11 coisas que você precisa saber sobre a Bolívia

Escrito por Vanessa Herrmann

A Bolívia conta com uma grande quantidade de belezas naturais que são muito diferentes entre si, como o Salar de Uyuni, o monte Chacaltaya e o lago Titicaca. Mesmo sendo um dos países mais pobres da América Latina, suas paisagens incríveis e cultura local riquíssima fazem com que muita gente queira se aventurar em meio a toda diversidade desse país.

Então, antes de planejar sua próxima viagem, que tal conhecer algumas curiosidades que nós do Viajail separamos para que você se interesse em conhecer esse local que pode te surpreender de diversas maneiras?

1. A Bolívia é um país sem mar

iStock

Na América do Sul, apenas a Bolívia e o Paraguai não contam com mar ou saída para o oceano. Porém, isso só aconteceu depois que a Bolívia perdeu a região de Antofagasta para o Chile, na Guerra do Pacífico, que ocorreu no final do século 19.

2. La Paz é a capital com mais alta do mundo

iStock

Laz Paz não é a capital oficial da Bolívia, e sim a federal. Mesmo assim, ela entra para o ranking de capitais mais altas do mundo. Ela se encontra a 3.360 metros acima do nível do mar, depois dela estão na lista Quito (2.850), Equador e Thimphu (2.648), Butão.

3. A Bolívia tem mais de 30 línguas oficiais

iStock

Isso acontece porque além do castelhano, que é a língua mais falada, o país também considera oficiais todos os idiomas indígenas, como o Quechua e Chiquitano, que estão em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

4. A estrada mais perigosa do mundo fica na Bolívia

iStock

A Estrada da Morte, como é conhecido o “Camino a los Yungas”, está em uma montanha que tem 4.700 metros de altitude e é costeada por precipícios imensos e cachoeiras. Além disso, a via conta com apenas 3 metros de largura.

Mesmo assim, o local é um ponto turístico onde muitas pessoas que buscam por aventura se desbravam saindo do pico mais alto e descendo 3.500 através de um percurso de 64 km de bicicleta.

5. O Titicaca é o lago navegável mais alto do mundo

iStock

O lago Titicaca é um dos principais pontos turísticos naturais da Bolívia devido a sua grande beleza. Ele está localizado na divisa da Bolívia com o Peru e fica a 3.812 metros acima do nível do mar. A principal cidade boliviana nas margens do lago é Copacabana.

6. O maior deserto de sal está na Bolívia

iStock

O Salar de Uyuni é uma planície que conta com mais de 10 mil metros quadrados de extensão, mas até parece que é sem fim! Sua formação foi muito lenta e aconteceu devido a evaporação da água de lagos que se encontravam no local, restando apenas o sal.

Por ali, você pode encontrar duas paisagens diferentes: no período de seca o branco é tão forte, que você precisa de óculos de sol para conseguir enxergar alguma coisa; já no período de chuva é possível encontrar o deserto alagado, que é quando o chão parece um espelho.

7. Bússolas podem não funcionar no Salar de Uyuni

iStock

Devido a grande quantidade de lítio presente no deserto de sal o funcionamento das bússolas acaba sendo afetado, o que pode ser um problema, já que não é muito difícil se perder na imensidão de branco.

8. O clima varia de tropical a polar

iStock

A Bolívia é um país que conta com diferentes paisagens e climas ao longo de sua extensão. Isso faz com que em um passeio por lá seja possível conhecer deserto, florestas verdes e picos nevados.

9. Você pode alugar uma cela para dormir em La Paz

O presídio de San Pedro tem um modo de funcionamento bem diferente do modo convencional brasileiro. Lá as famílias dos presos podem morar com eles e, pagando uma taxa, qualquer pessoa pode fazer um tour pelo local e ainda passar a noite em uma cela.

10. As folhas de coca são muito consumidas

iStock

Mascar folhas de coca é uma tradição muito difundida na Bolívia. Isso acontece para que a população consiga combater os efeitos colaterais da grande altitude do país. Esse mal é chamado de soroche e alguns dos sintomas são: tontura, náuseas e dor de cabeça.

11. O Mercado das Bruxas conta com itens únicos

iStock

O Mercado das Bruxas, em La Paz, é muito frequentado por feiticeiros, curandeiros e turistas curiosos. Por ali, são vendidos os mais diversos objetos, que podem surpreender quem passa por ali. Remédios, amuletos e artesanato andino estão entre as opções. Mas o que realmente pode chamar a atenção são alguns itens usados para proteção, como os fetos de lhama, que são oferecidos à deusa Pachamama. Você também pode encontrar folhas de coca, diversos animais secos, incensos, velas contra os maus espíritos e muito mais.

A Bolívia que pode te surpreender de diversas maneiras e de formas muito positivas. Se você está em dúvida em relação ao próximo destino, que tal dar uma chance ao país?

PARA VOCÊ