Andaluzia: o que visitar na região mais alegre e ensolarada da Espanha

Escrito por Flávia Resende

Andaluzia é uma comunidade autônoma que faz parte da região histórica da Espanha e se divide em oito províncias: Cádiz, Huelva, Jaén, Almeria, Málaga, Córdoba, Sevilha e Granada, sendo as três últimas as que mais se destacam.

A região é muito rica culturalmente e tem várias atrações turísticas e atividades para todos os tipos de turistas. Além disso, é um local em que a cultura espanhola se mantém muito viva por meio de suas touradas, dança flamenca e culinária. Ainda não conhece Andaluzia? Então, confira a seleção dos principais pontos turísticos que selecionamos para você!

Índice do conteúdo:

Mapa de Andaluzia

Andaluzia fica na parte sul da Espanha e é uma das regiões mais visitadas do país. A comunidade é um lugar com vegetação bem variada, com florestas de pinheiros, montanhas alpinas, desertos áridos e planícies férteis.

Conta também com uma rica arquitetura, herança dos mouros, que dominaram a região do século VIII ao XV. Prepare-se para tirar muitas fotos ao conhecer grandes monumentos como o Alcáceres Reais de Sevilha, a Mesquita-Catedral de Córdoba e o Palácio de Alhambra, em Granada. Que tal incluir as seguintes atrações em seu roteiro?

Sevilha

Capital da Andaluzia, Sevilha é considerada por muitos como a melhor cidade da comunidade. É conhecida por suas tradições, cultura, monumentos, herança artística e por ser o local onde o flamenco nasceu. Conheça um pouco mais sobre suas atrações!

Catedral de Sevilha

A maior catedral de Sevilha, também conhecida como Catedral de Santa Maria da Sede, é uma mistura de estilos e culturas arquitetônicos. A torre do sino, por exemplo, é uma herança dos mouros, enquanto a Puerta del Perdón é um dos poucos elementos remanescentes da mesquita original. É lá que está, desde 1899, em frente à Puerta del Príncipe, o túmulo do famoso Cristóvão Colombo.

Alcáceres Reais de Sevilha

Se você é uma das milhões de pessoas que assistiam a Game of Thrones, não pode deixar de visitar essa atração e conhecer o local onde foram filmadas as cenas do reino de Dorne. Isso mesmo, elas foram gravadas em quatro pontos do Alcáceres Reais de Sevilha: Ambassadors Hall, Mercury’s Pool, Baths of Maria de Padilla e nos jardins.

O castelo é um Patrimônio Mundial da UNESCO e é reconhecido como o mais antigo palácio real da Europa que ainda está em uso. A família real espanhola ainda ocupa suas câmaras superiores como residência oficial em Sevilha.

Pretende conhecer várias cidades da Andaluzia? Pois saiba que Sevilha é uma escolha estratégica. Isso porque a partir dela você conseguirá viajar facilmente para outras cidades como Granada, Cádis, Jerez e a cidade apresentada a seguir.

Córdoba

Córdoba, localizada entre Sevilha e Jaén, é uma das cidades mais visitadas do país. Isso porque é um lugar cheio de história, com uma arquitetura mourisca mundialmente famosa, tradições e lugares lindos para conhecer, como por exemplo:

Mesquita-Catedral de Córdoba

A catedral é o ponto alto de uma viagem à Andaluzia e atrai muitos visitantes por sua arquitetura incrível e suas impressionantes mais de 100 colunas à mostra. Nos dias quentes de Córdoba, o monumento, que ocupa o local onde antes era uma mesquita, é um bom refúgio para se refrescar, pois seu interior é bem fresquinho.

Ponte Romana de Córdoba

Foi construída pelos romanos no começo do século I a.C. Esse ponto turístico também foi usado como locação de Game of Thrones. O local é mostrado na 5ª temporada da série, quando Tyrion e Varys aparecem entrando na Cidade Livre de Volantis. Ao visitar a catedral dá para chegar à ponte ou vice-versa, já que são bem próximas. Repare que, na foto acima, elas aparecem formando um conjunto arquitetônico digno de muitas fotos.

Outra atividade que você pode gostar de fazer em Córdoba é conhecer a cidade de bicicleta pela manhã ou à noite, quando o número de pessoas caminhando pelas ruas é menor. Vale lembrar que ela é uma boa opção de transporte para atravessar a ponte!

Granada

Em Granada você vai conhecer um dos pontos turísticos mais bonitos da Espanha: o complexo murado de Alhambra. Além disso, ao percorrer as ruas da cidade é possível viajar no tempo e ver como ela era no período medieval. Preparado? Saiba mais sobre a Alhambra e a Catedral Metropolitana da Encarnação de Granada!

Alhambra

A fortaleza se ergue no topo de uma colina e abrange palácios reais, fontes e pomares dos jardins de Generalife, assim como pátios e espelhos d’água da dinastia Nasrid. Para explicar melhor, Alhambra é um castelo, um palácio, um retiro de verão e também uma cidade fechada, tudo em um só lugar. Reserve uma visita guiada para conhecer suas câmaras reais.

Como há um limite máximo de visitantes por dia, compre seu ingresso com antecedência para não perder a viagem.

Catedral Metropolitana da Encarnação

Possui arquitetura da renascença espanhola e fica bem no centro da cidade. Em seu interior repare na cúpula da catedral, nas grandes janelas, vitrais e afrescos, além de pinturas dentro das capelas e sob os altares.

A principal delas é a Capela Real de Granada, onde estão os restos mortais do rei Dom Fernando II de Aragão e de sua esposa, a rainha Isabel de Castela. No altar-mor da capela, os visitantes podem conhecer um dos retábulos mais antigos da Espanha: o de Felipe Bigarny.

Além de sua paisagem variada e cultura moderna e colorida, a cidade é conhecida por servir um dos melhores tapas (aperitivos de bar) da Espanha, que geralmente são entregues gratuitamente com cada bebida pedida. É tapa que não acaba mais!

Málaga

Málaga foi fundada no século VIII a.C. e possui uma das mais importantes heranças culturais da Europa. Tudo isso pode ser visto nas ruínas de um teatro romano, na Alcáçova e em uma basílica barroca, por exemplo. Como se não bastasse, os turistas também podem curtir uma praia na Costa do Sol.

Alcáçova

Usado como fortaleza dos reis mouros, esse castelo antigo foi construído no século IX – e reconstruído no século XI – nas ruínas de uma fortaleza romana. Essa fortaleza foi projetada com 110 torres principais, sendo possível ver até hoje algumas delas, como a Torre de la Vela e a Torre del Homenaje, assim como o Arco de Cristo (entrada).

Praia de La Malagueta

A Praia de La Malagueta, que fica entre o Porto de Málaga e a Praia de la Caleta, na Costa do Sol, é uma das várias praias de Málaga. É um bom lugar para tomar banho de mar em suas águas calmas ou relaxar ao sol na areia.

No verão oferece aluguel de guarda-sóis, redes, equipamentos para esportes na água e pedalinhos. A praia também tem um playground, sendo mais uma opção para as crianças se divertirem. Além disso, ela é adaptada para pessoas com deficiências e têm restaurantes e cafeteria nas proximidades.

Você sabia que Málaga é a cidade natal de Pablo Picasso? Pois é, aproveite para conhecer também o museu onde estão mais de 200 obras do pintor!

Bem acessível e muito frequentada, principalmente nos fins de semana, esse aspecto pode ser notado no movimento em seu aeroporto internacional que administra o tráfego em toda a Costa do Sol.

Opções de roteiro

Montar um roteiro de viagem pela Andaluzia não é uma tarefa complicada, pois suas principais cidades estão interligadas por linhas de ônibus. Isso facilita passar o dia em uma, dormir em outra e assim por diante. Ou até mesmo voltar naquela que você mais gostou e acha que vale a pena aproveitar um pouco mais.

Para quem pretende viajar entre as cidades da Andaluzia de avião: as únicas que têm aeroportos são Sevilha, Málaga, Granada, Almeria e Jerez.

Já quem deseja ter mais liberdade e quer viajar para Sevilha e Granada de carro pode ter problemas. Isso porque quem já conhece as cidades afirma que é complicado dirigir em ambas pelo fato de serem estreitas e alguns hotéis não terem estacionamento. O que faz com que o transporte público seja a melhor opção para conhecer a região.

Confira nossas sugestões de roteiro de 2 a 10 dias na Andaluzia!

2 a 3 dias

Se a sua viagem é bem curtinha e você está planejando passar apenas dois dias na Andaluzia, nossa sugestão de roteiro é a seguinte: passe um dia em Sevilha e um em Granada. E para conhecer mais uma cidade, aproveite para dormir em Málaga, que fica entre as duas.

Se preferir, passe os dois dias em Sevilha para ver por qual motivo ela é considerada a cidade mais bonita da Espanha. Caso decida estender a viagem por mais um dia, prefira passar dois dias em Sevilha e um em Granada.

4 a 6 dias

Para quem pretende passar mais tempo na Andaluzia (uns quatro dias, por exemplo), reserve dois para ficar em Sevilha e dois em Granada. Já quem gosta de visitar o máximo de lugares possíveis e não se importa em fazer uma viagem mais corrida, pode incluir uma visita rápida a Córdoba no último dia.

Em uma viagem de seis dias dá para fazer o roteiro acima tranquilamente e ainda passar uma noite em Córdoba. Se esse é o seu caso, comece a viagem por Córdoba, depois siga para Sevilha e por último, Granada.

6 a 10 dias

Já no caso de uma viagem mais longa, Málaga pode ser incluída no roteiro. Dessa forma você poderá conhecer as quatro cidades principais da Andaluzia: Sevilha, Córdoba, Málaga e Granada.

Ao planejar sua viagem, leve em consideração a época do ano em que você vai. A alta temporada acontece no verão, época em que cidades como Sevilha e Córdoba costumam ter dias muito quentes, com temperaturas que podem chegar aos 36ºC. As cidades costeiras são um bom destino nessa época, pois ficam mais frescas por causa da brisa do mar.

E então, nossas dicas te ajudaram a conhecer um pouco mais sobre a Andaluzia? Aproveite nossas sugestões de roteiro e comece a planejar sua viagem. Ah, brasileiros não precisam de visto para viajar para a Espanha!

PARA VOCÊ