Gonçalves (MG): descubra por que o destino é ideal para fugir da rotina

Escrito por Bárbara Costa

Gonçalves, no Sul de Minas, é um destino que reúne o ritmo tranquilo das cidades do interior, um clima agradável proporcionado pela proximidade com a Serra da Mantiqueira e belezas naturais. Que tal se recuperar da correria do dia a dia em uma charmosa cidade mineira?

Abaixo, você verá onde ter ótimas experiências gastronômicas, em quais pousadas se hospedar e o que fazer em Gonçalves. Continue lendo e comece a preparar seu roteiro agora mesmo!

Mapa de Gonçalves

Gonçalves fica na região Sul/Sudoeste de Minas Gerais e faz limite com municípios como São Bento do Sapucaí (SP) e Camanducaia (MG). Sua distância até a capital mineira é de 458 km.

Como chegar

Para quem parte de São Paulo, é preciso pegar a Rodovia Presidente Dutra e seguir até São José dos Campos, onde tem início a SP-050. Continuando por essa estrada, o motorista chegará a Sapucaí-Mirim e São Bento do Sapucaí (quando terá que sair pela estrada asfaltada à esquerda para chegar a Gonçalves).

Já se o ponto de partida for Belo Horizonte, o visitante deve pegar a Rodovia Fernão Dias, seguir até Pouso Alegre, entrar no viaduto e continuar para Itajubá. Em seguida, ele passará por Paraisópolis e São Bento do Sapucaí — onde terá que pegar o primeiro acesso asfaltado à direita, rumo a Gonçalves.

Como Gonçalves fica na Serra da Mantiqueira, sua localização estratégica permite que turistas de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro tenham fácil acesso à cidade.

O que fazer em Gonçalves

Se você gosta de fazer trilhas, conhecer cachoeiras e manter contato com a natureza, ficará encantado com o sossego de Gonçalves. Veja quais são os principais atrativos da região!

1. Pedra Chanfrada

Com uma altura aproximada de 1.700 m, a Pedra Chanfrada proporciona uma linda vista da Serra da Mantiqueira. Para acessá-la, é preciso percorrer uma trilha curta e bem sinalizada, porém bastante íngreme. O caminho começa no restaurante Ao Pé da Pedra, onde você pode fazer uma deliciosa refeição após todo o esforço. Que tal?

2. Pedra do Cruzeiro

A trilha é aberta, passando por campos e uma plantação de bananas, bastante comum na região. A Pedra do Cruzeiro tem 1.125 m de altura e, do alto, permite avistar a Serra dos Venâncios e a Serra dos Remédios. O percurso tem um total de 2,6 km de subidas e não há fontes de água potável no caminho, portanto não se esqueça de levar sua garrafa!

3. Igreja Nossa Senhora das Dores

Localizada no centro, a Igreja Nossa Senhora das Dores é a maior de Gonçalves e pode ser avistada de diversos pontos da região. Bem preservado, seu interior tem uma boa iluminação e traz imagens de episódios bíblicos nas laterais e nos azulejos. O local abre diariamente, mas os horários de visitação podem variar de acordo com as atividades da paróquia.

4. Atelier Papegilla

Comandado pela ceramista Cynthia Gavião, o Atelier Papegilla fica no centro de Gonçalves. Por lá, são expostos trabalhos de muito bom gosto e delicados, que encantam os visitantes que o conhecem. O melhor é que você pode ser recebido pela própria artista e ouvir mais sobre cada peça ou acompanhar o processo de produção. Interessante, não?

5. Cachoeira dos Henriques

O acesso à Cachoeira dos Henriques é fácil e se dá pela estrada que leva ao Bairro dos Martins, sendo possível estacionar o carro bem próximo. O local é formado por várias quedas d’água e conta com um delicioso poço para banho. A beleza do lugar e a transparência das águas certamente vão conquistar você!

6. A Senhora Das Especiarias

“Bem-vindo ao fascinante mundo dos sentidos”! Essa loja de especiarias é um projeto caseiro, porém já se tornou um ponto turístico de Gonçalves. Fernanda Kurebayashi, que comanda a casa, mantém a cozinha e a mente abertas a experimentações.

Você encontrará antepastos (grego, indiano, provençal), chutneys (manga e abacaxi com cebola roxa), conservas e geleias (inclusive a inusitada de chocolate com cachaça) e sais temperados por lá. Vale a experiência!

7. Libertas Pão & Circo

O Libertas é a opção ideal para quem quer relaxar após caminhar pelas ruas de Gonçalves e fazer as trilhas da região. No melhor estilo “cultura da roça”, o bar conta com sinuca e vitrola no período da noite. Já durante o dia, há passeios de cavalo e carro de boi, além de colheitas na horta orgânica. A casa também costuma promover rodas de viola, que prometem deixar sua noite ainda mais especial!

Pronto: agora você já sabe o que visitar nessa charmosa cidade mineira!

Pousadas e hotéis em Gonçalves

A hospedagem é outro quesito que não deixa a desejar em Gonçalves. Confira as melhores opções!

1. Pousada O Montanhês

Está em busca de um refúgio em meio a muito verde, que o permita equilibrar as energias? A pousada O Montanhês conta com uma infraestrutura tipicamente alpina, com todo o conforto que você merece. Os chalés são perfeitos para casais (mas acomodam até três pessoas), já as suítes abrigam até cinco hóspedes. Hidromassagem, lareira, saunas, piscina aquecida e salão de jogos estarão à sua disposição!

  • Endereço: Estrada Sertão do Cantagalo, km 9 – Zona Rural.
  • Diária: R$ 302 – R$ 362.

2. Pousada Vida Verde

Passear, descansar e sentir-se em casa: a pousada Vida Verde está preparada para aqueles que querem dias de descanso perfeitos a 1.450 m de altitude. O atendimento personalizado encanta quem passa por lá e, junto ao ar puro e clima saudável, vão fazer com que você não queira ir embora. Aproveite para conhecer os lagos e a horta agroecológica!

  • Endereço: Estrada São Sebastião, km 4 – Bairro Boa Vista.
  • Diária: R$ 352.

3. Pousada Solar d’Araucária

Localizada no topo da Serra da Mantiqueira, a pousada tem uma bela paisagem natural e, como o nome já diz, está próxima das florestas de araucárias típicas de Gonçalves. O estabelecimento conta com uma piscina climatizada, charmosos chalés, sala de ginástica e o Restaurante Pó de Ninho — onde o clima de montanha se traduz nos pratos servidos e na primorosa seleção de vinhos.

  • Endereço: Estrada Terra Fria, km 2 – Bairro Retiro.
  • Diária: R$ 635.

4. Pousada Bicho do Mato

A Bicho do Mato conta com oito chalés em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira e garante ao hóspede todos os cuidados necessários para o seu bem-estar. A hospitalidade mineira permeia desde a administração do estabelecimento, já que se trata de uma empresa familiar, até o atendimento e o preparo dos alimentos pela equipe (composta principalmente por moradores da região). Prepare-se para se sentir em casa!

  • Endereço: Estrada Sertão do Cantagalo, km 7,5 – Sertão do Cantagalo.
  • Diária: R$ 505.

5. Pousada Serra Vista

Os chalés, o restaurante, o deck e a varanda da sede têm uma vista privilegiada da Serra da Mantiqueira. Para que o hóspede vivencie despreocupadamente os dias de descanso que tanto deseja, a pousada é toda planejada de forma a proporcionar conforto e bem-estar.

Todos os chalés oferecem lareira, TV e aquecimento a gás. No café da manhã, você terá uma farta mesa com bolos e pães, entre outras iguarias, à disposição. E o melhor: tudo isso é servido em um restaurante com visão panorâmica. Nada mal, concorda?

  • Endereço: Estrada Gonçalves, km 3,5 – São Sebastião.
  • Diária: R$ 952.

Com tantas opções incríveis, difícil vai ser escolher onde se hospedar em Gonçalves, concorda?

Restaurantes em Gonçalves

A alimentação é um ponto importantíssimo em uma viagem. Para descobrir quais restaurantes são indicados em Gonçalves, acompanhe os tópicos a seguir.

1. Sabores da Mantiqueira

O Sabores da Mantiqueira abriu as portas em 2009, oferecendo caldos e “bisquiches” (criados pelo próprio estabelecimento e preparados com biscoito de polvilho em vez de pão). Em seguida, vieram os escondidinhos de carne seca e mix de cogumelos, que mais tarde ganharam versões com os shitakes produzidos no local. Entre as bebidas, as cervejas artesanais da região merecem destaque!

  • Endereço: Estrada da Terra Fria, km 6 – São Sebastião das Três Orelhas.
  • Horário de funcionamento: sexta e sábado, das 18h30 às 23h30.

2. Quintal da Bel

Com a proposta de fazer com que o cliente se “sinta em casa”, o Quintal da Bel fica instalado nos fundos de uma casa e traz um ambiente rústico, bem típico do interior de Minas. Há um pequeno jardim com horta e fogo de chão (para o inverno) em um anexo do quintal, o que promete deixar você e sua família ainda mais à vontade para almoçar, jantar ou pedir um lanche. Vale experimentar!

  • Endereço: R. Capitão Antônio Carlos, 195 – Centro.
  • Horário de funcionamento: quinta a segunda, das 12h às 22h.

3. Deméter na Roça

No Deméter na Roça, você encontra um delicioso e farto buffet com especialidades rurais no fogão de lenha, além de saladas orgânicas. O atendimento simpático e atencioso, junto ao cuidado no preparo dos pratos, promete satisfazer aos clientes. O purê de mandioquinha com molho de ervas e o lombo de porco na cerveja são de dar água na boca!

  • Endereço: R. João Carlos da Silva, 320 – Centro.
  • Horário de funcionamento: quarta a domingo, das 12h às 17h.

4. Restaurante Flor de Cerejeira

O Flor de Cerejeira oferece o melhor da gastronomia contemporânea em uma agradável e charmosa casa de esquina. O espaço conta com um salão amplo e arejado, além de um gostoso terraço para os dias mais quentes. Prove a truta com alcaparras, macadâmia e purê de banana da terra e o grelhado de filé mignon, manteiga de ervas e risoto de champignon. Você não vai se arrepender!

  • Endereço: R. Joaquim F Souza, 125 – Centro.
  • Horário de funcionamento: quinta a domingo, das 12h às 16h30h e das 18h30 às 21h30; segunda a quarta, das 12h às 16h e das 18h30 às 21h30.

5. Bistrô do Alto

O espaço abriga um bistrô e uma livraria, servindo almoço e jantar com uma das vistas panorâmicas mais privilegiadas da cidade. Os pães, as massas, os doces e os risotos são feitos no próprio estabelecimento, de maneira artesanal. Para combinar com o clima de montanha e deixar seu jantar ainda mais especial, que tal um fondue acompanhado de bons vinhos e uma lareira?

  • Endereço: Praça Monsenhor Dutra, 246.
  • Horário de funcionamento: quinta a domingo, das 12h às 15h e das 19h às 22h.

Agora você já sabe que comer também não será um problema em Gonçalves, certo?

Mais fotos para te convencer a visitar Gonçalves

Se você ainda está em dúvida quanto a incluir Gonçalves no seu roteiro, não deixe de conferir as imagens selecionadas!

1. Os picos da região são realmente imperdíveis

2. As cachoeiras não deixam a desejar

3. E o cenário transmite todo o clima de calmaria, não acha?

4. Quando o arco-íris aparece, a paisagem fica ainda mais sensacional

5. A hospitalidade mineira pode ser percebida nos detalhes

6. Principalmente na culinária

7. A cor das casinhas coloniais promete conquistar você

8. O que você acharia de ter essa paisagem na janela?

9. Nada mal, concorda?

10. Que tal sentar-se nesse banco e ver a vida passar calmamente?

Agora você já sabe por que essa interessante cidade mineira atrai inúmeros visitantes, não é mesmo? Já decidiu o que vai visitar e onde se hospedar em Gonçalves? Só não vale deixar de conhecer a região!

PARA VOCÊ