17 praias entre São Paulo e Rio de Janeiro que deixam o Caribe no chinelo

Escrito por Bruno Mendes

O litoral do nosso país é perfeito em todas as distintas características, e muitas das praias entre São Paulo e Rio de Janeiro se igualam e até superam o Caribe, seja em razão da transparência das águas e a beleza das vegetações do entorno ou por alguns aspectos específicos, bem brasileiros.
Se por questões econômicas ou falta de tempo você não está em condições de fazer uma viagem internacional, saiba que pegar o carro do Rio para São Paulo (ou vice versa) poderá ser uma excelente deixa para conhecer belas praias em algumas cidades pelo caminho. Confira 17 opções para você se divertir como nunca!

1. Lagoa Azul, Paraty(RJ)

Sabe aquela praia escondidinha, contornada por uma natureza quase virgem? Essa é a Lagoa Azul. Acessada por uma das escunas mais famosas de Paraty, a lagoa é uma piscina natural de tons esverdeados e azulados cercada de pedras e vegetação. A calmaria das águas, a rica vida marinha local e a óbvia beleza viabilizam a prática de snorkeling, esse mergulho em mar raso tão apreciado por famílias.

2. Praia do Secreto, Rio de Janeiro(RJ)

Situada na região de Guaratiba — ainda no Rio de Janeiro (capital), mas já no caminho de São Paulo — a Praia do Secreto, como o próprio nome sugere, fica distante do típico burburinho carioca e muito agrada quem prefere lugares calmos.
Essa maravilha um tanto quanto rústica da natureza carioca está localizada entre a praia da Macumba e a Prainha, e pode ser acessada por uma pequena trilha entre pedras e matas. Não espere infraestrutura, mas se a ideia for passar boa parte do dia em um lugar lindo, a escolha é perfeita.

3. Ilha das Couves, Ubatuba(SP)

A ilha das Couves é acessada por lanchas e barcos de pescadores da praia de Picinguaba, em Ubatuba. Chegando lá, o visitante irá se deparar com um cenário rústico comparável ao que foi visto na série Lost, por exemplo, e se deliciará com mergulhos no mar de águas transparentes.
Uma dica IMPORTANTÍSSIMA: afastada e isolada, a ilha não disponibiliza locais para comprar comida, portanto leve alimentos, água e não se esqueça do repelente.

4. Praia do Cachadaço, Angra dos Reis(RJ)

Angra dos Reis é um município fluminense que recebe inúmeros turistas todos os anos em razão de suas praias e ilhas exuberantes. A praia do Cachadaço — utilizada como esconderijos para embarcações na época do Brasil colônia — tem somente 15 metros de extensão, águas verdinhas e muito tranquilas.

5. Praia de Castelhanos, Ilha Bela(SP)

Não é das tarefas mais simples chegas à Praia de Castelhanos em Ilha Bela: depois de percorrer mais de 20 quilômetros para chegar a baia homônima, é preciso caminhar por uma trilha de aproximadamente 2 quilômetros, e aí sim o visitante contemplará um exemplar paradisíaco com águas agitadas e alguns riachos translúcidos.
Quer saber? Vale a aventura… e como vale!

6. Lopes Mendes, Ilha Grande(RJ)

A praia de Lopes Mendes é uma das mais famosas de Ilha Grande e costuma encher bastante aos fins de semana. De todo modo, mesmo sem o perfil desértico de algumas citadas acima, ela tem uma área que mais agrada os visitantes que preferem a calmaria.
No sentido esquerdo, o mar é mais propício para a prática de snorkeling e como as areias são mais vazias, é viável fazer aqueles passeios contemplativos e relaxantes.

7. Praia dos Macieis, Angra dos Reis(RJ)

Localizada a 30 quilômetros da região central de Angra dos Reis, a Praia dos Macieis está entre as mais isoladas do município e tem o acesso controlado pela Petrobrás.
Excelente lugar para tirar proveito daquela saudável distância de lugares movimentados. Corre para lá, dê um mergulho, faça trilhas, deite na areia e relaxe muito!

8. Praia de Guaratuba, Bertioga(SP)

Os 8 quilômetros de extensão da Praia de Guaratuba proporcionam ótimas caminhadas a pé e passeios de bicicleta. Ainda que seja contornada por edifícios, ela é bastante sossegada. Dá até para pescar!

9. Praia do Cheira Limão, Guarujá(SP)

Semi-desértica e com apenas 20 metros de extensão, a Praia do Cheira Limão é uma das mais graciosas do Guarujá e tem bela vista para a cidade de Santos. Suas águas são limpas e calmas, e as atividades mais indicadas por lá são a pesca de molinete e o mergulho.

10. Praia Brava, Paraty(RJ)

Ainda na estrada que dá acesso à vila Trindade, em Paraty, há uma trilha com descida de aproximadamente 30 minutos, que liga à Praia Brava. Conte com ondas fortes, — e até indicadas à prática de surf — o que não pode ser tão agradável para quem gosta de mares calmos. De todo modo a atmosfera selvagem e isolada do local encantarão os visitantes.

11. Praia da Fome, Ilha Bela(SP)

A Praia da fome está situada na região norte de Ilha Bela e além das areias clarinhas e árvores que fazem uma sombra espetacular, o mar de águas transparentes é ótimo para prática de mergulho.
Dá para chegar lá por uma trilha de 40 minutos que sai da Praia de Jabaquara, ou de barco a partir da praia do Perequê. Por ambos os modos você contemplará uma natureza de tirar o fôlego, e poderá fazer muitos registros fotográficos.

12. Praia do Aventureiro, Ilha Grande(RJ)

Ir à praia do Aventureiro é ter a oportunidade de sentir aquele climinha típico dos lugares “distantes de tudo”, afinal ela está localizada em uma vila de pescadores cuja população é de um pouco mais de 100 habitantes. Com 50 metros de extensão e areia fininha, o mar de águas clarinhas tem uma parte agitada, porém no canto esquerdo é calmo.

13. Praia do Cepilho, Paraty(RJ)

A Praia do Cepilho fica situada na famosa vila de Trindade, localizada a 24 quilômetros da região central de Paraty, e não está entre as principais rotas turísticas do local. Por isso mesmo, é indicada para aqueles visitantes que privilegiam a tranquilidade. Apenas o som dos ventos e do mar podem quebrar o silêncio nesse paraíso que conta com um barzinho que serve boa comida, e cervejas e refrigerantes gelados.

14. Praia do Félix, Ubatuba(SP)

Acessada por dentro de um condomínio, a praia do Félix é uma dessas que possui área com ondas mais fortes, para o deleite de surfistas e entusiastas de outros esportes aquáticos. O local conta com um mar tranquilo, algo formidável para todos que não sabem nadar ou têm filhos pequenos.
Na parte mais calma, inclusive, são formadas piscinas naturais sombreadas por árvores abricó. Perfeito, concorda?

15. Praia Maresias, São Sebastião(SP)

Se no trajeto Rio-São Paulo a sua intenção for se divertir em um lugar bonito, agradável, mas bem movimentado, a boa é parar na Praia de Maresias, localizada em São Sebastião. O local tem magnífica infraestrutura, muita gente bonita e sazonalmente são realizados campeonatos de surf, o que contribui ainda mais para aumentar o fluxo turístico.

16. Praia de Camburi, São Sebastião(SP)

Dividida por uma pequena península da praia Camburizinho, Camburi tem ondas intensas e por isso atrai surfistas de várias partes do Brasil todos nos anos. Mas a graça do local vai além do mar de águas com tons verdes e azuis: cachoeiras e áreas para trilhas são atrativos que não podem deixar de ser apreciados pelos viajantes.

17. Praia Grande, Angra dos Reis(RJ)

Já que São Sebastião é a parte badalada do trecho paulista, a Praia Grande, em Angra dos Reis, preenche todos os requisitos para quem gosta de diversão, bares com música ao vivo, hotéis e pousadas de todos os níveis no litoral fluminense.
Ainda que seja bem agitada, a praia conserva aqueles aspectos idílicos que encantam quem opta por relaxar, e tem águas verdinhas e límpidas para o deleite de todos.

O trajeto entre São Paulo e Rio de Janeiro jamais será tão divertido se você não optar por conhecer algumas dessas maravilhosas praias!

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS

PELA WEB