Havana: o que fazer, onde ficar, dicas e fotos da capital de Cuba

Escrito por Bruno Mendes

História instigante, praias padrão Caribe, cenário urbano acolhedor. Talvez esta seja uma boa maneira de definir Havana em poucas palavras, mas a capital de Cuba é muito mais complexa e contempla uma série de qualidades que encantam viajantes com as mais distintas predileções.

Que tal tomar alguns mojitos com os amigos escutando uma canção caribenha? O que acha de andar pelo centro histórico e escutar da população histórias da revolução cubana ou da rotina da cidade? Confira este guia completo sobre este curioso ponto turístico da América Central, que você precisa incluir na sua programação.

O que fazer em Havana?

Caminhar pelas ruas de Havana é a melhor maneira de conhecer e absorver boas informações de sua rica história. Pelas largas avenidas, ruas e vielas há prédios antigos, carros da década de 50 e um povo alegre e sempre receptivo. Confira algumas atrações turísticas que você não pode deixar de conhecer por lá!

1. Museu da Revolução

Sem dúvidas o Museu da Revolução é o mais importante espaço de preservação e valorização do passado cubano. Erguido entre 1913 e 1920 com o propósito de ser o palácio presidencial, o museu foi sede de diferentes governos até 1959, quando Fulgêncio Batista foi derrotado pelas tropas revolucionárias comandadas por Fidel Castro e Che Guevara.

Hoje a imponente construção em art-deco contempla valiosa coleção de fotografias, jornais antigos, equipamentos usados na comunicação e roupas utilizadas em combates. É evidente que muitas das informações de lá serão obtidas em outros pontos turísticos ou nas conversas com os moradores, mas vale conhecer os objetos das épocas distintas.

2. Havana Velha

Caminhar sem pressa pelas ruas da Havana Velha – centro histórico da cidade – pode ser considerada a atividade mais divertida do passeio. Nas vias contornadas por construções velhas (algumas pouco conservadas), há artistas de rua tocando seus instrumentos, restaurantes cheios de cubanos e turistas, e aqueles veículos charmosos que parecem ter sido tirados de museus de colecionadores.

Casarões e monumentos grandiosos também poderão ser apreciados nessa região, que talvez melhor sintetize o que Cuba representa mundo a fora. Dica: vá preparado para andar bastante e leve aquela graninha extra para o lanche ou almoço e alguns drinks, lógico.

3. Praia Santa Maria del Mar

Situada a apenas 15 minutos da região central de Havana, a Praia Santa Maria del Mar é uma ótima opção para o viajante que curtiu a área urbana de Havana e quer aproveitar o calor para tomar aquele delicioso banho de mar. Na região há bons hotéis, bares e restaurantes, ou seja, boa infraestrutura para quem também não dispensa conforto.

O mar esverdeado e o brilho do sol deixam logo claro que trata-se de uma típica praia do Caribe. Além de mergulhar e saborear uns petiscos, não deixe de caminhar pela longa faixa de areia!

4. Sorveteria Coppellia

A sorveteria Coppellia é conhecidíssima em Havana e os sorvetes já ganharam fama entre turistas. Não é má ideia ficar na longa fila para provar essa delícia cubana. Ótima maneira de se refrescar após o contato com o intenso calor da ilha.

5. Plaza de Armas

Na Plaza de Armas o viajante irá ver obras barrocas, sentir o clima fresquinho dos jardins, adquirir livros antigos e observar o ir e vir dos transeuntes de diferentes partes do planeta. É aquele lugar aconchegante, que proporciona bom relaxamento entre um passeio e outro e bons conhecimentos históricos.

Fundada em 1500, esta é a praça mais antiga de Havana e fica localizada na Havana velha. Lembra daquela dica sobre o passeio no bairro? Aqui a ideia é a mesma, caminhe sem pressa!

6. La Bodeguita del Médio

O La Bodeguita del Médio é um dos melhores lugares para tomar um drink em Havana. Famoso por ter recebido visitantes ilustres como o escritor Ernest Hemingway, o ator francês Gerald Depardieu, o irlandês Pierce Brosnan e a modelo inglesa Naomi Campbbell, o estabelecimento é pequeno e até um pouco abafado, mas serve deliciosos mojitos.

O preço pode não ser tão camarada quanto em outros bares menos badalados, mas a visita é recomendada, pois ele não deixa de ser uma espécie de museu da boemia cubana. Entre um gole e outro, escreva seu nome na parede e veja as fotos de artistas e políticos eminentes.

7. Plaza de la Revolución

Considerado um dos pontos turísticos mais fotografados em Cuba, a Plaza de la Revolución possui enorme relevância histórica e foi o epicentro de muitos dos acontecimentos da Revolução de 1959. É até lugar-comum citar a emblemática fotografia de Che Guevara nas paredes do prédio do Ministério do Interior, mas o espaço não é daqueles destinos óbvios.

Conhecida até o final do governo de Fulgêncio Batista como Plaza Cívica, ela é cortada por avenidas largas e arborizadas.

8. Capitólio de Havana

O Capitólio de Havana funciona atualmente como a Academia Cubana de Ciências e é uma das maiores casas parlamentares do mundo. Muito parecida com o capitólio da capital norte-americana, a construção de 92 metros de altura é a mais alta de Havana.

9. Paseo del Prado

Nas andanças por Havana vale seguir pelo Paseo del Padro, um calçadão arborizado decorado com esculturas e cercado por belas edificações. De uma ponta a outra é possível ver crianças brincando, artistas vendendo quadros e toda a dinâmica social de cidade simples, mas tranquila e com boa qualidade de vida.

10. Museu Nacional de Belas Artes

O Museu Nacional de Belas Artes de Havana conta com ótima coleção da arte cubana do século I a.C, até os dias de hoje. Mas também há obras importantes de artistas de outros países, como Pissaro, Pablo Picasso e Andy Warhol.

Próximo ao Paseo del Prado, o prédio é muito bem estruturado e ainda disponibiliza biblioteca com cerca de 120 mil exemplares. Não são poucos os turistas que o consideram como o melhor museu de Cuba, portanto, é recomendado se programar para passar um bom tempo nas salas e corredores.

11. Memorial a José Martí

José Martí foi um poeta e filósofo cubano, cujos escritos influenciaram a luta pela independência de Cuba do domínio espanhol em 1800. Localizado na Plaza de Armas, o memorial em homenagem ao herói apresenta uma torre de aproximadamente 130 metros de altura e belíssima estátua de Martí.

Alguns degraus acima da torre, o visitante encontrará um museu que disponibiliza 89 citações do poeta e do ponto mais alto dá para curtir um visual indescritível da capital cubana.

12. Calle Obispo

Na hora de fazer as providenciais comprinhas e curtir o ponto alto da efervescência em terras cubanas, procure a Calle Obispo: a rua mais famosa de Havana. Encontre lojas por todos os lados, restaurantes e bares movimentados, e turistas de diversas nacionalidades. Não deixe de ir!

13. Mercado Artesanal (Mercado Artesania)

Camisas de Che Guevara, pinturas feitas sobre capas de jornais, belos quadros com variadas referências à revolução cubana e peças artesanais podem ser adquiridos no mercado artesanal de Havana. Local certo para quem quer comprar souvenirs e dar de presente para parentes e amigos na volta ao Brasil.

14. Grande Teatro de Havana

Será fácil ficar encantado com a estrutura arquitetônica do Grande Teatro de Havana, um marco do barroco cubano. Localizado no Paseo del Prado em um prédio identificado como Palácio de Centro Galego, ele é a sede do Balé Nacional de Cuba, e dispõe de galeria de arte, sala de vídeo e algumas salas de ensaio.

Regularmente ocorrem apresentações de ópera, música clássica, balé e nas demais salas o viajante poderá conferir variadas exposições.

7 informações importantes sobre Havana, a capital de Cuba

Imagem: Viajali

  1. Contexto histórico interessante: Cuba é uma rara experiência socialista no mundo contemporâneo. A bem sucedida Revolução Cubana, comandada por Fidel Castro e Che Guevara, promoveu mudanças significativas naquela sociedade, para o bem e para o mal, afinal caminhos históricos nunca são lineares. Mas ainda que o país seja pobre e tenha problemas de infraestrutura, há saúde e educação para todos e o turismo movimenta a economia nas últimas décadas. O povo cubano é muito escolarizado e tem amplo conhecimento histórico para explicar sobre as questões do país, portanto, é uma boa fazer amigos em Havana.
  2. Localização: Havana é a maior cidade de Cuba, tem 2.4 milhões de habitantes e está localizada junto ao porto de Carenas.
  3. Clima de Havana: o clima de Havana é quente e a cidade é bastante ensolarada. No verão, a temperatura média é de 27ºC e no inverno de 19ºC, bem similar ao que normalmente é registrado nos termômetros das principais cidades brasileiras. No entanto, é prudente evitar a viagem entre junho e novembro, pois estes são os período de chuvas e dos fortes furacões.
  4. Visto: é preciso tirar o visto para visitar Cuba, mas essa tarefa é fácil. Basta adquirir as tarjetas turísticas disponibilizadas pelo serviço consular, ou pelas companhias aéreas que seguem para Havana. Importante: reserve o hotel e compre as passagens antes de tirar o visto, pois estes dados são exigidos.
  5. Moeda: há duas moedas que circulam por Cuba, o peso conversível (chamado de “CUC”) e o peso cubano. Em termos turísticos, o CUC é a moeda que mais circula, é com ela que você irá comprar lembrancinhas, pagar hotel, ingressos em espetáculos, etc. A cotação é equiparável ao dólar. Contudo, a moeda mais indicada para o turista levar na viagem é o Euro, pois ela é amplamente aceita nas casas de câmbio. Além disso, em razão do embargo econômico, estas casas cobram uma taxa de 10 % para a conversão do dólar para o CUC.
  6. Idioma: o idioma oficial de Cuba é o espanhol, mas não é difícil encontrar em Havana pessoas fluentes em inglês, francês e russo.
  7. Voos para Havana: não há voos direto do Brasil para Havana, mas algumas companhias fazem o trajeto com escalas. LATAM, Copa e Avianca são algumas dessas empresas, vale ficar atento às promoções.

Pronto, agora você já poderá organizar todos os preparativos para a viagem

Onde se hospedar em Havana?

Havana tem bons hotéis e os preços são condizentes com variadas possibilidades de gastos. Se o viajante quer luxo obterá boas opções, mas se a intenção for economizar, existem alternativas igualmente interessantes. Dá uma olhada nestes estabelecimentos.

1. Loft Habana – $$$$

Localizado a apenas 10 minutos andando da Plaza de Armas, esse charmoso hotel possui terraço com linda vista da cidade. Os quartos são confortáveis e há restaurante, bar/lounge e wi-fi gratuito.

2. Loft Irma – $$

Este aconchegante apartamento de Havana é uma boa indicação para quem busca conforto e simplicidade. Além de ter ar condicionado nos quartos, o lar disponibiliza cozinha americana com microondas, geladeira e utensílios domésticos.

3. CasavanaCuba Boutique Hotel – $$$

Este guesthouse familiar é equipado com spa, serviço de creche e babá, e disponibiliza quartos bem aconchegantes. Do terraço o hóspede poderá apreciar ótima vista do cenário urbano e confraternizar com a turma entre comes e bebes. Nada mal, né?

4. Hotel Saratoga – $$$$$

O luxuoso Hotel Saratoga fica localizado na região do Paseo del Prado e está pertinho dos melhores pontos turísticos de Havana. Depois de observar o Capitólio do terraço, o privilegiado hóspede terá à disposição dois bares/lounge, dois restaurantes, spa, um centro de bem estar e mais algumas comodidades.

5. Hotel Sercotel Caribbean – $

A principal qualidade do Sercotel Caribbean é aliar bom preço à localização. Ele fica a poucos minutos da La Bodeguita del Medio, do Capitólio e do Grande Teatro de Havana. Nos quartos, o hóspede conta com banheiro privativo, ar condicionado e TV LCD

Viu como é fácil encontrar diferentes tipos de acomodações em Havana? Pode sossegar, pois não haverá problemas em escolher a opção mais adequada e fazer a reserva.

10 fotos de Havana que irão aumentar ainda mais a sua vontade de viajar

E aí? Ficou interessado em descobrir Havana nas próximas férias? Cuidado, as fotos abaixo irão te deixar mais ansioso.

1. A impressão de ter voltado no tempo

2. População receptiva e patriota

3. Que tal uma volta nesse conversível modelo anos 50?

4. É sempre um prazer caminhar pelas ruas e observar as construções coloridas

5. O passado quase esbarra no presente em Havana

6. Um bom mojito para confraternizar cairá bem!

7. Ruínas, mar e pôr do sol

8. Havana Velha vista da janela

9. O agradável Paseo del Prado

10. Sempre convidativa essa noite cubana

Havana apresenta todos aqueles atributos que tornam um destino turístico especial. Se você não gosta do “mais do mesmo”, compre já a sua passagem para Cuba e divirta-se em momentos únicos.

PARA VOCÊ