27 atrações em Hong Kong que não podem faltar em seu roteiro

Escrito por Sheila Almendros

Na costa sul da China fica Hong Kong, uma região administrativa especial do país, formada por diversas ínsulas: a ilha homônima como principal, a península de Kowloon, Lantau (abrigando o aeroporto local), e Novos Territórios como as mais populares, entre outras menos conhecidas.

O local é um dos destinos mais visitados da Ásia, pois atende diversos perfis de turistas: desde os que buscam tranquilidade e paz em praias lindíssimas e templos budistas, até os que não dispensam um bom e belo agito de uma grande metrópole.

Onde fica Hong Kong?

Hong Kong é um arquipélago situado a 1.777 km da China, delimitado pelo Rio das Pérolas e pelo Mar da China Meridional. Sua área é de 1.104 km², ocupada por mais de sete milhões de habitantes e pelo maior número de arranha-céus do mundo.

5 coisas sobre a história de Hong Kong que você precisa saber

  1. Apesar de ser uma região administrativa especial da China, Hong Kong possui passaporte, moeda e idioma (chinês – cantonês falado e o inglês) diferentes.
  2. Hong Kong possui mais de 200 ilhas e é uma das regiões mais povoadas do mundo: são 6,5 mil pessoas por quilômetro quadrado.
  3. O Facebook e o Whatsapp são proibidos na China, mas não em Hong Kong.
  4. O macarrão instantâneo é super popular em Hong Kong, e há uma tradição de que come-lo durante o aniversário dará vida longa a pessoa.
  5. O feng shui tem grande influência na cultura, arquitetura, nos negócios e no estilo de vida de cada habitante de Hong Kong.

27 pontos turísticos de Hong Kong para incluir em seu roteiro

A seguir, você conhecerá as atrações mais populares de Hong Kong, que merecem a sua atenção durante a viagem:

1. Lantau

Lantau é uma ilha que deixou de ser habitada exclusivamente por pescadores depois que a região passou a ser mais turística, devido o surgimento de centenas de mosteiros abertos ao público. Apesar disso, há diversas vilas que mantiveram o ritmo pacato de seu passado, próximas de algumas praias bastante tranquilas, ideais para serem visitadas quando a pedida é ter um dia menos agitado. O Aeroporto Internacional de Hong Kong é um dos principais pontos que movimentam o local, além da popular atração a seguir:

2. Hong Kong Disneyland

Inaugurada em 2005, a Disneyland chinesa recebeu todos os cuidados possíveis em sua projeção, garantindo que a cultura e os costumes do país fossem implementados em todo o projeto da construção do parque (como a aplicação das regras feng shui em toda a estrutura, por exemplo). O local tem capacidade para receber 34 mil visitantes por dia, e é uma versão menor do Magic Kingdom, em Orlando.

3. Tian Tan Buddha

Conhecido também como Grande Buddha, a enorme estátua de bronze, situada no alto de uma montanha de Ngong Ping, em Lantau, é a melhor representação da relação entre o homem, a natureza e a religião. É um dos pontos turísticos mais famosos de Hong Kong, e pode ser acessada por uma escadaria de 268 degraus. Em seu interior há um pequeno museu com pinturas e homenagens aos principais monges chineses, com entrada gratuita.

4. Ngong Ping 360

Para chegar até o Tian Tan Buddha será necessário embarcar no Ngong Ping 360, um teleférico que liga Tung Chung a Ngong Ping. O trajeto dura em torno de 25 minutos, com uma das vistas mais bonitas de Hong Kong. Dica: se tiver coragem (e uns trocados a mais), opte pela cabine de cristal, com o chão de vidro! Será uma pitada a mais de adrenalina em seu passeio.

5. Cheung Chau

Não, não é a Grécia — é Cheung Chau, uma ilha de Hong Kong que fica a meia horinha do centro, tão linda quanto. Ela é acessada por meio de ferry, e o percurso é de encher os olhos de qualquer turista. O local pode ser visitado em um único dia, ideal para quem deseja fugir da muvuca dos pontos turísticos mais populares do arquipélago. Aproveite para fazer uma tour gastronômica pelos elogiadíssimos restaurantes especializados em frutos do mar, e também curtir a paisagem do entorno, que lhe renderá ótimas fotos.

6. Victoria Peak

O pico mais famoso de Hong Kong fica a 552 metros acima do nível do mar, e oferece ao visitante uma visão de quase toda a ilha e de seus arranha-céus. Para chegar até o mirante, é necessário embarcar na atração a seguir:

7. Peak Tram

O primeiro sistema funicular da Ásia começou a funcionar em 1888, e até hoje ele é responsável por transportar cerca de 11 mil pessoas até o Victoria Peak. A subida é muito rápida, porém as filas costumam ser imensas. Tenha paciência e espere a sua vez, pois a vista faz valer a pena!

8. Ocean Park Hong Kong

O parque temático foi inaugurado em 1977 e além das atrações voltadas para todos os tipos de idade, há também apresentações com animais e atividades que promovem a conscientização a respeito das espécies. O local é dividido entre duas partes: a parte baixa, próxima ao mar, com brinquedos voltados para as crianças, e a parte alta, acessada por meio de trem ou teleférico. Para mais informações, acesse este site.

9. Ilha Lamma

Esta é mais uma opção para quem quer fugir do agito de Hong Kong. Ilha Lamma possui trilhas suaves, e uma das principais é a que liga as duas únicas vilas da região. As praias, assim como a vista do entorno, são um convite irrecusável para um dia relaxante. Não deixe de experimentar os mariscos do Rainbow Seafood — um dos mais fresquinhos e saborosos da ilha.

10. Repulse Bay

A Repulse Bay é uma praia que fica um pouquinho afastada do centro — uma boa opção para quem deseja curtir momentos relaxantes sem sair da ilha de Hong Kong. Você precisa passar por um shopping para poder acessá-la, que aliás, é uma excelente alternativa para quem precisa fazer uma refeição durante a estadia por lá. Não deixe de dar uma passadinha no templo que fica em uma das pontas da praia, e também conferir as esculturas típicas da cultura chinesa expostas pela orla.

11. Madame Tussauds Hong Kong

Muita gente se diverte entre as estátuas de cera do Madame Tussauds, e em Hong Kong, além das habituais celebridades de reconhecimento mundial, também há inúmeros artistas orientais sendo devidamente homenageados pelo museu. Não deixe de tirar várias fotos com suas obras favoritas!

12. Stanley Market

O Stanley Market é um mercado repleto de lojinhas amontoadas, que comercializam os mais diversos produtos que você pode imaginar (desde porcelanas, artigos de decoração e eletrônicos, até roupas, bijuterias, chaveiros e ímãs). Muitos turistas indicam o local somente para comprar lembrancinhas para familiares e amigos, ou para dar uma passadinha e conhecer durante a sua estadia pela região.

13. Museum of History

Uma ótima oportunidade para conhecer a fundo a história de Hong Kong é visitando o Museum of History. O acervo conta com exposições itinerantes e fixas, responsáveis por mostrar não só a geologia local, mas também toda a trajetória social e cultural de HK, desde a colonização inglesa, passando pela Guerra do Ópio, a ocupação japonesa, até chegar ao período em que finalmente a ilha se tornou oficialmente território chinês. Em alguns dias da semana a entrada é gratuita.

14. Torre do Relógio

Construída em 1915 como parte da estação ferroviária Kowloon-Canton, a Torre do Relógio se tornou um dos principais pontos de referência de Hong Kong. Mesmo depois da demolição do edifício em 1978, dando lugar para dois museus e um centro cultural, a estrutura de estilo clássico eduardiano foi mantida, chamando atenção de todos que passam pela região.

15. Ten Thousand Buddhas Monastery

Localizado em Sha Tin, o Ten Thousand Buddhas está registrado como Edifício Histórico de Grau 3 pelo Governo de Hong Kong, e apesar de ser chamado de monastério, não possui monges residindo no complexo. Sua estrutura inovadora recebe milhares de turistas do mundo todo durante o ano, e o que mais chama a atenção de seus visitantes são os inúmeros Budas de ouro esculpidos em poses diferentes e instalados por todo o percurso.

16. Hong Kong Zoological and Botanical Gardens

Próximo ao Victoria Peak há o Hong Kong Zoological, um dos zoológicos mais antigos do mundo, inaugurado em 1871. A região ainda abriga o Botanical Gardens e suas centenas de espécies de plantas e flores — um local perfeito para fugir da agitação de Hong Kong, mesmo estando tão próximo da região central. Para mais informações, acesse o site oficial.

17. Mongkok Flower Market

Passear pelo Mongkok Flower, um simpático mercado de flores, é garantir fotos incrivelmente coloridas e cheias de vida! Como nós turistas não podemos trazer de volta para casa nenhuma espécie da fauna e flora, a visita é válida somente para admirar mesmo. Visite o site oficial do local e saiba mais sobre localização e horários de funcionamento.

18. Hong Kong Wetland Park

O parque possui inúmeros pavilhões de observação de pássaros, borboletas e insetos, ideal para levar a criançada para um passeio educacional. Há também um pequeno cinema reproduzindo documentários da BBC sobre a vida selvagem. Já que o local possui alguns restaurantes, que tal aproveitar um dia inteiro por lá e ainda fazer uma deliciosa refeição?

19. Hong Kong Science Museum

Este museu dedicado à ciência possui um acervo 100% interativo, com efeitos visuais, atividades, entre outras atrações que chamam a atenção não só das crianças, como também dos adultos. Uma bela maneira de reter conhecimento se divertindo! Saiba mais sobre horários e preços neste link.

20. Hong Kong Space Museum

Bem de frente para o mar de Tsim Sha Tsui está o Hong Kong Space Museum, que abriga um acervo todo dedicado ao espaço em seus 8 mil metros quadrados de extensão, como meteoritos, exposições interativas, documentários, entre outros atrativos. Há fones de ouvido que traduzem simultaneamente a mostra para o inglês e também uma loja de lembrancinhas. Imperdível!

21. Hong Kong Cultural Centre

Um local que reúne incontáveis atividades culturais em um só edifício. São inúmeros pavilhões que abrigam as mais diversas intervenções artísticas, como exposições, apresentações, entre outras atividades. Vale a pena curtir um dia inteiro passeando por lá! Consulte o site do Centro Cultural para ficar por dentro da agenda do local.

22. Tsim Sha Tsui

Um dos bairros mais requintados de Hong Kong abriga belíssimas construções, recheadas de shoppings, restaurantes badalados, lojas da alta costura, hotéis e uma vista impressionante da cidade. É lá que o turista encontrará um dos pontos turísticos mais conhecidos deste destino…

23. Avenue of Stars

As margens do Victoria Harbour está a Avenue of Stars, uma via que homenageia os grandes nomes do cinema chinês, incluindo o mais famoso deles: Bruce Lee. Uma estátua em tamanho real do ator está exposta no coração da avenida, dividindo as atenções dos turistas com a calçada da fama, muito parecida com a versão hollywoodiana.

24. Mong Kok

Badalado distrito Hong Kong, repleto de lojas, shoppings e mercados de rua (o mais popular deles é o Ladie’s Market, com precinhos tentadores!). Por conta disso, a região costuma ficar lotada de gente durante todo o dia. É o local mais indicado pelos moradores para fazer compras – anota aí!

25. Sky100

Quer ter uma das melhores vistas panorâmicas da cidade? Vá até o piso 100 do edifício mais alto de Hong Kong (o International Commerce Centre) e se acomode em um dos sofás deste mirante de vidro. A dica é chegar por lá um pouco antes do pôr do sol, para assistir o cair da noite. A entrada custa $168, mas se você comprar o ingresso pelo site, ganha 10% de desconto.

26. Lan Kwai Fong

Outro bairro bastante badalado e eclético é o Lan Kwai Fong. O local abriga diversas casas noturnas, inúmeras opções de bares, pubs e restaurantes (inclusive o Hard Rock Cafe fica lá), e durante o ano novo e o Halloween, parece que o número de pessoas na rua triplica! Se a ideia é curtir a vida noturna de Hong Kong, este é o destino certo.

27. Golden Bauhinia Square

Localizada em Wan Chai, às margens da Victoria Harbour, esta praça abriga uma enorme estátua dourada em formato de flor, dada de presente pela China como o símbolo do retorno de Hong Kong ao país. O monumento possui uma grande importância histórica, e se você gosta de apreciar um pouco da cultura local, não deixe de dar uma passadinha por lá.

E aí? Já sabe qual atração você curtirá primeiro?

PARA VOCÊ