16 países mais baratos para viajar e se divertir gastando pouco

Escrito por Bruno Mendes

Programar uma viagem irresistível talvez seja um plano de 10 entre 10 pessoas. Infelizmente o fator grana atrapalha certos anseios, mas você sabia que existem alguns países baratos para viajar?

Isso aí. Se você pretende organizar aquelas férias dos sonhos em lugares lindos e não quer pagar caro por isso, destacamos uma lista com alguns destinos bem interessantes. Não levamos em consideração os preços das passagens aéreas, pois costumam variar a depender do local, época do ano, etc. Porém, o custo médio com hospedagem, transporte e alimentação nestes lugares são bem acessíveis.

16 países mais baratos para viajar pelo mundo

Esqueça essa ideia de que só viaja quem tem muito dinheiro sobrando. Confira essa lista com 16 países incríveis onde as despesas básicas locais são pequenas e, portanto, caberão no seu orçamento.

Se por ventura achar que a passagem aérea para alguns desses países está muito cara, que tal ficar de olhos nas promoções sazonais ou até usar milhas?

16. Indonésia

iStock

O país insular famoso entre mochileiros conta com praias de águas cristalinas e formações rochosas praticamente inéditas. Válido para o turista que quer conhecer gente nova, tomar uns drinks e curtir uma farra e também para quem deseja relaxar em um repertório paisagístico de cartão postal.

O que acha de aproveitar Sumatra, Bali, Java, Comodo e muitas outras ilhas por um custo médio de aproximadamente 160 Reais diários? Não é mau negócio!

15. Polônia

É possível conhecer alguns dos melhores exemplares da Europa clássica sem gastar muito. A viagem para a Polônia será uma grata surpresa, caso este seja seu proposito, afinal o país contempla construções centenárias preservadas, belos parques urbanos e o bucólico charme europeu está presente em cada via.

Gastando menos que na França ou Inglaterra, você vivenciará ótimos momentos em Cracóvia, Varsóvia, Poznań, Lublin e em outras cidades. A alimentação não é tão barata quanto em outros exemplos desta lista, mas levando em conta que o gasto médio em hospedagem será entre R$20 e R$30, fica tranquilo que no final do passeio o saldo será positivo.

14. Honduras

iStock

Pouco lembrada por brasileiros, Honduras tem muitos encantos e o gasto médio em hospedagem, transporte e alimentação fica em torno de R$150 por dia.

Considerado o maior sítio arqueológico da civilização Maia, o país é cercado por florestas tropicais, montanhas suntuosas e tem uma gastronomia de primeira. Por que não conhecer esse lugar menos badalado, mas surpreendente em vários quesitos?

13. Hungria

Quase um “labo b” de alto nível do velho continente, o leste europeu é conhecido por ter países deslumbrantes e baratos para se visitar. A Hungria por muito tempo se mantém na lista dos destinos econômicos e reserva ótimas surpresas para o visitante que curte apreciar monumentos históricos imponentes e belas paisagens.

Não deixe de conhecer o famoso sistema de termas do país – piscinas e saunas que são herança do passado romano – o castelo de Buda e tantos outros pontos turísticos pelas distintas cidades. O preço médio da diária é de R$140.

12. Romênia

Pertencente ao grupo de países pouco visitados por brasileiros, a Romênia possui uma população receptiva, alegre e belas cidades. Entre tantas maravilhas naturais, ruas charmosas repletas de bares, restaurantes, cafeterias e monumentos, um dos pontos turísticos mais reverenciado no país é o Castelo do Conde Drácula.

Vale visitar mais este belo país da Europa, que tem ótimas opções de lazer e o gasto médio diário fica entre R$125 e R$135.

11. Laos

Situado entre o Vietnã e a Tailândia, o Laos é uma dessas pérolas escondidas no planeta que merecem ser descobertas, principalmente por aquele viajante mais interessado por lugares que fogem do comum.

Encontre elefantes usados como transporte, exuberantes monumentos budistas e uma natureza que mescla florestas e montanhas com perfeição. Em média por um pouco mais de R$120 por dia você poderá sentir toda a energia desse local mágico.

10. Nepal

O Nepal é o destino certo para o turista que ama montanhismo. Só por lá existem 8 dois 14 picos mais altos do planeta, incluindo o Monte Everest. Mas caso você não tenha coragem ou interesse por tanta aventura, pode continuar com os planos de viagem, pois há muitos lugares bacanas.

Há muitos espaços legais para trilhas, paisagens de tirar o fôlego, templos budistas e uma história viva, que harmoniza perfeitamente com tanta beleza. Por um pouco mais de 100 reais por dia, será viável bancar os gastos básicos nesse país encantador e barato.

9. Vietnã

iStock

Antigamente associado às atrocidades bélicas, o Vietnã é hoje um dos países mais interessantes para o viajante que ama recantos rústicos e atividades em meio à natureza. Templos milenares, praias isoladas e paradisíacas e paisagens indescritíveis atraem todos os anos mochileiros de várias partes do mundo.

O melhor de tudo? O preço. Nas cidades vietnamitas gasta-se muito pouco com alimentação e hospedagem. Exemplo: é possível fazer uma refeição completa por menos de R$10 e ficar hospedado em bons hotéis pagando um pouco mais de R$20. Que tal?

8. Colômbia

Semelhante ao Brasil em vários aspectos culturais, a Colômbia é um país que não pode ficar de fora dessa lista. É evidente que há pontos turísticos que estão na moda ou aqueles mais sofisticados, mas por Cali, Medellin, Barranquilla e na encantadora Santa Marta as atividades podem ser custeadas sem apertos.

Por cerca de R$112 diários é possível saborear o tempero latino, garantir estadia em bom hotel e curtir as belas praias, a animação noturna e muitas opções culturais.

7. Marrocos

As imponentes montanhas e o deserto africano estão entre os principais atrativos do Marrocos, mais um país recomendado ao viajante que deseja viajar para outro país e não passar por perrengues financeiros.

Além da gama de belezas naturais, Marrocos possui lindas mesquitas, comércio forte e tradicional e cidades como Marrakech e Casablanca são museus a céu aberto que trazem mostras de um passado rico e instigante. O gasto médio da hospedagem varia entre R$15 e R$55 e – acredite se quiser – em alguns estabelecimentos dá para comer por menos de R$2.

6. Peru

Mesmo que não seja tão barato conhecer Machu Picchu ou ir a alguns restaurantes mais sofisticados de Lima, o turismo pelo Peru oferece condições econômicas acessíveis ao viajante mais econômico.

Conheça as distintas atrações de Lima e Cusco, visite o parque nacional de Huaraz e surpreenda-se com um país belíssimo e acolhedor sem abrir a carteira de maneira exagerada. Para se ter uma ideia, a viagem de Arequipa a Cusco (são 500 quilômetros) custa em torno de R$35.

5. Sri Lanka

iStock

Segue mais uma indicação aos amantes daqueles destinos roots, com cara de aventura e contemplação. Localizado ao sul da Índia, o Sri Lanka conta com magníficas representações da religião budista, (não perca a oportunidade de conhecer o Buda gigante de Kekirawa) praias paradisíacas e muita beleza natural.

O custo do visitante com alimentação, hospedagem e transporte é baixo. Em alguns casos é possível pagar R$2 de deslocamento. Não é um país recheado de atrações, mas nas cidades de Colombo, Gally, Cande ou outras, o visitante encontrará uma atmosfera peculiar e graciosa. Precisa de mais?

4. Bulgária

No leste europeu o viajante poderá aproveitar o dia inteiro na Bulgária, um belo país que a cada ano recebe mais turistas de todo o mundo. Passear pela clássica capital Sofia, ir a Plovdiv, Burgas, Bargas, tirar fotos em lindas praias. Diversão não falta!

O país é cercado por museus, igrejas e centros culturais de imenso requinte arquitetônico e tem vida noturna super elogiada. Melhor ainda: em média o visitante poderá gastar entre R$65 e R$95 por dia com hotel e alimentação.

3. Egito

Um passeio indescritível entre o passado e o presente. Aí está uma maneira de descrever a experiência que é viajar para o Egito, o país das relíquias milenares, das pirâmides, mas que também abraça a modernidade. São muitas as casas noturnas, restaurantes de primeira e regiões para fazer compras.

Por aproximadamente R$70 por dia você poderá fazer bons passeios pelo país das mesquitas e do Rio Nilo. O custo em transporte pode chegar a R$1 em algumas regiões.

2. Myanmar


Myanmar é uma louvável indicação entre as menos óbvias. O país do sudeste asiático tem cultura rica e sua história, marcada por conflitos e instabilidades políticas por diferentes séculos, se faz presente entre os monumentos históricos de cidades como Yangon, Bagan e Mandalay.

Visita imperdível: o pagode Shwedagonpaya em Yagon. A suntuosa estrutura é um símbolo local e, portanto, é um destes pontos turísticos obrigatórios. No país o custo médio fica em torno de R$63. Justíssimo!

1. Bolívia: o país mais barato do mundo

iStock

Por um pouco mais de R$50 diários – em média – dá para se alimentar e se deslocar de um canto para outro pela Bolívia tranquilamente. Não é por menos que o país vizinho é hoje o mais barato do mundo para viajar e um dos dos paraísos para mochileiros que prezam por simplicidade, diversão e, é claro, aquele toque aventuresco.

Lugares como o Salar do Uyuni, Lago Titicaca e diferentes pontos de Sucre e La Paz tornarão seus dias na Bolívia especiais. A população boliviana é muito receptiva e as opções de culinárias são boas. Pode programar a viagem!

Viu como é possível conhecer alguns dos países mais encantadores do mundo sem gastar muita grana?

PARA VOCÊ