Madri: 15 pontos turísticos imperdíveis para incluir em seu roteiro

Escrito por Clara Fagundes

A Espanha conquistou, no ano passado, o posto de segundo país mais visitado do mundo. Não é para menos: com paisagens deslumbrantes e cidades vivas como Madri, Barcelona e Sevilha, raro é o turista que nunca pensou em colocar o país em seu roteiro de viagens.

Se você não contraria a estatística e sonha em visitar a Espanha — Madri, principalmente — ou já está com a viagem marcada, prepare-se para definir o roteiro, saber sobre o clima madrilenho e os melhores pontos turísticos da cidade.

Mapa de Madri

Localizada sobre o rio Manzanares e bem no centro do país, Madri é a capital e a maior cidade da Espanha — a segunda maior da União Europeia. Sua área urbana abrange um total de 604,3 de quilômetros quadrados. Algumas cidades próximas que valem passeios bate e volta são: Toledo (70km), Aranjuez (50m) e Segóvia (90km).

Temperatura em Madri

  1. Verão em Madri: O verão madrilenho é seco e quente. A sensação térmica chega a passar dos 40 °C e o mês mais quente é julho. Se você não se importa de passar calor, faça piqueniques e aproveite os dias mais longos da estação, que chegam a ter Sol até às 21h30min.
  2. Outono em Madri: Este é um dos melhores períodos para visitar Madri. A cidade fica colorida de folhas secas, as temperaturas ficam mais suaves, com média de 15 °C em outubro até 9 °C no fim de novembro. Você vai querer tirar fotos de tudo!
  3. Inverno em Madri: Para o clima da Espanha, o inverno em Madri é bastante frio, embora seja raro nevar. O mês mais gelado é janeiro, com média de 6 °C. O clima é seco, com algumas chuvas congelantes. O melhor do inverno madrilenho é que são comuns dias de céu totalmente limpo, perfeitos para passeios ao ar livre.
  4. Primavera em Madri: Junto com o outono, é a alta temporada turística e o melhor período para viajar para Madri. Os dias passam das 11h de Sol, com temperatura média de 22 °C. A cidade fica linda, florida e mágica nessa estação.

15 pontos turísticos em Madri para incluir no roteiro

Madri é uma cidade cheia de charmes, surpresas e pontos turísticos imperdíveis. Se você está perdido em meio a tanta variedade, não se preocupe. Abaixo, estão as atrações turísticas que valem a pena priorizar enquanto estiver na cidade.

1. Puerta del Sol

Considerada como o quilômetro zero da cidade, a Puerta del Sol fica no centro madrilenho e é um dos principais pontos turísticos de Madri. É também casa da Estátua do Urso e do Medronheiro, símbolo da cidade.

2. Plaza Mayor

Aclamada, com justiça como uma das praças mais bonitas do país, a Plaza Mayor foi erguida no século XV e hoje é um dos principais ícones da cidade. É comum os visitantes sentarem no chão para apreciar a beleza dos prédios históricos ao seu redor.

3. Parque del Buen Retiro

Destino de muitos madrilenhos aos finais de semana, o parque foi inaugurado em 1787 e tem ótima estrutura. Lá dentro, visite o Palácio de Cristal (sempre com alguma exposição), aproveite uma das lanchonetes ou alugue barquinhos para passear no lago.

4. Gran Vía

Apelidada de Broadway madrilenha, a Gran Vía é a principal avenida de Madri e um prato cheio para quem ama peças de teatro e filmes. Abriga incontáveis restaurantes, lojas de todos os tipos e cinemas. Vale um passeio de uma tarde inteira.

5. Palácio Real

O Palácio Real, como o próprio nome já denuncia, é a residência oficial do Rei da Espanha. Considerado o maior de toda a Europa em sua categoria, fica localizado na Plaza de Oriente. Por isso, já aproveite a visita para dar um pulo na Catedral de la Almudena, que abre das 10h às 18h (de outubro a março) e das 10h às 20h (de abril a setembro). A entrada é gratuita para cidadãos da UE, residentes e portadores de visto de trabalho e ibero-americanos, com certificação da nacionalidade ou visto de residência/trabalho. Isso inclui brasileiros, viu?

6. Plaza de España

Visite a Plaza de España durante o seu passeio pela Gran Vía. A avenida passa pela praça, que possui diversos monumentos que homenageiam Miguel de Cervantes, escritor madrilenho que ficou famoso pela obra-prima Dom Quixote.

7. Templo Debod

O Templo de Debod foi um presente do governo egípcio para a Espanha, Pertinho do Palácio Real, e é impossível não notar esse monumento incrível durante o passeio; uma réplica perfeita de uma construção egípcia de 2200 anos atrás.

8. Círculo de Bellas Artes

Fundado em 1880, o Círculo de Bellas Artes abriga mais de 3000 livros e de 1200 obras, entre pinturas, esculturas, gravuras e monumentos arquitetônicos. Há ainda um mirante em seu terraço, que possui uma vista linda de Madri. Imperdível!

9. Mercado de San Miguel

Este é o último mercado na cidade com estrutura de ferro original do início do século XX. O Mercado de San Miguel fica ao lado da Plaza Mayor, localizado na Plaza de San Miguel. Um local ideal para quem deseja experimentar diferentes iguarias madrilenhas.

10. Museo del Prado

O Museu do Prado fica no famoso Triângulo da Arte de Madri. Ele é considerado o museu mais importante do país e abriga obras de Velázquez, El Grego, Tiziano, Goya, Rafael, entre outros. É um passeio indispensável. Dica: é gratuito nas últimas 2 horas antes do seu fechamento.

11. Reina Sofia

Também no Triângulo da Arte, Reina Sofía é outro museu que vale a visita. Ele expõe a Guernica, um dos mais impactantes e conhecidos quadros de Picasso. Tem entrada gratuita aos domingos à tarde.

12. Palácio de Cibeles

Com entrada gratuita, o Palácio de Cibeles abriga um centro cultural chamado CentroCentro. A sua programação sempre tem opções de palestras, exposições, workshops, concertos e eventos variados. Fica a 230 metros do Museu Naval e a pouco mais de 300 metros do Círculo de Bellas Artes. Vale muito a pena!

13. La Latina & Lavapiés

Dois bairros próximos e centrais de Madri que merecem ser explorados de uma vez só. Em La Latina, aproveite os bares de tapas e o mercado de pulgas El rastro, que acontece aos domingos. Em Lavapiés, explore a riquíssima oferta gastronômica com culinária das mais diferentes culturas. O bairro também possui uma ótima oferta de opções noturnas!

14. Museu Naval

O Museu Naval foi finalmente inaugurado em 1843 pela Rainha Isabel II e fica pertinho do Triângulo da Arte. Ele aborda a história naval espanhola e é pouco conhecido do grande público. Ou seja, um achado. Aproveite para conhece-lo tranquilamente, sem grandes filas.

15. Chueca

Próximo à Gran Vía e em pleno centro da cidade, Chueca é um bairro famoso por sua vida noturna, mas também é rico em gastronomia e arte. Não deixe de visitar o Museu do Romantismo por lá. Alguns restaurantes que valem a pena conferir: Gastromaquia, La Casa dei Pazzi e Dionisos.

Roteiro de 4 dias em Madri

Madri é uma cidade cheia de charmes e surpresas, mas pode ser muito bem explorada em 4 dias. É tempo suficiente para conhecer os principais pontos turísticos da cidade, sem perder aquela vontade de voltar, porque ainda há mais coisas a serem exploradas. Os roteiros estão divididos em regiões e podem ser feitos a pé, da primeira à última atração listada a cada dia. A sequência faz sentido em questão de distância e a duração de cada passeio é apenas uma sugestão, já que depende de fatores como: gosto pessoal, clima, fome e horário de início do roteiro do dia:

Dia 1:

  • Puerta del Sol: Endereço: Plaza de la Puerta del Sol, s/n, 28013. Duração: 1 hora.
  • Plaza Mayor: Endereço: Plaza Mayor, 28012. Duração: 30min.
  • Mercado de San Miguel: Endereço: Plaza de San Miguel, s/n, 28005. Duração: 1 hora e 30min.
  • Palácio Real: Endereço: Calle de Bailén, s/n, 28071. Duração: 2 horas.
  • Plaza de España: Endereço: Plaza de España, 28008. Duração: 1 hora.
  • Templo Debod: Endereço: Calle Ferraz, 1, 28008. Duração: 30min.
  • Restaurante Cuenllas: Endereço: Calle Ferraz, 3, 28008.

Dia 2:

  • Gran Vía: Endereço: Calle Gran Vía, Madri. Duração: 3 horas.
  • Restaurante BLoved: Endereço: Calle Gran Vía, 7-9, 28013.
  • Palacio de Cibeles: Endereço: Plaza Cibeles, 1, 28014. Duração: 1 hora e 30min.
  • Museo del Prado: Endereço: Paseo del Prado, s/n, 28014. Duração: 2 horas.
  • Círculo de Bellas Artes: Endereço: Calle de Alcalá, 42, 28014. Duração: 1 hora.
  • Restaurante Ático: Endereço: Calle Marqués de Valdeiglesias, 1, 28004.

Dia 3:

  • Parque del Buen Retiro: Endereço: Plaza de la Independencia, 7, 28001. Duração: 2 horas.
  • Museu Naval: Endereço: Paseo del Prado, 5, 28014. Duração: 50min.
  • Bairro Chueca: Endereço: 28004, Madri. Duração: 1 hora e 30min.
  • Restaurante Kuoco 360 : Endereço: Calle de San Bartolomé, 14, 28004, Chueca.

Dia 4:

  • Bairro La Latina: Endereço: 28005, Madri. Duração: 1 hora e 30min.
  • Bairro Lavapiés: Endereço: 28012, Madri. Duração: 2 horas.
  • Reina Sofia: Endereço: Calle de Santa Isabel, 52, 28012. Duração: 1 hora e 30min.
  • Restaurante Oliveto: Endereço: Calle de Santa Isabel, 45, 28012.

E então, qual dia de roteiro chamou mais a sua atenção? Para você que já foi a Madri: qual passeio é absolutamente imperdível na cidade? Deixe sua opinião aqui nos comentários para ajudar outros viajantes!

PARA VOCÊ