15 destinos pouco explorados para visitar antes que virem modinha

Escrito por Bruno Mendes

Lugares movimentados e bem conhecidos são interessantes, sem dúvida. No entanto muitos turistas reclamam que certas cidades famosas ficam tão cheias  ao ponto de ser difícil caminhar por algumas vias e acham péssimo ter que passar horas na fila para conhecer um monumento famoso, que no final das contas pode não ser tão espetacular assim.

Não tem outra: regiões que estão “na moda” enchem bastante e em muitas ocasiões são superestimadas, afinal a propaganda é tão massiva que a constatação real pode ser frustrante. Para fazer com que você evite cair na armadilha de ir para um local hipervalorizado, o Viajali indica 15 destinos muito bacanas e que ainda não são modinha para turistas.

1. Cayo Ambergris, Belize

iStock

iStock

A pequena ilha de Belize tem apenas 15 mil habitantes e é um recanto tranquilo, cosmopolita e com praias de convidativas águas de cor azul cristalino. Embora o local tenha sido elogiado pela cantora Madona, o paraíso de Belize conserva ares pacatos: além das praias não deixe de andar pelas ruas bonitinhas e muito organizadas.

2. Apúlia, Itália

iStock

iStock

Roma, Veneza, Milão… Há muitos lugares espetaculares na Itália e, nessa lista de cidades e países especiais pelo mundo, precisamos falar de Apúlia, uma região da Itália meridional banhada pelos mares Adriático e Jônico – onde o visitante poderá banhar-se em excelentes praias – e com enormes áreas de planícies e montanhas.

A natureza de Apúlia é puro esplendor: lagos, salinas e a floresta selvagem Umbra são pontos que merecem ser visitados e guardados na memória( e como registros fotográficos) por longos tempos, mas incrivelmente rica também é a história desse lugar marcado por festividades e tradições. Que tal desbravar esse, ainda, pouco famoso  recanto italiano?

3. Bangladesh

iStock

iStock

Na categoria “destinos incomuns”, Bangladesh certamente se encontra entre os mais surpreendentes e memoráveis. O país, que é vizinho da Índia, apresenta um verdadeiro mosaico de cores e representatividades culturais em suas cidades.

Com MUITOS rios, o passeio pelo país asiático é constantemente feito por barcos e jangadas e mesmo que a capital Daca não apresente muitos pontos turísticos ditos tradicionais, é uma verdadeira experiência de vida passear entre as ruas movimentadas, fazer compras nos mercadinhos e conferir o dia a dia da população. As pinturas naif  estão por todos os cantos e os simpaticíssimos moradores locais hora ou outra irão pedir para tirar fotos, afinal eles adoram turistas de características físicas diferentes.

4. Busan, Coreia do Sul

iStock

iStock

A Coreia do Sul ainda é um destino pouco procurado por viajantes brasileiros, mas o país apresenta incríveis atrativos tanto para quem curte produtos eletrônicos e novidades tecnológicas, quanto para quem ama o contato com a natureza. Busan, por exemplo, é uma cidade com muitas ilhas, campos de flores e uma vida marítima riquíssima, além da excepcional infraestrutura urbana e os arranha-céus que comprovam o desenvolvimento local.

5. José Ignacio, Uruguai

iStock

iStock

Punta del Este é o mais famoso balneário do Uruguai e um dos pontos turísticos mais famosos da América do Sul. A um pouco mais de 45 quilômetros da região badalada esta José Ignacio, um lugar pacato, bucólico e com praias rochosas e selvagens.

Se você busca passar suas férias, ou mesmo uma folga curta em uma região bucólica e rústica, basta descer um pouquinho o sul do Brasil, pois há uma filial do paraíso em terras uruguaias!

6. Kep, Camboja

O Camboja é um desses destinos roots que agradam, sobretudo, os viajantes que desejam sair das rotas tradicionais. Entre tantas opções por lá, Kep é um município indicado para quem curte calmaria e belas paisagens. É lógico que vale a pena incluir esse roteiro “fora da caixa”nos seus planejamentos de viagem.

7. Koh Rong, Camboja

iStock

iStock

Novamente Camboja. Koh Rong é uma ilha não muito conhecida que fica na parte sul do país. Se o viajante busca escapar do concreto e do barulho das metrópoles e se isolar por um tempo em um ponto paradisíaco distante de tudo, o destino é esse: passear de barco, nadar na praia de Long Beach e pescar são algumas das atividades que você poderá apreciar por lá.

Mas é bom correr! Se não marcar a viagem logo, esse paraíso será descoberto por muitos turistas do mundo todo e poderá perder esse charme especial de destino isolado.

8. Manila, Filipinas

iStock

iStock

A capital das Filipinas é uma bagunça no bom sentido: enormes prédios próximos à casebres velhos, ruas com muito gente andando de um lado para outro, trânsito, buzina e um mar de opções de lazer, concluindo: Manila é uma metrópole com características similares a tantas outras. E é claro que há turistas que amam esse caos.

Ainda que seja tão populosa – são 12 milhões de habitantes – Manila não é tão visitada por estrangeiros, então é uma grata oportunidade de se relacionar com uma cultura autêntica. Uma dica: hospede-se no distrito de Makati, o coração financeiro da cidade, onde estão os melhores restaurantes, shoppings e há ruas arborizadas e parques.

9. Myanmar

iStock

iStock

Myanmar é um país de contrastes  sociais que passou por uma ditadura militar até 2011. Por ser um país fechado por tanto tempo, apresenta características de uma Ásia original e pouco suscetível às influências culturais do ocidente, então é comum observar homens e mulheres de trajes típicos e crianças e mulheres com o rosto pintado por uma pasta branca chamada Tanaka, que serve para proteger a pele contra os raios solares. Entre os passeios diários é válido conhecer alguns dos suntuosos templos budistas.

Embora seja um país pobre, Myanmar é seguro e a população é muito receptiva.

10. Phu Quoc, Vietnã

iStock

iStock

Com mais de 500 quilômetros quadrados, Puh Quoc é a maior ilha do Vietnã e já abrigou um presídio, onde ficavam soldados vietnamitas na guerra do Vietnã. Mas é claro que essa parte do mundo consta nessa lista por motivos mais nobres. Quais?

Florestas densas e super preservadas, praias de águas azuis e areias branquinhas, cachoeiras, sol brilhante e tudo o que você imaginar de uma natureza inspirada e convidativa. O que mais se pode querer?

11. Roatan, Honduras

iStock

iStock

Ilhas caribenhas são famosas e badaladas, mas Roatan em Honduras é um recanto mais tranquilo, ainda que seja destino de muitos mergulhadores do mundo todo. A região conta com o segundo maior arrecife do planeta, águas transparentes, áreas verdes e, para quem gosta de história, interessantíssimas ruínas maias.

12. Salinas Grandes, Argentina

iStock

iStock

Desertos de sal são visualmente deslumbrantes, tanto é que o famosíssimo  Salar de Uyuni na Bolívia é tão procurado. O viajante que for à Argentina, encontrará um mais simples, mas ainda assim grandioso. Salinas Grandes está situada na província de Salta e merece uma visita.

13. Sofia, Bulgária

iStock

iStock

Sofia é uma joia que pouco a pouco vem sendo descobertas por viajantes. A capital da Bulgária passou por muitas reviravoltas históricas: ao longo de alguns séculos foi dominada por turcos, trácios, romanos e também viveu um período comunista no século passado.

Por ser palco de períodos históricos relevantes e distintos, a cidade concentra museus, templos, teatros e outros monumentos de pomposa riqueza arquitetônica, mas a capital não apenas abraça o passado: Sofia tem belos parques, vida noturna vibrante e merece ser descoberta por pessoas de todas as idades.

14. York, Grã Bretanha

iStock

iStock

York é uma das mais interessantes cidades inglesas, pois mescla de maneira minuciosa o passado – com as casinhas de madeira, museus, a catedral em estilo gótico e tantos outros monumentos – e o presente, com suas vias modernas e organizadas, casas de chá, cafés ,restaurantes e boates.

É certo que Londres é a mais famosa cidade da Inglaterra e uma das mais importantes capitais globais, mas York é considerada por muitos a cidade mais bonita da terra da rainha e COM CERTEZA merece ser incluída em programações de viagem.

15. Zambia e Zimbábue

iStock

iStock

E para encerrar essa lista em alto nível, vamos indicar essas nações africanas que fazem fronteira e irão encantar os turistas que amam o contato com a natureza bruta, selvagem, com aquele aspecto raro de intocada. Na região da fronteira estão localizadas as Cataratas Vitória e o lago Kariba.

E aí, pronto para fugir do lugar-comum e escolher um ou mais desses lugares para conhecer? Pode acreditar: esses destinos são ótimos e não estão na moda. Ainda!

recomendados para você

    1
  • 15 destinos exuberantes que você, talvez, nem sabia que existiam

    15 destinos exuberantes que você, talvez, nem sabia que existiam

  • 1
  • 12 destinos turísticos secretos para uma viagem diferente do comum

    12 destinos turísticos secretos para uma viagem diferente do comum

  • 1
  • 7 coisas que você precisa saber sobre o Couchsurfing

    7 coisas que você precisa saber sobre o Couchsurfing

  • 1
  • 10 dicas para evitar que você pague bagagem extra em sua próxima viagem

    10 dicas para evitar que você pague bagagem extra em sua próxima viagem

  • 1
  • 40 fotos que provam que o Natal na Disney é ainda mais mágico

    40 fotos que provam que o Natal na Disney é ainda mais mágico

  • 1
  • 12 ilhas mais românticas do mundo para viajar com seu amor

    12 ilhas mais românticas do mundo para viajar com seu amor

  • 1
  • 12 erros que você não deve cometer ao fazer uma viagem com amigos

    12 erros que você não deve cometer ao fazer uma viagem com amigos

  • 1
  • 7 passos necessários para você tirar seu passaporte

    7 passos necessários para você tirar seu passaporte