variam entre um mar agitado e ondas mais tranquilas, agradando variados tipos de visitantes. No Posto 9 é onde está a maior concentração de jovens e celebridades, que frequentam o local não só para curtir uma água de coco em frente ao mar, como também para andar de bicicleta, fazer caminhada pela orla ou jogar uma partida de futevôlei.

8. Praias de Antigos e Antiguinhos

Antigos e Antiguinhos são duas praias pequenas e desertas situadas em Paraty, e para acessá-las é necessário seguir uma trilha a partir da Praia do Sono, ou de barco, partindo do Condomínio Laranjeiras. É uma área de preservação ambiental, e por isso, não é permitido acampar e nem fazer fogueira. Por lá também não há campings e quiosques nas redondezas, sendo assim um local de passagem somente. Mas vale cada segundo, pois ambas são paradisíacas!

9. Praia de Lopes Mendes

Eleita como a sétima melhor praia pela Trip Advisor, a Praia de Lopes Mendes é mais uma atração selvagem, longe da agitação urbana do Rio. Ela é uma das praias mais famosas de Angra dos Reis, também pertencente a uma área de proteção ambiental de difícil acesso. Para acessá-la é preciso seguir uma trilha de 10 quilômetros, partindo pelo canto direito de Abraão, ou de barco. Como não há uma construção sequer pelas redondezas, é necessário levar água e comida. Mas não esqueça de recolher o seu lixo antes de ir embora, ok?

10. Praias Azeda e Azedinha

IStock

A praia mais procurada de Búzios pelos turistas, sem dúvidas é a Azeda. Por sua popularidade, é sugerido ir de dia de semana se você busca por tranquilidade, ou chegar cedo aos sábados, domingos e feriados para conseguir um bom lugar na areia. A Azedinha, sua vizinha, é tão pequena quanto a Azeda, e ambas são divididas somente por uma faixa de pedras. Para chegar até elas, é necessário pegar um Aquatáxi na Praia dos Ossos, ou por uma pequena trilha partindo da rua Praia de João Fernandes.
E por que todos querem curtir um dia de sol em Azeda e Azedinha? Porque as águas são calmas e limpinhas, com formação de pequenas piscinas naturais entre as pedras, além das barracas servindo bebidas e petiscos deliciosos!

11. Praia do Forno

Nem mesmo a trilha escondida no final da Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo, intimida os visitantes a encherem a Praia do Forno na alta temporada. O pequeno percurso íngreme de 540 metros já oferece um paradisíaco spoiler do que você curtirá ao chegar até a orla: um colorido incrível formado pela água esverdeada da enseada, a faixa de areia branquinha, e o verde da vegetação que a cerca. Caso a visita seja feita depois de um dia de chuva, o melhor é pegar um barco na própria Praia dos Anjos, pois a trilha fica bem escorregadia.
A infraestrutura do local, apesar de rústica, não deixa a desejar. Há alguns banheiros bem simples, barraquinhas de petiscos, restaurantes e até um bar flutuante, onde você pode curtir uns bons drinks e alugar equipamentos de snorkeling para avistar as tartarugas.

12. Praia do Secreto

O nome já diz tudo: a Praia do Secreto é um local longe de todo o circuito turístico do Rio de Janeiro. Mas não é para menos: o acesso a ela é extremamente difícil, possível somente por uma trilha em um penhasco, ou a pé pela água, quando a maré está baixa. Mesmo com essas dificuldades, o destino tem se tornado muito visitado, principalmente aos finais de semana.
Situada entre a Praia da Macumba e a Prainha, a Praia do Secreto é, na verdade, uma piscina natural formada pela água do mar entre as pedras. Seu acesso é feito através de suas vizinhas, e é imprescindível chegar até ela com o filtro solar já aplicado no corpo e munido de chinelos.

13. Praia de Dois Rios

Quem vai à Praia de Dois Rios, em Ilha Grande, pode não só aproveitar o banho de mar, como também se banhar nas águas doces dos rios que cercam suas duas extremidades. A maré agitada é convidativa para a prática de mergulho e pescaria. Para chegar até lá, é necessário percorrer uma trilha de pista aberta com 7 quilômetros de extensão, saindo da Vila do Abraão, percurso esse que dura em torno de 3 horas. Como a volta é um pouco mais cansativa, é importante se programar para voltar cedo!

14. Arpoador

A continuação da praia de Ipanema é tão famosa e bem estruturada quanto a sua vizinha, e é um verdadeiro convite para passar o dia inteiro por lá curtindo o mar, relaxando debaixo do guarda sol, se exercitando nos aparelhos de musculação ou fazendo manobras radicais na pista de skate. O mar agitado é favorável para a prática de surfe e mais próximo às pedras, de mergulho submarino. Não deixe de curtir o pôr do sol junto com os outros frequentadores, que costumam bater palmas enquanto o fenômeno acontece.

15. Praia Vermelha

A Praia Vermelha está localizada no bairro da Urca, e seus frequentadores podem aproveitar ao máximo as águas tranquilas para remar em caiaques, canoas havaianas, se banhar ou praticar pescaria. A visão que se tem da areia para o Pão de Açúcar é deslumbrante, ideal para uma caminhada inspiradora. Sua infraestrutura conta com um restaurante, quiosques, um parquinho e uma área de preservação ambiental logo ao lado.

16. Prainhas do Pontal do Atalaia

Essa é uma das praias mais lindas de Arraial do Cabo, com um mar de encher os olhos: em alguns momentos a água pode ser azul, outrora verde, mas sempre muita limpa e tranquila, ideal para se banhar e relaxar. Sua infraestrutura é bem rústica, contando somente com alguns vendedores ambulantes quando o movimento da praia está favorável para as vendas, portanto, se a visita for feita na baixa temporada, lembre-se de levar algo para comer e beber. No canto direito da praia há a Gruta do Amor, um ótimo cenário para tirar algumas fotos e apreciar a natureza. É possível chegar até lá de carro, estacionando o veículo no Pontal do Atalaia, ou fazer uma trilha saindo da Prainha, próximo ao Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, ou ainda de barco, partindo da Praia dos Anjos.

17. Praia José Gonçalves

Esta pequena praia selvagem fica dentro da Reserva Ecológica das Emerências, em Búzios, e é muito frequentada por surfistas durante a maré agitada. Durante o verão, o mar fica mais tranquilo, e os bancos de areia costumam mudar um pouco a paisagem. É um local pouco frequentado por turistas, e vale a visita caso queira fugir da agitação. Não deixe de experimentar a Casquinha de Marisco, do Quiosque do Ranieri.

18. Praia de Itacoatiara

É nas águas de Itacoatiara, praia localizada há poucos quilômetros do centro de Niterói, que acontece diversos campeonatos de surfe e body board durante o ano. O mar é comumente agitado e conhecido por suas ondas perfeitas. Além dos surfistas, a orla também é bastante frequentada por famílias e jovens, que contam com alguns quiosques padronizados por todo os 900 metros de extensão, que costumam ter música ao vivo as sextas e domingos.

19. Praia do Leblon

Localizada em um dos bairros mais nobres do Rio (e que dá o nome a ela), a Praia do Leblon é muito conhecida por sua excelente infraestrutura turística, que conta não só com o calçadão, ciclovia e quiosques, como também os hotéis, restaurantes e lojas de alto nível nas proximidades. Seus frequentadores costumam ser moradores do bairro, famílias com crianças e turistas, que podem relaxar na areia ou jogar frescobol. A vista do Pão de Açúcar e do Morro Dois Irmãos no entardecer é de arrancar suspiros!

20. Copacabana

IStock

Uma das praias mais famosas do mundo é o destino ideal para quem busca agitação. Sua orla está sempre cheia de turistas, praticando esportes ou relaxando debaixo do guarda-sol. Alguns campeonatos de vôlei e futebol de areia costumam rolar por lá, além dos diversos shows nacionais e internacionais de artistas renomados. A infraestrutura é super preparada para receber toda esta movimentação, com quiosques servindo pratos populares, o famoso calçadão feito de pedras portuguesas, ciclovia e banheiros.

Por ser um destino de temperaturas elevadas em todas as estações, o Rio de Janeiro é comumente visitado por turistas durante o ano inteiro. É de se esperar que quem passe por lá volte para casa extremamente apaixonado.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS

PELA WEB