Araxá: saiba mais sobre essa encantadora cidade mineira

Escrito por Beatriz Nicolsky

No interior de Minas Gerais, Araxá é uma cidade pequena cujo nome significa “lugar onde primeiro se avista o sol”. Tem uma história interessante, personagens curiosos, museus e várias atrações para visitar.

Veja a seguir alguns motivos para incluir Araxá no seu próximo roteiro!

Araxá: pontos turísticos

Apesar de ser pequena, há muito o que se fazer em Araxá, tanto para quem quer se aventurar, quanto para quem quer saber um pouco mais sobre a cidade. Confira algumas dicas de lugares para conhecer:

1. Complexo do Barreiro

O Complexo do Barreiro é uma das principais atrações de Araxá. A 5km de distância do centro da cidade, o lugar tem diversas opções de turismo e lazer: as Termas, interligadas ao Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, são famosas por seu uso em tratamentos de spa e beleza; a Fonte Dona Beja, cuja água também é objeto de desejo de tratamentos para a pele, leva esse nome em homenagem a Dona Beja, personalidade conhecida por sua beleza; as Ruínas do Hotel Rádio, que já hospedou pessoas como Santos Dumont e Getúlio Vargas, também fica dentro do complexo, que oferece muitas outras coisas para fazer e visitar.

  • Endereço: R. Águas do Araxá, s/n – Barreiro.
  • Valor de entrada: o complexo em si tem entrada gratuita, mas para usar as termas é preciso ser hóspede do hotel, que também oferece visitas guiadas pela área social por cerca de R$ 15.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 16h30.

2. Museu Calmon Barreto

Calmon Barreto foi um artista da cidade que fazia desenhos, pinturas e esculturas retratando a história de Araxá. O museu tem cerca de 300 itens de sua autoria e é o museu com maior número de obras de um mesmo artista no Brasil.

  • Endereço: R. Franklin de Castro, 160 – Centro.
  • Valor de entrada: o ingresso custa R$ 5 e inclui uma entrada para o Memorial de Araxá.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 18h.

3. Memorial de Araxá

O museu abriga objetos pessoais, instrumentos musicais, quadros e livros de 180 pessoas que contribuíram para a história de Araxá. Ele funciona dentro de um casarão construído no século XIX.

  • Endereço: Av. Antonio Carlos, 16 – Centro.
  • Valor de entrada: o ingresso custa R$ 5 e inclui uma entrada para o Museu Calmon Barreto.
  • Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 8h às 17h. Sábados, das 10h às 16h. Domingos, das 8h às 13h.

4. Paróquia Matriz de São Domingos

Começou a ser construída em 1911, mas só ficou pronta em 1948 depois de muitas alterações em sua estrutura. É uma homenagem a São Domingos de Gusmão, padroeiro de Araxá.

  • Endereço: Praça São Domingos, s/n – Centro.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: há missas de segunda a sexta, às 6h30 e às 19h, aos sábados, às 19h e aos domingos, às 7h, 9h, 18h e 19h30. Fica aberta para visitas em horário comercial.

5. Fábrica de doces Dona Joaninha

Araxá é bastante conhecida por seus doces tradicionais. A loja Dona Joaninha, onde fica a fábrica, atrai muitos turistas pela variedade dos sabores (há doces de ambrosia, ameixinhas de queijo em calda, queijos artesanais…) e até produtos para cuidados com a pele. De segunda a sexta, é possível visitar a fábrica e ver os doces sendo feitos.

  • Endereço: R. Rio Branco, 318 – Centro – Araxá, MG
  • Valor de entrada: gratuita
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, de 7h30 às 19h. Domingos e feriados, de 8h às 18h.

6. Horizonte Perdido

Para quem procura algo diferente para fazer, uma boa ideia é visitar o Horizonte Perdido, um lugar a cerca de 25 km do centro de Araxá. Além de ter dois restaurantes com uma vista panorâmica fantástica, o local também tem uma pista de decolagem para parapente e asa delta. A região também oferece trilhas, caminhadas e escaladas.

  • Endereço: Rodovia BR-146/Araxá-Franca, s/n.
  • Valor de entrada: R$ 5 que podem ser convertidos em consumação.
  • Horário de funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h.

7. Mirante do Cristo

No alto de Santa Rita, há uma praça com uma estátua do Cristo Redentor e uma bela vista da região. O lugar foi construído como uma área de lazer para os habitantes, mas acabou se tornando um ponto turístico por ser um bom lugar para passar uma tarde, fazer um piquenique e tirar fotos.

  • Endereço: R. Washington Barcelos, s/n – Micro Distrito Santa Rita.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 7h às 22h.

Entendido? Agora veja como chegar em Araxá!

Distância de Araxá até BH

Araxá fica a cerca de 370 km de Belo Horizonte. Além de carro, também dá para chegar de avião e ônibus.

As rotas terrestres levam em torno de 5 horas de duração. Os ônibus que vão de Belo Horizonte para Araxá são operados pela Gontijo e a passagem de ida custa em média R$ 120. De avião, a maneira mais fácil é ir até o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, e, de lá, pegar um voo da Azul para o Aeroporto Romeu Zema, que fica em torno de 10 minutos do centro de Araxá.

    Restaurantes e bares em Araxá

    Com tanta coisa para fazer, por que não tirar um tempinho e também conhecer lugares diferentes para comer? Veja aqui algumas dicas:

    1. Panini Bistrô

    Inspirado na gastronomia mediterrânea, o Panini Bistrô fica no centro de Araxá. Com variedade de saladas, risotos, massas artesanais, sanduíches e sobremesas, o restaurante também faz adaptações dos pratos para restrições alimentares.

    • Endereço: R. Capitão Izidro, 65 – Centro.
    • Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 11h30 às 20h30. Sexta, das 11h30 às 17h. Sábado, das 11h30 às 15h. Não abre aos domingos.

    2. O Pizzaiolo

    Uma pizzaria bastante conhecida na cidade, oferece, além de pizza, outros tipos de massas e churrasco. O espaço também conta com uma área de recreação infantil (paga à parte).

    • Endereço: Av. Imbiara, 1735 – Centro.
    • Horário de funcionamento:todos os dias, das 11h à meia-noite.

    3. Cafeteria Café Docê

    Um lugar charmoso para tomar um café e comer um delicioso pão de queijo mineiro. Não tem como ir a Minas Gerais e não comer esse quitute tão tradicional, não é mesmo? O cardápio da Café Docê inclui vários tipos de doces e salgados.

    • Endereço: Av. Imbiara, 494 – Centro.
    • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 8h às 20h.

    4. Spetu’s Bar e Restaurante

    Cozinha mineira e contemporânea caseira feita em fogão de lenha para comer em um ambiente aconchegante cheio de árvores, plantas e uma horta.

    • Endereço: R. Franklin de Castro, 124 – Centro.
    • Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 17h às 23h. Sábado e domingo, das 11h às 17h.

    5. Sushi Uai

    O local é uma casa com varanda, onde também há mesas para curtir sua refeição ao ar livre. Os pratos são à la carte, então é possível pedir um só tipo de comida, combo, porção ou pratos quentes. Como é um restaurante bem badalado, é recomendado chegar cedo.

    • Endereço: R. Dona Maroca, 203 – Centro.
    • Horário de funcionamento: terça e quarta, das 18h às 23h. Sexta a domingo, das 18h às 23h30.

    Com tantas coisas para fazer, não tem como errar nessa viagem. Agora é só preparar as malas, viajar e curtir essa cidade deliciosa!

PARA VOCÊ