11 praias escondidas em São Paulo que você deve visitar um dia

Escrito por Sheila Almendros

Quer pegar uma praia neste verão, mas quer fugir da muvuca das areias mais movimentadas da temporada? Conheça algumas opções no litoral paulista que poucas pessoas conhecem e, por isso, o sossego (e belas paisagens conservadas) é garantido!

1. Praia do Cabelo Gordo, São Sebastião

Só é possível chegar até esta praia na maré baixa, pois o caminho é entre as pedras a partir da Praia das Pitangueiras. Mas engana-se se você acha que é possível mergulhar nesta água limpinha aí: esta é uma área ambiental exclusiva para estudos do Centro de Biologia Marinha da USP. A universidade oferece também uma visita guiada.

2. Calhetas, São Sebastião

Não é permitido acessar este paraíso de carro, pois a praia fica dentro de um condomínio fechado, entre Toque Toque Grande e Toque Toque Pequeno. Mas vale a pena a caminhada para aproveitar cada segundo do dia e dar um mergulho neste mar azul.

3. Jureia, São Sebastião

Areia e mar limpinhos, longe da civilização e da grande movimentação do litoral norte. Jureia também possui uma lagoa, perfeita para dessalgar o corpo depois de um banho de mar.

4. Praia Brava, São Sebastião

Um dos recantos preferidos dos surfistas, e o nome já anuncia o motivo. O acesso da Praia Brava é difícil, feito somente de barco ou por trilha bem pesada (são 40 minutos de subida). Aproveite para se refrescar na cachoeira ao lado da praia – depois da caminhada, você vai precisar!

5. As Ilhas, São Sebastião

Para chegar até este intocável destino de águas tranquilas, é necessário pegar um barco a partir da Barra do Sahy, ou para os mais corajosos, uma travessa com caiaque pode adicionar uma pitada de aventura ao seu dia.

6. Praia do Cedro, Ubatuba

Quem vai a Praia do Cedro vive uma experiência incrível em meio à natureza, pois além de ser um lugar completamente deserto e de natureza intacta, é possível nadar entre os peixes, estrelas do mar e, se der sorte, avistar baleias e tartarugas.

7. Praia do Sangava, Santos – Guarujá

Antes de curtir um dia nadando nas piscinas naturais da Praia do Sangava, você precisará fazer uma longa caminhada de uma hora e meia aproximadamente para chegar até lá. Se der sorte, arranje um barco para diminuir o tempo de seu percurso.

8. Praia do Camburizinho, Guarujá – Bertioga

Camburizinho é tão escondida que pode ser facilmente confundida com a outra praia com o mesmo nome em São Sebastião. Mas esta fica em uma trilha muito conhecida para quem vai para a famosa Prainha Branca, também entre Guarujá e Bertioga, mas a movimentação por aqui é bem menor que sua vizinha. Você pode separar uma barraca e dormir por lá no único camping disponível na região.

9. Praia da Caveira, Ilhabela

Outra praia perfeita para mergulhar entre os peixes. Barcos partem a partir da Praia do Perequê rumo à este inalcançável destino paradisíaco, envolto pela Mata Atlântica.

10. Bonete, Ilhabela

Podemos dizer que a Praia de Bonete é uma linda recompensa depois de uma longa caminhada. A trilha de 4 horas é feita em meio à vegetação intocada e a sugestão é se refrescar em algumas das cachoeiras encontradas no percurso. Mas não pense que este destino é só para aventureiros: é possível chegar por lá de barco também.

11. Praia do Caramborê, Peruíbe

Dentro da Estação Ecológica Juréia-Itatins há a Praia do Caramborê, um local com piscinas naturais, mar, rios e trilhas, ideal para passar o dia e se desligar do mundo. E apesar de deserta, o acesso nem é tão complicado: são 10 minutinhos de caminhada a partir da Estrada Peruíbe-Una.

Vai encarar um dia de aventura para desbravar estes locais incríveis? Não esqueça do protetor solar!

PARA VOCÊ