13 ótimos lugares para conhecer na terceira idade

Escrito por Bruno Mendes

Engana-se quem pensa que acomodação é consequência certa do envelhecimento. Há excelentes lugares para conhecer na terceira idade pelo Brasil e o mundo, e como viajar é a melhor atividade em qualquer fase da vida, o Viajali apresenta 11 destinos que merecem uma visita.

1. Toscana, Itália

O inigualável tom amarelo do sol de Toscana colore as paredes das construções medievais por muitas tardes, e tal atmosfera já anuncia um passeio super agradável para crianças, jovens adultos e idosos. A capital Florença é o destino turístico mais famoso, tem belíssimos e suntuosos museus, culinária de alta qualidade e toda a magia de um local cuja beleza natural está em perfeita harmonia com os traçados urbanos.

Não deixe de observar os campos e vales que estendem pelo horizonte, conheça as diferentes rotas do vinho e PRINCIPALMENTE: curta cada momento com calma, sem querer fazer tudo ao mesmo tempo. Toscana é um presentaço para a melhor idade!

2. Montevidéu, Uruguai

A capital uruguaia é uma excelente opção turística para a turma da terceira idade que não deseja ir para longe do Brasil. Organizada e com ótima qualidade de vida, a cidade é bem pacata, ou seja, atende perfeitamente ao perfil do público menos adepto de baladas que atravessam a madrugada ou coisas do tipo.

Mas não pense que Montevidéu é entediante, pois há graciosos atrativos, como a tradicional feira de Tristán Narvaja, o calçadão Rampla, muitos monumentos históricos e restaurantes, Aliás, não esqueça de ir ao Mercado do Porto e provar uma saborosa carne.

3. Holambra, Brasil

Situada a cerca de 140 quilômetros da capital paulista, Holambra é conhecida como a “cidade das flores” por ser uma das principais produtoras do Brasil. Além de presenciar o colorido de ruas e praças, o visitante será agraciado por uma atmosfera bucólica e convidativa, típica daqueles lugares distantes dos grandes centros urbanos.

A arquitetura holandesa, as lojinhas e os ótimos restaurantes preencherão a agenda do turista que optar pela visita a esse privilegiado recanto do sudeste brasileiro.

4. Cidades históricas de Minas, Brasil

Calmaria, diversão, belezas arquitetônicas, maravilhas naturais. Passear por Ouro Preto, Mariana, Diamantina, Brumadinho e outras cidades históricas de Minas é uma atividade obrigatória a ser feita ao menos uma vez na vida por pessoas da terceira idade, afinal cada um desses lugares encantam por variadas razões.

Ainda que caminhar pelas ladeiras solicite alguns cuidados, é possível respirar o ar puro, conhecer museus do período colonial e imperial, saborear as delícias da aclamada culinária mineira, entre tantas outras opções.

5. Rio de Janeiro, Brasil

É justo pensar que o Rio de Janeiro por ter um dos carnavais mais famosos do país, o Rock in Rio e, em outras palavras, ser sinônimo de agito e festas, uma cidade jovial. Contudo, é importante lembrar que o samba de Cartola, Noel Rosa, Nelson Sargento e Almir Guineto e o ilustre chorinho, também embalam a noite de adultos e foliões da terceira idade em charmosíssimos espaços em diversos pontos da cidade, principalmente na Lapa e na Zona Sul.

A capital carioca também concentra belíssimos parques, como o Jardim Botânico, a Quinta da Boa Vista, o Parque Laje, entre outros e os sempre prestigiados calçadões. Uma curiosidade: Copacabana é o bairro com o maior número de idosos do Brasil. Deu para perceber que é fácil se sentir a vontade, não é mesmo?

6. Viena, Austria

IStock

A cidade onde Mozart morou é uma das melhores opções turísticas para todos que privilegiam o conforto e sofisticação. Viena é um dos locais com a melhor qualidade de vida do mundo e entre vias arborizadas, há importantes museus, belos parques, lojinhas e muitos mimos que conquistam o viajante que não abre mão do bom e do melhor.

Assistir uma apresentação de ópera, conhecer a Catedral de Santo Estevão, fazer compras na rua Kärtner Strasse e provar bons vinhos são algumas das boas indicações neste destino que esbanja classe e elegância.

7. Paris, França

IStock

A cidade luz é cheia de turistas o ano inteiro e agrada todos os tipos de viajantes, com seus mais distintos propósitos. Algumas casas de espetáculos e museus de Paris disponibilizam áreas especiais nas filas para idosos, algo muito útil em uma cidade onde os principais atrativos costumam ser bastante disputados.

Que tal tirar fotos no Louvre, perto da torre Eiffel e passear com ou sem rumo entre um croissant e outro na companhia de filhos e netos?

8. Vancouver, Canadá

IStock

O Canadá é um destino que tem caído cada vez mais no gosto do brasileiro, e Vancouver desponta como uma das escolhas mais interessantes do país para o visitante que ama ares bucólicos, mas também não abre mão de aproveitar as opções comuns nas cidades grandes.

Ainda que tenha nuances aprazíveis e, pode-se dizer, interioranas, Vancouver tem 600 mil habitantes e entre um passeio e outro pelo litoral e montanhas, é viável se divertir em shoppings, museus, parques e ótimos restaurantes.

9. Lisboa, Portugal

IStock

Conhecer Lisboa é uma ideia excepcional para todos da terceira idade que desejam viajar pelo mundo. A cidade tem atividades e pontos turísticos que agradarão aos mais distintos tipos de turistas, além de ser muito organizada e, como Toscana, parte de suas paredes, sinos, telhados e estátuas são frequentemente coloridas com a alaranjada luz do sol.

Passear de bondinho pelo Bairro Alto, provar o bacalhau, o pastel de Belém e outras iguarias e conferir ao menos meia dúzia de capelas e museus são atividades recomendadíssimas. E é claro que você descobrirá algumas novidades por conta própria.

10. Águas de Lindóia, Brasil

O repertório paisagístico de Águas de Lindoia é de encher os olhos! Este destino que fica a 160 quilômetros de São Paulo, e apenas 8 quilômetros da divisa de Minas, tem aqueles bons e até insubstituíveis aspectos interioranos, com suas pracinhas, ruas vazias e pessoas simpáticas.

Caminhar pela praça Adhemar de Barros, ir ao bosque Zequinha de Abreu ou a Fazenda Morro pelado são alguns bons programas naturais para curtir nesse lugarzinho que tem a cara daqueles senhores viajantes que amam a natureza.

11. Roma, Itália

IStock

Roma está no grupo das cidades mais espetaculares do mundo em função dos relevantes monumentos, gastronomia, arquitetura e dos inúmeros pontos turísticos que conquistam o coração de todos, sobretudo de quem já passou dos 60 e não vê a hora de se divertir como nunca.

A pizza não pode faltar, mas é evidente que a visita à Capela Sistina, ao Museu do Vaticano e ao Coliseu, não podem deixar de ser incluídos em sua programação. A Roma homenageada por cineastas como Fellini e Woody Allen é repleta de amores e você estará lá para confirmar.

12. Natal, Brasil

IStock

Natal tem algumas das praias mais bonitas do Brasil e, do mesmo modo que em outras do nordeste, o mar de águas quentinhas torna o banho muito mais tranquilo e agradável para viajantes de todas as idades. A diversão por essa encantadora capital vai além do mar, do ar fresco e do visual de toda a costa.

Aproveite a culinária incrível deste destino, assim como o passeio pelas dunas, feito de buggy ou dromedário. O Morro do Careca, a praia da Pipa, do Forte, o parque das Dunas e muitos lugares legais te esperam por lá. Só não esqueça do protetor solar, os óculos escuros e a viseira, ok?

13. Teresópolis, Brasil

IStock

buscam temperaturas mais baixas em terras fluminenses e Teresópolis. Além de paisagens montanhosas de tirar o fôlego, é um lugar calmo e tem muitos lugares bacanas para quem adora o contato com a natureza.

Fazer trilhas e contemplar o famoso visual do ‘Dedo de Deus’ no Parque Nacional da Serra dos Órgãos e curtir o climinha romântico da cidade estão entre as atividades recomendadas por essa maravilha, não tão badalada quanto Petrópolis, mas igualmente especial.

Já deu decidiu onde passará suas férias?

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS

PELA WEB