O que fazer em Barcelona: 30 atrações para morrer de amores pela cidade

Escrito por Marta Stegani

Barcelona é uma das cidades mais vibrantes e divertidas da Europa. Ela reúne uma bela arquitetura, história, boa gastronomia, cultura, praia e muita agitação. Se você gosta de arte, prepare-se para as obras de Antoni Gaudí. Se curte praia, as águas do Mediterrâneo estarão à sua disposição, e se a vibe é balada, algumas das casas noturnas mais famosas do mundo estão lá. Com tantas opções, saiba o que fazer em Barcelona para desfrutar deste eclético e imperdível destino.

Com clima bom quase o ano inteiro, a cidade é sempre convidativa para uma caminhada – aliás, esta é a melhor forma de conhecer a capital e sentir sua atmosfera mágica.

O que fazer em Barcelona em 2 dias

Barcelona é uma cidade repleta de atrações e que merece ser visitada com calma, mas se você tem pouco tempo, priorize estes pontos.

1. Las Ramblas

Las Ramblas é a principal e mais conhecida avenida da cidade. Ela liga a Praça da Catalunha – a maior e uma das mais importantes da cidade – ao Porto Velho. A rua é uma espécie de calçadão e está sempre cheia de moradores e turistas. Caminhando por ela você encontra muitos cafés, restaurantes, lojas, floriculturas, mercados e ainda pode se deparar com apresentações de artistas que vale a pena parar para assistir.

No final das Ramblas, próximo ao porto, atente-se para um dos mais importantes marcos de Barcelona: o Monumento a Colombo, com 60 metros de altura, construído em 1888 em homenagem ao navegante. Caminhe por ela com calma e aprecie a arquitetura e o vai e vem das pessoas.

  • Endereço: entre a Praça da Catalunha e o Porto.
  • Horário de funcionamento: 24 horas.

2. Templo Expiatório da Sagrada Família

Antoni Gaudí é um nome que você vai ouvir muito em Barcelona. A Sagrada Família é a obra mais importante deste artista catalão e também o monumento mais visitado de toda a Espanha, além de cartão postal de cidade. O templo é grandioso e cada detalhe, por dentro e for fora, é repleto de significado, portanto, ao visitar, vale a pena optar por uma visita guiada.

O templo começou a ser construído em 1882 e um ano depois foi parar nas mãos de Gaudí, que fez um replanejamento e dedicou boa parte de sua vida exclusivamente ao projeto. Com a morte do artista em 1926, a obra ficou inacabada e segue em construção até os dias atuais, com previsão de conclusão apenas para 2026. Com isso, de longe é possível avistar os andaimes e tapumes da obra, mas nada que atrapalhe a visita, pois quando se conhece a história, tudo faz ainda mais sentido.

  • Endereço: Carrer de Mallorca, 401
  • Horário de funcionamento: de novembro a fevereiro, das 9h às 18h; março, das 9h às 19h; de abril a setembro, das 9h às 20h; outubro, das 9h às 19h; 25 e 26 de dezembro e 1 e 6 de janeiro, das 9h às 14h.
  • Valor de entrada: entrada básica – 15 €; visita com áudio guia – 22 €; visita guiada – 22 €; para comprar com antecedência e conhecer outros tipos de visita acesse o site.

3. Parque Güell

O Parque Güell é mais uma obra incrível do arquiteto Antoni Gaudí e que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1984. O lugar é um enorme jardim trabalhado em formas onduladas, figuras de animais e mosaicos coloridos. Um dos pontos mais disputados é um enorme banco de 110 metros, com aparência de serpente revestido por pedaços de cerâmica que dão vista para parte do parque e para a cidade.

No parque também funciona a Casa Museu Gaudí, que já foi casa do arquiteto e hoje expõe algumas de suas obras. Por onde quer que olhe, você se depara com algo deslumbrante, portanto, um visita imprescindível.

  • Endereço: Carrer d’Olot.
  • Horário de funcionamento: o parque funciona em horário diferente a cada estação do ano, consulte no site o horário no dia da visita.
  • Valor de entrada: geral – 7,50 €; crianças de 7 a 12 anos e maiores de 65 anos – 5,25 €. Para informações sobre outros ingressos e compra online acesse o site.

4. Casa Batlló

Esta obra de Gaudí é um dos edifícios mais bem avaliados de Barcelona e em 2005 foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. A casa é um dos grandes exemplares da arquitetura modernista da cidade e recebe mais de 1 milhão de visitantes por ano. O prédio foi construído em 1877 a pedido do rico empresário Josep Batlló e ficou pronto entre 1904 e 1906.

O exterior, com inspiração na vida marinha, já é uma verdadeira obra de arte. Do lado de dentro, o visitante é surpreendido a cada andar. Preste atenção nos formatos, nas cores e na luz. No alto do prédio, o telhado lembra escamas e se assemelha ao dorso de um dragão, e há também imponentes chaminés. Este é um monumento cheio de mistérios, portanto, vale a pena a visita com áudio guia.

  • Endereço: Passeig de Gràcia, 43.
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 21h.
  • Valor de entrada: 24,5 € pela internet e 28,5 € na bilheteria. Consulte outros tipos de visita e compre seu ingresso pelo site.

5. Casa Milà

A Casa Milà, também conhecida como La Pedrera, foi criada por Antoni Gaudí entre 1906 e 1912 e foi a última casa residencial construída pelo artista, que dedicou os últimos anos de sua vida à Sagrada Família. Assim como outras construções, foi declarada Patrimônio da Humanidade Pela UNESCO em 1984. Também localizada na Passeig de Gràcia, a principal característica do edifício é não possuir nenhuma linha reta.

É do lado de dentro, mais especificamente no terraço, que o visitante se surpreende, pois as chaminés e torres de ventilação se assemelham a guerreiros e tornam o andar um jardim de esculturas impressionantes.

  • Endereço: Passeig de Gràcia, 92.
  • Horário de funcionamento: de 1º de março a 4 de novembro – de segunda a domingo, das 9h às 20h30 e das 21h às 23h; de 5 de novembro a 28 de fevereiro – de segunda a domingo, das 9h às 18h30 e das 19h às 21h; de 26 de dezembro a 3 de janeiro – de segunda a domingo, das 9h às 20h30 e das 21h às 23h.
  • Valor de entrada: 22 €; crianças de 7 a 12 anos – 11 €. Consulte outros tipos de visita e compre seu ingresso pelo site.

6. Mercat de la Boqueria

Caminhando pelas Ramblas, pare pra fazer uma boquinha no Mercado de San José, mais conhecido como La Boquería, uma espécie de mercado municipal de Barcelona. Devido à localização, o espaço está sempre muito cheio de turistas. São mais de 300 barracas que oferecem produtos locais, frutas exóticas, sucos, jamón, carnes e muito mais.

Assim como todo mercado municipal, é um bom lugar para experimentar novos sabores e ter contato com a cultura local.

  • Endereço: La Rambla, 91.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 8h às 20h30.
  • Valor de entrada: gratuito.

7. Bairro Gótico

Barcelona é formada por diversos bairros, cada um com suas peculiaridades, mas o Bairro Gótico talvez seja o mais interessante deles. É o mais antigo da cidade e não tem esse nome por acaso: quase todas as construções da região foram influenciadas por esse estilo. Experimente caminhar sem pressa e se perder pelas ruelas estreitas e cheias de charme, repare nos detalhes, nas luminárias antigas, nas bandeiras nas janelas e nas imponentes construções de séculos atrás.

No bairro também está localizada a Catedral de Barcelona, onde estão os restos mortais de Santa Eulália, a padroeira da cidade. O templo é de encher os olhos por dentro e por fora. Consulte os horários e faça uma visita.

8. Montjuïc

Montjuïc é uma das montanhas mais altas de Barcelona que guarda uma série de atrações: Museu Nacional de Arte Catalunha, Fundação Juan Miró, Fonte Mágica de Montjuïc, Jardim Botânico, Teleférico e o Castelo Medieval – que oferece uma vista panorâmica da cidade. Se tiver pouco tempo, é só escolher a opção que mais lhe agrada.

O Castelo de Montjuïc é uma das atrações mais visitadas devido a seu valor histórico. No século XVIII, serviu de fortaleza militar, prisão e foi palco de muitas batalhas. Hoje, o local esconde jardins e memórias dessa época, além de ser o ponto de onde se tem uma vista para o porto e outras áreas.

  • Endereço: Carretera de Montjuïc, 66.
  • Horário de funcionamento: de 1º de novembro a 28 de fevereiro – de segunda a domingo, das 10h às 18; de 1º de março a 31 de outubro – de segunda a domingo, das 10h às 20h. Fechados nos dias 1º de janeiro e 25 de dezembro.
  • Valor de entrada: 5 €. Entrada gratuita todos os domingos, a partir das 15h e todos os primeiros domingos do mês durante todo o dia.

O que fazer em Barcelona à noite

Barcelona tem uma vida noturna muito agitada, com excelentes opções de baladas, bares e restaurantes para todos os gostos, mas vale lembrar que a cidade está bem próxima a Ibiza, que tem a noite mais famosa do mundo. Confira este guia com as melhores atrações do badalado destino.

9. Fonte Mágica de Montjuïc

Uma das atrações mais visitadas de Barcelona é a Fonte Mágica de Montjuïc, um espetáculo de acrobacias aquáticas, com luzes, cores e sons. A fonte já é linda durante o dia, mas quando o sol se põe, jatos de água vão se alternando de acordo com a música e mudando de cor em um verdadeiro show que hipnotiza os visitantes.

Os temas são variados de acordo com a época do ano. Depois, é só achar um cantinho em meio a multidão e acompanhar esse belíssimo espetáculo.

  • Endereço: Plaça Carles Buïgas, 1.
  • Horário de funcionamento: de abril a maio – quinta, sexta e sábado, das 21h às 22h; de junho a setembro – de quarta a domingo (exceto 21,22 e 23 de setembro), das 21h30 às 22h30; outubro – quinta, sexta e sábado, das 21h às 22h; de 1 de novembro a 6 de janeiro – quinta, sexta e sábado, das 20h às 21h; de 7 de janeiro a 28 de fevereiro – fechado todos os dias; março – quinta, sexta e sábado, das 20h às 21h.
  • Valor de entrada: gratuito.

10. Plaça Reial

A Plaça Reial tem localização privilegiada: está no Bairro Gótico, bem próximo a Las Ramblas. O lugarzinho é bem charmoso, cercado por coqueiros, com uma fonte no centro e dois postes de luz – os que tem um dragão – que foram projetados por Antoni Gaudí no começo da carreira.

A praça é muito movimentada e bastante frequentada por turistas, principalmente à noite, e concentra um alto número de restaurantes, portanto, se você não sabe o que fazer e quer uma noite agradável, circule pelo local e escolha qual lugar é mais a sua cara.

  • Endereço: Bairro Gótico.

11. Opium Barcelona

Não dá para falar na noite de Barcelona sem citar as casas noturnas, pois a cidade abriga algumas das baladas mais famosas do mundo. Entre as mais procuradas está a Opium, localizada na orla da praia de Barceloneta. Por lá passam os DJs mais famosos do mundo, as festas mais badaladas e um público selecionado.

  • Endereço: Passeig Marítim de la Barceloneta, 34.
  • Horário de funcionamento: diariamente, a partir da 0h.
  • Valor de entrada: as entradas custam a partir de 20 €. Consulte outras opções e compre seu ingresso no site.

12. Sala Razzmatazz

Outro nome famoso na lista de baladas de Barcelona é o Razzmatazz. A casa conta com cinco ambientes e em cada um acontece festas diferentes. O lugar já recebeu shows e apresentações de grandes artistas do pop, rock e música eletrônica. E não pense que os espaços são pequenos: o maior deles comporta até 2 mil pessoas!

O local é bem eclético e, além de música eletrônica, é possível dançar ao som de indie, pop rock, hip hop, entre outros.

  • Endereço: Carrer Pamplona, 88 – 1º piso.
  • Horário de funcionamento: a casa funciona todos os dias – exceto às segundas – e cada festa acontece em um horário diferente.
  • Valor de entrada: os valores variam de acordo com a festa. Saiba no site o valor e compre seu ingresso.

13. Pacha Barcelona

A Pacha, uma das casas noturnas mais famosas no mundo, não decepciona os visitantes. Ela está localizada próxima à praia de Barceloneta, uma das mais badaladas da cidade. A estrutura, a qualidade do som e os melhores DJs são a marca registrada do grupo. A balada abre todos os dias e traz um estilo diferente a cada noite. As festas estão sempre lotadas de gente bonita e turistas do mundo inteiro que querem conhecer a fama de uma das noites mais famosas do mundo.

  • Endereço: Passeig Marítim de la Barceloneta, 38.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, a partir da 0h.
  • Valor de entrada: confira o valor e compre seu ingresso pelo site.

14. Sutton Club

A Sutton é uma balada de alto nível. É frequentada por pessoas entre 25 e 40 anos e é o point de gente famosa, entre eles, jogadores de futebol. Por isso, paga-se um preço alto para consumir e atenção para o dress code: homens devem estar trajando camisa, calça e sapato – não se entra de bermuda – e mulheres não entram sem salto alto.

Diferente das demais, a quantidade de turistas é menor, então prepare-se para uma noite exclusiva de luxo e diversão.

  • Endereço: Carrer Tuset, 13.
  • Horário de funcionamento: saiba no site o horário na data escolhida.
  • Valor de entrada: os valores dependem da festa.

O que fazer em Barcelona no inverno

Diferente das demais cidades da Europa, no inverno as temperaturas não são tão extremas, neve é um fenômeno raro, assim como as chuvas. Portanto, a estação é boa para quem quer evitar fila nos principais monumentos, já que a cidade estará mais vazia. Mas se você já passou pelos principais pontos turísticos, continue o tour se aquecendo dentro dos museus.

15. Museu Picasso

O Museu Picasso é centro cultural dedicado à vida e obra do pintor espanhol. O espaço conta com mais de 4 mil obras em seu acervo permanente, entre elas, a série Las Meninas, inspirada na obra de Diego Velázquez. Além de ser uma oportunidade única para os fãs do artista, o prédio onde o museu está instalado também merece ser observado com carinho.

  • Endereço: Carrer Montcada, 15-23.
  • Horário de funcionamento: segunda, das 10h às 17h; de terça a domingo, das 9h às 19h; quinta, das 9h às 21h30. Fechado nos dias 1º de janeiro, 1º de maio, 24 de junho e 25 de dezembro.
  • Valor de entrada: inteira – 12 €; entrada reduzida – 7 €. Entrada gratuita às quintas, das 18h às 21h30 e no primeiro domingo de cada mês, das 9 às 19h. Os ingressos podem ser adquiridas pelo site.

16. Museu Nacional de Arte da Catalunha

O Museu Nacional de Arte da Catalunha é um dos principais de Barcelona e merece sua atenção não apenas pela coleção de arte que abriga, mas também pela sua beleza exterior, que já faz brilhar os olhos. Ele está localizado no Palácio de Montjuïc, então não espere nada menos que algo grandioso.

O museu se destaca pela coleção de arte romântica, que é considerada uma das mais completas do mundo. Lá também é possível contemplar a arte catalã, uma sessão dedicada a Arte Gótica, ao Renascimento e ao Barroco, Arte Moderna, obras de Pablo Picasso e muito mais.

  • Endereço: Palau Nacional, Parque de Montjuïc.
  • Horário de funcionamento: de 1º de outubro a 30 de abril – de terça a sábado, das 10h às 18h; de 2 de maio a 30 de setembro – de terça a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 19h. Fechado 1º de janeiro e 25 de dezembro.
  • Valor de entrada: 12 € – ingresso válido por dois dias durante o mês desde a aquisição. Menores de 16 anos e maiores de 65 não pagam.

17. Fundação Joan Miró

No mesmo passeio do Museu de Arte Catalunha, inclua a Fundação Joan Miró, que está localizada bem próximo. O espaço foi inaugurado em 1975 pelo próprio artista, com obras de sua coleção privada. Além de contar um grande acervo de Miró, possui também uma coleção de arte contemporânea de diversos artistas em espaços internos e externos.

  • Endereço: Parc de Montjuïc, s/nº.
  • Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 20h, domingo, das 10h às 15h. Fechado às segundas.
  • Valor de entrada: 12 €

18. Palácio da Música Catalã

O Palácio da Música Catalã é um lugar de cair o queixo. O auditório foi construído entre 1905 e 1908 e é um dos principais representantes do modernismo catalão. O melhor de tudo é que o local permanece em funcionamento até os dias atuais e é possível tanto assistir a um concerto quanto fazer uma visita guiada e conhecer cada um dos ambientes e a história em detalhes.

Para conhecer a programação e ter a oportunidade de assistir a uma apresentação neste monumento e saber todas as opções de tour disponíveis, é só acessar o site.

  • Endereço: Carrer Palau de la Música, 4-6.
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 15h30; na páscoa e julho, das 10h às 18h; agosto, das 10h às 18h.
  • Valor de entrada: geral – 20 €; maiores de 65 anos – 16 €; crianças abaixo de 10 anos não pagam.

19. Grande Teatro do Liceu

O El Liceu, como é conhecido, é uma das casas de ópera de maior prestígio da Espanha. Foi inaugurado em 1847 e já foi considerada maior casa de ópera da Europa. Sofreu dois grandes incêndios no decorrer de sua história. Foi reaberto em 1999 e desde então é um espaço moderno, mas que preserva seu estilo arquitetônico original.

Há duas formas de conhecer o teatro: através de uma visita e, claro, separando seu melhor traje e prestigiando uma apresentação. Você pode conferir os espetáculos da temporada e comprar seu ingresso pelo site.

  • Endereço: La Rambla 51-59.
  • Horário de funcionamento: visita guiada: de segunda a sexta, das 14h às 17h, com entrada a cada hora; sábado, a partir das 11h. Para outras opções de visitas, valores e ingressos, acesse o site.
  • Valor de entrada: 9 €.

O que fazer em Barcelona a dois

Além dos espaços verdes para uma deliciosa caminhada, se perca com seu amor pelas ruas da cidade e descubra lugares que se tornarão inesquecíveis.

20. Parc de la Ciutadella

Bem no coração de Barcelona está o Parc de la Ciutadella, que durante muitos anos foi o único parque da cidade. É um dos mais visitados e foi inspirado no Jardim do Luxemburgo, em Paris. O ponto alto do parque é o pequeno lago e sua fonte monumental e, no alto, brilha a escultura El Carro de l’Aurora, feita para a Exposição Universal de 1888.

O parque tem 17 hectares, ou seja, muito espaço e muito verde para caminhar, deitar na grama e tomar um sorvete, especialmente nos dias de sol.

  • Endereço: Passeig de Picasso, 21.
  • Horário de funcionamento: o parque está aberto todos os dias do ano. Em dezembro, janeiro e fevereiro, das 10h às 18; março e novembro, das 10h às 19h; abril e outubro, das 10h às 20h; de maio a setembro, das 10h às 21h.
  • Valor de entrada: gratuito.

21. Parc del Laberint d’Horta

Caminhe e deixe-se perder pelo Parc del Laberint, que possui em seu interior o jardim mais antigo de Barcelona. O destaque fica para o labirinto cuidadosamente podado e formado por ciprestes, que confere fama ao local.

O parque foi desenhado por um arquiteto italiano no final do século XVIII e tem em seu estilo toques do neoclassicismo e romantismo, onde se encontram esculturas, lagos e pequenos jardins. É um passeio delicioso para se fazer ao lado da pessoa amada e estar em contato com a natureza.

  • Endereço: Passeig dels Castanyers, 1.
  • Horário de funcionamento: de 1º de novembro a 31 de março – todos os dias, das 10h às 19h; de 1º de abril a 31 de outubro – todos os dias, das 10h às 20h; 25 de dezembro, das 9h às 14h.
  • Valor de entrada: 2,20 €.

22. Teleférico de Montjuïc

Como você viu, há uma série de atividades para serem feitas em Montjuïc – o Castelo, o Museu de Arte da Catalunha, a Fundação Joan Miró – e uma das formas de chegar até o alto da montanha é através de um teleférico. As cabines de vidro têm capacidade para oito pessoas e faz três paradas até chegar ao destino final. Esta não é a forma mais econômica de chegar ao local, mas que vale muito a pena por proporcionar uma bela vista de Barcelona durante o trajeto.

  • Endereço: Avinguda Miramar, 30.
  • Horário de funcionamento: o teleférico funciona todos os dias do ano nos seguintes horários: de janeiro a fevereiro, das 10h às 18h; de março a maio, das 10h às 19h; de junho a setembro, das 10h às 21h; outubro, das 10h às 19h; de novembro a dezembro, das 10h às 18h.
  • Valor de entrada: adultos – ida – 8,40 €, ida e volta – 12,70 €; crianças de 4 a 12 anos – ida – 6,60, ida e volta – 9,20 €. Os ingressos têm 10% de desconto na compra online.

23. Bairro El Born

O El Born é um dos bairros mais antigos de Barcelona, o que quer dizer que ele carrega em suas paredes e construções medievais muita história. Somado a isso, no local também existem museus, restaurantes, bares e cafés, que trazem um ar moderno e fazem um delicioso contraste. Caminhe sem pressa pelas charmosas ruazinhas estreitas e descubra lugares interessantes para conhecer e tomar um drink.

24. Port Vell

A região do porto de Barcelona não é uma área apenas para os barcos. No final das Ramblas, após o monumento a Colombo, se inicia a região de Port Vell, onde está o porto da cidade. Além da proximidade com o mar, lá se encontram restaurantes e mais algumas atrações.

Para os casais que querem um momento romântico, a parada obrigatória é a Rambla del Mar, uma plataforma de madeira sobre o mar onde é possível se sentar, observar o movimento das águas, barcos circulando e ainda desfrutar de um belíssimo pôr do sol.

  • Endereço: Rambla del Mar, s/nº.

25. Arco Triunfo

Você provavelmente já ouviu falar no Arco do Triunfo de Paris, mas você sabia que Barcelona também tem um? Ele não tem caráter militar, foi construído para ser a entrada principal para a Exposição Universal de 1888 e fica no caminho para o Parc de la Ciutadella. Não deixe de apreciar os detalhes e tirar boas fotos!

  • Endereço: Passeig Lluís Companys.
  • Horário de funcionamento: 24 horas.
  • Valor de entrada: gratuito.

O que fazer em Barcelona com a família

Para famílias que viajam com crianças, a cidade oferece opções divertidas e que agregam conhecimento.

26. Camp Nou

Esse é um passeio que não tem idade e mexe com o coração de crianças e adultos. O Camp Nou é a casa do F.C Barcelona, um dos clubes mais famosos do mundo. Além de ter a oportunidade de assistir a uma partida nesse templo do futebol, os mais apaixonados ainda têm a opção de fazer um tour e conhecer os bastidores do estádio.

No tour básico, os visitantes conhecem o museu do Barça, onde estão troféus e diversos objetos que contam a história do clube, e ainda tem acesso a uma vista panorâmica. Já a Players Experience Tour é uma visita mais exclusiva, com acesso a áreas por onde passam os atletas, como a sala de imprensa, vestiário e caminhar pelo campo.

  • Endereço: Carrer d’Aristides Maillol, 12.
  • Horário de funcionamento: de 2 de abril a 7 de outubro – de segunda a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 14h30. Resto do ano – de segunda a sábado, das 10h às 18h30; domingos e feriados, das 10h às 14h30.
  • Valor de entrada: tour básico – 25 €; players experience tour – 139 €. Conheça outras opções de entrada e compre seu ingresso pelo site.

27. Parque Zoológico de Barcelona

Na mesma ida ao Parc de la Ciutadella, aproveite para visitar o Zoo de Barcelona, que abriga mais de 2 mil animais de 300 espécies diferentes. O zoológico oferece estrutura completa para a família, com opções de restaurantes, espaço para piquenique, banheiro, trocador, lugar para amamentação e uma área de brincadeiras para crianças.

  • Endereço: Parc de la Ciutadella.
  • Horário de funcionamento: de 1º de janeiro a 23 de março – das 10h às 17h30; de 24 de março a 15 de maio – das 10h às 19h; de 16 de maio a 15 de setembro – das 10h às 20h; de 16 de setembro a 26 de outubro – das 10h às 19h; de 27 de outubro a 31 de dezembro – das 10h às 17h30. No dia 25 de dezembro fecha às 12h30.
  • Valor de entrada: adultos – 19,25 €; crianças de 3 a 12 anos – 11,65 €. Ingressos comprados pelo site têm 10% de desconto.

28. Parque Tibidabo

No alto da montanha Tibidabo está localizado o parque de diversões mais antigo da cidade, com mais de um século de história. Alguns brinquedos seguem em funcionamento desde a fundação do parque – após passar por reparos – e continuam fazendo sucesso, como é o caso do Aeromàgic. Para ter uma vista incrível de Barcelona, não deixe de ir na Giradabo, uma montanha-russa situada na parte mais alta da montanha.

O parque inclui atrações para todas as idades, desde os mais corajosos, até para as crianças menores. O visitante conta ainda com uma boa estrutura e também restaurante, sorveteria e opções para todos os paladares. A atração também tem uma área de onde é possível ter uma vista panorâmica de Barcelona, inclusive do mar, que pode ser acessada a parte.

  • Endereço: Plaça del Tibidabo, 3.
  • Horário de funcionamento: o horário do parque e da área panorâmica funcionam em dias diferentes, consulte no site a disponibilidade na data da visita.
  • Valor de entrada: geral – 28.50 €; menor de 1.20 m – 10.30 €. Área panorâmica – geral 12.70 €; menor de 1.20 m – 7.80 €. Compre o ingresso pelo site.

29. Praia de La Barceloneta

Praia é um passeio democrático e perfeito para toda a família. A mais famosa da cidade é La Barceloneta, que está localizada bem pertinho do centro da cidade e é frequentada tanto por moradores quanto por turistas. A praia é cercada por um calçadão onde há diversos restaurantes. A estrutura é muito boa, com banheiro, vestiário, chuveiro, aluguel de guarda-sol e barraquinhas. O mar também é calmo e propício para banho.

  • Endereço: Paseo Maritimo Barceloneta.

30. Aquário de Barcelona

O Aquário de Barcelona é uma experiência única para quem viaja com crianças, mas também para os adultos que gostam de explorar o mundo marinho. São 35 aquários que reproduzem o ambiente por áreas geográficas, mais de 11 mil peixes e criaturas marinhas de 450 espécies. Um dos destaques é o oceanário – único na Europa – com quase 4 milhões de litros de água, casa de diversas espécies, entre elas, dois tipos de tubarão. Um túnel transparente faz com que se veja de perto os animais e se sinta no fundo do mar.

  • Endereço: Moll d’Espanya del Port Vell, s/n.
  • Horário de funcionamento: veja no site o horário de funcionamento na data da visita.
  • Valor de entrada: adulto – 20 €; crianças de 5 a 10 anos – 15 €; crianças de 3 a 4 anos – 7 €. Veja outras opções de entrada e compre o ingresso pelo site.

Barcelona é uma cidade apaixonante e merece fazer parte do seu roteiro, independente do tipo de viajante que você seja.

PARA VOCÊ