5 dicas importantes que você precisa saber para dirigir nos EUA

Escrito por Clara Fagundes

Pretende alugar um carro em sua viagem para os EUA? Apesar de não ser nenhum bicho de sete cabeças, é importante saber que algumas regrinhas por lá são diferentes das nossas (muitas até mais rigorosas), e mesmo quem não é expert em inglês pode transitar de carro pelo país sem muito esforço, decorando os significados de algumas placas e palavras essenciais.

Continua após o anúncio

A lista abaixo mostra tudo o que um iniciante precisa saber para andar de carro nos Estados Unidos sem passar sufoco. Prepare-se para momentos gostosos dirigindo no país, pois as estradas estadunidenses são famosas por serem impecáveis.

1. Pare (de verdade!)

IStock

Embora tenham praticamente o mesmo significado, as placas “pare” e “stop” são aplicadas de maneiras diferentes aqui e nos Estados Unidos. No Brasil, a placa de “pare” (stop, em inglês) indica parada obrigatória, mas estamos acostumados a apenas reduzir a velocidade, dar uma buzinada e seguir em frente. Nos EUA, quando encontrar uma placa de “stop”, pare e aguarde de 2 a 3 segundos. Ainda que não veja nenhum veículo, este é um indicativo de que a parada é obrigatória.

2. Você – quase sempre – pode virar à direita

IStock

Outra diferença que vai te ajudar a dirigir nos EUA é saber que, por lá, é possível virar à direita mesmo quando o sinal estiver vermelho. Você só precisa saber duas regrinhas: Assim como no caso da placa de “stop”, você deve parar o caro, observar se há algum pedestre atravessando a rua e só então seguir. Depois, se houver um sinal em formato de seta para a direita, isso significa que o cruzamento é uma exceção e você não pode virar à direita durante o farol vermelho. Esse aviso também pode ser dado com uma placa que diz: “no turn on red”. Em português, não vire no vermelho.

3. Cuidado com as crianças

iStock

Nas áreas próximas as escolas, a velocidade máxima permitida é bem baixa (25 milhas/hora). É uma forma de precaução, assim como aqui no Brasil. No entanto, algo diferente e que você deve prestar atenção é se há ônibus escolares parados para embarque e desembarque de crianças.

Eles são aqueles típicos ônibus amarelos dos filmes e vão estar com o pisca alerta ligado (o já citado “stop sign”). Assim como na dica acima, entenda essa placa como uma parada obrigatória. Pare completamente o carro e aguarde todas as crianças passarem. Ou seja, tenha paciência e nem pense em ultrapassar os ônibus escolares!

4. Entenda as placas de trânsito mais comuns dos EUA

IStock

  • Do not enter: Não entre.
  • Speed limit: Limite de Velocidade.
  • YIELD: Dê a preferência.
  • No parking: Não estacione.
  • School crossing: Travessia de escola. Pare e aguarde os alunos passarem.
  • Railroad crossing: Passagem de trilhos – atenção! Só prossiga após a passagem do trem.
  • Slow children: Vá devagar, há crianças por perto.
  • Keep right: Mantenha-se à direita.
  • No left turn: Proibido virar à esquerda.
  • Caution slow down: Cuidado! Diminua a velocidade.
  • Left turn yield on green: Para virar à esquerda, dê a preferência quando o sinal estiver verde.
  • No parking – Tow away zone: Proibido estacionar. Sujeito a guincho.

5. Saiba os significados de palavras que vão te ajudar a dirigir nos EUA

IStock

  • Blocks: Quarteirões
  • Bridge: Ponte
  • Curb: Meio-Fio
  • Street: Rua
  • Right: Direita
  • Left: Esquerda
  • One way: Mão Única
  • Corner: Esquina
  • Speed: Velocidade
  • Exit: Saída da estrada
  • Fine: Multa
  • Driver: Motorista
  • Parking lot: Estacionamento
  • Freeway Ou Expressway: Autoestradas de via rápida, sem cruzamentos
  • Lane: Faixa
  • No outlet: Rua sem saída
  • Ramp: Entrada para autoestrada
  • Road: Estrada
  • Roundabout: Rotatória
  • Sidewalk: Calçada
  • Sign: Placa de trânsito
  • Speed bump: Lombada, quebra-molas
  • Toll: Pedágio
  • Towing: Guincho, reboque
  • U-turn: Contorno ou retorno
  • Traffic light: Semáforo, farol
  • Turnpike: Rodovia com pedágio
  • Turn: Curva ou vire

E aí, alguma das dicas te surpreendeu? Já está pronto para dirigir nos EUA? Conte para nós aqui nos comentários!

 
   

PARA VOCÊ