Alexandria: o que visitar na cidade chamada de Pérola do Mediterrâneo

Escrito por Flávia Resende

Alexandria, a segunda maior cidade do Egito, tem um passado impressionante e cheio de história. Apesar de ter perdido grande parte da riqueza de seu passado, a cidade ainda é um local muito procurado por turistas para apreciar os mais diversos vestígios da Antiguidade.

Muitas pessoas visitam Alexandria em apenas um dia, quando estão visitando o Cairo, ou como parada de cruzeiros, seja como for, a cidade tem atrações, como castelos, museus e monumentos, que valem a pena ser conhecidas. Confira um guia completo dessa incrível e histórica cidade:

Índice do conteúdo:

Mapa de Alexandria

Alexandria é uma cidade portuária localizada no Mar Mediterrâneo, ao norte do Egito, a duas horas de distância do Cairo. Para viajar entre as duas cidades você tem opções como voos domésticos, ônibus, trem, táxi e carro.

A cidade foi capital do Egito por quase 1000 anos e é conhecida por seus monumentos que foram destruídos por desastres: sua famosa biblioteca que pegou fogo e seu antigo farol que foi destruído por um terremoto.

A seguir contaremos um pouco mais sobre Alexandria para você descobrir um pouco mais sobre a cidade histórica.

História de Alexandria

Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, por volta de 331 a.C. É também conhecida como Pérola do Mediterrâneo. Com a morte de Alexandre, um Ptolomeu tomou posse da província e iniciou a construção de um farol que se tornasse um emblema do reino e ferramenta de navegação para guiar os marinheiros nas águas da costa. Com cerca de 27 metros de altura, o farol, considerado uma das Sete Maravilhas do mundo antigo, foi derrubado, em 1375, por um terremoto.

Além disso, Alexandria, abrigava uma grandiosa biblioteca que infelizmente também foi destruída pelo fogo por volta do ano 48 a.C. Outras muitas relíquias se encontram no fundo do oceano, e ainda hoje não há uma resposta para o que pode ter causado a destruição da cidade antiga. Uma cidade que apresenta um passado cheio de mistérios, com construções impressionantes e um misto de influências ocidentais e do oriente que marcam a sua vasta história.

O que fazer em Alexandria

A cidade é casa da Cidadela de Qaitbay, do palácio real de Montaza e da nova Biblioteca de Alexandria, além de vários outros pontos que valem a pena incluir em seu roteiro quando for ao Egito. Confira:

1. Biblioteca de Alexandria

Por muitos séculos, a biblioteca foi uma das maiores e mais importantes do mundo antigo. Segundo historiadores, suas prateleiras chegaram a guardar aproximadamente 700.000 livros com obras de grandes pensadores e escritores da antiguidade, como Platão, Homero e Sócrates. No entanto, a biblioteca e todo seu acervo foram completamente destruídos pelo fogo e até hoje não se sabe como isso aconteceu.

A nova biblioteca, construída no local onde ficava a antiga, foi inaugurada em outubro de 2002 e tem cerca de 100.000 livros (capacidade para até 8 milhões). Ela contém sete bibliotecas especializadas, quatro museus, duas coleções permanentes e acesso ao Internet Archive, uma enorme biblioteca digital.

  • Endereço: Al Azaritah WA Ash Shatebi, Qism Bab Sharqi.
  • Horário de funcionamento: de domingo a quinta das 10h às 14h, às sextas das 14h às 19h, aos sábados das 12h às 16h.
  • Valor de entrada: EGP 70 (adultos), EGP 10 (idosos e estudantes universitários) e
    EGP 5 (estudantes).

2. Catacumbas de Kom el Shoqafa

As catacumbas são uma atração turística única na Alexandria. Além de seu valor arqueológico, elas são uma mistura da arquitetura greco-romana e egípcia. Representam a última grande construção existente em prol da religião egípcia antiga. O ossuário, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, é distribuído em três níveis conectados por uma escada em espiral. O local tem pequenas capelas que se abrem nas rochas, bancos para descanso dos visitantes e nichos para guardar sarcófagos.

Ao visitar o local você conhecerá uma das salas mais misteriosas do local: o Hall de Caracalla, que era uma câmara funerária para depositar homens e animais que foram massacrados por ordem de um imperador.

  • Endereço: Karmouz.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 8h às 16h.
  • Valor de entrada: a partir de EGP 15.

3. Cidadela de Qaitbay

À primeira vista, a fortaleza, que se tornou o marco mais importante de Alexandria, pode ser confundida com um castelo, mas o monumento islâmico protegeu a cidade contra o avanço do Império Otomano no século XV e anos depois.

Você sabia que no local ficava uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo? Pois é, a cidadela foi construída onde ficava o Farol de Alexandria. O monumento histórico foi destruído, em 1375, quando a cidade foi atingida por um terremoto.

Hoje a cidadela abriga um museu naval que vale a pena visitar. Além disso, é sempre movimentada pelos turistas e moradores apreciando a vista para o mar, restaurantes e lojas no píer.

  • Endereço: As Sayalah Sharq.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 8h às 17h.
  • Valor de entrada: a partir de EGP 15.

4. Palácio Montaza

O complexo de Montaza contém um palácio, jardins e praias. O palácio foi construído pelo rei Khedive Abbas Hilmy (1892–1914) como residência de verão de sua família e hoje é um museu, que conta a história da família real.

Em uma visita ao palácio, você também pode conhecer seus jardins e suas praias que garantem a diversão da família. Uma ótima opção é fazer um passeio de barco e ter uma vista privilegiada dos jardins.

Nas proximidades há vários restaurantes e locais para piquenique, além de uma segunda residência real, a Salamlek, que foi transformada em um hotel de luxo.

  • Endereço: Al Mandarah Bahri, Second Al Montazah.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 8h à 0h.
  • Valor de entrada: EGP 15 (jardins), EGP 25 (praia).

5. Coluna de Pompeu

A coluna fica localizada no sítio arqueológico da cidade, entre as ruínas do templo grego Serapeu. O Serapeu foi um dos mais grandiosos templos da região, mas só o que resta são suas ruínas, depois que ele foi saqueado. Há informações de que ele teria sido destruído por cristãos ou por soldados romanos.

Com quase 27 metros de altura, a construção foi erguida por volta de 297 a.C., em homenagem ao imperador romano Diocleciano. Diz a lenda que a coluna é a única que sobrou das 400 de um pórtico da Biblioteca de Alexandria. Perto da base da coluna você encontrará duas estátuas de esfinge.

  • Endereço: Al Karah WA at Toubageyah WA Kafr Al Ghates, Karmouz.
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 9h às 17h30.
  • Valor de entrada: EGP 20 (público em geral), EGP 15 (estudantes).

O Egito é um lugar que todos deveriam incluir em sua lista de lugares para conhecer. E nenhuma viagem ao país fica completa sem uma visita a Alexandria. Conheça um pouco mais os atrativos da cidade.

Dicas de quem já foi a Alexandria

A maioria das pessoas consegue conhecer Alexandria em dois ou três dias, mas se a sua viagem tem menor duração, acompanhe os vídeos abaixo e escolha o que conhecer.

Passeio de ônibus pelos pontos turísticos de Alexandria

No vídeo são mostrados vários pontos turísticos da cidade através de um ônibus turístico. O veículo passa por vários lugares e dá para se ter uma boa vista de toda a cidade de Alexandria. Uma boa forma de ter um vislumbre sobre a cidade e ter ideia das maravilhas que você vai encontrar por lá!

Roteiro de dois dias na Alexandria

Para quem procura uma sugestão de roteiro de dois dias para a cidade de Alexandria, esse vídeo traz uma ótima sugestão para montar a programação da sua viagem. O vídeo mostra o interior da Biblioteca de Alexandria e da Cidadela de Qaitbay que não podem ficar de fora em uma visita à cidade. Veja também um pouco de uma das praias no local.

As maravilhas de Alexandria

O vídeo apresenta a linda orla de Alexandria, com suas praias, barcos para passeio e restaurantes para fazer boas refeições a aproveitar a bela vista do mar. Além disso, são mostrados alguns dos principais pontos turísticos da cidade.

Ao conhecer a cidade não se esqueça de se vestir com simplicidade em respeito à cultura local. Isso ajuda a evitar olhares hostis por causa de sua vestimenta.

Mais fotos de Alexandria que vão te deixar inspirado

Que tal conhecer mais algumas belezas dessa linda cidade costeira? Separamos algumas fotos para você ver que vale a pena visitar a cidade:

1. Um fim de tarde lado a lado com o Mar Mediterrâneo

2. As ruínas contam importantes momentos da história

3. Em uma cidade tão antiga, a modernidade conquistou seu espaço

4. As festividades natalinas dão um toque mágico à cidade

5. Em cada canto de Alexandria, somos brindados com uma vista de cartão postal

6. Ou com um de seus vários pontos turísticos

7. A riqueza de detalhes nas construções impressionam

8. Um bom destino para desfrutar de momentos de relaxamento

9. E para recarregar as energias em contato com a natureza

10. Belas paisagens que ficarão em sua memória!

Com 32 km de costa, Alexandria é um interessante destino de viagem no Egito. Não só por sua história, mas também pela cultura e pela receptividade dos moradores locais. Prepare seu passaporte, solicite seu visto e embarque para uma viagem emocionante!
E para que se interessa por destinos históricos, veja também esse guia sobre o Cairo.

PARA VOCÊ