7 dicas essenciais para conhecer o Forte do Leme, no Rio de Janeiro

Apesar de ser conhecido entre os habitantes da cidade maravilhosa, muitos turistas não fazem a mínima a ideia de que é possível apreciar algumas das vistas mais encantadoras do Rio de Janeiro. A visitação ao Forte do Leme proporciona um panorama privilegiado no coração da cidade carioca. Que tal conhecer?

Publicidade

Índice do conteúdo:

Onde fica o Forte do Leme

O Forte do Leme ou Forte Duque de Caxias, como também é conhecido, está localizado na Praça Alm. Júlio de Noronha, s/n – Leme, Rio de Janeiro – RJ, 22010-020. O forte fica localizado no cume do Morro do Leme.

Como chegar

O melhor ponto de partida para conhecer o forte é partindo de Copacabana, você só precisa dirigir até o canto esquerdo da praia Almirante Júlio de Noronha. Logo, você se deparará com uma área delimitada e protegida pelo exército. E se você vai de ônibus, pegue a linha Leme e desça o mais próximo do fim da praia.

Será preciso caminhar até a guarita informando que deseja visitar o Forte do Leme. Os oficiais de plantão irão liberar a passagem, depois é só ontinuar caminhando até chegar no começo da trilha que dá acesso ao Forte do Leme. Boa caminhada!

E se você já está se programando para passar as férias no Rio de Janeiro, continue lendo o post e saiba algumas dicas para aproveitar o Forte do Leme da melhor forma.

Dicas e informações importantes para aproveitar ao máximo o lugar

De modo a garantir a sua ida ao Forte do Leme de forma única e especial, confira abaixo algumas informações importantes para a organização e planejamento da sua viagem!

1. História do Forte do Leme

O Forte do Leme foi originalmente edificado nos anos 1776 à 1799, por ordem do Marquês do Lavradio. Isso aconteceu quando o Brasil ainda estava em seu período colonial. Originalmente, o forte era chamado de Forte do Vigia ou do Espia, pois o objetivo era vigiar e alertar sobre a chegada de navios suspeitos, especialmente espanhóis e franceses.

Publicidade

No ano de 1895, logo após a Proclamação da República, o forte passou a se chamar de Forte do Leme. Foi apenas no ano 1930, durante o governo de Getúlio Vargas, que o forte ganhou o nome que permanece até os dias atuais: Forte Duque de Caxias. O nome dado ao forte foi uma homenagem ao patrono do Exército brasileiro, Luís de Lima e Silva, o Duque de Caxias.

O Forte do Leme foi palco de muitos acontecimentos da história militar brasileira. Foi cenário de muitas revoltas, como a do Forte de Copacabana (1922), a Revolta do Encouraçado São Paulo (1924), da Revolução de 1932, na Intentona Comunista (1935), no Movimento Integralista (1938), entre outros.

2. Horário de funcionamento

O Forte do Leme é aberto para visitação de terça -feira a domingo, das 9h e 30min às 16h. Mas sempre é bom entrar no site oficial para confirmar, pois essas informações podem mudar.

3. Quanto custa para entrar no Forte do Leme

O valor cobrado pela visitação ao Forte do Leme é de R$ 4 a inteira e R$ 2 a meia entrada. Mas atenção, porque a entrada nas terças é totalmente gratuita. Mas novamente, acesse o site oficial para confirmar as informações.

4. Trilha do Forte do Leme

Assim que entrar no Forte do Leme, você precisará percorrer uma ladeira um pouco íngreme com uma subida de 800 m. Mas não se preocupe, pois a trilha é bem agradável e conta com bastante sombra e árvores. A estrada que corta a trilha é pavimentada e ampla, fazendo com que você possa caminhar fazendo breves pausas.

Subindo sem tanta pressa, é possível que você leve cerca de 20 a 25 minutos para chegar no topo. Ao longo do percurso você poderá encontrar alguns banquinhos para descanso e uma belíssima representação da Via Sacra.

Você também se deparará com animais, como os saguis. Mas atenção, pois em nenhum momento é permitido dar alimentos para eles.

5. Como subir no Forte do Leme

Leve uma garrafa de água e algo para fazer um breve lanche, pois no topo do forte não é permitido a venda de nenhum item. Se possível, tente ir com uma roupa mais leve, carregando apenas os elementos e recursos necessários.

Ao avistar uma bandeira nacional hasteada, saiba que você já está prestes a chegar no cume do Forte do Leme. Aproveite a vista e olhe para a Praia de Copacabana de forma única, assim como a vista do Pão de Açúcar, da cidade, da Baía de Guanabara e, claro, do Cristo Redentor.

Publicidade

Outra dica importante é referente ao cume do forte, pois a parte superior não possui sombras, diferentemente da trilha. Se você tem alguma restrição a constante luz solar, leve protetor solar ou uma sombrinha.

6. Tem banheiro?

No cume do forte, há um banheiro, mas não é muito recomendado para quem vai ao forte devido ao mau cheiro e má higiene do local. Por outro lado, há também um bebedouro acessível e conservado.

7. Tem estacionamento?

Há um estacionamento grande na entrada do forte, mas a maioria das vagas são para os oficiais militares de plantão. Para os visitantes são disponibilizadas apenas 5 vagas, chegue cedo se você quer garantir a vaga.

A partir de todas essas dicas, com certeza o seu passeio pelo Forte do Leme será bastante proveitoso. E para deixar seu roteiro de viagem ainda mais informativo, veja a seleção de hospedagens que ficam perto do forte.

Publicidade

Onde se hospedar

Para curtir as aventuras e a belíssima paisagem do Forte do Leme, é importante descansar em boas acomodações. Então, confira algumas opções de hospedagem para você considerar em sua viagem:

  • Le House Hostel – $: o Le House Hostel oferece acomodações básicas e Wi-Fi gratuito. A Praia de Copacabana fica a 10 minutos a pé do albergue. O café da manhã é incluso e o hotel é ideal para quem busca uma acomodação mais simples contando com uma ótima localização.
  • Hostel Maresias do Leme – $$: o Hostel Maresias do Leme está situado a 350 m da Praia do Leme. A propriedade oferece serviço de concierge, balcão de turismo e Wi-Fi gratuito em todas as áreas. É indicado para quem deseja um lugar com uma boa acomodação sem perder a qualidade!
  • Arena Leme Hotel – $$$: O Arena Leme Hotel tem acomodações à beira-mar, a apenas 750 metros da Praia de Copacabana. Este hotel dispõe de uma piscina ao ar livre, sauna e um restaurante. Você ainda pode saborear um café da manhã de cortesia diariamente.
  • Novotel Rio de Janeiro – $$$$: esta acomodação fica a 2 minutos a pé da praia. O Novotel Rio de Janeiro Leme dispõe de uma cobertura com piscina ao ar livre, bar e vista panorâmica. O hotel aceita animais de estimação e oferece Wi-Fi gratuito. O banheiro privativo conta com secador de cabelo.

Agora que você conseguiu conhecer algumas opções de hospedagem, não esqueça de escolher o hotel que mais combina com o seu perfil de viajante.

11 fotos encantadoras do Forte do Leme para conhecer antes de ir

A visitação ao Forte do Leme contempla uma caminhada ecológica na área de proteção ambiental da Mata Atlântica. Abaixo, conheça mais esse patrimônio cultural e histórico a céu aberto:

1. Um lugar repleto de história e natureza

2. Cada monumento carrega uma beleza única

3. Uma visita que convida a parar, sorrir e agradecer

4. Conheça a vida da natureza

5. E contemple a imensidão da vista

6. Aproveite cada detalhe do Forte do Leme

7. Vendo a cidade de um outro ângulo

8. Onde as belezas naturais da cidade maravilhosa são fascinantes

9. Aproveite e registre a paisagem do lugar

10. Curta ao máximo cada momento

11. E tenha uma experiência marcante!

Entre um passeio ecológico e uma paisagem histórica, o Forte do Leme é um passeio que não pode faltar quando você viajar para o Rio de Janeiro.

Um pouquinho sobre o Forte do Leme para tornar o seu roteiro ainda melhor

Antes de terminar o seu planejamento, veja alguns vídeos para ficar por dentro deste passeio que tem a essência do Rio de Janeiro:

Uma das melhores vistas para o Pão do Açúcar

O canal “Arruma Essa Mala” fez um vídeo excepcional mostrando como chegar no cume do Forte do Leme de maneira divertida e detalhada. Aperte o play e veja algumas dicas que você deve levar em consideração antes de realizar o passeio.

Conheça a Trilha do Forte do Leme

Para chegar ao Forte do Leme é necessário subir na trilha do forte que tem cerca de 800 m. No vídeo, Natália Ferrer percorre esse trajeto e mostra as paisagens fascinantes ao longo do caminho. Confira o vídeo e aproveite!

TDicas importantes para planejar o seu roteiro de viagem

Viajar é muito bom, mas viajar consciente é muito melhor! Nesse vídeo você encontra dicas e informações importantes que irão complementar tudo o que foi dito até aqui. Pega o caderninho e anote todas elas!

Gostou da matéria? Agora que você já está com um roteiro pronto para visitar o Forte do Leme, que tal aproveitar o passeio e já fazer uma visitação à Pedra do Telégrafo? Boas experiências!