Mucugê: conheça as belezas desse destino na Chapada Diamantina

Escrito por Liz Santana

Mucugê é um dos municípios que compõem o Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia. A cidade reserva muitas surpresas, sobretudo para quem ama paisagens, e recebeu esse nome por causa do fruto que é encontrado na região. Portanto, se você deseja conhecê-la, te daremos ótimas dicas de como chegar, onde ficar e dos principais pontos turísticos para você visitar.

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

Onde fica Mucugê

Mucugê é uma cidade típica do interior e está localizada a 479 km de Salvador, capital baiana. Ela fica bem perto dos municípios de Igatu e Andaraí e de algumas das principais cachoeiras e trilhas do Parque. Ou seja, você poderá desbravar toda a região de carro. Se você quer saber mais, confira quais são as atrações principais e imperdíveis.

O que fazer em Mucugê

Mucugê é cercada de belezas naturais, com várias espécies de plantas e animais. A cidadezinha é bem pequena e possui casinhas coloridas e construções bem antigas, tais como igrejas e coreto. Não podemos deixar de mencionar a comida local, que também é deliciosa. Ficou curioso? Então, veja o que fazer na cidade!

1. Conhecer o Parque Natural Municipal de Mucugê

Primeiramente, ao chegar na cidade, você deve conhecer a história do Parque Natural de Mucugê. Aliás, um orientador ambiental ou um guia turístico estará apto a te levar para um tour pela cidade e pela Praça dos Garimpeiros, além do Projeto Sempre Viva. Por fim, você saberá um pouco mais sobre a história local, que é marcada pela atividade garimpeira.

2. Visitar o Cemitério Bizantino

Para algumas pessoas, a ideia de passar por um cemitério é assustadora. No entanto, em Mucugê, o Cemitério Bizantino é um ponto turístico e uma atração imperdível. O local possui várias lápides brancas, que se assemelham muito às igrejas góticas, e as construções são datadas do século XIX. Portanto, esse cartão postal é parada obrigatória.

3. Cachoeira dos Funis

A cachoeira dos Funis faz parte do roteiro que nos leva ao Vale do Pati. As suas águas refrescantes e calmas são convidativas para um banho e amenizam o calor das trilhas. Além disso, as paisagens do caminho até chegar ao local são lindíssimas. Seguindo mais adiante, é possível chegar na Cachoeira das Sete Quedas, que mostraremos mais adiante.

4. Museu Vivo do Garimpo

Primeiro ponto de garimpo da região, Mucugê possui um museu que se destina a contar a história da cidade. Aliás, os seus moradores costumam valorizar bastante seu passado e, no museu, estão registrados objetos utilizados e réplica de diamantes que foram encontrados. Por fim, a visita contempla uma trilha para cachoeiras como Piabinha e Tiburtino, além da visitação ao laboratório de pesquisas.

5. Cachoeira do Buracão

É quase impossível ir à Mucugê e não conhecer a Cachoeira do Buracão, na vizinha Ibicoara. Afinal, essa é uma das atrações mais visitadas da Chapada. Depois de 3 km de trilha, você irá se deparar com um local perfeito para tomar um banho e descansar. Certamente, ficará encantando com a queda d’água, que possui 85 metros de altura.

Continua após o anúncio

6. Cachoeira da Moça Loira

Sem dúvidas, essa é uma das cachoeiras mais próximas da cidade e é muito visitada, sobretudo em tempos de chuva. A sua trilha é considerada curta e de fácil acesso – aliás, ela é de areia e não há a necessidade de guia. Se você é um aventureiro raiz, poderá partir do centro de Mucugê e ir de bike conhecer a cachoeira.

7. Passeio para o Poço Azul/Poço Encantado

Se você estiver em Mucugê, não deixe de fazer um passeio para o Poço Azul e o Poço Encantado. As suas formações rochosas, em conjunto com o sol, formam um lindo espetáculo visual na água, que fica bem azulzinha – um trabalho perfeito da natureza. Enfim, essa é uma experiência sensacional para o visitante. Bem próximo está também a Pratinha, outro local igualmente incrível.

8. Cânion das Sete Quedas

O Cânion das Sete Quedas nos leva por um caminho de sete cachoeiras, partindo de Mucugê. A caminhada leva 2h, ou seja, são 7 km de caminhada, passando pela Cachoeira das Andorinhas e pela Cachoeira dos Funis. Inegavelmente, esse é um dos destinos mais procurados por turistas do Brasil e de outras partes do mundo.

9. Cachoeira da Fumacinha

A Fumacinha possui um paredão de 280 metros e proporciona uma vista fantástica. No entanto, ela só deve ser feita com um guia, pois são praticamente 18 km de caminhada por rochas e passando pelo rio. Antes de tudo, é importante salientar que a Fumacinha fica num local diferente da Cachoeira da Fumaça, localizada no Vale do Capão.

10. Cachoeira do Tiburtino

Por fim, a Cachoeira do Tiburtino é uma das que fazem parte do Projeto Sempre Viva. A entrada custa R$ 20 e você ainda terá acesso a outras atrações. O local é perfeito para admirar a natureza, descansar e se refrescar. Aliás, a trilha dura 25 minutos, não exige muito esforço físico e pode ser feita inclusive por crianças.

Há uma variedade de cachoeiras na região de Mucugê, mas, se estiver de carro, por que não dar uma volta e conhecer as cidades vizinhas? Essa é uma ótima forma de se aventurar e descobrir atrações maravilhosas.

Clima em Mucugê

O clima em Mucugê costuma ser bem agradável, com dias de sol e noites com temperatura mais amena. Assim como toda região da Chapada Diamantina, a cidade tem invernos bem frios, enquanto no verão faz bastante calor. Por isso, antes de ir, é bom consultar a previsão para saber quais tipos de roupa você deve levar.

Onde se hospedar

A cidade de Mucugê é considerada uma das melhores para se hospedar na região da Chapada Diamantina. Mesmo sendo pequena, ela possui opções de hotéis com preços variados e que atendem todos os perfis de visitantes. Olha só:

  • Hostel Mucugê – $: o hostel é a primeira opção para viajantes que estão em busca de hospedagens mais em conta. Mesmo com instalações bem simples, o local possui wi-fi gratuito, varanda com vista e cozinha livre. Sem dúvidas, essa é a opção mais barata.
  • Pousada Guiné – $$: já a Vila Guiné possui um ótimo café da manhã, é bastante calma e possui uma equipe bastante acolhedora. Ela é considerada uma das melhores da região e tem um ótimo custo-benefício.
  • Recanto da Chapada – $$$: a pousada possui recepção 24h e salas de uso comum e para reuniões. Por fim, se estiver em busca de aventuras, você encontrará trilhas e atividades de ciclismo bem perto da pousada.
  • Pousada Monte Azul – $$$$: finalmente, essa última dica de pousada é a mais cara e a mais completa de todas. O local possui sala de TV com lareira para os dias frios, pisos de madeira e tem uma decoração bem rústica. Ou seja, o local é bastante confortável.

Por fim, você pode optar também por outras pousadas que ficam na região. Caso prefira, poderá alugar casas por lá ou então acampar. A melhor opção fica a cargo do visitante!

Mais fotos de Mucugê para se apaixonar pela Chapada Diamantina

Mucugê e as cidades da região seguem sendo as primeiras opções de passeio, tanto para os baianos quanto para turistas dos estados no entorno. Com essas fotos, você vai entender porque deve conhecer esse local o quanto antes!

1. Impossível visitar Mucugê e não se apaixonar

2. A cidade tem sua história marcada pelo garimpo

3. E por lugares curiosos

4. Sem falar nas suas belezas naturais

5. E nos cenários que transmitem paz

6. De lá, você poderá conhecer outras regiões

7. Como o Vale do Pati

8. O Poço do Diabo

9. E a Pratinha

10. Mas poderá também ficar por perto

11. E aproveitar a experiência

12. Que será uma das melhores da sua vida!

Além de Mucugê, existem muitas outras cidades lindas na região. Portanto, se você tiver mais tempo, não deixe de conhecer os outros municípios da Chapada Diamantina e descobrir porque essa região é tão visitada.

 
   

PARA VOCÊ