Nova Orleans: 21 coisas que você precisa saber antes de chegar

Escrito por Sheila Almendros

Nova Orleans é o destino ideal para quem procura algo diferente das grandes cidades americanas. Este é um destino com uma enorme mistura de culturas, com raízes arquitetônicas vindas diretamente da França, e a forte influência caribenha, africana e espanhola tanto na música como na gastronomia. Conheça mais sobre essa cidade cheia de encantos que resistiu fortemente a um dos furacões mais devastadores da América.

1. Você atrasará o seu relógio em 4 horas quando chegar lá

iStock

Nova Orleans fica em Lousiana, ao sul dos Estados Unidos.

2. É lá que rola uma das festas mais tradicionais do mundo

iStock

Já ouviu falar do Mardi Gras? A terça-feira gorda deles é festejada no mesmo dia que o nosso carnaval, e representa bem a alegria do povo de Nova Orleans, pois todos saem as ruas fantasiados, seguindo pelos bairros dançando ao som das bandinhas com instrumento de sopro. Podemos dizer que é uma mistura de nossos bloquinhos com as festas promovidas em Salvador (mas sem trio elétrico).

3. Você não pode deixar de conhecer a Bourbon Street

iStock

Se você gosta de boa música, esta rua é a sua parada obrigatória, pois é lotada de clubes que promovem o bom e velho tradicional jazz. Você também encontra os melhores restaurantes e hotéis no local.

4. Nem o pitoresco French Quarter

iStock

O bairro central da cidade é um charme só, com suas varandinhas de metal forjado, vestígios da colonização francesa e espanhola do local e vida noturna agitada.

5. Porque é neste bairro que a magia do jazz acontece

Não só a lendária Bourbon Street como todo o bairro French Quarter é repleto de casas de shows para quem busca o jazz, a dança e principalmente a diversão e uns bons drinks.

6. Se quiser conhecer os pântanos, lagunas e lagos, tire um dia só para isso

iStock

Para quem gosta de se aventurar em uma atividade atípica, não deixe de visitar o Parque Nacional Jean Lafitte e tentar a sorte de avistar alguns jacarés.

7. A comida regional é MA-RA-VI-LHO-SA

iStock

A gastronomia creole, com forte influência das cozinhas espanhola, francesa e caribenha, é recheada de pratos a base de ostras, lagostins e camarão. Uma delícia!

8. Não deixe de experimentar o po-boys

Esses apetitosos lanches de camarão estão para Nova Orleans como o pão de queijo está para Minas Gerais.

9. O City Park é parada obrigatória

Outro ponto turístico adorável para passar uma tarde inteira. A Ride Around Inside Carousel Gardens Amusement Park é uma das atrações dentro do City Park que você não pode perder.

10. A cidade é carregada de história

iStock

Nova Orleans é conhecida por sua miscigenação, e isso deve-se a sua grande mistura de povos na era da colonização. A cultura européia está marcada em suas artes decorativas em sacadas, portões e janelas, também com o próprio Mardi Gras (de origem francesa), e os descendentes de africanos, alemães, italianos e irlandeses que povoaram a cidade são os verdadeiros responsáveis por levar toda a alegria que hoje é marca registrada de seus moradores.

11. Você poderá passear pelo rio Mississippi de barco a vapor

iStock

Os populares catamarãs oferecem refeições e música ao vivo seja o passeio feito de dia ou de noite.

12. Os turistas podem usar e abusar do streetcar

iStock

Quem se hospeda na região central da cidade consegue fazer tudo a pé ou de táxi, mas se quiser desbravar outros bairros mais distantes de Nova Orleans sem perder nada, invista nos bondinhos. Serão os US$ 1,25 mais bem gastos da sua vida.

13. A cidade é envolta de histórias místicas

iStock

Há diversas histórias de fantasmas que assombram alguns locais da cidade, e uma delas foi até contada na terceira temporada da série American Horror Story. Para quem ficou curioso, há uma tour fantasma que leva o turista em alguns cemitérios e estes citados pontos assombrados.

14. O verão de Nova Orleans é intenso

iStock

Chega a bater a marca de 40° C e com bastante umidade, acredite! Melhor mesmo é ir de setembro a maio, quando os termômetros marcam temperaturas mais amenas, e mesmo que seja inverno, um casaquinho é suficiente para os passeios ao ar livre.

15. Há programação cultural na cidade durante todo o ano

iStock

Você pode curtir o Mardi Gras em fevereiro ou março, já emendar o Festival Literário Tennessee Williams de New Orleans. Em abril tem o Festival do French Quarter, e para brindar o início primavera, o Festival de Jazz e Cultura de New Orleans. Em maio começa a Experiência de Vinho e Cozinha, em junho o festival “Tales of the Cocktail”, agosto a tradicional homenagem a Louis Armstrong com o “Satchmo Summerfest” e em outubro rola o Festival de Blues e Churrasco de Crescent City.

16. Você leva 4 dias para conhecer toda a cidade com calma

iStock

São dois dias para você ter uma visão geral da cidade: os principais pontos turísticos e alguns restaurantes e bares famosos. Se quiser emendar a visita aos jacarés (no inverno eles costumam hibernar, fica a dica), inclua mais um dia. O quarto dia seria para desbravar lugares menos populares, mas tão legais quanto.

17. E pode ficar mais tempo para curtir o que gostou mais

iStock

Por que ir em poucos restaurantes e clubes se você pode aproveitar ao máximo, com a infinidade de opções que há na cidade?

18. Quem gosta de comida e artesanato, não pode deixar de conhecer a French Market

iStock

Dá pra reservar uma tarde inteira para aproveitar cada pedacinho dela. Sua tarde será uma delícia!

19. … nem o Food and Beverage Museum

Um museu destinado a comida. Olha que sonho!

20. Principalmente o delicioso Café du Monde

iStock

Ele fica aberto dia e noite e serve os beignets mais elogiados de Nova Orleans.

21. Nova Orleans também tem outlet

… e ele se chama Riverwalk Shopping Center. Você pode garimpar algumas lojas e de quebra curtir a bela vista para o Rio Mississippi.

Já deu para reparar que a sua experiência na Terra do Jazz pode ser inesquecível!

PARA VOCÊ