15 imagens da Tasmânia: a bela e isolada ilha do continente australiano

Escrito por Bruno Mendes

Gosta de regiões longínquas, belas e com certa atmosfera misteriosa? A viagem para a Tasmânia – ilha pertencente à Austrália e localizada ao sul do continente – poderá superar suas expectativas, afinal a região não está entre os principais roteiros de viagem e é recheada de encantos dignos de uma conto de fantasia.

Se em Hobart – capital da Tasmânia – o viajante irá conhecer uma cidade pequena, tranquila e com excelente qualidade de vida, os atrativos naturais de toda a ilha surpreendem. Há animais incomuns, cachoeiras escondidas entre florestas com árvores de raízes grandes e caules retorcido e montanhas, por onde se é possível contemplar agrandeza de uma das regiões mais exóticas do planeta.

Uma vez aqui, outra ali, o Viajali sugere lugares diferentes você conhecer, então confira 15 imagens e algumas informações sobre a Tasmânia!

1. A capital Hobart

iStock

Mesmo que seja uma cidade parecida com tantas outras pelo mundo, Hobart guarda um certo encanto especial e em 2013 foi eleita pelo guia de viagem Loneley Planet como um dos melhores destinos do mundo. Sem trânsito caótico, com ótima infraestrutura urbana e custo de vida relativamente baixo, a cidade atrai não apenas turistas, mas pessoas que desejam ficar morada e começar uma nova vida.

É recomendado em Hobart ir ao Salamanta Market – uma feira com cerca de 300 barracas que vende vinho, chocolates, comidas locais – e provar o elogiado salmão da Tasmânia.

2. Ilha de Bruny

iStock

A selvagem ilha de Bruny fica a poucos quilômetros de Hobart, então este pode ser um dos primeiros passeios mais rústicos, digamos assim, no território da Tasmânia. As lindas praias são indicadas para adeptos do surf, mas quem não quer cair na água ficará igualmente satisfeito após longas caminhadas na faixa de areia e por poder visitar as florestas, a costa rochosa e toda a vida selvagem.

Para observar a beleza do local por um ângulo melhor e até fazer excelentes registros fotográficos vale subir até o mirante Neck!

3. Monte wellington: local obrigatório para turistas

iStock

O Monte wellington é uma das atrações mais famosas da Tasmânia e fica somente a 20 minutos da região central de Hobart. Se você tem disposição atlética, consiga um bom calçado e alguns desses equipamentos de viajantes aventureiros para escalar os mais de 1000 metros e chegar ao topo do monte. A subida é íngreme, pode ser cansativo, mas no final será recompensador!

Detalhe: a Tasmânia é um dos lugares do mundo onde se é possível ver a auroral boreal. Observar e até registrar o fenômeno de um ponto alto poderá ser ainda mais espetacular, concorda?

4. A Tasmânia é pouco visitada até por australianos

iStock

É certo que o Monte Wellington é requisitado e que a capital Hobart faz sucesso, mas a ilha ainda é pouco frequentada, e é um dos lugares mais exclusivos do planeta. Se em algum momento da vida é sempre bom fugir do mundo caótico e movimentado ( quem nunca quis?), esse é o destino perfeito para aquelas pessoas de espírito livre, que adoram florestas, montanhas e não têm medo ou falta de disposição para trilhas longas e algumas aventuras.

5. Olha quem é a figura mais famosa da ilha

iStock

O Diabo da Tasmânia (ou Demônio da Tasmânia) talvez seja mais famoso pelo mundo que a própria ilha australiana, e Mesmo MUITO barulhento, não é lá tão fácil encontrá-lo durante os passeios e a melhor maneira de ver alguns de perto é em parques cujo propósito é reabilitar os animais feridos.

Embora seja um símbolo da Tasmânia, o marsupial foi considerado uma praga e perseguidos por colonos europeus na década de 1930, o que levou a uma quase extinção. Hoje, graças ao tratamento realizado por centros de estudo, a espécie bem representada pelo personagem Taz no desenho Looney Tunes, volta a habitar o território em maior número.

6. Cachoeiras e muito verde

iStock

Há muitas florestas com matas fechadas na Tasmânia e sem dúvidas, a natureza preservada encantará o visitante que quer distância do concreto. Uma boa opção de passeio é o Parque Nacional Monte Field, que tem lindas quedas d’água, pântanos, florestas tropicais e até áreas para esquiar e fazer piquenique.

7. Paisagens de cinema

istock

Na Tasmânia as formações rochosas estão entre as mostras da natureza impressionantes e nas proximidades da região de Porth Arthur, há cavernas cujos aspectos originais já qualificam o passeio como especial, principalmente a Remarkble Cave( Caverna Notável, em português) que tem o mesmo formato da ilha australiana quando vista da plataforma de observação.

8. O cenário urbano urbano

iStock

Caminhar pelas margens do Derwent River no cair da noite é uma grata maneira de contemplar a atmosfera pacífica de Hobart( olha ela de novo!). Essa imagem é para você ter uma ideia de como fica a região portuária da cidade no momento em que sol começa a se despedir.

9. Baia de Fogo

istock

As pedras de granito alaranjadas( em razão da presença de liquens), areias brancas e águas de coloração azul dão o tom visual da Baia do Fogo, uma baia de aproximadamente 30 quilômetros que se estende pelo nordeste da Tasmânia.

10. Vale Huon

O vale Huon fica a cerca de 30 minutos de Hobart – viu como há lindos lugares para se visitar bem perto do maior núcleo urbano – e é mais um gracioso atrativo da Tasmânia. Por toda a área há locais onde o turista encontrará lindos pomares de maçãs, reservas com áreas para banhos termais e, é claro, trilhas seguras e bem organizadas para aquele delicioso passeio pela floresta.

11. Plantação de Lavanda

IStock

Se a viagem para a Tasmânia for programada para entre Setembro e Novembro, essa paisagem da foto poderá ser vista de pertinho. Nesse período é só ir até Nabowla para conhecer a mais antiga plantação de lavanda do mundo e se apaixonar pelos roxo interminável da fileira de plantas.

12. Auroral boreal na noite praiana

iStock

A praia de Cremorne é bem simpática e aprazível, com suas milhares de conchinhas espalhadas pela areia. Mas e se após o cair do noite o céu ganhar luzes coloridas ?

13. Cabo Hauy

iStock

O imponente Cabo Hauy fica a aproximadamente 90 minutos de Hobart e faz parte de um grupo de montanhas de diferentes formações, por onde é possível fazer trilhas e até escaladas.

14. A ponte Richmond

iStock

Certo que ela não é grandiosa, nem monumental como tantas outras pelo mundo, mas a ponte Richmond, que foi inaugurada em 1825 e fica no distrito de Clarence, faz parte de uma localidade com vales e florestas, construções centenárias e todo o aspecto bucólico e aconchegante que é típico de um filme de época. Na primavera, o entorno da construção fica ainda mais bonito, pois ganha flores coloridas.

15. Conforto e aventura, essa é a Tasmânia

iStock

Todo o colorido e a evidente variedade no estilo arquitetônico das construções de Hobart, são mais uma mostra de que a Tasmânia é um paraíso, seja nos aspectos urbano ou nos mais rústicos e selvagens.

Curtiu as imagens? É um pouco do que você pode encontrar nessa ilha e estado da Austrália que fica a 240 quilômetros do continente australiano. Caso queira mais opções de regiões distantes, confira essa lista com 15 lugares para você viajar e se sentir isolado do mundo. Boa viagem e ótimas surpresas!

PARA VOCÊ