11 passeios com trilhas e cachoeiras para fazer na Chapada das Mesas

Escrito por Lorena Costa

O Brasil é um país rico em chapadas, aquelas construções naturais rodeadas de montanhas, muito verde e muita água. Tem a dos Veadeiros, a Diamantina, a dos Guimarães e também tem a das Mesas, talvez a menos conhecida, mas de uma beleza de tirar o fôlego. A Chapada das Mesas fica no centro-sul do Maranhão, entre as cidades de Carolina, Riachão, Estreito e Imperatriz. São mais de 160 hectares de matas, montes, cachoeiras e grutas para você aproveitar as melhores trilhas do brasileiro.

Para ficar lá é preciso desembolsar alguns dinheiros, isso porque além da passagem de avião e o transfer para a Chapada das Mesas, é preciso se hospedar em algum hotel, hostel ou pousada da região. O valor médio da diária é de uns 200 reais e você consegue até por 100 se procurar direitinho. Para conhecer toda essa imensidão dos mais de 160 mil hectares é preciso ficar lá por alguns meses ou até anos, mas um passeio de sete dias já é suficiente para explorar bem as belezas desse paraíso maranhense. Veja abaixo as melhores trilhas e cachoeiras que vai encontrar por lá.

1. Complexo do Poço Azul

As águas transparentes dessa linda e calma piscina vão te fazer transcender para uma realidade paralela. O Poço Azul fica na cidade de Riachão e é um dos lugares mais visitados pelos turistas que vão à Chapada das Mesas. Além do poço de águas transparentes, seis cachoeiras rodeiam o local, o que deixa tudo mais maravilhoso ainda – e mergulhar lá é praticamente uma obrigação. O ideal é ir lá fora da época de chuvas que é de outubro a abril.

2. Encanto Azul

Ainda na região do Riachão, você vai encontrar o chamado Encanto Azul, que só pelo nome já dá para imaginar a beleza do lugar. É uma gruta de águas cristalinas e com seis metros de profundidade que você consegue enxergá-los por inteiro.

Mas claro que para conseguir acessar esse paraíso não é tão fácil assim: além do caminho de carro que é complicado, você vai ter que enfrentar uma trilha bastante íngreme, em alguns trechos é preciso até escalar, mas o paraíso que você vai encontrar faz isso tudo valer a pena.

3. Parque Itapecuru

Esse lindo parque conta com duas mega cachoeiras gêmeas que formam um maravilhoso lago em volta da paisagem paradisíaca da Chapada das Mesas. Fica só a 30 quilômetros da cidade de Carolina, uma das principais para se hospedar na região.

Um detalhe importante é que no local funciona uma espécie de parque, então vão ter mesas, cadeiras, uma parte cimentada e um restaurante, o que tira um pouco a sensação de estar na natureza, mas nada que estrague o passeio. A entrada custa 20 reais e você pode chegar lá de van, existem várias que fazem os trajetos turísticos da região.

4. Cachoeira São Romão

Como quase toda Chapada existente no Brasil, existe um local determinado como o Parque Nacional, que não é a totalidade da Chapada, mas uma parte bem importante e muito bem cuidada e preservada. Em Mesas não é diferente, existem várias trilhas e cachoeiras no Parque Nacional, uma delas é a São Romão.

Assim como é comum nas outras chapadas, para visitar essas cachoeiras você leva quase que um dia inteiro, pois é preciso passar por uma trilha extensa e intensa até conquistar o direito ao deleite das águas claras e geladas. É preciso tomar cuidado com as pedras próximas à cachoeira, que são muito escorregadias, mas ela é linda, vale muito a pena conhecer.

5. Cachoeiras Prata

Também localizada dentro do Parque Nacional, você deve visitá-la no mesmo dia que for a São Romão, isso porque elas ficam bem próximas e você pode realizar esse passeio durante o dia inteiro.

A entrada é bem baratinha, cinco reais por pessoa, a dificuldade maior é chegar até a propriedade, você vai ter que alugar uma 4×4, provavelmente. O ruim é que não se deve tomar banho, a correnteza é muito forte e as pedras escorregadias, mas a paisagem é de tirar o fôlego de tão bela.

6. Cachoeira da Caverna

Um dos vários complexos existentes na Chapada das Mesas é o da Pedra Caída, lá você vai encontrar várias trilhas e cachoeiras belíssimas para se apreciar e também dar aquele mergulho. Uma delas é a Cachoeira da Caverna, que fica dentro da do Capelão. O local tem partes rasas e profundas, por isso é preciso tomar bastante cuidado nesse paraíso maranhense.

7. Cachoeira do Capelão

Ao passar pela Caverna, você segue caminho até chagar a um dos pontos mais bonitos de toda a Chapada das Mesas. A Cachoeira do Capelão tem uma queda magnífica de 18 metros que faz aquela massagem nas costas ao se encostar por debaixo dela. Em volta da queda tem um poço com cerca de quatro metros de profundidade, dá para nadar bastante e curtir todo esse contato com a natureza pura e simples.

8. Santuário da Pedra Caída

Para finalizar o passeio pelo Complexo da Pedra Caída é preciso conhecer o santuário de águas que existe por lá. É tanta água que no meio do caminho você vai se molhar várias vezes ao passar pela trilha, então é bom ficar preparado para isso. Após passar por todo esse caminho lindo, cheio de plantas, pedras, grutas e muita água, você vai avistar, bem ao fundo, o belo Santuário da Pedra Caída, em um cânion de tirar o fôlego.

9 Tirolesa da Pedra Caída

Depois de conhecer tudo do Complexo, que tal um esporte bem radical que vai fazer você ver toda essa beleza de cima? Um passeio de tirolesa pelas piscinas naturais é um convite ao bem estar e ao contato direto com o que há de mais belo no mundo, que é o espetáculo oferecido pela natureza.

10. Trekking no Morro do Chapéu

Além de todas as trilhas que você pega para chegar até as cachoeiras, existem também os trekkings para quem curte esse tipo de esporte. E o Morro do Chapéu é um lugar especial para apreciar a linda e exuberante paisagem da Chapada das Mesas. Mas é preciso estar bastante preparado, são 378 metros de altitude, em uma subida que é feita em rocha arenítica, altamente perigosa para quem não tem habilidade no esporte.

11. Portal da Chapada

Para terminar o passeio, nada melhor do que ver a Chapada emoldurada por um portal natural feito pelos deuses, se você for acompanhado do seu par romântico, então, o lugar é perfeito. A imagem ao fundo, o ar puro e toda a beleza da natureza fazem você refletir que realmente a vida vale muito e que há bastante coisa para se aproveitar ainda. Depois disso é só pensar no próximo passeio e por o pé na estrada novamente.

PARA VOCÊ