Passeio de trem em SP: 12 bate e volta pelos trilhos da capital e interior

Escrito por Marta Stegani

Final de semana merece um programa para sair da rotina. Não sabe o que fazer? Que tal embarcar em um passeio de trem em SP e de quebra conhecer cidades charmosas que estão bem pertinho da capital? As ferrovias, que no século XVIII transportavam as riquezas produzidas por aqui, hoje fazem os passageiros sentirem um clima de nostalgia a bordo das locomotivas mais antigas do Brasil.

Através dos trilhos o visitante vai até Paranapiacaba, Jundiaí, Campinas e outros destinos. Ficou interessado? Então confere aqui 12 passeios pela capital e interior que vão fazer você voltar no tempo!

1. Trem Expresso de Paranapiacaba

Um dos passeios mais charmosos pelos trilhos da cidade fica no município de Santo André, bem pertinho de São Paulo. Paranapiacaba é uma vila de arquitetura inglesa considerada Patrimônio Histórico Nacional. A viagem é feita a bordo de uma locomotiva da década de 50. Durante o percurso, de aproximadamente 1h30, não tire os olhos da janela para observar a paisagem e as estações tombadas. Anualmente, no mês de julho, a vila é palco do tradicional Festival de Inverno de Paranapiacaba e recebe shows de MPB, rock, música clássica e atrações internacionais.

  • Embarque/desembarque: Estação da Luz ou Prefeito Celso Daniel – Paranapiacaba.
  • Valor de entrada: embarque na Estação Santo André – 1 usuário – R$ 44 ida e volta; 1 usuário e 1 acompanhante – R$ 77 ida e volta; 1 usuário e 2 acompanhantes – R$ 110 ida e volta. Embarque na Estação Luz – 1 usuário – R$ 50 ida e volta; 1 usuário e 1 acompanhante – R$ 82 ida e volta; 1 usuário e 2 acompanhantes – R$ 115 ida e volta.
  • Onde comprar: a passagem pode ser adquirida nas bilheterias das estações Luz e Prefeito Celso Daniel – Santo André, das 9h às 18h. Aos sábados e domingos, a bilheteria da Estação da Luz funciona a partir das 7h.
  • Horário de funcionamento: embarque aos domingos, às 8h30 na Estação da Luz ou às 9h na Estação Santo André.

2. Trem dos Ingleses

Estando em Paranapiacaba, separe um tempo para embarcar em um trem tracionado por uma Maria Fumaça de 1867, a terceira mais antiga em funcionamento no Brasil. O passeio é curto e tem duração de apenas 20 minutos e acontece dentro do pátio do Museu Ferroviário. Durante a visita é possível conhecer um museu a céu aberto e ver de perto a locomotiva mais antiga do Brasil, além de conhecer as histórias dos trilhos contadas por monitores.

  • Embarque/desembarque: Museu Ferroviário.
  • Valor de entrada: R$ 5. Passeio no carro de primeira classe de 1914 – R$ 10.
  • Onde comprar: bilheteria do Museu Ferroviário.
  • Horário de funcionamento: domingos e feriados, das 10h às 16h com saída de hora em hora.

3. Trem Expresso Mogi das Cruzes

A Estação da Luz é ponto de partida para outro destino próximo a São Paulo: Mogi das Cruzes. A cidade é conhecida como centro produtor de flores, com destaque para as orquídeas, herança da forte presença japonesa na primeira metade do século 20. O trajeto é feito em uma locomotiva da década de 50 e tem duração de aproximadamente 1h30. Desembarcando em Mogi, você pode escolher entre inúmeras atrações turísticas, com roteiros rurais, culturais e ecoculturais que são oferecidos na cidade e no próprio trem.

  • Embarque/desembarque: Estação da Luz – Mogi das Cruzes.
  • Valor de entrada: 1 usuário – R$ 50 ida e volta; 1 usuário e 1 acompanhante – R$ 82 ida e volta; 1 usuário e 2 acompanhantes – R$ 115 ida e volta.
  • Onde comprar: nas bilheterias das estações Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André.
  • Horário de funcionamento: partida às 8h30 da Estação da Luz e retorno às 16h30 na Estação Mogi das Cruzes.

4. Trem Expresso Jundiaí

A bordo de uma locomotiva da década de 50 que segue pela primeira ferrovia de São Paulo, o visitante vai até Jundiaí, uma cidade vizinha cheia de atrações. Uma delas é o Museu Ferroviário, da Cia. Paulista de Estradas de Ferro. Para quem prefere belezas naturais, conheça a Serra do Japi, onde é possível fazer trilhas e caminhadas, e o Circuito das Frutas, uma viagem nas fazendas produtoras de uva, morango, caqui e figo no entorno da cidade. Isso sem falar na bela arquitetura local, parques e feirinhas de artesanato. Durante a viagem, que dura cerca de 1h30, aproveite para observar as estações de estilo inglês, como Perus, Caieiras e Jaraguá.

  • Embarque/desembarque: Estação da Luz – Jundiaí.
  • Valor de entrada: 1 usuário – R$ 50 ida e volta; 1 usuário e 1 acompanhante – R$ 82 ida e volta; 1 usuário e 2 acompanhantes – R$ 115 ida e volta.
  • Onde comprar: nas bilheterias das estações Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André.
  • Horário de funcionamento: aos sábados, com partida às 8h30 na Estação da Luz e retorno às 16h30 na Estação Jundiaí.

5. Trem dos Imigrantes

Na mesma estação onde milhares de imigrantes chegaram no século passado após desembarcarem no porto de Santos em direção a Hospedaria dos Imigrantes, no Brás, ouve-se o apito de uma Maria Fumaça de 1922 que cruza os trilhos da Mooca e do Brás contando a história da cidade. Para reviver a experiência, os passeios são acompanhados por monitores que recriam práticas das antigas viagens de trem. O trajeto dura em torno de 25 minutos e é feito em uma locomotiva restaurada, mas que mantém as características originais, deixando o passeio ainda mais real.

  • Embarque/desembarque: sede da ABPF, na Mooca, indo até a Estação Brás. O desembarque acontece no ponto inicial.
  • Valor de entrada: vagão de 1950 – R$ 20; vagão de 1928 – R$ 25.
  • Onde comprar: sede da ABPF – R. Visconde de Paranaíba, 1253.
  • Horário de funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 11h às 16h, com viagens de hora em hora. No primeiro final de semana do mês a saída acontece na estação ferroviária do Museu da Imigração, na R. Visconde de Paranaíba, 1316.

6. Bonde Turístico Urbano

Este é um dos passeios que integram o circuito da Estrada de Ferro de Campos do Jordão. Partindo do centro de Capivari, um charmoso bondinho percorre a parte mais movimentada de Campos e vai em direção à Abernéssia, um dos bairros mais tradicionais da cidade. É lá que se encontra a igreja matriz de Campos do Jordão, o edifício que sediou um dos primeiros hotéis da cidade, o Mercado Municipal e a estrada que leva ao Palácio de Inverno e ao Auditório Claudio Santoro, onde anualmente se realizam os concertos do Festival de Inverno. O tempo do percurso de ida e volta é de aproximadamente 50 minutos e não faz paradas no caminho.

  • Embarque/desembarque: Estação Emílio Ribas à estação Vila Abernéssia.
  • Valor de entrada: R$ 12 ida e volta.
  • Onde comprar: Estação Pindamonhangaba, Estação Emílio Ribas, Estação Abernéssia e Bilheteria Portal de Campos do Jordão.
  • Horário de funcionamento: saídas aos sábados, domingos e feriados, às 15h e 16h.

7. Bonde Turístico – Portal de Campos do Jordão

Este passeio é feito naqueles simpáticos bondes vermelhos e amarelos que são a cara de Campos do Jordão. Eles partem da estação Emílio Ribas e vão até o portal de entrada da cidade em um trajeto que dura em torno de 50 minutos. As crianças vão adorar se sentar na janela e observar o trajeto e os adultos vão embarcar em uma viagem no tempo e se encantar com o charme da cidade!

  • Embarque/desembarque: Estação Emílio Ribas ao portal de Campos do Jordão.
  • Valor de entrada: R$ 16 ida e volta.
  • Onde comprar: Estação Pindamonhangaba, Estação Emílio Ribas, Estação Abernéssia e Bilheteria Portal de Campos do Jordão.
  • Horário de funcionamento: diariamente, inclusive sábados, domingos e feriados, com saídas às 11h, 12h 13h, 14h, 15h e 16h.

8. Trem Turístico Piracuama

Quem gosta daquela sensação de se sentar na janela do trem e apreciar o balanço e a paisagem vai adorar este passeio! Partindo da estação Pindamonhangaba, o trem percorre a planície rural pindense, passando por estações centenárias, até chegar à Piracuama, que fica aos pés da Serra da Mantiqueira, a qual encanta o visitante durante todo o percurso. O trajeto de ida e volta tem duração de aproximadamente duas horas e, ao chegar ao destino final, retorna à estação inicial sem parada.

  • Embarque/desembarque: Estação Pindamonhangaba à estação Piracuama.
  • Valor de entrada: R$ 13.
  • Onde comprar: Estação Pindamonhangaba, Estação Emílio Ribas, Estação Abernéssia e Bilheteria Portal de Campos do Jordão.
  • Horário de funcionamento: saídas aos sábados, às 13h30, e aos domingos, às 10h e 14h.

9. Trem do Mirante

Um dos passeios mais imperdíveis da Estrada de Ferro é o Trem do Mirante, que sai da Estação Emílio Ribas, em Campos do Jordão, em direção à Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal. A subida é um tanto quanto charmosa, passando por parte da Serra da Mantiqueira, mas a surpresa fica para o final, onde está localizado um mirante com vista para o Vale do Paraíba. A duração total do passeio é de aproximadamente 2h30 ida e volta, com uma parada de 30 minutos para contemplação. A notícia ruim é que, por questão de obras na via férrea, os trens estão fora de circulação e a previsão é que ele volte a circular na temporada de inverno de 2019.

  • Embarque/desembarque: Estação Emílio Ribas, Campos do Jordão à Estação Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal.
  • Onde comprar: Estação Pindamonhangaba, Estação Emílio Ribas, Estação Abernéssia e Bilheteria Portal de Campos do Jordão.

10. Trem da Serra

O Trem da Serra percorre belíssimas paisagens entre Pindamonhangaba e Campos do Jordão. O trajeto de 47 km passa pelo Vale do Paraíba e a Serra da Mantiqueira, faz uma parada de 30 minutos na Estação Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal, segue pelo Alto do Lajeado, o ponto mais alto da ferrovia brasileira, até chegar à Estação Emílio Ribas, em Campos do Jordão, onde o turista tem o período de três horas para desfrutar das atrações da cidade. Assim como o Trem do Mirante, este trecho também passa por obras e a previsão de retorno é para o inverno de 2019.

  • Embarque/desembarque: Estação Pindamonhangaba a Campos do Jordão.
  • Onde comprar: Estação Pindamonhangaba, Estação Emílio Ribas, Estação Abernéssia e Bilheteria Portal de Campos do Jordão.

11. Trem de Guararema

O mais novo passeio pelos trilhos de São Paulo sai da estação central de Guararema, no interior da cidade, com destino ao distrito de Luiz Carlos. O trem percorre os trilhos da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil em uma composição tracionada pela maior locomotiva a vapor em operação no Brasil. Chegando no destino final, uma estação de 1914, o visitante tem a chance conhecer uma pequena e charmosa vila com antigas residências, passear por lojas de artesanato local e parar em restaurantes e bares enquanto aguarda a viagem de retorno. O passeio tem duração total de duas horas, incluindo trajeto de ida, parada e retorno.

  • Embarque/desembarque: Estação Central de Guararema à Vila Luiz Carlos.
  • Valor de entrada: R$ 60.
  • Onde comprar: Estação Ferroviária de Guararema.
  • Horário de funcionamento: finais de semana, feriados e emendas de feriados, às 10h e às 14h30.

12. Maria Fumaça Campinas

A bordo de uma locomotiva de 1958, o visitante viaja pelos antigos trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro com destino à Jaguariúna. E não faltam atrações durante o percurso! São seis estações durante o trajeto e, ao chegar ao final, o trem faz uma pausa de 30 a 40 minutos, na qual o visitante pode sair para visitar a feirinha de artesanato, provar a cachaça artesanal da cidade e passear pela charmosa estação. Separe um tempo, pois a viagem tem duração total de 3h30.

  • Embarque/desembarque: Estação Anhumas – Campinas / Jaguariúna.
  • Valor de entrada: percurso completo – R$ 150; meio percurso – R$120. Consulte outras tarifas no site.
  • Onde comprar: Estação Anhumas ou estação de Jaguariúna.
  • Horário de funcionamento: partindo de Campinas – sábado às 10h10 para Jaguariúna e às 15h para Tanquinho; domingos e feriados às 10h10 e às 14h30 para Jaguariúna e às 16h30 para Tanquinho. Partindo de Jaguariúna – sábado às 15h para Tanquinho; domingos e feriados às 10h e 14h30 para Tanquinho e às 12h30 para Campinas.

Seja com a família, com as crianças ou até com o crush, embarque nesses passeios e curta o clima nostálgico, bucólico e pra lá de interessante!

PARA VOCÊ