14 motivos para você conhecer Seul, a capital da Coreia do Sul

Escrito por Sheila Almendros

Se você busca por um destino sustentável, funcional, com pessoas amigáveis e que mesmo diante de tanta evolução, ainda possui pontos tradicionais cheios de história, Seul é o seu lugar ideal! A capital sul coreana é super desenvolvida, com um transporte público de se tirar o chapéu, a internet mais rápida do mundo e pontos turísticos curiosíssimos que você deve incluir no roteiro. Conheça alguns deles:

1. Troca da guarda do Palácio Gyeongbokgung

IStock

O nome deste ponto turístico pode ser difícil de pronunciar e até mesmo de decorar, mas é fundamental incluí-lo em seu roteiro. Além de conhecer o interior do palácio, ainda é possível assistir a troca da guarda realizada no portão principal.

2. Memorial da Guerra

O museu não só expõe todo o equipamento de artilharia usada por americanos e coreanos durante a guerra, como também homenageia os soldados que morreram na década de 1950. O destaque principal do memorial são os dois enormes relógios na parte externa do edifício: um que marca o início de todas as batalhas, e outro que ainda aguarda o final delas. A entrada é gratuita.

3. Itaewon

IStock

Prepare-se para ver inúmeros carros de luxo desfilando pelo bairro mais caro de Seul. O local é muito frequentado por turistas, por ter bastante opções de restaurantes, cafés, lojas e pubs. A noite é que Itaewon fica mais agitado, tanto nos bares como nas festas que por lá acontecem.

4. Hongdae

Por ser um bairro universitário, espere para encontrar muitos jovens lotando os bares e lojas de Hongdae, principalmente a noite, quando as festas acontecem. Na verdade, tudo por ali funciona praticamente por 24 horas, e é muito fácil encontrar diversos artistas de rua animando quem transita por ali.

5. Gangnam

IStock

Este nome pode soar até um pouco familiar para você, já que tornou-se popular como um música bastante conhecida não só na Coreia, como no mundo todo. A verdade é que a canção fala perfeitamente sobre o estilo deste bairro e de seus frequentadores, marcados pelo design de luxo. E se você pensa que por isso as coisas por lá são caras, engana-se! A verdade é que todas as lojas, cafés e galerias de Gangnam são bastante famosas e bem frequentadas, além das casas que abrigam as festas mais badaladas de Seul.

6. Mercado Noryangjin

IStock

O legal deste mercado é que você não só pode comprar frutos do mar para fazer em casa, como também devorá-los por lá! É só pedir ao vendedor preparar para você o que deseja, e pagar uma pequena taxinha pelo serviço prestado. É uma ótima opção para fugir dos restaurantes mais caros.

7. Dongdaemun Design Plaza

IStock

O Dongdaemun por si só já é uma tremenda obra de arte arquitetônica, daquelas que gostamos de perder horas e horas admirando-o dali de fora mesmo. Não deixe de explorar também o seu interior, que além de abrigar um museu, também é recheado de lojas, galerias e exposições super bacanas!

8. Myeong-Dong

IStock

Este é o paraíso de quem gosta de bater perna e encontrar boas ofertas, principalmente nos shoppings Dutty Free! Quer uma notícia boa a mais? Turistas com passaporte em mãos ainda ganham um descontão em várias lojas!

9. N-Tower

É na N-Tower que você pode apreciar um almoço ou café gostoso com uma surpreendente vista panorâmica da cidade. São 236,7 metros de altura com dois andares de restaurantes. Você chega até lá a pé ou de teleférico, e a entrada custa 10 mil wons.

10. Demilitarized Zone

IStock

Não tem como negar que este é o ponto mais visitado da Coreia do Sul, justamente por despertar a curiosidade de todos os turistas. Esta zona desmilitarizada faz divisa com o país mais fechado do mundo: a Coreia do Norte. O seu acesso não é tão simples, sendo necessário contratar uma agência turística especializada. No observatório é possível avistar o outro lado da fronteira e a Cidade Propaganda, e também passar pela Panmunjon, onde soldados de ambos os lados ficam frente a frente.

11. Bukchon Hanok Village

O vilarejo mais antigo de Seul tem a sua arquitetura toda conservada, e abriga muitas lojas, restaurantes e cafés, para atender os turistas da melhor maneira. Um charme só!

12. Templo Budista Jogyesa

IStock

Se você quer fazer uma imersão completa à cultura coreana, visitar um templo budista é primordial! O Jogyesa é o principal templo do país e é impossível não sentir uma paz de espírito ao entrar neste local tão tranquilo e colorido!

13. Cheonggyecheon Stream

IStock

No meio de uma avenida cercada por edifícios comerciais, há o Cheonggyecheon Stream, um rio cercado de verde no centro da selva de pedra! Ele é o maior parque horizontal do mundo, e você pode passear e respirar um ar puro gratuitamente.

14. Mercado de Namdaemun

IStock

Este é o destino ideal para quem gosta de experimentar a gastronomia regional do país, sendo um mercado tão grande que possui até um andar subterrâneo (com mais lojistas!). A variedade é grande e a entrada é gratuita.

Certeza que depois desta tour caprichada, você voltará para casa apaixonado por Seul e com um monte de histórias incríveis para contar!

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS

PELA WEB