Parque Nacional Chapada das Mesas: o paraíso das águas no cerrado maranhense

Chapada das Mesas é um parque nacional que abrange várias cidades do Maranhão. Além de ser uma unidade de conservação, com rica diversidade animal, lagos, paisagens, trilhas e cachoeiras, o destino conta com ótima infraestrutura para receber turistas. Conheça o complexo natural que te levará para o paraíso do ecoturismo!

Publicidade

Onde fica a Chapada das Mesas

No interior do Maranhão, quase na divisa com Tocantins, está localizado o Parque Nacional da Chapada das Mesas. O destino é uma unidade de conservação que abrange as cidades de Riachão, Estreito e Carolina. Essa última é a principal porta de entrada para as atrações. Porém, o Complexo Turístico Poço Azul (destino mais procurado) fica em Riachão, a 130 km de Carolina.

Como chegar

Como já dito, Carolina é a principal entrada para o Parque Nacional Chapada das Mesas. A cidade está a 840 km da capital São Luís, a 500 km de Palmas e a 800 km de Teresina. Para chegar até Carolina, o ideal é pousar no aeroporto de Imperatriz (MA) e percorrer de veículo 4X4 cerca de 200 km. Outra possibilidade é o aeroporto de Araguaína (TO), a 120 km. No entanto, a primeira opção é mais procurada, pois há mais voos.

Também é possível pegar um ônibus de Imperatriz até Carolina pela companhia JR4000. A rodovia que conecta os dois municípios possui uma boa conservação. Contudo, se estiver partindo de outras cidades do estado, prepare-se para alguns chacoalhões, pois Maranhão tem um pavimento classificado como péssimo e ruim.

O que fazer na Chapada das Mesas para criar experiências inesquecíveis

Após percorrer muitos quilômetros ou horas de voo, você não vai querer ficar poucos dias na Chapada das Mesas. Então, comece a pensar em um roteiro de pelo menos 4 dias. Assim, será possível aproveitar as principais atrações, são elas:

1. Parque Nacional Chapada das Mesas

O Parque Nacional Chapada das Mesas conta com mais de 160 mil hectares. A entrada só é permitida com guia autorizado e veículo 4×4 devido às difíceis estradas. Para quem chega por Carolina, vale a pena começar o passeio pela Cachoeira São Romão e a Cachoeira da Prata. Ambas abertas ao público e a 80 km da cidade.

A São Romão possui uma queda de 30 metros e uma paisagem incrível. Antigamente, era possível chegar por trás da cachoeira, porém não é mais permitido, pois é local de reprodução das andorinhas. A da Prata, com 25 metros, também tem seus encantos. Se você quer tomar um banho, prefira a primeira, pois a segunda é profunda e mais perigosa. Por fim, saiba que é preciso pagar para acessar as duas atrações. Os valores variam de R$ 10 a R$ 20 cada entrada.

Publicidade

2. Complexo Turístico Poço Azul

O Complexo Turístico Poço Azul reúne cachoeiras, grutas, piscinas naturais com cores esverdeadas e atividades de ecoturismo. O destino está na cidade de Riachão e oferece infraestrutura completa, desde hospedagens e restaurantes até trilhas por passarelas de madeira. Para entrar, é preciso pagar em torno de R$ 60. Quando estiver por lá, não deixe de passar pela cachoeira Santa Bárbara, uma das mais conhecidas, com 76 metros de altura.

3. Complexo Pedra Caída

Pedra Caída também é um complexo turístico particular, com cachoeiras e atividades de ecoturismo. O destino está localizado a 28 km do centro de Carolina. Para entrar no local, você pagará em torno de R$ 60. A infraestrutura é ótima com restaurante e área de lazer. Nesse ponto, é possível comprar passeios para cachoeiras e trilhas incríveis. Cada atração custa em torno de R$ 30 a R$ 50.

A Cachoeira do Santuário está entre as atividades mais procuradas. Você precisará fazer uma pequena trilha de 600 metros, muito divertida, com passarelas de madeira e até escadas. Outras cachoeiras famosas são: da Caverna, do Capelão, do Garrote e da Porteira. Uma das maiores tirolesas do Brasil e um teleférico também estão nesse complexo. Além disso, há um hotel com quartos simples e confortáveis.

4.Morro do Chapéu

O Morro do Chapéu tecnicamente não está dentro do parque. Entretanto, está tão próximo que também possui regras de proteção e conservação. Contrate um guia e prepare o fôlego para uma trilha de nível difícil devido às subidas e os trajetos em meio às pedras. São apenas 500 metros, mas é preciso preparo. Lá do alto, você terá uma visão magnífica.

5.Portal da Chapada

De frente para o Morro do Chapéu está a rocha mais famosa da Chapada das Mesas. A pedra possui um buraco centralizado, formando um portal e uma moldura espetacular. Partindo de Carolina, é preciso percorrer 20 km e fazer uma breve caminhada para chegar à atração.

O Portal da Chapada é muito visitado no nascer e no pôr do sol. Chegando lá, tire algumas fotos, desligue o celular e contemple a natureza. Isso se o espaço não estiver muito lotado. Às vezes, é preciso entrar na fila para conseguir um retrato. O horário de funcionamento é das 7h às 17h30 e o preço para subir é de R$ 20. Cuidado com as rajadas de vento: elas são bem fortes por lá!

6. Cachoeiras

A cidade de Carolina é conhecida como o Paraíso das Águas, pois possui 89 cachoeiras populares. Além das já mencionadas, há outras que você pode incluir no roteiro. A Cachoeira da Aldeia do Leão é perfeita para quem busca um dia de tranquilidade. Ela não é muito procurada pelos turistas, possui uma pequena queda e está a 10 km do centro de Carolina. A entrada custa em torno de R$ 5.

Já a Cachoeira de Itapecuru está a 25 km de Carolina. Ela possui a melhor infraestrutura com restaurante, bar, estacionamento e até uma pousada. A propriedade é particular e o ingresso custa R$ 30. Outra opção é a Cachoeira do Dodô que fica a 30 km do centro de Carolina. A entrada custa R$ 10. Com tantas belezas naturais, não esqueça de colocar roupa de banho na mala!

7. Encanto Azul

Quando estiver no Complexo Turístico Poço Azul, não deixe de ir ao Encanto Azul, um lago com águas cristalinas escondido entre formações rochosas. Você precisará fazer uma curta caminhada por escadas para chegar ao destino. Por causa da iluminação, o melhor horário para visitar o lago é das 12h às 14h. Por estar em propriedade particular, o preço de entrada é a partir de R$ 30.

Publicidade

8. Pôr do Sol no Rio Tocantins

A cidade de Carolina é rodeada pelo Rio Tocantins. Uma das atividades dos turistas é assistir ao pôr do sol deslumbrante. Você pode procurar restaurantes à beira-rio ou até mesmo contratar um barqueiro para um passeio emocionante. É uma atração para fechar a viagem com chave de ouro, não é mesmo?

Para aproveitar todas as atividades, é importante conhecer o destino previamente. No próximo tópico, confira dicas e informações que te ajudarão a se preparar para uma viagem inesquecível.

Dicas e informações importantes para desbravar a Chapada das Mesas

Com águas agradáveis, as cachoeiras atraem famílias, grupos de amigos e aventureiros. Há opções para as crianças se divertirem e opções para elevar a adrenalina. Quando for elaborar seu roteiro, considere as informações abaixo:

  • Melhor época do ano para ir: na estação seca, de maio a setembro, porém julho é a melhor opção. Na época de chuvas, algumas trilhas são fechadas e as visitas aos morros são proibidas devido ao risco de raios.
  • Contrate guias: para chegar às principais atividades, seja cachoeiras, trilhas ou mirantes naturais, você precisará percorrer muitas quilometragens em uma imensidão quase deserta e por muitas estradas de terra. Por isso, o ideal é contratar guias.
  • Alugue um carro: se você não quiser contratar agência, é recomendável a locação de carros, pois as atrações são distantes e nem sempre há opção de transfer nas pousadas. Uber ou táxi também se tornam caros e nem sempre é possível encontrar motoristas por lá.
  • Onde comer em Carolina: os restaurantes são simples, mas a maioria oferece comidas ideais que dão força para todas as atividades ao longo do dia.
  • Quanto custa visitar Chapadas das Mesas: além das passagens aéreas, transfer, locação de carros, hospedagem e alimentação, considere o preço das cachoeiras e passeios. Por pessoa, você gastará a partir de R$ 2000, dependendo das opções escolhidas, mais econômicas ou não.

Em alguns locais, não há sinal de internet. Então, faça tudo o que precisa de conectividade na pousada ou no hotel antes de sair para os passeios. A seguir, confira ótimas opções de hospedagens.

Publicidade

Onde se hospedar

Além dos hotéis localizados no Complexo Turístico Pedra Caída e no Poço Azul, há opções de hospedagens simples em Carolina, a cidade com melhor infraestrutura. Confira abaixo, as principais:

  • Ventanas Hotel Boutique – $$: uma hospedagem fantástica em Carolina. Os quartos são pequenos, simples e aconchegantes. A cordialidade dos funcionários e a limpeza são os destaques. O café da manhã não é estilo buffet, mas é delicioso. Há uma piscina para os hóspedes.
  • Pousada das Lajes – $$: instalações simples, mas confortáveis para uma noite de descanso. O espaço é rodeado pela natureza e possui uma estrutura de lazer com piscina, bar e restaurante.
  • Rancho das Estrelas – $$: se você procura algo mais confortável, pode ficar nesse rancho. Os chalés são espaçosos, a infraestrutura é completa e a decoração é rústica. A desvantagem é que fica a cerca de 40 km de Carolina.
  • Pousada dos Candeeiros – $$: um casarão histórico no centro de Carolina. As instalações são simples com wi-fi, jardim e piscina. O custo-benefício é ótimo.

Entre todas as hospedagens, as mais procuradas são as que estão dentro de complexos turísticos particulares, como o Hotel no Poço Azul e o Hotel da Pedra Caída. Entretanto, prepare-se para pagar um valor mais alto.

10 fotos encantadoras da Chapada das Mesas para sentir a energia do local

Use roupas e calçados confortáveis, boné ou chapéu e uma mochila com itens essenciais. Prepare-se para tirar muitas fotos, pois as paisagens do cerrado brasileiro merecem os cliques. Abaixo, confira alguns registros de quem já passou pela Chapada das Mesas:

1. Pegue estradas quase desertas para chegar às atrações

2. No portal da Chapada, vale contemplar o nascer do sol

3. Depois, comece o tour pelas cachoeiras

4. No Complexo turístico Pedra Caída, visite a cachoeira do Santuário

5. O Morro do Chapéu é acessado por uma trilha cansativa, mas que vale a pena

6. Viaje para Riachão e conheça o Poço Azul

7. Ao retornar para Carolina, assista o pôr do sol no Rio Tocantins

8. Aproveite a estrutura de hotéis simples e confortáveis

9. Você vai andar bastante, mas há passarelas que conectam até as principais atrações

10. Por fim, entregue-se aos encantos do cerrado brasileiro!

Chapada das Mesas é um paraíso nacional que guarda muitas riquezas e curiosidades. No próximo tópico, veja uma seleção de vídeos com mais informações e dicas. Afinal, quanto mais conhecimento, mais você estará preparado para a aventura.

Um pouquinho sobre a Chapada das Mesas para ficar por dentro do destino

Se você pesquisar sobre a atração Poço azul, umas das atividades da Chapada das Mesas, pode aparecer resultados sobre a atração baiana Poço azul na Chapada Diamantina. Esse destino também é superlegal, no entanto, cuidado para não misturar as informações. A seguir, confira alguns vídeos selecionados para deixar o roteiro bem organizadinho:

Um guia superinteressante

Acompanhe o vídeo do canal Estruturando Ideias para visualizar as principais atrações da Chapada das Mesas. São mais de 20 minutos com muitas informações importantes para o turista de primeira viagem. Aperte o play!

Um passeio até o Poço Azul

Na Chapada das Mesas, uma das principais atrações é o Complexo Turístico do Poço Azul em Riachão. Acompanhe a aventura da Cia Trip que passou por todas as atividades do local. Os cenários são deslumbrantes, há várias curiosidades sobre a flora e dicas incríveis.

Conheça o Complexo da Pedra Caída

Embarque com essa família, conhecida por viajar em uma kombi, até a Pedra Caída. O vídeo mostra desde a estrada até o complexo turístico, bem como a estrutura de guias que leva os turistas até uma das cachoeiras mais bonitas do destino.

Os melhores lugares para tirar fotos

Acompanhe o Rota Livre Pelo Mundo até o lago Encanto azul. As águas cristalinas com um surpreendente tom azulado garantem lindas fotos. Veja algumas imagens aquáticas que te ajudarão a conhecer melhor o destino.

Gostou de conhecer as principais atrações da Chapadas das Mesas? Muitos turistas aproveitam que estão pela região e visitam a famosa Rota das Emoções. O Nordeste te espera!