Dresden: um guia completo dessa histórica cidade alemã

Escrito por Sheila Almendros

Dresden é uma cidade carregada de história, e seus edifícios e monumentos refletem toda essa trajetória. Mesmo com toda essa bagagem cultural e atrações encantadoras, a cidade não é uma rota comum entre os turistas que vão até a Alemanha, mas aqueles que se arriscam a fugir da obviedade jamais se arrependem.

A seguir você conhecerá inúmeros motivos para conhecer Dresden: desde seus atrativos, suas curiosidades, entre outras informações importantes para que a sua viagem seja completa.

Mapa de Dresden

Dresden é a capital do estado da Saxônia, na Alemanha. A cidade fica às margens do rio Elba e possui cerca de 540 mil habitantes, fazendo fronteira com a República Tcheca.

A distância entre Dresden e a famosa Berlim é de apenas 193,3 km, levando cerca de duas horas de carro para chegar de uma cidade a outra. É possível também fazer a viagem de ônibus pela cia FlixBus, que é a opção mais barata, ou de trem, que apesar de ser mais caro, é também a forma mais rápida.

6 curiosidades sobre Dresden

Antes de conhecer a cidade alemã pessoalmente, que tal conhecer um pouco de sua história e algumas curiosidades?

  1. Durante a Segunda Guerra Mundial em 1945, Dresden servia como base estratégica dos nazistas, e por isso ela foi alvo de um controverso bombardeio que matou cerca de 25 mil pessoas depois que 1300 bombas foram lançadas. Como a guerra estava praticamente terminada, dizem que a ação foi mais criminosa do que estratégica;
  2. Por conta deste bombardeio, a capital da Saxônia foi reerguida das cinzas, já que durante a guerra inúmeros vestígios arqueológicos de 7 mil anos atrás foram destruídos;
  3. Dresden é conhecida como “a Florença de Elba” pela mistura de sua beleza natural e sua incrível arquitetura clássica. Ela serviu de residência dos reis da Saxônia até o final da primeira guerra mundial, e por isso, a arquitetura barroca se tornou o símbolo da cidade;
  4. Em Dresden está a Fábrica Transparente da Volkswagen, e ela é aberta para visitação. Os amantes de carro não podem deixar de fazer um tour por lá;
  5. Evite viajar para Dresden próximo ao dia 13 de fevereiro. Isso porque a data é marcada por grandes manifestações de neonazistas e antifascistas, e os conflitos entre os dois grupos podem forçar o fechamento de algumas vias e atrações;
  6. O principal meio de transporte público são os trams – uma versão mais moderna dos bondinhos. Eles funcionam 24 horas e percorrem praticamente toda a cidade. Os bilhetes variam entre unitários, semanais ou tickets de grupo e podem ser adquiridos nas máquinas amarelas presentes na maior parte das estações;

Tome nota dessas informações para que sua viagem se torne ainda mais completa!

O que fazer em Dresden

As principais atrações de Dresden ficam no centro da cidade e podem ser conhecidas a pé. Muitas não abrem em alguns dias da semana, portanto, fique de olho na programação. Veja as opções que não podem faltar em seu roteiro:

1. Residenzschloss – Castelo de Dresden

Conhecido também como Palácio Real de Dresden, Residenzschloss é uma das construções mais antigas de Dresden, e por muitos anos serviu de residência de duques e reis da Saxônia da casa de Wettin. Seu mix de estilos arquitetônicos representam as diversas expansões que o edifício recebeu, e atualmente todos os pavilhões abrigam os museus Grünes Gewölbe, Münzkabinett, Kupferstich-Kabinett e Rüstkammer. Você pode visitar todas as atrações de quarta a segunda por 21 euros, exceto o Historisches Grünes Gewölbe, que tem ingresso a parte por 12 euros.

2. Theaterplatz – Praça do Teatro

A praça mais importante da cidade não só abriga a estátua do Rei Johann montado em um cavalo, como também é rodeada por diversas atrações imperdíveis, como Hofkirche, a Ópera Semper e o Palácio Zwinger. Antes de escolher qual delas você conhecerá primeiro, aproveite o espaço para contemplar a arquitetura do entorno, que é encantadora!

3. Hofkirche – Catedral de Dresden

Também conhecida como Catedral da Santíssima Trindade, Hofkirche foi construída entre 1738 e 1751 e é a maior igreja da Saxônia. Ela é um dos edifícios mais prejudicados pelo bombardeio de 1945, mas foi totalmente restaurada durante os anos 1980. Visite gratuitamente o seu interior de segunda a quinta das 9h às 17h, sexta das 13h às 17h, sábado das 10h às 17h e domingo das 12h às 16h.

4. Semperoper

Semperoper é a mais famosa casa de ópera da Alemanha, e seu edifício passou por duas importantes reconstruções: a primeira em 1878, após um grande incêndio que destruiu boa parte do prédio em 1869, e a segunda em 1985, quarenta anos depois de ter sido bombardeada na Segunda Guerra Mundial. Você pode visitar a atração por um tour guiado, com ingressos por 11 euros, ou escolher uma data de apresentação de uma das orquestras mais antigas do mundo, a Sächsischen Staatskapelle.

5. Zwinger

Construído em 1709, Zwinger era originalmente uma praça destinada a festas e torneios. Dez anos depois os palácios do entornos foram erguidos em estilo rococó, para abrigar estufas para laranjais e frutas cítricas. Atualmente essas edificações recebem milhares de visitantes por ano que procuram pelos museus Gemäldegalerie Alte Meister (Galeria dos Velhos Mestres), o Dresdener Porzellansammlung (Coleção de Porcelana de Dresden) e o Mathematisch-Physikalischer Salon (Salão Real de Matemática e Instrumentos Físicos). Os ingressos para os 3 museus custam 10 euros, mas caso queira conferir somente um deles, o ingresso avulso custa 6 euros cada. A entrada dos jardins é gratuita.

6. Fürstenzug – Processão dos Príncipes

Esse imenso mural pintado entre os anos 1871 e 1876 representa uma procissão a cavalo dos governantes da Saxônia, celebrando os 800 anos da dinastia de Wettin. Em 1904, a pintura foi substituída por 23 mil pastilhas de porcelana, preenchendo os seus 102 metros de comprimento. Para tirar várias fotos desse histórico monumento, é só se dirigir até a rua Augustusstraße, 01067.

7. Neumarkt – Nova Praça do Mercado

Chamada de nova praça, a Neumarkt foi inaugurada no século XVI, dois séculos depois da sua vizinha mais velha, a Altmarkt. O local passou por reconstruções ao longo dos anos: uma depois da Guerra dos Sete Anos, e outra depois do bombardeio de 1945. Entre algumas atrações do entorno, está a opção a seguir.

8. Frauenkirche – Igreja de Nossa Senhora

Essa igreja luterana é uma das mais importantes da cidade, servindo como cartão postal de Dresden. Ela foi inicialmente construída para abrigar uma igreja católica no século XVIII, e possui uma das maiores cúpulas do continente. Depois do bombardeio de 1945, suas ruínas foram deixadas como um memorial de guerra durante 50 anos até a sua reconstrução, em 1994. Você pode visitar gratuitamente o seu interior de segunda a sexta, das 10h às 12h e das 13h às 18h (os horários variam nos finais de semana), e subir até o domo por 8 euros de segunda a sábado, das 10h às 16h, e de domingo das 12h30 às 16h.

9. Brühl’s Terrace

Atrás de grandes edifícios históricos está o Brühl’s Terrace, o Balcão da Europa, nas margens do Lago Elba. Muitos turistas e moradores caminham pelo local apreciando a paisagem, e é possível assistir à movimentação por ali e também o cair do dia sentado em um dos banquinhos. Não só as construções arquitetônicas mas também a paisagem natural rende lindos cliques. Aproveite!

10. Altmarkt – Striezelmarkt

No coração do centro histórico de Dresden está a praça mais antiga da cidade. Entre as atrações do entorno, o visitante também poderá curtir as feirinhas sazonais realizadas no espaço, como o Festival de Outono. Aproveite para se deliciar com as deliciosas comidas regionais e adquirir algumas peças artesanais.

11. Kreuzkirche

Construída entre os anos 1764 e 1800, a Kreuzkirche é uma igreja luterana em estilo barroco, que substituiu uma igreja gótica inaugurada no século XV. Ela foi totalmente danificada pelo fatídico bombardeio de 1945, e foi parcialmente restaurada, servindo como memorial de guerra. Vale a pena agendar a sua visita durante a apresentação do tradicional coral Dresdner Kreuzchor, que existe há mais de 700 anos! A entrada na igreja é gratuita e os horários variam de acordo com o dia e temporada, mas é possível subir até o alto da torre e apreciar a vista do entorno por 4 euros.

12. Prefeitura de Dresden

A prefeitura da cidade é mais uma atração reconstruída pós guerra. E é possível notar as partes originais do edifício pelas cores e materiais utilizados em cada repartição. O estilo renascentista prevalece em sua arquitetura, e algumas esculturas chamam a atenção, como os leões em bronze em frente aos portões dourados e a estátua de Hércules de 5 metros de altura no alto da cúpula do relógio. Aliás, é nessa torre que está o observatório mais popular da cidade, que oferece a melhor vista para o centro histórico. O local está aberto para visitação diariamente de maio a outubro, das 10h às 18h.

13. Albertinum

Inaugurado em 1887 para homenagear Albert, um antigo Rei Saxão, o museu Albertinum tem um acervo que exalta a arte moderna, com muitas esculturas e cerca de 300 pinturas datadas do século XIX. Grandes nomes como Vincent van Gogh e Claude Monet são facilmente encontrados em seus departamentos, e podem ser conferidos de terça a domingo, das 10h às 18h, por 10 euros (com audioguia incluso).

14. Japanisches Palais – Palácio Japonês

Esse lindo edifício barroco fica às margens do Rio Elba, e foi construído em 1715 para armazenar a coleção de porcelana japonesa de Augustus, o Forte. Como o local nunca foi usado para devidos fins, acabou se tornando uma biblioteca, e hoje abriga três museus: o Museu de Etnologia de Dresden (Museum für Völkerkunde Dresden), o Museu Estatal da Pré-História (Landesmuseum für Vorgeschichte) e o de História Natural (Senckenberg Naturhistorische Sammlungen Dresden). Durante o verão, o local recebe alguns shows e festivais — vale a pena conferir a programação caso a sua viagem esteja marcada para essa temporada.

Mesmo com a destruição quase completa da cidade, a reconstrução de Dresden ao longo dos anos manteve toda a sua história e beleza, que impressionam todos os viajantes.

Onde ficar em Dresden

Nessa charmosa cidade alemã há opções de hospedagens para todos os tipos de bolsos. Confira:

Cityherberge – $$

Em ótima localização próximo ao centro e preços tentadores, o Cityherberge é um hostel bem charmoso, com decoração moderna e jovial. A casa oferece café da manhã e wi-fi gratuitos, aluguel de bicicletas, escrivaninha no quarto e dormitórios para família.

  • Endereço: Lingnerallee 3, 01069.

Star Inn Hotel Premium – $$$

O Star Inn Hotel Premium fica pertinho de grandes pontos turísticos da cidade, como o Altmarkt e o Katholische Hofkirche. O local é pet friendly, oferece wi-fi gratuito, ar condicionado, geladeira e cofre nos quartos e armazenamento de bagagem.

  • Endereço: Altmarkt 4, 01067.

Bulow Palais – $$$$

Pertinho do Brühl’s Terrace, o Bulow Palais é a opção perfeita para quem busca por romantismo e sofisticação. Com serviços de quarto e concierge, o local é conhecido por sua qualidade, que te faz se sentir como um cliente especial. A estrutura ainda conta com academia, spa, bar e lounge, e o hóspede ainda pode usar a vontade o wi-fi por conta da casa.

  • Endereço: Koenigstr, 14.

De hostels a hotéis 5 estrelas, certamente a sua estadia em Dresden será inesquecível.

Restaurantes em Dresden

A variedade gastronômica presente em Dresden agrada todos os paladares. Conheça as opções mais populares:

Curry 24

Comida boa, rápida e barata, o Curry 24 oferece o tradicional fast food alemão, com café da manhã, almoço, jantar e drinks. O carro chefe da casa é o Currywurst, uma salsicha de porco cortada e temperada com ketchup ao curry, servida com batata frita — não deixe de experimentar.

  • Endereço: Wilsdruffer Str. 24.
  • Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 23h.

Alte Meister

Com uma vista excelente para a Praça do Teatro, o Alte Meister oferece um cardápio com poucas, mas deliciosas opções. O local serve café da manhã, almoço e lanches, e o prato mais elogiado é a carne de cervo com suco de cranberry e fatias de maçã.

  • Endereço: Theaterplatz 1.
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h.

Estancia Beef-Club

O sofisticado Estancia Beef-Club oferece o melhor do Steakhouse, com churrasco europeu e drinks, servidos no almoço e jantar. A casa possui diversos cortes de carnes de diferentes nacionalidades, que podem ser degustados com um bom vinho a sua escolha.

  • Endereço: Bautzner Str. 93.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 12h à 0h.

Já sabe onde fará as suas refeições em Dresden?

20 fotos de Dresden que são de arrancar suspiros

Veja os melhores cliques dessa fantástica cidade alemã, que te deixarão com ainda mais vontade de viajar:

1. Dresden é uma cidade histórica formada por uma arquitetura extraordinária

2. E uma organização estrutural de cair o queixo

3. Seus edifícios e praças narram a história da cidade

4. Que foi reconstruída ao longo dos anos

5. Preservando a sua história de maneira intacta

6. Que nenhum bombardeio conseguiu destruir

7. Aproveite para conhecer cada detalhe da cidade

8. Seja no solo ou no alto de um observatório

9. Mas de qualquer ângulo, Dresden é encantadora

10. Seja inverno ou verão, a beleza está em cada esquina

11. As igrejas de Dresden surpreendem por suas ricas estruturas

12. E pessoas importantes na história estão presentes pela cidade

13. E os eventos sazonais animam ainda mais a viagem

14. A torre do relógio se destaca no edifício da prefeitura

15. Dresden na neve é ainda mais charmosa

16. E durante o verão, os palácios recebem festivais incríveis

17. Falando em palácios, o de Albrechtsberg vai te encantar

18. As praças da cidade também oferecem eventos durante todo o ano

19. E mesmo as praças vazias são dignas de cliques fantásticos

20. Pensando bem… em que lugar de Dresden não é incrível?

Dresden é mais uma opção para visitar durante sua viagem à Alemanha, além de Berlim. Aproveite cada atração e volte cheio de histórias para contar.

PARA VOCÊ