13 castelos no Brasil para se sentir em um conto de fadas

Por                                
Em 09.11.21

Castelos no Brasil? Sim! Essas construções não são só encontradas na Europa. Existem muitos castelos pelo país que guardam cultura, histórias e se transformaram em centro de eventos, locais para hospedagem e museus. Conheça esses castelos que valem a visita para conhecer mais sobre a história do Brasil e ainda tirar incríveis fotos. Os valores nesta postagem podem sofrer variações

Publicidade

1. Grande Hotel de Araxá

O maior castelo do Brasil está localizado na cidade de Araxá em Minas Gerais e foi inaugurado em 1944 para impulsionar o turismo da região que estava ficando conhecida pelas águas termais. Com a arquitetura desenhada por Luiz Signorelli e os jardins projetados pelo artista plástico brasileiro Burle Marx, o local era o ponto de encontro de políticos e artistas na época. Em 2010, o estado de Minas Gerais concedeu autorização para a famosa rede de hotéis Tauá administrar o hotel passando a se chamar Tauá Grande Hotel, Termas de Araxá. Hoje, viajantes podem se hospedar nesse castelo e se divertir no amplo espaço de lazer, incluindo piscinas com águas termais. O ambiente imita construções coloniais espanholas e os quartos são charmosos e aconchegantes. Destaque para a suíte presidencial que parece cenário de novelas de época.

2. Castelo Garcia D’Ávila

Localizado na Praia do Forte, na Bahia, o castelo Garcia D’Ávila foi erguido em 1551 e moradia da família Garcia D’Ávila por 10 gerações. A edificação, que é mantida e preservada pela Fundação Garcia D’Ávila, está em ruínas, mas é um ponto turístico para os amantes de cultura já que possui um museu com tecnologia e interatividade. Dizem que a construção foi erguida para proteger o território colonial de Portugal por causa da localização estratégica e agora é um dos castelos no Brasil. Os ingressos começam em R$ 15 para meia-entrada e R$ 30 a inteira.

3. Castelo do Batel

Essa obra-prima localizada na região nobre de Curitiba foi a realização de um sonho do cafeicultor Luiz Guimarães que queria construir um castelo inspirado na arquitetura francesa. Inaugurado em 1928, o Castelo do Batel é um dos castelos no Brasil e foi residência de governador, palco para grandes festas com a recepção de políticos e patrimônio histórico do estado do Paraná desde 1975. Hoje, a construção abriga o famoso Restaurante do Castelo com culinária francesa e é também um centro de eventos. Porém, quem deseja conhecer o local, é possível fazer um tour guiado por R$ 60. Tem gente que até já ficou hospedado no castelo por meio de uma ação realizada pela administração em que as diárias eram destinadas para uma ONG. Há muitos casamentos acontecendo no espaço, principalmente por possuir um palacete destinado a essas comemorações, conhecido como Palacete do Batel

4. Castelo da Ilha Fiscal

Cenário para o “Último Baile do Império” antes da Proclamação da República, esse castelo guarda histórias. O espaço foi desenvolvido a pedido do próprio Dom Pedro II e demorou 9 anos para ser concluído, inaugurado em 1889. Na década de 90, passou a ser administrado pela marinha, passou por uma restauração e está aberto para visitação no Rio de Janeiro. Para poder chegar até a construção, é preciso embarcar na escuna Nogueira da Gama até a Ilha Fiscal, em uma van ou micro-ônibus. E é lá que guias coordenam o passeio de duas horas em grupos passando por cômodos do castelo. Os visitantes também podem ver exposições permanentes e temporárias e até conhecer um submarino. Os ingressos são vendidos em horários específicos, geralmente no final da manhã, e custam até R$ 40 para realizar todas as experiências.

5. Castelo Mourisco

Parece que você está em um país árabe, mas esse castelo está localizado às margens da Av. Brasil, no Rio de Janeiro. A arquitetura portuguesa e tapeçarias árabes, fazem do local ideal para visitas, mas vai muito além disso. A construção também é conhecido como o “Palácio das Ciências”, pois é lá que está a Fiocruz. Imaginado pelo famoso Oswaldo Cruz, o local produz vacinas e ações para a saúde pública do país e guarda histórias e cultura. Além de funcionar como um centro de ciência, o local permite visitação da Biblioteca de Obras Raras e o Museu da Vida da Casa. No lado de fora, também é possível visitar um borboletário, tendas da ciência e realizar outras atividades. O valor para entrar pode custar até R$ 20.

6. Castelo Furlani

Apesar de ser propriedade privada, não aberto para visitação, o Castelo Furlani permite com que fotógrafos realizem sessão de fotos nas dependências. O austríaco Fausto Furlani desembarcou em Pedernerias, em São Paulo, adquiriu um terreno e construiu essa obra-prima com materiais vindo da Alemanha e da França. Hoje, o castelo pertence aos herdeiros da família Furlani.

7. Castelo Zé dos Montes

Imagina você receber um chamado divino, mais especificamente da Nossa Senhora, para construir um castelo? Foi isso que aconteceu com José Antônio Barreto, militar aposentado que construiu o Castelo do Zé dos Montes com pedra e cal no Rio Grande do Norte. Na cidade de Sítio Novo, o local virou uma atração turística na região. O ingresso para entrar custa por volta de R$ 10.

8. Castelo de Itaipava

Construído por nada mais e nada menos que Lucio Costa. Sim! O arquiteto que participou da construção de Brasília. O Castelo de Itaipava está localizado em Petrópolis, Rio de Janeiro. Com um toque medieval, a construção foi idealizada pelo Barão J. Smith de Vasconcellos e hoje funciona como um centro de eventos para casamentos, aniversários e festas. Também é possível ficar hospedado em quartos dignos de realeza com uma estrutura que inclui piscinas, restaurantes e recreação infantil.

Publicidade

9. Castelo da Villa Medieval

É na Villa Medieval, em São José dos Campos, que fica esse centro de artes construído por Fernando de Mendonça. Antigamente, o espaço era dedicado para eventos culturais, mas hoje é destinado para festas particulares. A arquitetura lembra muito algumas séries medievais, não?

10. Château Lacave

Na Serra Gaúcha, em Caxias do Sul, a construção foi idealizada pelo uruguaio Juan Carrau que teve a obra concluída em 1978 e recria o ambiente de um monastério espanhol. Em 2001, foi adquirido pela família Basso que transformou o castelo em uma atração turística e fonte de renda, uma vinícola. A construção vai muito além disso. Também é um centro de eventos e possibilidade de visitação. Se você for durante o inverno, é capaz até de ver neve ou geada por lá.

11. Castelo São João

O Castelo faz parte de um complexo arquitetônico localizado em Recife, Pernambuco. O local era um antigo engenho idealizado por Ricardo Brennand, que criou o espaço para guardar um acervo de peças antigas. A construção agora é um museu composto por obras de arte, coleção de objetos de defesa e guerra, e mobílias. O ingresso pode chegar até R$ 40 para adultos nos finais de semana.

12. Castelo de Pedras Altas

Outra construção localizada no Rio Grande do Sul, mas essa localizada no município de Pedras Altas. A propriedade já tem mais de 100 anos e foi construída por Joaquim Francisco de Assis. Até pouco tempo atrás, era possível fazer um passeio na propriedade, mas agora está fechado devido a um processo de venda.

13. Castelo de Belvedere

Um castelo que é para qualquer um visitar. Localizado no interior de Santa Catarina, em Treze de Maio, você pode visitar, fazer um ensaio fotográfico, realizar e eventos e até ficar hospedado na pousada que é rústica.

Agora que você conhece esses lindos e históricos castelos no Brasil, que tal conhecer os 15 castelos mais fascinantes do mundo.