21 passeios incríveis para aproveitar ao máximo a sua viagem à Santiago

Escrito por Carla Brasiliense

Quem pensa que uma viagem ao Chile se resume a tomar muito vinho, está certo, mas pode apostar que a trip não será só isso. Sua capital, Santiago, é recheada de cultura, com diversos atrativos para todas as idades, e está entre os 10 destinos mais visitados da América do Sul. E não é para menos: o cenário proporcionado aos seus visitantes é incrível, já que é possível avistar a Cordilheira dos Andes de quase todos os cantos da cidade.

Santiago recebe viajantes de todos os estilos: desde os que procuram por agitação noturna de uma grande cidade, os amantes de um bom vinho, os que adoram desbravar a cultura local em museus, e até mesmo os que buscam por calmaria e lugar para relaxar com a família. Conheça a seguir algumas curiosidades locais e os principais atrativos da cidade e proximidades:

6 dicas para deixar a sua viagem à Santiago ainda melhor

  1. Caso você decida curtir Santiago no verão, não descuide do protetor solar e beba bastante água. Como o Chile é uma das regiões com a Camada de Ozônio mais fina do mundo, o sol costuma ser muito mais forte. Reforce o protetor solar a cada 2 horas.
  2. Calce o sapato mais confortável para curtir o seu roteiro. Mesmo tendo muitas estações de metrô e a cidade ser basicamente plana, você vai bater bastante perna pelas ruas durante os passeios.
  3. Não se engane com as altas temperaturas durante o dia: ao anoitecer e logo pela manhã, o clima é mais friozinho. Durante o dia os termômetros podem marcar 30 graus, mas a noite pode chegar a 9 (no mesmo dia!).
  4. As tomadas do Chile são bem parecidas com as nossas, mas não são iguais. São três pinos arredondados, porém alinhados — lembre-se de levar um adaptador ou comprar um assim que chegar. Caso as tomadas de seus aparelhos sejam mais antigos (saída de dois pinos), ele encaixará normalmente na tomada chilena. Por lá, todas as tomadas são 220 volts.
  5. Não é necessário visto e nem passaporte para entrar no Chile. Apenas o RG em bom estado (com menos de 10 anos de uso) é suficiente para você embarcar.
  6. No Chile não é permitido ingerir bebida alcoólica na rua, e isso deve ser levado muito em conta (você pode até ser preso se infringir essa lei!). Alguns lugares vendem o produto dentro de um saquinho de pão.

21 atrações imperdíveis em Santiago e proximidades para incluir em seu roteiro

Em 3 dias é possível conhecer muitos lugares legais em Santiago. Mas se você deseja desbravar mais a cidade e ainda curtir as proximidades, como Viña Del Mar, Valparaíso, conhecer vinícolas, Cajón del Maipo, etc., o ideal é ficar por lá de 7 a 10 dias. Confira algumas sugestões de passeios para deixar o seu roteiro bem completinho:

1. Concha Y Toro

Carla Brasiliense

Ir para o Chile e conhecer a mais famosa vinícola do mundo é praticamente uma obrigação! As reservas devem ser feitas pelo site da Concha Y Toro, escolhendo entre os dois tipos de passeios: a tour clássica inclui conhecer a vinícola e degustar 3 tipos de vinhos, já a opção “Marques de Casa Concha” promete uma experiência mais completa, incluindo o passeio tradicional e degustação de 7 vinhos com tábua de queijos, tudo acompanhando de um sommelier. Reserve metade do seu dia para curtir esta atração.

2. Cerro San Cristóbal

Carla Brasiliense

Cerro San Cristóbal é um parque com entrada gratuita, que além de abrigar um zoológico, também possui área de lazer para fazer churrasco e piquenique. É o segundo ponto mais alto da cidade, e se você for viajar durante o inverno, avistará por lá a Cordilheira dos Andes branquinha de neve. Imperdível!

3. Teleférico e Funicular

IStock

O teleférico é o mais famoso cartão postal de Santiago. Ele ficou fechado por 6 anos, desde o terremoto de 2010, e voltou a funcionar recentemente. Sua reforma garantiu 46 novas cabines para percorrer um trajeto de 4,8 quilômetros entre as três estações: Oasis, em Pedro de Valdivia, Tupahue e Cumbre, que fica próxima à Virgem, no alto do Cerro.

Logo na entra do Parque pela rua Pio Nono você encontrará o Funicular (uma espécie de bondinho), para subir até o alto Cerro San Cristóbal. O percurso é rápido, cerca de 10 minutos, com uma parada no caminho para os visitantes do Zoológico desembarcarem. Para garantir a viagem completa, é necessário comprar o ticket até o Cumbre, ok?

4. Santuário Imaculada Conceição

Carla Brasiliense

Inaugurado em 1908, o Santuário Imaculada Conceição foi erguido dentro do Cerro San Cristóbal, e possui uma capela datada de 1931, onde o Papa Paulo II, em 1987, rezou uma missa para abençoar a cidade de Santiago. Do lado de fora, precisamente no jardim, há uma estátua de ferro fundido de 14 metros de altura, construída em Paris, representando a padroeira da igreja. Um lugar que certamente merece a sua visita.

5. Zoológico Nacional de Santiago

Carla Brasiliense

O Zoológico é um local imperdível para levar as crianças durante a viagem. São mais de mil animais de 158 espécies diferentes, distribuídos por todo o parque. Como dito anteriormente, o percurso até lá é feito por funicular (o que deixa o passeio ainda mais divertido para os pequenos). Se atente aos horários de funcionamento: de terça a domingo, no verão das 10h às 18h e no inverno das 10h às 17h.

6. Patio Bellavista

IStock

Saindo do Parque San Cristóbal, vale dar uma passadinha no Patio Bellavista, um espaço aberto com mais de 50 lojinhas de artesanato e souvenirs, incluindo artigos de couro e famosas bijuterias decoradas com a pedra lápis lazuli, além de uma variedade imensa de bares e restaurantes. Um local perfeito para garantir as lembrancinhas para os amigos e família.

7. Valle de Casablanca

Carla Brasiliense

A 50 minutos de Santiago, a vinícola Valle de Casablanca é um destino perfeito para quem deseja fazer uma tour completa ao estilo enoturismo. Atualmente, essa vinícola produz algumas das melhores garrafas chilenas, que já ganharam vários prêmios internacionais. Não esqueça de garantir ao menos uma garrafa para trazer para casa!

8. Palacio de La Moneda

Carla Brasiliense

O edifício que serviu como Casa da Moeda no Chile até 1805 também já foi utilizada como residência do presidente, e atualmente serve apenas como o local de trabalho do governante, aberta para visitação. Aliás, é muito fácil encontrá-lo por lá durante a sua visita, e caso isso ocorra, ele certamente tirará uma foto com você. A visita deve ser agendada com antecedência clicando aqui.

9. Troca de Guarda

IStock

A cada dois dias acontece a troca de guarda de Carabineros do Chile, no Palácio La Moneda. A cerimônia dura em média 40 minutos, e é recomendado chegar com pelo menos 15 minutos de antecedência para garantir um bom lugar. Dica: verifique a data exata no período de sua viagem, pois em alguns meses o evento acontece em dias pares, e em outros, dias ímpares.

10. Plaza de Armas

IStock

Fundada em 1541 por Pedro de Valdivia, a Plaza de Armas é considerada o marco zero da cidade chilena. O local possui uma grande quantidade de árvores e várias esculturas, estátuas e monumentos. Os diversos edifícios em seu entorno formam um incrível contraste entre o estilo moderno e a arquitetura neoclássica, um dos principais cartões postais de Santiago.

11. Catedral Metropolitana de Santiago

Carla Brasiliense

A principal e a mais bela construção da Plaza de Armas é a Catedral Metropolitana de Santiago, inaugurada em 1748. É a quinta edificação feita no local — antes dela já existiram outras quatro igrejas, porém foram derrubadas tanto pelos índios como pelos fortes terremotos que assolaram o país ao longo dos anos.

12. Parque Bicentenário

Carla Brasiliense

Também conhecido como Sanhattan, o parque é uma área enorme com muito verde, sem grades, com espaço para relaxar, curtir um piquenique, praticar esportes, andar de bicicleta, ver os cisnes e outras espécies de aves em suas duas lagoas artificiais. Há disponibilidade de cadeiras e guardas-sois a vontade para os visitantes durante o dia. O local fica aberto por 24 horas.

13. Sky Costanera

Carla Brasiliense

Desde 2014, Santiago possui o edifício mais alto da América, a Gran Torre Santiago, com seus 300 metros de altura. Em agosto de 2015, foi aberto ao público o seu tão esperado mirante, o Sky Costanera, localizado no 61.º andar, com uma vista de 360º da capital. O elevador percorre 300 metros em pouco mais de 30 segundos!

14. Valparaíso

Carla Brasiliense

Reconhecida como Patrimônio da Humanidade, Valparaíso é uma cidade boêmia e colorida, cheia de labirintos e becos grafitados, localizada a apenas 144 km de Santiago. Prepare as pernas e um calçado confortável para andar, subir e descer por escadas e ladeiras e praças com ótimas feirinhas para comprar lembrancinhas por preços mais em conta. Dica: caso a ideia seja conhecer a fundo o local, é recomendado fazer o passeio com um guia turístico, que te levará a lugares que você jamais encontraria sozinho!

15. Casa La Sebastiana

Carla Brasiliense

O antigo lar de Pablo Neruda, um dos poetas mais importantes do Chile e da América Latina, é uma das melhores opções para os visitantes que não dispensam uma imersão pela história local. Pablo faleceu em 1973, e deixou três casas que viraram museus, e La Sebastiana é uma delas. Há diversos cômodos, com explicações interativas sobre seus móveis e objetos, sem contar a vista maravilhosa da baía. Nessa mesma casa foi onde ele escreveu o poema que lhe rendeu o Prêmio Nobel de Literatura.

16. Viña Del Mar

Carla Brasiliense

Bem pertinho de Santiago fica a litorânea Viña Del Mar, com sua vista de tirar o fôlego. Seus numerosos castelos e mansões antigas de famílias nobres, que agora abrigam diversos museus, restaurantes e centros de diversões, adornam a cidade em grande estilo. Fique de olho nos pelicanos descansando sobre as pedras próximas ao Castillo Wulff: eles são encantadores! O pôr do sol no Oceano Pacífico por lá é indescritível, e caso role uma coragem para enfrentar o mar gelado, fique a vontade para curtir a praia!

17. Heladeria Emporio La Rosa

Ir até Santiago e não tomar um sorvetinho na Heladeria Emporio La Rosa, é o mesmo que ir até Buenos Aires e não provar a sobremesa de doce de leite do Freddo. Considerada a 25.ª melhor sorveteria do mundo, com sabores tradicionais e até alguns mais exóticos, é a pedida certa para o viajante se refrescar depois de um dia batendo perna. Imperdível: o sabor de rosas brancas é o clássico do local.

18. Estadio Nacional de Chile

Os amantes de futebol não podem deixar de dar uma passadinha no Estádio Nacional, onde o Brasil ganhou a Copa de 1962. Batizado de Julio Martínez Prádanos, a estrutura foi inaugurada em 1938 e possui capacidade para 55 mil pessoas. Um pouco de história para o seu roteiro: o local também serviu como o maior centro de prisioneiros do regime ditatorial do General Augusto Pinochet.

19. Cajón del Maipo

IStock

A 100 km de Santiago você encontrará o Cajón del Maipo, aos pés da Cordilheira dos Andes. Os principais pontos de interesse do local são as piscinas naturais de águas termais, chegando a 27 graus, onde os turistas podem entrar, se banhar, relaxar e admirar a paisagem. O passeio não é indicado para fazer com crianças, devido à falta de estrutura e conforto.

20. Cerro Santa Lucia

IStock

Um dos melhores locais para avistar a Cordilheira dos Andes é o Cerro de Santa Lucia, a pouquíssimas quadras do centro da cidade. O local é muito bonito, e pode ser devidamente apreciado durante toda a subida até o topo, com suas praças e pontos de descanso. Vale a pena percorrer o trajeto com calma, já que são 629 metros acima do nível do mar!

21. Museo Francisco Fonck

Carla Brasiliense

Inaugurado em 1937, o museu recebeu o nome do primeiro investigador arqueológico do Chile, o médico legista Francisco Fonck. O lugar preserva fósseis encontrados na região de Viña do Mar, Andes, e até um Rapa Nui, uma das misteriosas estátuas da Ilha de Páscoa. Os amantes de história e cultura vão adorar passear por lá!

Depois de conferir este roteiro, dá para imaginar que a sua viagem até Santiago será bastante movimentada, né? Não deixe de conferir também 11 destinos para você conhecer no Chile, caso queira ampliar o seu roteiro para outros cantos do país.

PARA VOCÊ