Serra do Cipó: o que fazer e onde se hospedar nesse paraíso mineiro

Escrito por Bruno Mendes

Cachoeiras, montanhas imponentes, grutas, trilhas, fauna e flora exuberantes. O distrito da Serra do Cipó é um dos mais belos destinos turísticos de Minas Gerais e oferece incontáveis opções de lazer para o viajante que ama aquele contato intenso com a natureza.

É inenarrável o prazer de relaxar numa piscina natural de águas transparentes, logo após o fim de uma trilha, concorda? Então, conheça esse paraíso mineiro e vivencie momentos perfeitos. Dica: não se esqueça de incluir na bagagem a sua melhor máquina fotográfica.

Índice do conteúdo:

Mapa da Serra do Cipó


Situada entre os municípios de Jaboticatubas, Itambé do Mato Dentro, Santana do Riacho e Nova Pilar, a Serra do Cipó está localizada a 100 quilômetros de Belo Horizonte.

Para chegar até a serra saindo da capital mineira, o viajante deverá pegar a BR-101 e passar por Lagoa Santa. Depois que passar por cima do Rio das Velhas, fique atento às placas e você logo estará no município de Santana do Riacho, assim, chegará ao destino.

Serra do Cipó: o que fazer

Esqueça shopping centers e bares movimentados. Nem lembre do barulho de automóveis e da poluição das cidades médias ou grandes. Na Serra do Cipó você será presenteado com o som das cachoeiras e o cantar dos pássaros. Lazer e relaxamento na mesma medida, que tal?

Separamos alguns lugares que você deve conhecer por lá. Vale a pena acordar cedinho para aproveitar o dia inteiro!

1. Parque Nacional da Serra do Cipó

Localizada na serra do Espinhaço, essa enorme unidade de conservação foi criada em 1978 com o objetivo de proteger os recursos naturais da Serra do Cipó. Nos mais de 33 mil hectares, o visitante irá observar cachoeiras, montanhas que podem chegar a 1600 metros e diversos exemplares da fauna e flora.

  • Valor: entrada franca.
  • Horário de funcionamento: o parque abre das 8h às 18h.

2. Cachoeira Véu de Noiva

A Cachoeira Véu de Noiva fica situada no finalzinho do distrito de Serra do Cipó. Contando com três quedas d’águas que chegam a 120 metros de altura e uma irresistível piscina natural, a atração é acessada por uma trilha de aproximadamente 400 metros.

Em razão dos enormes paredões que contornam a área, o destino é muito requisitado por praticantes de rapel.

  • Valor: paga-se R$ 30 para ficar o dia inteiro e R$ 11 para aproveitar o local por 1 hora.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde.

3. Canyon das Bandeirinhas

Esse paredão de aproximadamente 80 metros de altura contempla cascatas, piscinas naturais de águas transparentes e suntuosa vegetação que nasce entre as pedras.

Para chegar lá é recomendado fazer o trajeto com o auxílio de um guia, pois a trilha de intensidade moderada apresenta travessias no rio, subidas e é longa. O trajeto dura aproximadamente 3 horas só na ida e tem 12 quilômetros.

  • Valor: o ingresso custa R$ 3,00.
  • Horário de funcionamento: das 8h às 17h.

4. Trilha dos Escravos

Construída por escravos em um dos períodos mais tenebrosos do Brasil, essa trilha é um valioso destino turísticos para o viajante que deseja conhecer de perto um pouco da história do país.

O passeio não é longo. São um pouco mais de 2 quilômetros de caminhada em área preservada, com subidas por meio da mata e há grande predominância de rochas ao longo da paisagem. A trilha se encerra na beirada da Cachoeira Véu da Noiva, ou seja, dois passeios em um. Imperdível!

  • Valor: como a trilha é parte do passeio pela Cachoeira Véu de Noiva, paga-se R$ 30 para ficar o dia inteiro e R$ 11 para aproveitar o local por 1 hora. Vale a pena curtir fazer as duas coisas.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde, enquanto do dia ainda estiver claro

5. Cachoeira da Farofa

A Cachoeira da Farofa tem 80 metros de altura e está no grupo das mais populares do Serra do Cipó. Para acessá-la é preciso percorrer uma trilha de sete quilômetros, que pode ser feita a pé ou de bicicleta.

Além de belíssima, ela é perfeita para tomar banho. Nade bastante, mas tome cuidado com as pedras, certo?

  • Valor: o aluguel de bicicletas para percorrer a trilha custa entre R$40 e R$50.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde.

6. Cachoeira Serra Morena

A Cachoeira da Serra Morena, na verdade, trata-se de três quedas d’águas bem interessantes, que ficam localizadas em área com camping, banheiro, restaurante e até pousada. O caminho é feito em estrada de terra e tem cerca de 6 quilômetros.

  • Valor: R$30,00.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde.

7. Cachoeira do Tabuleiro

Seja bem-vindo à maior cachoeira de Minas Gerais. A Cachoeira do Tabuleiro tem impressionantes 273 metros de altura e fica situada na cidade de Conceição do Mato Dentro.

Sem dúvidas, o caminho que leva o visitante até a base da atração oferece uma das vistas mais impressionantes de todo o traçado montanhoso da Serra do Cipó.

  • Valor: R$ 10,00.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde, porém a trilha fecha em dias de chuva.

8. Estátua do Juquinha

João Patrício, conhecido como Juquinha, era um andarilho que caminhava pelas montanhas da Serra do Cipó. Sempre muito simpático e simples, ele presenteava os turistas com flores que colhia pelo caminho.

Essa personalidade local adquiriu tanto respeito na região, que após morrer ganhou uma estátua em Santana do Riacho, na região chamada de Alto Palácio.

  • Valor: gratuito.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde.

9. Cachoeira Grande

A última indicação deste guia inclui mais uma queda d’água, a Cachoeira Grande. Viu que há muitas em Serra do Cipó, né? Mas mesmo se você conhecer cada uma delas não irá enjoar, afinal são todas incríveis e contam com características próprias.

Este exemplar tem mais de 50 metros de extensão e 9 de altura. Não perca a chance de conhecer mais um cartão postal.

  • Valor: R$ 35,00.
  • Horário de funcionamento: manhã e tarde.

Só por essas imagens já deu para perceber que as mostras naturais da Serra do Cipó são bem convidativas, né? Então, continue lendo este guia que você terá mais algumas surpresas agradáveis.

Serra do Cipó: pousadas

O distrito da Serra do Cipó é pacato, mas conta com pousadas de excelente nível e que atendem a diferentes gostos. Olha só estes exemplares!

1. Pousada Villa Verde, o melhor custo-benefício

Sabia que mesmo sem pagar uma fortuna, você pode ficar em uma das melhores pousadas da Serra do Cipó? A pousada Villa Verde tem área de lazer completa, serviço de quarto e dispõe de acomodações confortáveis. Só para se ter uma ideia, há suítes com ar condicionado, cama queen e até hidromassagem.

  • Diária: a partir de R$ 190,00 – [reservar].
  • Localização: R. das Castanheiras , 41/ 49 Serra do Cipó – Santana do Riacho, a 18 quilômetros da região central de Santana do Riacho.
  • Ponto forte: os quartos são impecáveis.

2. Pousada Varandas da Serra, a melhor piscina

Charmosa e bem aconchegante, a pousada Varandas da Serra possui aquela atmosfera rústica que combina tão bem com lugares verdes. Os quartos são bem bacanas, há área de lazer com quadra de vôlei, playground e até uma piscina climatizada. Se pintou um friozinho, pode dar um mergulho sem problemas.

  • Diária: a partir de R$ 99,00 – [reservar].
  • Localização: Rod Mg10, Km99,5 – Serra do Cipó, a 300 metros da cachoeira Véu de Noiva.
  • Ponto forte: a pousada fica praticamente ao lado de alguns dos melhores atrativos da região.

3. Capim do Mato Pousada & Spa, a mais romântica

Sofisticação e um indisfarçável clima romântico são as principais marcas desta pousada e spa. Há apenas cinco quartos disponíveis e cada um deles tem lareira, ofurô, máquina nespresso e cama King Size. E não são apenas nos quartos que o alto nível é predominante.

O estabelecimento dispõe de loja de presentes, restaurantes, piscina ao lar livre e mais outros mimos.

  • Diária: a partir de R$ 528 – [reservar].
  • Localização: Al. Rubens Ferreira Belisário, s/n – Serra do Cipó, a menos de 15 minutos andando da Cachoeira Grande.
  • Ponto forte: a privacidade que os hóspedes vão encontrar nos formidáveis bangalôs.

4. Pousada Canto Verde, a mais família

Café da manhã delicioso, piscina, sauna e uma ótima área externa para a criançada brincar. A pousada Canto Verde é recomendada para quem vai viajar com a família inteira, por toda a infraestrutura oferecida.

  • Diária: a partir de R$ 170 – [reservar].
  • Localização: Rod MG 10, km 94 – Serra do Cipó, a 500 metros da Cachoeira Grande.
  • Ponto forte: a pousada conta com uma suítes família e lá estão disponíveis quartos com cama de casal e duas de solteiro.

5. Rancho Cipo Pousada, a melhor avaliada

A Rancho Cipó pode não ser a mais luxuosa da Serra do Cipó, mas é a que recebeu a melhor avaliação dos hóspedes. Contando com quartos espaçosos, o estabelecimento possui uma quadra de tênis, uma piscina coberta e duas externas, churrasqueiras e área para piquenique.

  • Diária: a partir de R$ 110,00 – [reservar].
  • Localização: Rod. MG-010, km 99 – Santana do Riacho, a 800 metros do Parque Nacional da Serra do Cipó.
  • Ponto forte: a área externa, que é perfeita para a criançada brincar, piqueniques, churrascos, etc.

E aí, gostou? Você não vai passar por nenhum perrengue ao escolher uma dessas pousadas, afinal todas contemplam um pedaço da magia que emana da Serra do Cipó. Pode fazer a reserva sem medo!

Serra do Cipó: 15 fotos inspiradoras do paraíso mineiro

Após saber quais são os principais pontos turísticos da Serra do Cipó e conhecer alguns das pousadas do distrito, olha só estas imagens que separamos da região.

1. Dirija com cuidado, mas não deixe de prestar atenção na bela paisagem

2. Destino perfeito para caminhadas na natureza com o seu amor

3. A fauna exuberante é vista em todos os pontos da Serra do Cipó

4. Um olhar atento para as imponentes montanhas mineiras…

5. e momentos únicos para relaxar!

6. Faça trilhas e descubra as mais belas quedas d’água

7. Palmas para o pôr do sol!

8. Aquele momento de contemplação!

9. Um mergulho cairia bem após longa caminhada, né?

10. Quando o céu colore as rochas!

11. Vale conhecer a Cachoeira do Avião

12. É desse jeito que amanhece na Serra do Cipó..

13. E com essa sutileza, a noite pede passagem

13. Flagre o voo de exemplares raros da fauna brasileira

14. É só seguir em frente!

15. Depois de tanto lazer é nesse clima que você vai tirar uma soneca

Viaje para a Serra do Cipó e você voltará para casa com a energia renovada!

PARA VOCÊ