Conheça as belezas arquitetônicas de Brasília, a capital do Brasil

Em meio ao cerrado brasileiro, há uma cidade totalmente planejada, com uma arquitetura reconhecida mundialmente, atividades gratuitas ou por um preço acessível e um céu espetacular. Descubra os encantos de Brasília, um dos 50 destinos para você conhecer no Brasil.

Publicidade

Onde fica Brasília

No centro-oeste do país, praticamente um enclave do estado de Goiás, fica o Distrito Federal. Brasília está a 208 km de Goiânia, a 740 km de Belo Horizonte e a 1167 km do Rio de Janeiro.

Como chegar ao Distrito Federal

Pouse no Aeroporto Internacional de Brasília, a principal porta de entrada da cidade. Então, escolha entre ônibus, aplicativo de transporte ou locação de carro para percorrer 15 km até o centro da capital. Se você prefere uma road trip, basta acessar as BRs 040, 060, 020 e 070, dependendo do seu ponto de partida. O Terminal Rodoviário também é um ponto de chegada muito utilizado. Por ser uma região central, o Distrito Federal faz ligação com todos os estados brasileiros e, o melhor de tudo, você encontrará passagens com ótimos preços.

Por fim, saiba que Brasília não foi feita para andar a pé, então, se possível, vale alugar um carro. Se essa não for a sua intenção, antes de viajar, familiarize-se com as linhas do transporte público.

História da fundação de Brasília

Uma cidade idealizada para ser a capital do país. No governo de Juscelino Kubitscheck (1956 – 1961), a ideia saiu do papel. Com o lema de construir um novo Brasil e incentivar o desenvolvimento econômico, o então presidente investiu em um planejamento urbanístico que, mais tarde, foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Mundial.

O Distrito Federal começou a ser planejado em 1956, pelos arquitetos Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e pelo o engenheiro estrutural Joaquim Cardozo. Foram 41 meses de construção até a inauguração oficial em 21 de abril de 1960. Assim, nasceu Brasília, uma capital planejada com uma beleza moderna em pleno cerrado brasileiro e dona de um céu espetacular.

A arquitetura planejada da cidade de Brasília

Apesar do intenso trânsito, é muito fácil se locomover em Brasília. Sem esquinas ou ruas e com as famosas quadras, cada cantinho do Distrito Federal foi pensado no Plano Piloto. Não é apenas história, realmente, a vista aérea da cidade revela o formato de um avião, com tudo girando em torno de dois eixos principais. Até os nomes das quadras são referentes a esse meio de transporte. Confira abaixo:

Publicidade

  • Eixo Monumental: é o ponto central das principais atrações de Brasília, entre elas, o Congresso Nacional e a Catedral, ou seja, como o nome sugere, é onde estão os monumentos da cidade. A região conta com 16 km de extensão, corta a cidade de leste a oeste e é o corpo do avião.
  • Eixo Rodoviário: a avenida conhecida como Eixão possui 13 km e corta Brasília no sentido norte-sul. É onde estão as residências e o principal caminho para o aeroporto internacional.
  • Asa Sul: em uma vista aérea, essa é uma das asas do Plano Piloto. Localizada ao sul, é uma região residencial com casas de luxo e alguns espaços para comércio. Também é conhecida como Lago Sul.
  • Asa Norte: essa é a outra asa do Plano Piloto, com casas e prédios de luxo, shoppings, restaurantes e farmácias. É uma área mais nova e muito conectada com o transporte público da capital. É onde fica o Lago Norte.

Por ser planejada, você não encontrará moradias misturadas com o comércio, ou seja, tudo é separado: região de comércio, o setor hoteleiro, setor militar, setor bancário, o setor de rádio e televisão e setor de residências (superquadras divididas em setor Sudoeste, setor Noroeste, Asa Sul e Asa Norte).

Melhor época para visitar Brasília

É muito fácil escolher quando visitar Brasília, pois o clima é bem definido: chuvas são mais frequentes entre outubro e abril; e o período de seca se estende de maio a setembro. Vale a pena conhecer o Distrito Federal na primavera, pois os ipês florescem, o sol aparece na maior parte do tempo e o céu fica um espetáculo.

A maioria das atrações é ao ar livre. Assim, viajar entre maio e julho, na época seca, quando ainda não está tão quente, pode ser a melhor escolha para evitar contratempos. E se você quer pagar menos, programe sua viagem para um fim de semana, pois, nos dias úteis, o turismo de negócios movimenta a economia, tornando tudo mais caro.

O que fazer em Brasília

Prepare-se para um roteiro cheio de energia. A maioria das atividades é ao ar livre, por isso, leve boné, água e protetor solar. Ainda, aproveite as primeiras horas da manhã e o entardecer para as caminhadas mais longas. Veja as principais atrações da cidade:

1. Praça dos Três Poderes

Uma imensa praça formada pelo Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal. No Congresso Nacional, é possível fazer uma visita guiada com passagem pelo Senado Federal e Câmara dos Deputados. O tour só precisa de agendamento para grupos maiores e dura em média 30 minutos. Ainda, é possível agendar uma visita ao Palácio do Planalto, a sede do executivo. O Supremo Tribunal Federal também aceita visitas, mas fique atento, pois nem sempre é liberado.

2. Palácio do Itamaraty, Palácio da Alvorada e Jaburu

A sede do Ministério das Relações Exteriores fica no Palácio do Itamaraty. A arquitetura externa já é uma atração à parte, mas é possível fazer uma visitação pública gratuita no interior, com tours em português, inglês, espanhol ou francês. O agendamento é feito pelo email [email protected] e o horário geralmente é das 9h às 17h, mas sempre é bom conferir no site oficial informações atualizadas.

O Palácio da Alvorada é a residência do presidente e fica às margens no Lago Paranoá. Em dias selecionados, há visitações gratuitas agendadas, mas, por enquanto, essa opção está suspensa. Já o Palácio do Jaburu é a residência oficial do vice-presidente, com um gramado cheio de emas. Também há visitas internas, mas elas estão temporariamente indisponíveis.

3. Catedral de Brasília

Conhecida como Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, a arquitetura de Oscar Niemeyer encanta mesmo os que não são muito religiosos. O primeiro monumento criado em Brasília possui um altar doado pelo Papa Paulo VI, anjos suspensos no alto e azulejos pintados pelo artista brasileiro Athos Bulcão. A cobertura vitral deixa o ambiente muito bonito, flutuante entre azul, verde, branco e marrom. A entrada é gratuita e o visitante só pode entrar de calça ou saias compridas. Geralmente na entrada da Catedral, funcionários oferecem calça para colocar por cima da sua roupa, permitindo a entrada.

4. Museu Nacional

Próximo à Catedral, fica o Museu Nacional com uma arquitetura externa muito bonita. Além das exposições de artes temáticas, o local conta com algumas peças que retratam a história do Brasil. A entrada é gratuita e o passeio no interior dura cerca de 30 minutos.

Publicidade

5. Estádio Mané Garrincha

Além de um ótimo lugar para assistir uma partida de futebol e shows de cantores famosos, o Estádio Mané Garrincha surpreende pela sua arquitetura. Para fazer uma visita gratuita ou um tour guiado, confira os horários de funcionamento e os valores no site oficial.

6. Torre de TV e Torre de TV Digital

A Torre de TV é um dos pontos turísticos perfeitos para ter uma visão panorâmica da cidade. A torre de 224 metros possui um mirante a 75 metros do solo. De lá, é possível ver toda região da Esplanada dos Ministérios e o Congresso Nacional. Em um ponto mais baixo, é possível ir a um café e conhecer um centro cultural com algumas exposições. Na frente da Torre, há uma Fonte Luminosa, o letreiro Eu Amo Brasília e a famosa Feira da Torre com lojas que vendem peças de artesanato e gastronomia. A entrada é gratuita.

Já a Torre de TV Digital, conhecida como Flor do Cerrado, foi a última obra de Oscar Niemeyer. Ela fica no Lago Norte e é possível subir até os mirantes para observar Brasília. A entrada também é gratuita, mas entre no site oficial para saber se está aberto para visitação.

7. Memorial JK

A estátua de Juscelino Kubistchek recebe os visitantes nesse incrível museu, com objetos pessoais, fotos e histórias do ex-presidente. Após a morte do idealizador de Brasília, sua esposa, Sarah, coordenou a construção do memorial em homenagem ao marido. A entrada é paga, em torno de R$ 10, e outras informações podem ser encontradas no site oficial.

Publicidade

8. Pontão do Lago Sul

Em uma das margens do Lago Paranoá, foi construído um complexo para desenvolver o turismo da região. O centro de entretenimento mais famoso de Brasília reúne restaurantes, quiosques de bebidas e sobremesas, programação cultural e esportiva, uma calçada para caminhadas e o pôr do sol mais bonito da cidade. Também é desse ponto que muitos atletas saem para praticar esportes aquáticos no Lago Paranoá.

9. Parque Ecológico Dom Bosco e Capela Ermida Dom Bosco

Às margens do Lago Paranoá, fica o Parque Ecológico Dom Bosco. Ele conta com pistas para caminhada e passeios de bicicleta, espaços para piqueniques, bem como a capela Ermida Dom Bosco, o primeiro templo construído em Brasília.

10. Parque da Cidade

O maior parque urbano da América Latina é o local perfeito para praticar esportes. Além disso, há playgrounds para as crianças, pista de corrida para Karts, equitação e o tradicional parque de diversões Nicolândia. A entrada é gratuita e, às vezes, acontecem feiras no local. Prefira um passeio diurno, pois, ao anoitecer, a movimentação é fraca e o lugar fica um pouco perigoso.

11. Ponte JK

A ponte JK foi inaugurada em 2002 e é um ícone da arquitetura moderna no Brasil. Ela conta com 1200 metros de extensão, que você pode percorrer a pé ou de carro. Há estacionamentos nas redondezas, então, é possível parar e garantir sua foto, mas fique de olho nos locais autorizados. Além disso, muitas pessoas percorrem a orla para comer nos restaurantes que possuem uma vista incrível da Ponte. Entre os mais procurados, estão: Mangai Brasília, Nau Frutos do Mar, Avenida Paulista Pizza Bar e Santé Lago.

12. Passeio de barco e Stand up paddle pelo Lago Paranoá

Há diversas atrações no Lago Paranoá, por exemplo, passeio de barco, catamarã, banana boat ou stand up paddle. A maioria dos barcos parte do Pontão do Lago Sul, com duração de uma hora e passagem pelos arcos da Ponte JK.

13. Jardim Botânico de Brasília

O local conta com jardins para pesquisa botânica, centro de visitantes, espaços para crianças se divertirem, muito verde e um entardecer maravilhoso. Há um restaurante no local e a entrada no Jardim Botânico custa em torno de R$ 5.

14. Parque Nacional de Brasília

Conhecida como Água Mineral, essa unidade de conservação foi criada para pesquisas científicas e para lazer. Durante a construção, afloramentos do Lençol Freático formaram piscinas (Pedreira e Areal) perfeitas para se refrescar do calor intenso de Brasília.

Não falta o que fazer em Brasília. Outra opção de passeio é a city tour em um ônibus de dois andares. Essa atividade é muito procurada por turistas que ficarão pouco tempo no Distrito Federal. O tour parte das proximidades do Brasília Shopping e passa pela Esplanada dos Ministérios, Catedral, Congresso Nacional, Praça dos Três Poderes e Ponte JK.

10 fotos de Brasília para se deslumbrar com a arquitetura

O Distrito Federal é um paraíso para os apreciadores da arquitetura moderna. Além disso, sua importância política é inestimável. A seguir, confira uma seleção de fotos com vários pontos turísticos:

1. Bem-vindo à Brasília

2. Quando chegar, visite o Congresso Nacional

3. Conheça o interior da Catedral de Brasília

4. E termine o tour na Praça dos Três Poderes

5. Então, suba na Torre de TV para ter uma visão única da cidade

6. E dê uma passada na feirinha da Torre

7. Visite o Pontão do Lago Sul

8. Passe pela Ponte JK

9. Mergulhe nas piscinas do Parque Água Mineral

10. E fique maravilhado com o entardecer incrível de Brasília

Como é possível notar nas fotos, muitas atrações são ao ar livre. Então, o que fazer em Brasília nos dias chuvosos? Visite os shoppings da região: o Brasília Shopping, Park Shopping, Conjunto Nacional, Iguatemi Brasília, Pátio Brasil e Terraço Shopping.

Um pouquinho de Brasília para entrar no clima da cidade

Confira uma seleção de vídeos e conheça um pouquinho mais sobre as principais atrações de Brasília. É só apertar o play e anotar todas as dicas para montar o seu roteiro perfeito de viagem.

O que fazer em dois dias em Brasília

Nesse vídeo, acompanhe o Geo e o Ale em um tour pelas principais atrações de Brasília. Há imagens de um passeio guiado pelo Congresso Nacional e pelo Palácio do Planalto. A arquitetura é um espetáculo do começo ao fim!

Torre de TV e Memorial JK

O Família Sem Fronteiras mostrou um passeio pela Torre de TV com uma vista espetacular da cidade. Além disso, descubra mais a história de Juscelino Kubistchek no Memorial JK.

Relaxe e faça esportes no Parque da Cidade

Nesse incrível vídeo do Canal Deva no Ar, acompanhe um passeio pelo parque mais famoso de Brasília. Há paisagens áereas deslumbrantes. Com certeza, essa atividade é perfeita para uma tarde animada.

Passeio pelo Pontão do Lago Sul

Danilo Cavalcanti e sua moto em um passeio cheio de estilo. Conheça o Pontão do Lago Sul, o principal espaço de lazer de Brasília. Veja imagens do ambiente e as atividades que você pode fazer por lá.

Depois de saber todas essas informações, você poderá cantar a música do Legião Urbana e dizer para todo mundo: “Estou indo pra Brasília, neste país lugar melhor não há”. Antes de fazer as malas, não deixe de conhecer as melhores opções de restaurantes em Brasília. Afinal, toda viagem pede uma experiência gastrônomica.