15 pontos turísticos que valem a pena conhecer no Leste Europeu

Escrito por Bruno Mendes

O sonho de conhecer Alemanha, França, Espanha e outros países famosos da Europa é comum, mas que tal passar algumas barreiras geográficas e conferir de perto as riquezas naturais e arquitetônicas do Leste Europeu? Países como Romênia, Rússia, Croácia e República Tcheca concentram lagos, vegetação vasta e encantadoras construções históricas.

Fazer irresistíveis passeios e ver de perto aqueles castelos de contos de fadas ou de épicos do cinema são alguns dos atrativos que estarão no cronograma de quem visitar o leste da Europa. Para quem é um dos felizardos que já está com a passagem comprada, está na fase da tomada de decisões, ou mesmo tem curiosidade sobre esta parte do mundo, o Viajali elaborou uma lista com locais que valem a pena ser visitados na região.

1. Parque Nacional dos lagos Plitvice – Croácia

Se você quer deixar a balada um pouco de lado e conferir a natureza em tons quase irreais de tão belos, deverá conhecer os lagos Plitvice, que ficam em parque nacional situado entre a capital croata Zagreb e o litoral do país. Confira a beleza dessas águas, da vegetação e formações rochosas no entorno: há como ficar indiferente?

2. Montanhas Tatra – Eslováquia

Parte da cordilheira de Cárpatos e situadas entre a Polônia e a Eslováquia, as montanhas Tatra são um deleite para os apreciadores de esportes de inverno. O pico mais alto, chamado de Gerlachovsky stít, tem 2665 metros.

3. Parque Nacional do Triglav – Eslovênia

O parque da Eslovênia, localizado no noroeste do país na região dos alpes Julianos, apresenta uma série de picos e vales, onde é possível fazer trilhas de diferentes intensidades. A área é protegida e de natureza praticamente intocável, por essa razão há limites para construção de hospedagens. Você irá guardar na memória por muito tempo – e em fotos e videos – essa deslumbrante mostra da natureza eslovena.

4. Castelo de Kaunas – Lituânia

Situado na cidade de Kaunas, o castelo homônimo é uma importantíssima construção histórica da Lituânia. Erguido no século XIII, ele foi destruído e reconstruído pelas guerras que ocorreram na região. O passeio é ótimo para quem deseja conhecer mais a fundo a história do país.

Importante: não deixe de aproveitar o jardim que circunda o castelo. Ele é muito agradável.

5. Parlamento húngaro – Hungria

O Parlamento húngaro é um dos principais pontos turísticos de Budapeste e é visitado por cerca de  500 mil pessoas todos os anos. O edifício, inaugurado da 1896, é sede da Assembléia Nacional Húngara e além da óbvia beleza, impressiona pela imponência: sua estrutura comporta 27 entradas, 691 quartos e uma cúpula central com 96 metros de altura.

Dica valiosa: a visita ao parlamento é bastante concorrida, por isso, agende-a com antecedência para não correr o risco de deixar de fazer este valioso passeio.

6. Praça Vermelha – Rússia

Ponto de desfile de militares da antiga União Soviética, a Praça Vermelha é um dos cartões postais de Moscou, capital da Russia, e parada obrigatória de turistas que desejam registrar os mais identificados símbolos do país. É um espetáculo caminhar por ela pelo dia ou pela noite, para apreciar monumentos históricos e um pouco da rotina urbana do maior país europeu.

7. Cidade Velha – Polônia

A Cidade Velha é um dos locais mais bonitos de Varsóvia, capital polonesa, e os edifícios que foram destruídos pelos alemães na Segunda Guerra, hoje estão restaurados. A praça Rynek Starego Miasta, a rua UI. Piwna e a Catedral de St. John, são os principais atrativos que o turista deverá conhecer de perto nesta parte de Varsóvia que hoje é Patrimônio Mundial da UNESCO.

8. Castelo de Bran – Romênia

Este é o verdadeiro castelo do conde Drácula. Circula uma história por aí que o escritor Bram Stocker observou uma foto do Castelo de Bran, situado na Transilvânia, e decidiu que lá seria o habitat do mais famoso dos vampiros. Sendo verídico ou não, o fato é que inúmeros fãs da história de terror buscam encontrar na construção medieval algum resquício da atmosfera sombria daquele universo vampiresco que permeia a obra. Construído em 1212, o castelo tem passagens secretas e cômodos muito interessantes.

9. Old Town Square – República Tcheca

Eis uma das principais atrações do antigo centro de Praga, na República Tcheca, e um verdadeiro presente aos amantes de construções de imensurável importância histórica. A praça Old Town Square tem edifícios em estilos barroco, gótico e renascentista e é ponto de parada de turistas do mundo inteiro.

10. Cidade Fantasma de Pripyat e Usina de Chernobyl – Ucrânia

Há mais de 30 anos um acidente nuclear, na usina de Chernobyl, devastou a cidade ucraniana de Pripyat, que hoje é uma cidade-fantasma. Parques de diversões, prédios que serviram de moradias, escolas e ginásios estão abandonados e atraem curiosos do mundo inteiro para ver de perto o local que um dia já foi um centro urbano como qualquer outro.

11. Castelo de Ljubljana – Eslovênia

O Castelo de Ljubljana, capital eslovena, fica localizado num ponto alto do centro da cidade, o que torna possível apreciar a paisagem urbana do entorno e tirar várias fotos.Embora seja remodelada, a construção medieval é um dos registros autênticos da história eslovena.

12. Castelo de Wawel – Polônia

Subir a colina de quase 230 metros e visitar o imponente  complexo do castelo Wawel é uma atividade que deve ser feita por todos os visitantes de Cracóvia. O maior castelo da capital polonesa foi morada dos governantes do país no século IX e hoje é uma instituição cultural com visitações programadas a pontos como: torre Sandomierska, catedral de Wawel, visita aos apartamentos de reis, etc.

13. Parque Nacional Gauja – Letônia

Situado na região de Vidzeme, o Parque Nacional Gauja é o maior da Letônia. As florestas densas, lagos, falésias e castelos medievais erguidos junto a fauna e a flora tornam esse passeio mais do que especial.

14. Parque Nacional de Lovcen – Montenegro

O parque Nacional de Lovcen, em Montenegro, é uma grande área com montanhas e exuberante vegetação, e fica perto da cidade de Kotor. A região possui estradas muito boas para o transporte de carro e áreas para trilhas e passeios de bicicleta.

15. Djavolja Varos – Sérvia

Chamada de cidade do diabo, Djavolja Varos é um dos lugares mais visitados da Sérvia, que enche os olhos de turistas em razão das formações rochosas de formatos bem diferenciados. Um verdadeiro paraíso emoldurado pelo tempo, não deixe de visitar!

PARA VOCÊ