9 maneiras de economizar com transporte, viajando em Portugal

Escrito por Nicole Dias

Quem viaja para Portugal não costuma se arrepender: o destino turístico conta com temperaturas amenas, gastronomia rica, incríveis paisagens e praias agradáveis. Sim, há muito para ser explorado na terra-mãe.

Continua após o anúncio

Além de se encantar pelos vários atrativos da terra dos famosos pasteis de Belém, o viajante ainda tem a possibilidade de se locomover pelo país com economia. Como? Com um pouco de organização e conhecendo os sites certos. Confira abaixo as melhores dicas para pagar pouco viajando por Portugal!

1. Se você comprar com antecedência, pagará menos nas passagens de trem

Pixabay

Você pode se deparar com muitas belezas ao viajar de trem em Portugal. E ainda pode garantir desconto se for um turista organizado. Fazendo a compra antecipada no site da Comboios de Portugal, é possível pagar até 40% a menos nos bilhetes. Planeje-se!

2. Os trens regionais e urbanos são mais baratos

Pixabay

A Malha Ferroviária de Portugal é bastante extensa. Os trens R e IR, Regional e InterRegional, são os mais baratos. Eles fazem muitas paradas e cobrem distâncias curtas. Já dentro de Lisboa, Coimbra e Porto, vale viajar com os comboios Urbanos, que transitam pelas cidades.

3. Quem quiser gastar menos pode viajar de ônibus

Quase todas as cidades de Portugal contam com o serviço dos ônibus da Rede Expressos, que costumam custar menos da metade que as passagens de trem. Ótima opção para quem não está com pressa de ir de um lugar para o outro.

4. E comprando online ainda rola mais desconto

Viajar de ônibus custa pouco. O valor pode ser menor ainda se você comprar pela internet. O site Rede Expressos oferece 5% de desconto, e além disso, em alguns dias a compra de bilhetes de ida e volta também tem preço reduzido.

5. Alugar carro também é uma boa opção

Pixabay

Alugar um carro faz com que você consiga chegar facilmente em locais que o transporte público não costuma alcançar, sem falar que há uma boa economia de tempo. No site RentalCars é possível pesquisar valores de alugueis e calcular se essa alternativa é interessante para sua viagem — e seu bolso.

6. Ao andar pelas Estradas Nacionais, você evita pedágios

As autoestradas de Portugal são muito bem cuidadas e sinalizadas, mas contam com diversos pedágios. Uma opção é dirigir pelas Estradas Nacionais, que não exigem pagamentos. É importante ficar de olho na velocidade máxima, que não passa de 90 km/h: há radares por todo o percurso.

7. Alguns sites reúnem os melhores descontos

Sempre é bom contar com a ajudinha da internet na hora de gastar menos. Além do site Comboios de Portugal, há o aplicativo Métro (disponível para Android e IOS), que disponibiliza mapas e rotas de trens e comboios em pelo menos 400 cidades pelo mundo.

8. Ao viajar de avião, opte pelas empresas de baixo custo

Como Portugal não é um local muito grande, as viagens de avião são rápidas e acessíveis. Ryanair e EasyJet são as empresas com voos com o menor custo.

9. Ir de táxi também pode sair em conta

Pixabay

Em dias de chuva ou passeios noturnos, considere pegar um táxi. No site RadiTaxis você pode ter uma previsão de quanto custa as viagens que pretende fazer. O Uber também está disponível em Portugal, e pode ser mais uma opção de transporte.

Tem mais alguma dica para reduzir custos pelas terras lusitanas? Coloque nos comentários e auxilie outros viajantes!