Oslo: o que fazer na bela e surpreendente capital da Noruega

Escrito por Bruno Mendes

A capital da Noruega é um encanto nas quatro estações e agrada todos os tipos de visitantes. Oslo contempla imponentes museus, catedrais, estátuas, muitos outros monumentos históricos importantes, lindos parques e apresenta impecável infraestrutura urbana, tornando-se um local ótimo para quem ama andar de bicicleta no dia a dia.

Se no inverno rigoroso os atrativos “gelados” comandam, no verão e na primavera as ruas, bares e restaurantes estão sempre cheios de turistas e nativos, sempre muito simpáticos e receptivos. Sem dúvidas a sua programação neste ilustre destino nórdico será recheada de opções.

Quer exemplos? Confira variadas atrações por Oslo e algumas informações úteis para que tudo transcorra bem no seu passeio.

O que fazer em Oslo?

É fácil se locomover por Oslo a pé ou de bicicleta. E mesmo que alguns pontos turísticos estejam localizados em bairros mais distantes, o viajante poderá contar com excelente transporte público nos deslocamentos, ou seja, nada de perrengue. Confira algumas dicas sobre o que fazer por lá durante a sua estadia e monte um roteiro bem bacana.

1. Palácio Real

iStock

O Palácio Real norueguês é atração perfeita para os amantes de história e de tradições relacionadas às monarquias. Erguido no século 19 e situado na rua mais badalada do país, o palácio suntuoso é contornado por lago e belíssimos jardins. Aliás, se a visita ao local for feita no outono, você poderá observar o chão colorido pelas folhas que caem das árvores.

Mesmo que a visita ao interior do palácio só possa ser feita em alguns meses específicos, vale a pena passear pelo entorno e fazer muitos registros fotográficos deste importante monumento.

2. Rua Karl Johans Gate

iStock

Antes ou depois de conhecer o Palácio Real, você terá muito o que curtir, afinal já estará na Karl Johans Gate, a rua mais movimentada de Oslo. Lá é viável fazer compras em lojas de grife, observar o ir e vir de turistas e dos noruegueses sempre elegantes, e parar em algum restaurante ou cafeteria charmosa.

Pela via ainda se encontram pontos turísticos famosos da cidade, como o Teatro Nacional, a Catedral de Oslo e o já citado Palácio Real. Passeio perfeito para aquele dia em que você estiver disposto a fazer várias atividades.

3. Teatro Nacional de Oslo

iStock

O Teatro Nacional de Oslo, conhecido por Nationaltheatret, é um dos mais importantes do país e por fora, os magníficos contornos arquitetônicos já cativam o visitante. O belo edifício teve sua primeira apresentação em 1899 e hoje tem programação preenchida o ano inteiro.

Caso não consiga ingresso para algum evento – em determinados períodos do ano a busca é intensa – é recomendado conhecer o entorno do prédio que é um dos orgulhos da cidade escandinava!

4. Parque Vigeland

iStock

O viajante que não resiste às maravilhas das áreas verdes em viagens internacionais precisa conhecer o Vigeland Park, o parque urbano mais famoso da capital norueguesa. Pode acreditar que sair um pouco do concreto e passear entre árvores e graminhas será relaxante, mas o local tem mais que vegetações.

Na verdade o Vigeland é um respeitável museu a céu aberto e conta com mais de 200 esculturas do artista norueguês Gustav Vigeland. Suas obras representam o gênero humano em distintos aspectos. Resumindo: calmaria, contemplação e absorção de cultura em um passeio só. O que acha?

5. Rio Akerselva

iStock

Seguindo a leva das atividades naturais, o viajante sentirá paz incrível ao passear pelas margens do Rio Akerselva (Akerselva River), área que se tornou recreativa em Oslo.

Se o objetivo for estabelecer contato mais intenso com a natureza ao redor, é bom informar que o rio de 8 quilômetros tem cachoeira, vida selvagem ao redor, áreas para pesca e algumas surpresas, é claro. Caso o embarque seja programado na primavera ou verão europeu, é bom ficar atento às programações sobre atividades por lá.

6. Bairro de Grünerløkka

Oslo é uma cidade vibrante em basicamente todas as esquinas, mas é no bairro de Grunerlokka que a vida noturna é mais animada e os visitantes jovens poderão curtir com os amigos e conhecer pessoas de diferentes nacionalidades.

Caminhe sem um pingo de pressa pelos restaurantes de naipes distintos, mercados de pulga, bares com aquela cara alternativa, galerias de arte e alguns teatros e casas de show dessa região que também é marcada por bela arquitetura.

7. Fortaleza de Akershus

iStock

Localizada na região de central de Oslo e construída no longínquo de 1299, a Fortaleza de Akershus tem enorme relevância histórica, pois serviu de proteção contra invasores em séculos passados.

O local tem algumas atrações como o Museu das Forças Armadas, o Museu da Resistência e até um espaço para concerto. Curiosidade: durante os anos 1940, a fortaleza foi tomada pelo exército nazista por cinco anos, mas felizmente esse infeliz capítulo da história foi superado.

8. Catedral de Oslo

iStock

A Catedral de Oslo foi construída no século 17 e é um marco do estilo barroco. O viajante que ama conhecer igrejas por diferentes nacionalidades deve tirar um dia para admirar esse ótimo exemplar arquitetônico norueguês, que conta com uma linda torre de bronze, inclusa após a reformulação no século 19.

Situada em uma das praças mais famosas da cidade, a Stortorvet Square, a catedral é ornamentada em seu interior com pinturas, belíssimos murais no teto e a tapeçaria contém representações em desenhos do novo e antigo testamento.

9. Oslo Opera House

O turista que decidir ir à Oslo Opera House irá também conhecer um outro ponto turístico sensacional da cidade, a orla marítima. A Casa de Ópera local tem estrutura imponente e ao contrário de tantos monumentos centenários, representa os traços locais da arquitetura contemporânea.

Além de assistir às apresentações artísticas, quem entrar no espaço poderá marcar presença em um restaurante fino – localizado no interior da Ópera – e até fazer algumas compras em lojas por perto. A região é sofisticada, portanto, prepare o bolso.

10. Peninsula Bygdøy

iStock

A Peninsula Bygdøt fica na região oeste de Oslo e é um encantador bairro residencial onde ficam pontos turísticos como o Museu Fram e o Museu dos Barcos Vinkings, dois espaços culturais que explicam em detalhes a história marítima da Noruega.

É viável ir de carro ou de ônibus até essa península, mas o grande barato é fazer o deslocamento de ferry, pois você contemplará algumas localidades por uma perspectiva diferenciada.

11. Sofienberg Park

Muito querido pelos jovens noruegueses, o Sofienberg Park fica no bairro Grünerløkka e é mais uma dessas atrações tão simples quanto especiais. O espaço era um cemitério, mas em 1972 foi transformado em área de lazer depois de várias críticas de moradores.

Hoje o local dispõe de playground infantil, mesas de tênis de mesa e uma igrejinha no meio. Ótima opção para aquele pit stop entre um passeio e outro ou mesmo, uma pausa mais longa para um piquenique e longas conversas na graminha.

12. Ilha Hovedoya

Um pouco distante do centro de Oslo, a Ilha de Hovedoya é o local certo para o desfrute das mostras mais preservadas da natureza e para o conhecimento de alguns aspectos da história local: há flores exuberantes, praias, ruínas e até dois armazéns de pólvora que foram utilizados quando a ilha foi usada pelas forças armadas da Noruega.

Não é permitido acampar e montar fogueiras, mas há espaços certos que são próprios para quem quer fazer churrasco.

13. The National Gallery

Conhecido como Nationalgalleriet, o Museu da Galeria Nacional da Noruega em Oslo é muito visitado pois contém obras de artistas famosos como Monet, Cézanne, Carl Sohn, Van Gogh e Picasso.

Todas as representações têm incalculável relevância artística, mas sem dúvidas o quadro “O grito”, do pintor norueguês Edvard Munch, é o exemplar mais famoso lá exposto. Se você gosta de arte, conhecer o espaço é uma obrigação, concorda?

14. Aker Brygge

iStock

Esse distrito costeiro é um dos lugares mais visitados de Oslo e tem mais de 60 estabelecimentos comerciais. É até curioso pensar que antigamente essa área moderna foi um estaleiro sem graça.

Pare em algum bar para tomar uma cerveja, faça uma refeição em um dos restaurantes flutuantes, passe em uma loja para adquirir joias ou mesmo sente nos bancos para observar os barcos e os transeuntes. Qualquer atividade será fora de série!

15. Tour de bicleta

iStock

Cortar vários bairros de Oslo de bicicleta é uma atividade apreciada por vários turistas. Não é por menos, além da excelente organização do trânsito e da ótima educação dos motoristas, a cidade tem muitas ciclovias e proíbe a circulação de carros em algumas áreas.

Uma certeza: será inesquecível fazer um tour de bike para conhecer os diferentes atrativos turísticos e até aquele cantinho descolado e “fora do roteiro” que sempre consta como surpresa nas melhores viagens.

Algumas informações importantes

Imagem: Viajali

Antes de fazer as malas e até comprar a passagem aérea é útil saber algumas informações do destino e evitar alguns imprevistos negativos que infelizmente acontecem em algumas viagens. Oslo é uma cidade receptiva, tranquila e com excelente qualidade de vida, ou seja, seu passeio será perfeito, mas verifique essas recomendações para evitar o menor perrengue possível.

  • Localização: Oslo está localizada no sudeste da Noruega e tem cerca de 1.997 milhões de habitantes.
  • Clima de Oslo: entre novembro e março a temperatura na capital da Noruega é muito baixa e em Janeiro (mês mais frio do ano) os termômetros registram em média -7°C. Para você ter uma ideia de como é frio, nesses meses a média máxima costuma ser de -2°C. Definitivamente essa não é uma boa época para visitar parques ou andar pelas ruas. Para aproveitar o alto astral das vias, o melhor período é no verão que ocorre de junho a agosto e quando as temperaturas ficam entre 13°C e 21°C. Mesmo no “calor” é bom colocar uns casacos na mala.
  • Visto: cidadãos brasileiros com passaporte válido não precisam de visto para entrar na Noruega.
  • Moeda: a moeda utilizada na Noruega é o Kroner (NOK), conhecida aqui no Brasil como coroa norueguesa. Antes de viajar é preciso ir a uma casa de câmbio e comprar a moeda.
  • Idioma: na noruega o idioma local é o norks. No entanto, quem chega ao país falando inglês não enfrenta dificuldades, pois a grande maioria dos noruegueses conhece a língua e até outros idiomas.
  • Voos para Oslo: diferentes companhias aéreas disponibilizam voos para Oslo. É uma ótima ideia ficar atento às promoções antes de comprar os bilhetes.

10 fotos de Oslo que farão você ir pra lá imediatamente

Agora que você já sabe quais são algumas das melhores atrações de Oslo e obteve informações relevantes sobre a cidade, veja essas lindas fotos que irão fazer você querer antecipar a trip.

1. A bela natureza da capital da Noruega

2. Oslo também concentra construções modernas e imponentes

3. A irresistível interação da natureza com as construções centenárias

4. Que tal bater perna por vias animadas e ensolaradas?

5. Ou você prefere o inverno?

6. O excelente transporte público facilitará seu tour

7. Anoitecer na região central

8. E o que acha desse anoitecer aqui?

9. A melhor definição de museu a céu aberto

10. Volte sempre!

iStock

Pronto para organizar a viagem dos seus sonhos? A capital norueguesa tem todas as qualidades para encantar, então prepare-se: você vai querer repetir o passeio!

PARA VOCÊ