30 atrações para você aproveitar tudo que Chicago pode oferecer

Escrito por Juliana Trinci

Chicago é uma cidade multicultural, capaz de agradar todos os tipos de turistas. Localizada no estado de Illinois e as margens do lago de Michigan, este destino americano é a terceira cidade mais visitada do país, ficando atrás apenas de Nova Iorque e Las Vegas. Não é para menos: ali você terá desde uma praia artificial, até pistas de patinação, ou seja, atrações para todos os gostos e épocas do ano!

Continua após o anúncio

Podemos afirmar que o ponto forte de Chicago é a arquitetura. Você encontrará construções por toda a cidade que são verdadeiras obras primas a céu aberto, que vão encher os seus olhos. Destacamos aqui 30 atrativos que não poderão faltar em seu roteiro de viagem à este magnífico local. Confira:

1. Teatro Shakespeare

Para quem aprecia espetáculos, o Teatro Shakespeare é parada obrigatória. Como a maioria dos edifícios em Chicago, a arquitetura deste edifício é belíssima! São mais de 650 apresentações entre peças dramáticas, românticas, musicais, estreias mundiais e internacionais.

2. Buckingham Fountain

IStock

Clarence Buckingham era um famoso empresário e diretor do Museu de Arte de Chicago. Ao falecer, deixou uma vasta coleção de artes (originalmente possuía 2.500 obras, mas esse número cresceu ao longo dos anos), que foi administrada por sua irmã, Kate Buckingham. Em 1957, Kate deu de presente para a cidade (na verdade, uma homenagem ao seu irmão) a “Clarence Buckingham Memorial Fountain”, que hoje é considerada uma das maiores fontes do mundo. Com tanta história, não dá para não visitar, né?

3. Crown Fountain

IStock

Crown Fountain é uma fonte interativa que fica no Millenium Park. São duas colunas, com um rosto projetado, que jorra água de tempos em tempos. É um ótimo passeio para ser feito em família, principalmente com a criançada, que costuma se divertir bastante por lá.

4. Magnificent Mile

IStock

Este na verdade é um trecho da Michigan Avenue, a principal avenida de Chicago. Nela você irá encontrar tudo o que um turista sonha: ótimos hotéis, lojas de luxo e restaurantes famosos.

5. Planetário e Museu de Astronomia Adler de Chicago

IStock

O primeiro planetário construído no país possui diversas atrações interativas, e para aproveitá-las melhor, o ideal é reservar um dia inteiro para este passeio. O Planetário abre das 09h às 16h nos dias da semana e das 09h às 16h30, aos sábados e domingos. Durante o horário de verão, que vai de 3 de julho à a 2 de setembro, o seu funcionamento é estendido até as 18 horas.

6. Au Cheval

Ir a Chicago sem dar ao menos uma passadinha no Au Cheval é como ir ao litoral e não visitar a praia. Localizado no coração de Chicago, o estabelecimento serve o que há de melhor da comida americana, como ótimos lanches e drinks recomendados por quem já o visitou. O restaurante funciona de segunda a sexta das 10h as 01h, e aos domingos abre e fecha mais cedo, das 09h a meia noite.

7. Navy Pier

IStock

Este píer é um dos pontos turísticos mais badalados de Chicago. Além de ter diversas opções de passeio de barco pelo Lago Michigan, também é ponto de ótimos restaurantes e muitas atrações que merecem uma tarde inteira para serem conhecidas.

8. Shedd Aquarium

IStock

O Shedd Aquarium não é só um espetáculo para a visitação, como também um centro de pesquisa para melhorar a vida dos animais e o meio ambiente. Há diversas apresentações dentro do Aquário, perfeitos para serem conferidos com toda a família. O ideal, para você não ficar muito tempo nas filas, é comprar os ingressos com antecedência.

Continua após o anúncio

9. Chicago Skyline

IStock

Skyline é, por definição, um panorama urbano, ou seja, a paisagem que vemos na mistura do horizonte da cidade e o céu. O Skyline de Chicago é um espetáculo à parte, e um dos mais famosos do mundo, por conta da magnitude de seus arranhas céus. Uma vista maravilhosa para registrar não só nas redes sociais, mas também na memória.

10. Robie House

Criada pelo aclamado arquiteto Frank Lloyd Wright, Robie House é um dos marcos da já então mencionada (e elogiada) arquitetura de Chicago. A casa foi tombada como patrimônio histórico dos Estados Unidos, e não é a toa: quem a visitou descreve como uma experiência única. As visitas são guiadas, então marque sua visita com antecedência.

11. Lincoln Park

IStock

O Lincoln Park é um dos principais cartões postais da cidade, com uma ótima infraestrutura para quem gosta de praticar atividades físicas, passar uma tarde relaxando, ou até mesmo visitar o zoológico que existe no local. Você pode visitá-lo tanto nos dias mais quentes, e ficar próximo ao lago, quanto no frio — a neve oferece um outro tipo de experiência nesta atração.

12.United Center

IStock

Por mais leigo que você seja em relação ao basquete, com certeza já ouviu falar algo sobre o Chicago Bulls. Assistir um jogo da equipe no United Center será algo memorável, pode apostar! Além disso, o acesso ao estádio é muito bom, e ainda há um estacionamento na frente da arena. Com certeza, uma experiência emocionante.

13. University of Chicago

IStock

Visitar o Campus da Universidade de Chicago será bem interessante. O local é imenso, com diversos museus, com uma área externa arborizada e ótima para quem quer caminhar. A biblioteca conta com um grande acervo, e é aberta ao público. Só é um pouco distante das demais atrações: é necessário pegar um metrô para chegar até lá, mas vale a pena.

14. Tribune Tower

IStock

Como já dissemos anteriormente, Chicago é um paraíso para quem aprecia arquitetura. O Tribune Tower é um edifício com estrutura neo-gótica e um dos marcos da cidade. É lá que fica o jornal Chicago Tribune, e também alguns bons restaurantes no térreo.

15.Grant Park

IStock

Foi aqui que Barack Obama realizou o seu discurso de vitória nas eleições presidenciais em 2008, e apesar de possuir diversas atrações, o Grant Park também é um destino gostoso para ficar apreciando a paisagem e fazer um lanchinho. Quer algo mais charmoso do que fazer um picnic em um parque americano?

16. Picasso Statue

Esta obra foi um presente de Pablo Picasso para a cidade de Chicago, e não foi batizada com nenhum nome. Ninguém sabe a verdadeira inspiração do artista, mas algumas teorias apontam duas personalidades, como a francesa Sylvette David, e também o seu cachorro, um cão de galgo afegão. Independentemente de quem foi retratado na obra, vale incluir essa visita em seu roteiro.

17. Macy’s on State Street

Este é um paraíso para quem não dispensa umas comprinhas. Uma das maiores lojas da rede, a Macy’s on State Street possui 9 andares, com todos os departamentos que você pode imaginar. Mas chegue cedo por lá: dentro do complexo tem diversos cafés, e dois pequenos museus interativos para se divertir nos intervalos das compras.

18. Water Tower Place

IStock

A Water Tower Place é um dos edifícios mais altos do mundo, com 262 metros! Dos seus 74 andares, 8 são ocupados por um shopping, que também é considerado um dos maiores em sua categoria. Caso tenha se interessado em estender as suas compras para lá também, fica a dica: lojas como Lacoste, GAP e Sephora marcam presença no local.

19.Oriental Theatre

Inspirado nas artes orientais, o Oriental Theatre possui uma magnitude de arrancar suspiros, e quem vê o edifício de fora, nem imagina o que encontrará em seu interior. Vale a pena dar uma olhada na programação para ver se algum espetáculo estará em cartaz durante a sua passagem, e garantir o seu ingresso antecipadamente.

20. The Rookery

IStock

Este edifício foi projetado por diversos profissionais, entre eles, o renomado arquiteto Frank Loyd. Ele está situado no distrito financeiro da cidade e possui uma belíssima fachada, digna de diversos registros fotográficos. Quando olhar do lado de fora, verá que a paisagem é familiar: a parte externa serviu de cenário para o filme “Esqueceram de Mim 2”.

21.Lyric Opera of Chicago

IStock

Mais uma oportunidade para integrar cultura e entretenimento em sua viagem: o Lyric Opera of Chicago apresenta diversos espetáculos de diferentes categorias, com preços bem acessíveis, e ainda de quebra, você se maravilha com a decoração do interior, que é um espetáculo a parte.

22. Oak Street Beach

IStock

Essa praia artificial é, na verdade, a margem do Lago de Michigan, mas com uma infraestrutura idêntica a de uma praia. Você pode fazer caminhadas e se refrescar no “mar” durante o verão (o único período que é liberado entrar na água). Mas atenção: por lá não rola de curtir uma cervejinha na espreguiçadeira como fazemos por aqui, pois o consumo de bebidas alcoólicas na rua é proibido.

23.Museum of Contemporary Art

Apesar de pequenininho, o Museum of Contemporary Art tem os seu encantos. Seu acervo local não é muito grande, pois o foco são as exposições itinerantes. O horário de funcionamento é bem variado: ele abre às 10h e fecha às 17 ou 21h, dependendo do dia da semana.

24.American Writers Museum

Os amantes de literatura não podem deixar de incluir este passeio em seu roteiro. Você pode interagir em quase todas as exposições do American Writers Museum, e encontrará muitas obras de escritores americanos, dos mais famosos aos mais desconhecidos. O museu não abre aos sábados, nem aos domingos, mas nos demais dias funciona das 10 às 17h, exceto às quintas-feiras, quando suas atividades encerram as 18h.

25. Harold Washington Library Center

Apesar da fachada clássica e imponente, a Harold Washington Library Center é uma das bibliotecas mais modernas do mundo. Um dos passeios gratuitos mais procurados por quem passa por Chicago, o local possui um jardim de inverno que merece sua visita se estiver em Chicago nesta época do ano.

26. Graceland Cemetery

IStock

Esqueça o clima mórbido que você está acostumado a ver em cemitérios por aí. Graceland é um verdadeiro museu a céu aberto, pois além de muitíssimo bem cuidado, possui diversas esculturas, além de muita história. Não é um local recomendado para visitar no inverno, já que a neve cobre alguns túmulos, escondendo o principal atrativo do espaço.

27. Fourth Presbyterian Church

IStock

Situada na Avenida Michigan, Fourth Presbyterian Church é um local de paz e harmonia, mesmo em sua localização movimentada. Vale a pena conhece-la independentemente da sua religião, pois a sua arquitetura e a apresentação do coral são de arrepiar!

28. The Mercury Theater

O pequeno e bem estruturado edifício do The Mercury Theater oferece um clima intimista às apresentações. Todos os lugares possuem uma boa visibilidade para o palco, com um precinho bem em conta. Depois de assistir à peça, aproveite e faça uma boa refeição nos restaurantes dos arredores.

29. Chicago Chinatown

Construída por imigrantes chineses, esta é uma das Chinatowns do mundo que você precisa conhecer, principalmente se admira a cultura deste povo. Experimente iguarias deliciosas em um dos diversos restaurantes espalhados pelo local, além de poder comprar artigos de decoração e presentes nas inúmeras lojinhas.

30. Cloud Gate

IStock

The Cloud Gate é uma belíssima escultura que fica no Parque Millennium. A obra de arte tem o formato de feijão (não é a toa que Chicago foi apelidada de “The Bean”) e é toda espelhada, rendendo boas fotos para o turista, além de proporcionar um belo reflexo da cidade em suas formas. A dica de quem já foi é: Tente visitá-la pela manhã, caso queira exclusividade em sua imagem, sem outro turista desconhecido por perto, pois estamos falando do grande marco do município!

Gostou das atrações? Então, na hora de montar seu roteiro de viagens, fique atento a alguns pontos: Chicago é uma cidade de clima intenso (ou muito frio ou muito calor), mas possui atividades que podem ser bem aproveitadas em ambas as estações. Então vai da sua preferência — se gosta de neve, patinar, e apreciar comidas quentinhas, visite a cidade no inverno americano (de dezembro a fevereiro). Mas se prefere o calor, marque sua viagem entre julho e setembro. Agosto é muito chuvoso, então, evite este período.

 
   

PARA VOCÊ