Saiba como aproveitar as atrações encantadoras da Chapada Diamantina

Viajar para a Chapada Diamantina é ter a oportunidade de conhecer um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. O local é repleto de atrações naturais e está localizado na Bahia. Assim, confira dicas e informações sobre esse destino maravilhoso!

Publicidade

Onde fica a Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina fica no centro do estado da Bahia. É um destino muito famoso, que atrai diversos visitantes apaixonados por natureza e ecoturismo. Localizada a 420 km de Salvador, a região recebeu esse nome por ter sido uma área rica em diamantes em meados do século XIX.

Atualmente, o local ocupa uma área de mais de 38 mil metros quadrados no interior da Bahia. Além disso, possui paisagens belíssimas, cachoeiras com poços de água cristalina e grutas com raras formações rochosas perfeitas para os viajantes mais aventureiros.

Como chegar

A maioria dos visitantes chegam até o destino a partir da cidade de Lençóis, por ser o município mais próximo e de fácil acesso. Para quem vai viajar de avião, basta desembarcar no Aeroporto de Lençóis e iniciar a jornada pela Chapada Diamantina. Entretanto, também é possível ir para a cidade partindo de Salvador e o trajeto dura cerca de 5 horas de carro.

A visita à Chapada Diamantina não precisa focar apenas em Lençóis. Depois de conferir as atrações dessa cidade, você pode viajar para as demais cidades que formam a Chapada Diamantina. Por isso, confira a seguir quais são as principais cidades da região e se prepare para montar o seu roteiro.

Cidades que compõem a Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é uma região bem extensa, composta por 24 municípios baianos. Todos eles se destacam pela sua beleza natural e recebem diversos turistas, principalmente aqueles que gostam de aventura. Conheça a seguir os principais municípios desse destino.

  • Lençóis: considerada a principal cidade da Chapada Diamantina, Lençóis é a porta de entrada para esse destino e apresenta uma boa estrutura para receber os visitantes. O Morro do Pai Inácio é uma das principais atrações dessa cidade, que se tornou uma importante referência turística da Bahia;
  • Palmeiras: a cidade de Palmeiras é local de muitas atrações, como Vale do Capão e o Morro do Pai Inácio. É um município com um patrimônio cultural formado por casarões coloniais, como o Museu da Cidade;
  • Andaraí: com apenas 13 mil habitantes, Andaraí é um destino muito visitado. O município chama a atenção pelas suas atrações naturais, como o Poço Azul, e pela sua arquitetura, com construções que remetem ao século XVIII;
  • Itaetê: a 140 km de Lençóis, a cidade de Itaetê é famosa por ser a sede do Poço Encantado e por estar rodeada de cachoeiras e grutas. Possui apenas 16 mil habitantes e um grande potencial para o turismo ecológico;
  • Mucugê: Mucugê é uma cidadezinha encantadora que possui diversas igrejinhas, casinhas coloridas e construções antigas. O local também é rodeado por grutas, cachoeiras e rios. Se você ficou curioso, as principais atrações da cidade são o Poço Encantado e o Cemitério Bizantino;
  • Ibicoara: localizada ao sul do Parque Nacional da Chapada Diamantina, Ibicoara é um município que possui diversos atrativos naturais e opções de passeio. Algumas das atrações que se destacam na cidade são a Cachoeira da Fumacinha e a Cachoeira do Buracão;
  • Iramaia: um dos lugares mais visitados da Chapada Diamantina, Iramaia é um município pequeno, banhado pelo Rio Paraguaçu. É um destino ideal para fazer trekking, montanhismo e visitar atrações como a Gruta da Lapinha e a Cachoeira da Raposa.

Você pode visitar diversos outros municípios na Chapada Diamantina, mas não esqueça de incluir essas cidades no seu roteiro de viagem e selecionar os passeios que mais combinam com você.

Publicidade

Dicas e informações para aproveitar sua viagem à Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é um destino turístico bem extenso e com muitos pontos a explorar. Por isso, confira algumas dicas importantes para que você possa aproveitar ainda mais a sua viagem a esse paraíso:

  • Quando visitar a Chapada Diamantina: é possível visitar a região em qualquer período do ano. No verão, o passeio pode ser mais agradável e no inverno não há incidência de chuvas fortes. Então, se você prefere um clima mais ameno, pode viajar no outono ou até mesmo no inverno;
  • Quantos dias ficar: é interessante permanecer pelo menos uma semana na Chapada Diamantina para poder desfrutar dos principais passeios da região. Mas se você deseja conhecer o destino com mais calma e aproveitar mais a viagem, precisa ficar entre duas a três semanas;
  • Pacote de viagem: a ideia de comprar um pacote de viagem pode ser vantajosa em alguns casos, mas é preciso avaliar o contexto geral. Você deve analisar se o pacote de viagem atende às suas expectativas, principalmente quanto a atrações e até mesmo ao preço;
  • Custo da viagem: dependendo das atrações que você vai visitar, o custo total da sua viagem pode ser elevado. Por isso, é importante se programar e elaborar um planejamento financeiro antes de viajar;
  • Principais picos da Chapada Diamantina: uma ótima opção de passeio é conhecer os picos da Chapada Diamantina. Entre eles, os principais são o Pico do Barbado, o Pico do Itobira, o Pico das Almas e o Pico dos Frios. Você só precisa escolher a opção ideal e depois se aventurar;
  • Cachoeiras: existem mais de 300 cachoeiras na Chapada Diamantina, o que torna quase impossível conhecer todas elas em apenas uma viagem. Entretanto, você pode escolher algumas delas e acrescentar ao seu roteiro de viagem;
  • Grutas: esse destino também é repleto de grutas e cavernas. Você pode aproveitar a sua viagem para conhecer algumas das grutas da Chapada Diamantina. Algumas das mais famosas são a Gruta da Torrinha e a Gruta da Pratinha.

Estas dicas podem ajudar a simplificar o seu planejamento de viagem. Não esqueça de priorizar no seu roteiro as principais atrações que você deseja conferir nesse destino maravilhoso!

O que fazer na Chapada Diamantina

As diversas cidades da Chapada Diamantina guardam atrações incríveis que merecem ser exploradas e apreciadas. Confira a seguir alguns dos principais passeios que você vai poder curtir nesse destino:

1. Morro do Pai Inácio

O Morro do Pai Inácio é uma das principais atrações desse destino, pois carrega uma história muito curiosa. Segundo a lenda local, o lugar recebeu esse nome porque um escravo chamado Inácio, que vivia no morro, mantinha um romance com a sobrinha de um coronel da região. A história de amor foi descoberta por jagunços do pai da moça e Inácio saltou de cima do morro com um guarda-chuva, que foi um presente de sua amada. A subida do morro é considerada fácil, pois há escadas que simplificam o trajeto.

2. Poço Encantado

Considerada uma das atrações mais belas da Chapada Diamantina, o Poço Encantado é uma caverna com um grande poço de água cristalina. Com uma profundidade que varia entre 20 e 60 m, é possível ver nitidamente o fundo do Poço Encantado devido à transparência da água. A caverna também impressiona pela sua extensão de 98 m de comprimento por 49 m de largura. A taxa para conhecer a atração é de R$ 40 por pessoa, já com o aluguel do equipamento de flutuação. A caverna fica aberta à visitação diariamente, das 8h às 17h.

3. Cachoeira da Fumaça

Com 340 m de queda d’água, a Cachoeira da Fumaça fica rodeada de grandes paredões rochosos que formam uma paisagem espetacular. Ela pode ser admirada tanto pela parte de baixo quanto pela parte de cima. Entretanto, a maioria dos visitantes escolhem fazer a trilha, que possui 12 km de ida e volta, para admirar a imensidão da cachoeira lá do topo. Mas se você não é muito adepto a trilhas, pode aproveitar para se refrescar na parte de baixo da Cachoeira da Fumaça.

4. Pantanal de Marimbus

O Pantanal de Marimbus é uma grande área pantanosa localizada próximo à Fazenda Marimbus, a 149 km da rodovia BA-142. O local conta com uma rede de lagoas interligadas de águas tranquilas, provenientes do Rio São Francisco. É possível desfrutar de um passeio de barco que dura cerca de 1h30m e apreciar as belas paisagens da região. A taxa por visitante custa R$ 30. Além disso, você pode fazer uma trilha de 20 minutos e chegar até outra atração belíssima, a Cachoeira do Roncador.

5. Vale do Capão

O Vale do Capão é uma pequena vila localizada em Caeté-Açu, na cidade de Palmeiras. Com grandes formações geológicas, o local atrai muita gente interessada em fazer passeios mais tranquilos e se conectar com a natureza. A pequena vila possui apenas três ou quatro ruas, mas é palco de alguns eventos que acontecem aos fins de semana na praça. Você vai poder aproveitar shows de rua, comprar artigos na feirinha e até participar da Festa de São Sebastião, que acontece entre os dias 15 a 23 de janeiro.

6. Gruta da Pratinha

A Gruta da Pratinha fica localizada na Fazenda Pratinha, no município de Iraquara, a 73 km de Lençóis. A taxa de visitação é de R$ 40, mas o turista pode curtir outras atividades na fazenda, como passeio de pedalinho, tirolesa e caiaque. A visita dura em média 40 min e o local dispõe de um guia turístico que vai passar as orientações para o visitante durante todo o passeio. Na mesma fazenda você pode visitar a Gruta Azul e a apenas 10 km fica localizada a Gruta da Lapa Doce.

Publicidade

7. Rio Mucugêzinho e Poço do Diabo

Localizado a 18 km de Lençóis, o Rio Mucugêzinho oferece aos turistas uma ótima opção para banho em suas águas tranquilas. E o melhor é que próximo ao rio você vai encontrar também o Poço do Diabo e a Cachoeira do Diabo. No Poço do Diabo você vai encontrar uma boa estrutura para visitantes, com lanchonete, lojinha de souvenires e banheiro. Esse é o passeio ideal para passar o dia ou apenas uma tarde.

8. Complexo Arqueológico Serra das Paridas

A 40 km da cidade de Lençóis você vai poder fazer um passeio histórico no Centro Arqueológico Serra das Paridas. O lugar recebeu esse nome por causa da variedade de pinturas rupestres de mulheres grávidas nas rochas. A entrada custa R$ 25 por pessoa e você também pode contratar um guia para aproveitar melhor o passeio e conhecer mais sobre aspectos históricos da atração.

9. Cachoeira do Mosquito

A Cachoeira do Mosquito fica a 40 km de Lençóis, no Complexo Turístico Fazenda Santo Antônio. Para chegar até ela é preciso percorrer uma trilha simples de 1,2 km. Ficou conhecida por esse nome devido aos pequenos diamantes que eram encontrados em seu solo e que eram chamados de mosquitos pelos garimpeiros da época. A taxa de acesso à cachoeira é de R$ 30 e na entrada da fazenda há um restaurante em que é possível fazer uma refeição antes ou depois do passeio.

10. Gruta da Torrinha

A Gruta da Torrinha também outra caverna muito visitada da Chapada Diamantina. Localizada na Aldeia da Torrinha, no município de Itaquara, a gruta se destaca por possuir formações rochosas únicas e impressionantes. Ela é considerada uma das cavernas com mais diversidade de estalactites do mundo. O preço para a visitação é a partir de R$ 30, dependendo do tipo de roteiro escolhido pelo turista.

Publicidade

11. Parque Nacional da Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapada Diamantina é uma grande área de preservação ambiental que conta com diversas atrações naturais, como rios, grutas e cachoeiras. Na parte mais montanhosa do parque existem picos que podem chegar a até 2 mil metros de altura. Você pode aproveitar o passeio para tirar belíssimas fotos, se conectar com a natureza e admirar as paisagens. A sede do parque fica na cidade de Palmeiras, mas ele também abrange os municípios de Andaraí, Lençóis, Mucugê, Palmeiras, Ibicoara e Itaetê.

12. Restaurante Quilombola

Depois de conhecer as principais atrações da Chapada Diamantina, nada melhor do que provar o melhor da culinária local. O Restaurante Quilombola oferece diversos pratos, entre os quais se destacam o godó de banana, escondidinho, carne do sol, moquecas e o apanhari frito, um prato exclusivo com influência da comunidade quilombola da região. O local também serve pizza na chapa, massas e o tradicional filé à Parmegiana.

Com tantas atrações para explorar, pode ser até difícil decidir o que visitar primeiro. Por isso, elabore o seu roteiro de viagem com calma, elencando os principais pontos que você deseja conhecer da Chapada Diamantina.

Onde se hospedar

Existem diversas opções de hospedagem para quem vai visitar a região da Chapada Diamantina. Inclusive, por ser uma região extensa, você pode escolher diferentes cidades para se hospedar e aproveitar muito mais as suas férias. Veja:

  • Donanna Hostel & Tours – $: o Donanna fica localizado a apenas 700 metros da estação rodoviária da cidade de Andaraí. O local organiza passeios que incluem atividades como mergulho com snorkel e trilhas a pé pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina. Possui também restaurante, churrasqueira e acesso Wi-Fi gratuito nas áreas comuns.
  • Hospedagem João de Barro – $$: situada na Rua do Brancos em Caeté-Açu, a mais ou menos 1400 m da Vila do Capão, a Hospedagem João de Barro é um lugar aconchegante e simples com vista para as montanhas. A pousada possui um bom custo-benefício e também disponibiliza uma piscina natural para que os visitantes possam curtir ainda mais a sua estadia;
  • Pousada Villa Bella – $$$: situada na cidade de Palmeiras, a Pousada Villa Velha fica a apenas 700 m da estação rodoviária e a 18 km do Vale do Capão. A hospedagem oferece suítes privativas em um ambiente aconchegante e acessível. Você também pode aproveitar para fazer uma trilha nos arredores da pousada;
  • Suites Casa de Ban – $$$$: o Suites Casa De Ban fica localizado no centro de lençóis, a 29 km do Morro do Pai Inácio e a 24 km do Aeroporto de Lençóis. É uma hospedagem domiciliar que oferece acomodações simples e serve café da manhã em estilo buffet ou americano.
  • Villa Justen Pousada – $$$$$: a Villa Justen Pousada possui uma localização atrativa, a apenas 500 m do centro de Lençóis. Você ainda pode se hospedar nos charmosos chalés com vista para o jardim, totalmente equipados para atender as suas necessidades.

Antes de escolher o seu hotel ideal, verifique o seu roteiro de viagem e as principais atrações que você deseja conhecer. Você também pode se organizar para se hospedar em locais diferentes e explorar ao máximo as atrações perto da sua hospedagem.

12 fotos encantadoras da Chapada Diamantina para admirar cada canto desse destino

A Chapada Diamantina é repleta de paisagens maravilhosas e impressionantes. Veja a seguir alguns cliques que foram feitos nesse destino turístico:

1. Visitar a Chapada Diamantina pode ser uma experiência incrível

2. Um passeio perfeito para quem ama a natureza

3. Para pessoas que buscam relaxar em uma cachoeira

4. E principalmente para quem gosta de aventura

5. Você vai encontrar paisagens belíssimas nesse destino

6. Se você é adepto ao ecoturismo

7. Esse pode ser o destino ideal para as suas próximas férias

8. A Chapada Diamantina conta com diversos atrativos naturais

9. E com atividades que vão alegrar os seus dias

10. Curta cada momento do seu passeio

11. Selecione as melhores atividades

12. E prepare-se para conhecer os encantos da Chapada Diamantina!

Cada paisagem da Chapada Diamantina se destaca pela sua beleza natural, por isso é importante selecionar seus passeios favoritos e aproveitar o máximo que cada atividade tem a oferecer.

Um pouquinho mais da Chapada Diamantina para se encantar com esse destino

Nada melhor do que assistir vídeos de um destino que você pretende conhecer, não é mesmo? Então, confira a seguir alguns vídeos que mostram um pouco da experiência de viajar para a Chapada Diamantina:

O que fazer na Fazenda Pratinha

Nesse vídeo, confira algumas atividades que você pode fazer na Fazenda Pratinha e aproveite para dar uma olhada rápida na Gruta Pratinha. O local é perfeito para passar uma tarde ou até mesmo alguns dias, dependendo do tipo de atração que você mais gosta de curtir.

Conhecendo o Pantanal Marimbus

Veja no vídeo a seguir como é a experiência de visitar o Pantanal Marimbus. Se você pretende visitar essa atração, certamente vai gostar de todos os detalhes que são mostrados no vídeo.

Trilha da Cachoeira da Fumaça

Confira um pouco da experiência de visitar a Cachoeira da Fumaça. Prepare-se para fazer uma trilha moderada e depois curtir a paisagem de uma das maiores cachoeiras do Brasil. Esse vídeo é importante principalmente para pessoas que são iniciantes em trilha.

E então, o que você achou desse verdadeiro paraíso do ecoturismo? A Bahia possui destinos turísticos inesquecíveis e a Chapada Diamantina é apenas mais um exemplo disso. Se você pretende viajar para a região, que tal conhecer um pouco mais sobre Salvador?