Courchevel: dicas para curtir o luxuoso resort de esqui francês

Escrito por Flávia Resende

Para quem não tem medo do frio e deseja viajar para um lugar onde tenha muita neve, aventura e também tranquilidade, o resort de esqui de Courchevel é uma boa opção. As pistas do resort são indicadas para esquiadores profissionais e também para iniciantes. O nível de dificuldade das pistas vai mudando de acordo com a altitude. Para exemplificar, as pistas de Courchevel 1300 são mais tranquilas para iniciantes, e as de Courchevel 1850 são indicadas para os profissionais.

Se você está planejando embarcar nessa aventura, selecionamos fotos e algumas opções de lazer para sua viagem a Courchevel. Confira!

Courchevel: onde fica

A estação de esqui Courchevel fica localizada nos Alpes franceses e é parte de Les Trois Vallées (Três Vales, em português) juntamente com Meribel e Val Thorens, formando a maior área esquiável interligada do mundo, com 600 km de pistas. A estação compreende pequenas vilas que ganharam novos nomes, mas são mais conhecidas por seus nomes antigos: Courchevel 1100 (Saint-Bon), Courchevel 1300 (Le Praz), Courchevel 1550 (Village), Courchevel 1650 (Moriond) e Courchevel 1850.

Distância de Paris: 501,37 km.

Melhor época para ir a Courchevel

  • Janeiro: de acordo com as informações meteorológicas, no fim do mês há grande quantidade de neve. O período mais frio, iniciado em dezembro, continua. As temperaturas podem chegar a -3,3ºC. Está em segundo lugar como mês com maior número de turistas.
  • Fevereiro: as temperaturas atingem -3,4ºC. É o início do período mais seco, com menos chances de chuvas. É um dos meses em que Courchevel está mais cheia de turistas.
  • Março: início da primavera. Mês moderadamente frio.
  • Abril: mês mais seco e com poucas chances de ocorrer chuva e neve nos primeiros dias do mês.
  • Maio: fim da primavera. É provável que haja chuvas mais para o fim desse mês.
  • Junho: as chuvas iniciadas no fim de maio continuam. Marca o início do verão, que vai até agosto. Tem temperaturas que podem chegar a 24.7ºC.
  • Julho: é o mês com o terceiro maior número de turistas. As temperaturas podem atingir 26.8ºC.
  • Agosto: as temperaturas podem atingir 26.4ºC.
  • Setembro: início do outono. Pode ser um pouco frio devido ao vento e à umidade. Marca o início da baixa temporada, que vai até novembro.
  • Outubro: a baixa temporada continua e os hotéis oferecem preços de hospedagem bem mais acessíveis.
  • Novembro: mês em que a estação recebe o menor número de turistas.
  • Dezembro: início do inverno. Essa é a melhor época para esquiar em Courchevel, principalmente por volta do dia 17, quando a neve fresca é mais profunda.

Para quem quer esquiar, a melhor época para viajar para a estação é dezembro. Se a prática do esqui não for seu principal objetivo na viagem, o mês de novembro recebe poucos turistas e é a época mais barata para viajar para o local. Os preços de voos e hospedagem são mais caros durante os meses de fevereiro, janeiro e julho, nessa ordem.

Courchevel 1850

Com várias encostas voltadas para o norte, o resort possui pistas que agradam dos esquiadores iniciantes aos profissionais. Com seus restaurantes e bares com estrelas Michelin e muitas opções de aventura além das pistas de esqui, a estação é a maior e a mais glamourosa do mundo.

A 1.850 metros de altitude, o resort oferece estabelecimentos de luxo cinco estrelas. Um destino caro, Courchevel também é uma boa opção para quem gosta de fazer compras, inclusive de itens de marcas de luxo, conhecer a culinária local e aproveitar a vida noturna. Possui aeroporto privado e é um dos destinos preferidos dos ricos e famosos.

1. A temporada de esqui começa em novembro

2. É recomendado levar um mapa das pistas para não se confundir

3. Saborear um crepe Saint-Jacques nos restaurantes locais é uma boa pedida

4. Perfeito para quem quer apreciar as belezas da neve

5. Casol Villas France tem luxuosos chalés a apenas cinco minutos da estação de esqui

6. A temporada de esqui termina no fim de abril

7. Um bom vinho pode ser degustado no Le Wine Bar Bordeaux

8. O palácio Cheval Blanc Courchevel 1850 se destaca pela estrutura e pela localização

9. Lá, você encontra uma massa suculenta para ser degustada com um bom vinho

10. As esculturas de Richard Orlinski dão cor ao branco da paisagem

Opções de entretenimento não faltam em Courchevel 1850. Além das pistas de esqui, os visitantes podem se divertir em uma pista de patinação no gelo, boliche, uma parede de escalada coberta, um cinema, passeio de trenó, entre outros.

Courchevel 1300 (Le Praz)

Saint-Bon e Le Praz eram as duas maiores vilas antes do resort de Courchevel ser fundado em 1946. Tem o nome Courchevel 1300 devido à sua localização, a 1.300 metros de altitude.

Uma vila tradicional, Le Praz possui chalés e pequenas ruas estreitas que fazem da vila um destino muito autêntico.

11. É recomendado que os iniciantes no esqui contratem um instrutor

12. Em abril, o inverno vai chegando ao fim e é o mês mais seco de Courchevel

13. Le Praz é uma vila tradicional tranquila com elevador direto para Courchevel

14. À noite não faltam hotéis e chalés aconchegantes para recuperar as energias

15. Destino ideal para quem procura um lugar mais sossegado

16. No sopé de Courchevel, Le Praz é uma autêntica vila alpina francesa repleta de belos chalés de madeira tradicionais

17. O La Petite Bergerie tem uma lareira e é conhecido por servir um dos melhores fondues de queijo dos Les Trois Vallées.

18. O bar e restaurante La Cave des Lys vai fazer você voltar no tempo

19. Na temporada de esqui, Le Praz ainda é uma vila tranquila, se comparada a Courchevel

20. A capela Sainte Marie Madeleine é um dos pontos de visitação da vila

Courchevel 1300 fica a apenas oito minutos de Courchevel 1850 por teleférico ou ônibus gratuito, com uma pista de esqui que leva de volta para a aldeia. A vila é ideal para quem deseja uma viagem de paz e tranquilidade

Courchevel 1550

Entre os resorts de Courchevel, esse é o mais procurado por famílias. É onde moram as pessoas que têm casa no local. A vila tem um teleférico que vai diretamente a Courchevel 1850. No entanto, como Courchevel 1550 e 1850 saem na mesma parte da montanha, as pistas ficam cheias e não são recomendadas para iniciantes na prática de esqui.

21. Em Courchevel 1550 não pode faltar um café bem quentinho para se aquecer nos dias frios

22. Há muitos chalés na vila e alguns deles contam com serviço de spa e até cinema

23. Courchevel 1550 fica localizada logo abaixo de 1850

24. O restaurante La Chapelle 1550 é indicado para quem busca um lugar aconchegante que serve comida tradicional

25. As esculturas de Richard Orlinski também são parada obrigatória em Courchevel 1550

26. O Chalet Eiger Monch oferece acomodações bem equipadas

27. Em uma viagem familiar, o Aquamotion garante diversão e momentos de relaxamento para a família inteira

28. Um dos pontos altos da viagem é se hospedar em chalés de madeira rústica

29. Quando a noite começa a cair, ainda dá para tirar boas fotos em Courchevel 1550 com a luz ambiente

30. Passeios de balão são algumas das atividades mais populares em Courchevel

Para quem não é expert no esqui ou snowboard é recomendado evitar Courchevel 1550 e Courchevel 1850, já que ambas saem na mesma parte da montanha, o que deixa essa área muito povoada para a prática desses esportes.

Courchevel 1650

É a estação de esqui preferida de milionários ingleses e russos. Na parte baixa da montanha, as pistas podem ser frequentadas gratuitamente, o que é excelente para os iniciantes na prática do esqui ou do snowboard. Já na parte alta é necessário adquirir um passe de acordo com as estações que você deseja frequentar (1650, 1850 ou Três Vales).

Na vila há vários tipos de hospedagens, sendo a maioria mais simples e sem luxo.

31. Para quem gosta de curtir uma bela vista, o resort Val Thorens oferece isso e muito mais

32. O Lac De La Rosiere é uma das atrações turísticas de Courchevel 1650

33. Courchevel 1650 é o destino ideal para os amantes da natureza

34. Para quem está viajando com a família, o Piou Piou Club dá aulas de esqui para iniciantes

35. O restaurante Fahrenheit Seven Courchevel tem em seu cardápio um prato com salmão que é um dos mais pedidos

36. Para os fãs de café, o restaurante também tem vários tipos da bebida para agradar a todos os paladares

37. Para quem está em busca de um lugar aconchegante, o Chalet Antares é uma das opções

38. Neve fresca cobre a paisagem deixando o cenário ainda mais encantador contribuindo para dias de tranquilidade e aventura

39. Vai viajar com seu animal de estimação? Em Courchevel 1650 é diversão garantida

40. Férias inesquecíveis têm destino certo

Em dias ensolarados, o sol brilha em Courchevel 1650 até o fim do dia, o que possibilita praticar esqui depois do almoço. Como a maior parte de suas pistas são verdes e azuis (mais fáceis), as famílias podem se divertir sem preocupação.

10 dicas para quem vai a Courchevel

  1. Seguro Viagem: contrate um seguro viagem antes de sair do Brasil. A França é um dos países que faz parte do Tratado de Schengen, por isso a contratação do seguro é obrigatória.
  2. Aluguel de equipamento de esqui: é uma das primeiras providências a tomar ao chegar ao local. O ideal é ir até uma loja que aluga os equipamentos e experimentar a bota, escolher os esquis e o capacete e informar por quanto tempo você os usará.
  3. Seguro contra roubo e estrago: é comum ter os equipamentos roubados ou danificados durante um imprevisto, por isso não deixe de contratar o seguro.
  4. Aluguel de equipamento de esqui no próprio hotel: a maioria dos hotéis cinco estrelas de Courchevel oferece serviço de aluguel dos equipamentos (esquis, capacete, bastões, botas e seguro) no próprio hotel. No entanto, o valor do aluguel é mais caro do que o praticado pelas lojas.
  5. Roupas para esquiar: ao arrumar a bagagem, coloque roupas próprias para esquiar como calça, jaqueta e luvas impermeáveis. Além de meias térmicas, blusas de manga longa de microfibra, etc.
  6. Proteção: para se proteger do frio e da neve, use sempre protetor solar, protetor labial, um gorro que cubra as orelhas ou protetor, e óculos escuros (Goggles, no caso de profissionais).
  7. Mapa das pistas de esqui: leve um mapa das pistas no bolso. Ele indica as cores das pistas para o turista saber se está de acordo com o seu nível. A pista preta, por exemplo, é inclinada e é a mais difícil, ou seja, só para profissionais.
  8. Ski Pass: é vendido nas bilheterias de onde partem e chegam os teleféricos. Ele dá acesso livre a toda a estrutura de bondinhos e teleféricos que levam para as pistas.
  9. Exercite-se antes da viagem: as pessoas que não praticam exercícios regularmente vão sentir dores no corpo igual as pessoas sentem após o primeiro dia de academia. Esquiar exige muito do corpo e é preciso ter algum condicionamento físico para evitar complicações.
  10. Etiqueta de identificação: antes de guardar os equipamentos de esqui nos armários do hotel, coloque uma etiqueta de identificação nos itens para não serem retirados por outros hóspedes por engano.

Depois de passar bons momentos esquiando, conhecendo a culinária local e se aventurando por Courchevel, aproveite também para conhecer três outras estações de esqui: Meribel, Chambery e Grenoble. Aproveite dias de muita neve e diversão!

PARA VOCÊ