Ilha do Cardoso: o paraíso ecológico na divisa entre São Paulo e Paraná

Escrito por Ana Laura Essi

Para quem procura um bom lugar para se desligar da vida corrida da cidade e se reconectar com a natureza, então a Ilha do Cardoso é o seu destino! Além de aproveitar o contato com a floresta ainda preservada, você encontrará trilhas repletas de vegetação, cachoeiras inexploradas, rios cristalinos e praias quase desabitadas.

Confira todos os detalhes desse destino ainda intocado:

Curiosidades

Pertencente ao município de Cananéia, em São Paulo, a Ilha do Cardoso é um recanto da natureza ainda preservada. A ilha faz parte do Vale do Ribeira, região que concentra a maior parte da Mata Atlântica restante no país com mais de 13 mil hectares e espécies de animais e plantas que não são encontradas em nenhum outro lugar do mundo, cachoeiras intocadas e paisagens deslumbrantes. Por isso, a UNESCO considera o local como uma “Reserva da Biosfera”.

O arquipélago é dividido em três núcleos: Perequê, Marujá e Ilha da Casca. No entanto, apenas os dois primeiros estão disponíveis para uso do público. São nesses lugares que você encontrará a população local, alguns restaurantes e até pousadas. Ainda que represente uma porção menor do território, a Ilha da Casca é restrita para a base de apoio e fiscalização do Parque Estadual da Ilha do Cardoso.

Como chegar

Para chegar até a Ilha do Cardoso, é preciso fazer uma parada obrigatória em Cananéia, no litoral sul de São Paulo. Assim, o viajante percorre 245km até a cidade, saindo da capital paulista, pela rodovia Régis Bittencourt. A parada é necessária já que só é possível acessar a Ilha através da água. Há embarcações que partem diariamente de Cananéia em direção à Ilha. A travessia também pode ser feita em lanchas particulares, que chegam ao destino de forma mais rápida. No entanto, o valor do transporte é mais caro.

O que fazer na Ilha do Cardoso

Não sabe o que fazer nesse paraíso ecológico? Então confira as principais atividades oferecidas e encontradas na região:

Parque Estadual Ilha do Cardoso

Construído em 1962, o Parque Estadual Ilha do Cardoso possui mais de 13 mil hectares de área conservada. No local é possível observar um pouco do que resta da Mata Atlântica: manguezais, restingas e floresta densa. No Parque, o visitante aproveita as trilhas e belas cachoeiras, além de apreciar a vida selvagem da região. Os mais sortudos podem até encontrar, durante o passeio, espécies raras como o papagaio-de-cara-roxa e jacaré-do-papo-amarelo.

Trilha da Cachoeira Grande

A Ilha do Cardoso conta com mais de 10 trilhas, mas esta é a mais procurada. Para chegar até a Cachoeira Grande, é possível escolher entre duas opções: uma trilha de dificuldade moderada ou de barco. Seja como for, o visitante aproveita, ao final, a incrível vista da queda de queda d’água de mais de 11 metros.

Núcleo Marujá

O Núcleo Marujá é onde está a melhor estrutura e, portanto, a maioria das pousadas da Ilha do Cardoso. Para o turista que procura uma experiência completa na região, se hospedar em casas típicas dos caiçaras é uma opção! Além disso, ao visitar a comunidade, o turista tem contato direto com os moradores locais. Dessa forma, pode vivenciar o dia-a-dia dos pescadores enquanto aprecia as belas paisagens da mata intocada.

Praia de Marujá

A apenas 10 minutos do Núcleo Marujá, a Praia de Marujá é um dos tesouros escondidos da Ilha do Cardoso. Assim, deserta e com uma extensa faixa de areia, a praia é um presente para quem se hospeda na comunidade.

Praia do Pereirinha

Considerada uma das melhores para levar crianças pela Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo, a Praia do Pereirinha é um destaque da região. Ela é a praia mais próxima de Cananéia e, por isso, é o primeiro passeio da maioria dos visitantes da Ilha. Nela, você ainda encontrará os famosos mergulhos com golfinhos da Ilha do Cardoso, por exemplo.

Trilha do manguezal

Com uma extensão de aproximadamente 1km sob tablado de madeira, a trilha do Manguezal dá aos visitantes a chance de conhecer um dos principais ecossistemas brasileiros. Além disso, é possível observar a mata nativa ainda preservada e avistar caranguejos e outros animais. A trilha parte do Núcleo Perequê e leva os turistas até a praia do Pereirinha.

Trilha do morro das Almas

Animais, pássaros, plantas e, principalmente, bromélias. Essa trilha, de dificuldade moderada, é repleta de natureza em todas as suas formas. A extensão da Trilha do Morro das Almas é de 2km e os visitantes levam em torno de 3 horas para percorrê-la.

Trilha do Sambaqui e do Costão Rochoso

Um roteiro para quem gosta de história, além da natureza. Na trilha do Sambaqui e do Costão Rochoso, o visitante tem a chance de encontrar ossos e outros objetos arqueológicos que pertenceram aos nativos da Ilha. O percurso tem dificuldade média e demora menos de 2 horas para ser concluído.

Trilha do Poço das Antas

O diferencial da Trilha do Poço das Antas é a proximidade do Rio Perequê. Assim, pelas margens da água corrente, é possível observar a natureza rica daquela região. O visitante conhece diferentes vegetações da Mata Atlântica, como Restinga, Floresta de Encosta e transição. Além disso, é possível fazer uma parada nas piscinas naturais do caminho. Com 2,5km de extensão, a trilha tem aproximadamente 4 horas de duração.

Pontal da Praia

No extremo norte da Ilha, o Pontal da Praia é ideal para quem deseja fazer um passeio de bicicleta. A faixa larga de areia possibilita um momento de lazer com uma bela vista da praia, geralmente deserta.No entanto, é preciso tomar cuidado com a maré, que pode subir e deixar a areia molhada.

Núcleo Perequê

Considerado a Sede do Parque Estadual Ilha do Cardoso, o Núcleo Perequê oferece um espaço de recepção dos visitantes, inaugurado em 2010. Lá, é possível descobrir a história da ilha através de painéis e objetos encontrados da região.

Trilha didática

Ainda no Núcleo Perequê, o visitante pode fazer uma trilha didática pela região da Ilha do Cardoso. Durante o passeio, é possível observar a restinga, conhecer plantas medicinais e as famosas bromélias. Além disso, o turista tem a chance de visitar o sítio arqueológico, que guarda objetos históricos da ilha. A trilha tem duração de 1h30.

Praia da Lage

A praia da Lage é mais uma opção para quem procura as paisagens deslumbrantes na Ilha. Além de oferecer uma vista incrível do oceano, o caminho até a praia é um presente para os visitantes. Para chegar até a costa, partindo da Praia do Marujá, é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 1km. Assim, mesmo durante o caminho, é possível aproveitar a natureza exuberante dos morros.

Ilha do Bom Abrigo

Praticamente deserta, a ilha do Bom Abrigo é rodeada por um costão rochoso. Dessa forma, ela fica protegida das constantes tempestades que atingem a região. É uma atração devido a sua natureza quase intocada e o grande Farol, no ponto mais alto da ilha. Além disso, o local conta com uma pequena enseada, que é por onde os turistas têm acesso à terra firme. No caminho até o farol, ainda é possível desfrutar de uma cachoeira e um pequeno sítio arqueológico.

Praia do Cambriú

Com água calma e transparente, essa é uma das famosas praias da região: Cambriú é praticamente uma piscina no oceano. Além disso, é na praia de Cambriú que se encontra uma pequena vila de pescadores. Apesar da pouca estrutura, ainda é possível se hospedar em algumas casas típica dos locais.

Além das paisagens paradisíacas, a Ilha do Cardoso oferece diversas atividades ao ar livre para os visitantes. Assim, a região se destaca como destino do ecoturismo no Brasil. Vale a pena incluir a Ilha nos seus próximos destinos!

Onde ficar

É possível planejar a sua estadia na Ilha do Cardoso de duas formas: em campings ou pousadas locais. Confira algumas opções de hospedagem na região!

1. Pousada Ilha do Cardoso – $$

Com 12 quartos, a Pousada oferece estadia para os visitantes da região. Possui uma estrutura com dormitórios com capacidade de 3 a 6 pessoas, opções de banheiros compartilhados ou privativos e café da manhã gratuito.

  • Endereço: Núcleo Marujá, Ilha do Cardoso
  • Telefone: (13) 3851-1613

2. Camping da Mari – $$

O camping é uma opção para quem quer ter uma vivência completa de conexão com a natureza. O da Mari, localizado na praia do Pereirinha, oferece cozinha coletiva, banheiro e ducha, além de uma vista privilegiada para o mar.

  • Endereço: Praia do Pereirinha, Ilha do Cardoso
  • Telefone:(13) 98132-7268

3. Pousada Recanto Jerivá – $

A Pousada Jerivá está localizada na comunidade Nova Enseada, no interior do Parque Estadual Ilha do Cardoso. Conta com capacidade para até 13 hóspedes e oferece uma experiência de imersão na natureza.

  • Endereço: Nova Enseada, Ilha do Cardoso
  • Telefone: (13)99785-2935

Não tem desculpa! A Ilha do Cardoso oferece acomodação tanto para os viajantes que gostam de entrar de cabeça na natureza, quanto para aqueles que não abrem mão do conforto. Assim, o visitante pode escolher entre acampamentos, pousadas, locar casas locais, e até hotéis na vizinha Cananéia.

10 fotos que vão fazer a Ilha do Cardoso ocupar o primeiro lugar na sua lista de destinos

Ainda não se convenceu a marcar suas próximas férias? Então confira porquê você deveria colocar a Ilha do Cardoso na sua rota de viagens nacionais.

1. Você vai se sujar no manguezal

2. Curtir uma caminhada na manhã

3. Apreciar o entardecer no mar

4. Ou observar o Sol se pôr direto da praia

5. Até assistir o espetáculo da natureza com os amigos

6. E aproveitar a visão das estrelas com alguém especial!

7. Tanto nas cachoeiras

8. Quanto nas praias

9. Você vai se surpreender com as belezas da Ilha do Cardoso

10. E então vai sentir saudades antes mesmo de deixá-la!

Não só para curtir o mar, mas também observar a vida selvagem e até explorar as trilhas radicais, a Ilha do Cardoso é um destaque nos destinos turísticos do Brasil. Afinal, não é em qualquer lugar que é possível encontrar tanta natureza!

Ficou ansioso para fazer da Ilha do Cardoso a sua próxima viagem? Então você pode começar conferindo os detalhes da cidade de Cananéia, uma das paradas para chegar até a Ilha.

PARA VOCÊ