Lagoa da Pampulha: conheça o melhor da arquitetura moderna em BH

Escrito por Gabriella Soares

A Lagoa da Pampulha é um dos melhores lugares para se visitar em Belo Horizonte. A área da região metropolitana reúne a beleza da paisagem natural e o modernismo, com sua belíssima arquitetura e diversas obras artísticas que remontam a arte e os movimentos culturais da década de 1940. É uma viagem para aproveitar o melhor dos dois mundos. Confira!

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

Informações úteis

Para fazer com que a sua viagem seja a mais tranquila possível, o melhor é que você conheça todos os detalhes sobre a Lagoa da Pampulha. Pensado nisso, reunimos abaixo algumas das principais informações sobre esse encantador destino.

  • Como ir: a Lagoa da Pampulha fica a cerca de 13 quilômetros do centro de Belo Horizonte, então a melhor forma de chegar até lá é de carro. Mesmo com o trânsito da cidade, em menos de 30 minutos o trajeto termina. O melhor caminho é seguir pela Av. Bias Fortes até a Av. Presidente Carlos e, finalmente, a Av. Presidente Antônio Carlos.
  • História: formada pelo represamento de um riacho, a Lagoa da Pampulha é uma obra da época do presidente Juscelino Kubitschek, que tinha uma casa na área. A maior parte das construções da região foram feitas por Oscar Niemeyer e o local acabou se tornando um centro que homenageia o movimento moderno, tanto em sua arquitetura quanto em sua vida cultural e artística.
  • Extensão: toda a Lagoa se estende por cerca de 18 quilômetros, incluindo os seus belos prédios, praças e espaços naturais.
  • Arquitetura: a Lagoa da Pampulha é um dos lugares em que os apaixonados por arquitetura podem conhecer algumas das belas construções de Oscar Niemeyer durante o início da sua carreira. Seus trabalhos no local foram anteriores à construção de Brasília e mostra toda a influência do modernismo que já faziam parte de sua obra.

Não deixe de anotar todas as dicas que vão facilitar a sua viagem. Além disso, essas informações também são ótimas para que você entenda toda a beleza e história que te esperam em sua viagem.

O que fazer na Lagoa Pampulha

A Lagoa da Pampulha é um complexo que reúne diversas construções modernas, praças em que é possível se respirar cultura, muita natureza, além da própria lagoa. Alguns dos lugares dessa região é quase uma obrigação se um visitante realmente quiser conhecer uma das partes mais turísticas de Belo Horizonte. Abaixo você pode conhecer algumas das principais atrações que vão fazer da sua viagem ainda mais especiais:

1. Iate Tênis Clube

Parte do Conjunto Moderno da Pampulha, O Iate Tênis Clube é uma das quatro construções desenhadas pelo grande Oscar Niemeyer na região. Com a ideia de representar um barco que se lança sobre as águas, esse prédio inovou a arquitetura e estreou moda no desenho de telhados como asas de borboleta em Belo Horizonte. É um lugar lindo que possibilita uma vista ainda mais bela. Vale a pena conhecer.

2. Igreja São Francisco de Assis

A conhecida Igrejinha da Pampulha é um ponto de referência na Lagoa da Pampulha. Sua fachada é decorada com diversos painéis do consagrado Cândido Portinari, um dos motivos para esse ser um dos mais belos cartões-postais da cidade de Belo Horizonte. Além disso, a São Francisco foi o último prédio do Conjunto Moderno da Pampulha a ficar pronto. Desde 2016, as quatro construções são Patrimônios Mundial da Humanidade pela Unesco.

3. Casa do Baile

Um dos lugares projetados para ser um centro cultural na Lagoa da Pampulha é a Casa do Baile. Enquanto por fora a construção proporciona as lindas paisagens naturais e arquitetônicas do resto do Conjunto, por dentro é possível encontrar diversas exposições. Além disso, há também a exibição de filmes sobre a construção dos prédios únicos da região e um grande painel com desenhos do próprio Niemeyer.

4. Jardim Zoológico

Para quem gosta de curtir a natureza, uma ótima opção é o Jardim Zoológico de Pampulha. O local existe desde 1991 e atualmente funciona como um centro de preservação da vida selvagem, com locais de tratamento para todas as espécies que vivem ali. Também existem muitas plantas e uma grande diversidade de flora na região, então o Jardim Zoológico também realiza atividades de ecologia e de preservação do meio ambiente.

5. Aquário da Bacia do Rio São Francisco

O Aquário da Bacia do Rio São Francisco é considerado o maior aquário de água doce do Brasil e existe desde 2010. São mais de três mil metros quadrados, com mais de 1,2 mil peixes naturais do São Francisco. Esse local é controlado pela Fundação Zoo-Botânica, assim como o Jardim Zoológico, então também realiza atividades de preservação da natureza e recuperação dos animais. Aqui, o visitante pode conhecer mais sobre as 50 espécies de peixes.

Continua após o anúncio

6. Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego

Mas se você desejar uma experiência mais próxima, no estilo de ecoturismo, o Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego é a melhor escolha. No local é possível fazer caminhadas, aproveitar as trilhas para um passeio de bicicleta até fazer um piquenique. Além disso, o parque conta também com uma área de reserva florestal dos biomas da Mata Atlântica e do Cerrado. É um ótimo lugar para aproveitar a natureza.

7. Casa Kubitscheck

O Presidente Juscelino Kubitscheck tinha uma linda casa na Lagoa da Pampulha, na qual passava seus verões. Atualmente, esse local se transformou em um famoso ponto turístico de Belo Horizonte e é conhecido como a Casa Kubitschek. A linda construção conta com um telhado de asas de borboleta, influenciada pelo Iate Tênis Clube, e que carrega em si os marcos do melhor da arquitetura modernista.

8. Museu de Arte da Pompulha

A última construção que faz parte do grande Conjunto Arquitetônico Moderno da Pampulha, o Museu de Arte da Pampulha era orginalmente um cassino. A partir de 1957, com a proibição de casas de jogos no Brasil, o local se transformou em uma homenagem a modernidade. Além disso, o Museu conta ainda com um pequeno teatro e uma pista de dança feita de vidro e que fica iluminada de uma forma maravilhosa.

9. Mirante da Lagoa da Pampulha

Uma das maiores atrações para os muitos visitantes da Lagoa da Pampulha é a própria lagoa e a incrível paisagem da qual ela é protagonista. E para aproveitar essa vista, a melhor opção é conhecer os diversos mirantes que podem ser encontrados em sua extensão. Nesse sentido, o mirante próximo à Avenida Otacílio Negrão de Lima é um dos melhores, principalmente se você deseja aproveitar o pôr do sol.

10. Parque Guanabara

O Parque Guanabara é uma atração tradicional da região e é um ótimo passeio para visitantes de todas as idades. Com roda gigante e outros brinquedos clássicos, esse é um parque de diversão à moda antiga. Além disso, o local possui diversas barracas de alimentos. É a combinação perfeita para um dia inteiro de diversão, e o melhor, com uma linda paisagem para aproveitar do alto da roda gigante.

Como é possível perceber, a Lagoa da Pampulha tem atividades para todos os gostos. E elas, com certeza, são o suficiente para fazer com que uma viagem até essa linda parte de Belo Horizonte valha a pena. Monte o seu roteiro e tenha a certeza de aproveitar ao máximo a sua aventura.

O que fazer na Lagoa da Pampulha à noite

Há alguns anos, a prefeitura de Belo Horizonte se interessou pelo turismo noturno e montou um interessante circuito para quem deseja aproveitar a Lagoa da Pampulha após o entardecer. E a região é tão encantadora como durante o dia e muitas vezes é bem mais animada também. Então, confira abaixo alguns dos melhores pontos desse roteiro turístico, que normalmente ocorre toda terça-feira:

11. Praça Dino Barbieri

Um dos principais objetivos do circuito noturno é movimentar a Lagoa da Pampulha e nada melhor para isso do que eventos culturais e gastronomia. E é exatamente isso que acontece na Praça Dino Barbieri. O local fica cheio de artistas se apresentado, sejam shows musicais, espetáculos de teatro ou circo. Além disso, há também feiras gastronômicas com o melhor da culinária mineira e dos pratos e restaurantes locais.

12. Praça Dalva Simão

Já na Praça Dalva Simão há diferentes encontros culturais, que normalmente são acompanhados por food trucks. É um lugar tranquilo, com uma bela paisagem em que pessoas de todas as idades podem aproveitar a noite de forma tranquila. Além disso, a Dalva Simão também é um ótimo local para experimentar um pouco da comida típica mineira de forma mais tranquila e descontraída.

13. Pampulha Retrô Tour

Um passeio diferente para conhecer a Lagoa da Pampulha, além de ver a versão noturna do local, é o Pampulha Retrô Tour. O maior diferencial desse passeio turístico é que ocorre em uma antiga Jardineira Chevrolet 1957 e com um clima que remonta o charme da época de origem do carro. Os ingressos para o tour são vendidos ao lado da Igrejinha da Pampulha por R$ 20.

14. Cat Veveco

Já no Cat Veveco é possível conhecer exposições artísticas que fazem parte da economia criativa de Belo Horizonte. A ideia é aproximar produtores artesanais e expressões culturais diversas do público local e dos turistas. Além disso, o local é decorado com pequenas luzes de LED e as margens da Lagoa da Pampulha ficam ainda mais bonitas. Vale a pena conhecer.

15. Estádio Mineirão

Entrar em um estádio de futebol durante a noite, com todas as luzes e holofotes é completamente diferente de visita-lo durante o dia. Por isso, a visita noturna ao Mineirão é um grande sucesso entre os entusiastas do esporte e um dos grandes sucessos do Circuito Pampulha Noturno. Das 18h às 21h é possível conhecer todos os detalhes e pequenos segredos desse que é um dos mais famosos estádios brasileiro.

16. Museu Brasileiro do Futebol

Localizado dentro do Estádio Mineirão, o Museu Brasileiro do Futebol é um ótimo lugar para conhecer mais sobre a história do esporte, para quem não é um fã, e para admirar a trajetória de ídolos e momentos históricos, para aqueles que já são apaixonados. Além disso, o circuito noturno conta com exposições inéditas, incluindo imagens e objetos. O ingresso para o museu custa R$ 20.

17. Restaurantes

Uma atração um pouco mais calma são os restaurantes que ficam próximos a Lagoa da Pampulha, e melhor ainda, os que possuem vista para a orla. As opções são muitas, desde lugares mais luxuosos até os mais simples. De qualquer forma, essa é uma boa oportunidade para experimentar diferentes pratos e aproveitar a noite com uma bela paisagem e muito conforto.

18. Bares

Já quem deseja uma experiência mais animada, há alguns bares na região também. Nesse sentido, é possível encontrar bares menores, que ficam próximos as atrações culturais e shows musicais, mas também há bares mais distantes para aproveitar a noite em um ambiente charmoso e cheio de drinks. De qualquer forma, existem opções para todos os gostos para aproveitar a noite mineira.

A Lagoa da Pampulha possui diversas atrações para se aproveitar durante a noite. Algumas delas só ocorrem durante as terças-feiras, então é uma boa ideia checar a programação local. Mas ainda assim, há também outros locais e experiências para aproveitar. Faça seu roteiro e aproveite ao máximo a vida noturna da região.

15 fotos encantadoras da Lagoa da Pampulha para te convencer a viajar

A beleza natural e arquitetônica da Lagoa da Pampulha é o principal atrativo deste local. E não tem como não ver algumas dessas paisagens sem querer conhecer de perto todas as suas atrações. Pensando nisso, reunimos abaixo algumas das mais belas imagens que vão te convencer a viajar até essa linda parte de Belo Horizonte o mais rápido possível. Confira:

1. A Lagoa da Pampulha é um lugar maravilhosa para se explorar com calma

2. Também é um lugar com uma das mais belas paisagens de Minas Gerais

3. Que reúne turistas, locais e esportistas em sua orla durante o dia e a noite

4. Além disso, sua arquitetura moderna é um dos maiores atrativos do local

5. Que conta ainda com belos murais pintados pelo grande Candido Portinari

6. Outro importante local é a Casa do Baile, que foi construída por Niemeyer

7. A orla da Lagoa da Pampulha conta com uma natureza rica e belíssima

8. E diversos mirantes que proporcionam algumas das mais belas vistas da região

9. Que ficam ainda mais impressionantes durante o entardecer e o pôr do sol

10. O Museu de Arte da Pampulha vale uma visita, assim como o seu jardim

11. Outro ponto muito interessante e divertido é o Parque Guanabara

12. Já a Praça Dalva Simão é o lugar ideal para relaxar e aproveitar a paisagem

13. Esse lugar é a combinação perfeita ente a modernidade e a natureza

14. Além disso, proporciona as mais belas vistas para todos os seus visitantes

15. E tudo fica ainda mais belo durante a noite cheia de cultura e lindas luzes

Esse é um lugar realmente lindo, não é? Não deixe de viajar até a Lagoa da Pampulha e aproveitar um pouco de toda a sua beleza e sua cultura baseada no movimento moderno. É uma viagem que, com certeza, vale a pena. Já que você vai estar pela região não deixe de conhecer também todas os atrativos e o que fazer em Belo Horizonte.