15 pontos turísticos de Curitiba para você conhecer durante a sua viagem

Escrito por Clara Fagundes

Não é preciso viajar para fora do país para descobrir cidades incríveis, vivas e cheias de pontos turísticos legais. Curitiba é o exemplo perfeito disso. A cidade é rica em parques, restaurantes, lojas, praças e museus. Quer alguns exemplos?

Continua após o anúncio

Você pode saber mais sobre a história paranaense no centro histórico, homenagear os imigrantes no Bosque do Alemão, tirar fotos lindas no Jardim Botânico ou se perder na natureza dos vários parques espalhados pela cidade. Abaixo, estão os 15 pontos turísticos de Curitiba que você deveria colocar no seu roteiro:

1. Jardim Botânico

Um dos pontos turísticos mais famosos de Curitiba. Difícil imaginar quem já tenha visitado a cidade e não tenha tirado uma foto em sua estufa de vidro, inspirada no Palácio dos Cristais em Londres. Além da famosa estrutura, o Jardim Botânico abriga uma fonte d’água e jardins geométricos incríveis. A entrada é gratuita.

Dica: chegue cedo para encontrar o Jardim mais vazio e poder aproveitar o passeio com mais tranquilidade.

Serviço:
Endereço: R. Engo. Ostoja Roguski – Jardim Botânico, Curitiba.
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 17h; aos sábados e domingos, das 9h às 18h.
Site oficial.

2. Ópera de Arame

Com capacidade para mais de 1500 pessoas, o teatro todo de metal construído sobre um lago é outro ponto de turístico bastante conhecido de Curitiba. Cercado de peixes, patinhos e de bastante verde, é um passeio obrigatório na cidade. A entrada é gratuita.

Dica: a Ópera de Arame fica ao lado da Pedreira de Paulo Leminski, que está desativada e hoje é palco de diversas expressões culturais curitibanas.

Serviço
Endereço: R. João Gava, 970 – Abranches, Curitiba.
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 18h.
Site oficial.

3. Parque Barigui

O Parque Barigui, localizado bem no centro da cidade, serve de refúgio para a fauna paranaense e é um dos parques mais visitados de Curitiba. Ele é bem equipado para receber turistas, com uma estrutura que inclui quadras, churrasqueiras, quiosques, academia, restaurante, estacionamento e parque de diversões. Tudo gratuito. Ele abriga ainda o Museu do Automóvel (são 150 carros expostos, com entrada a R$ 10) um Pavilhão de Exposições e a Sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Dica: alugue uma bicicleta lá dentro. Trinta minutos custam R$15 e vale a pena para percorrer todo o parque.

Continua após o anúncio

Serviço
Endereço: Av. Cândido Hartmann – Bigorrilho, Curitiba.
Horário de funcionamento: o parque não fecha, mas as atrações internas, sim.
Site oficial.

4. Palácio Avenida

Inaugurado em 1929, o Palácio Avenida foi construído pelo imigrante sírio-libanês Feres Merhy, a partir de um projeto arquitetônico dos ilustres Bernardino Assumpção Oliveira, Valentim Freitas e Bortolo Bergonse. É um dos primeiros edifícios de Curitiba.

Dica: abriga um dos shows de fim de ano mais conhecidos do país, o “Natal na Avenida”.

Serviço
Endereço: Rua Luiz Xavier, 11 – Centro, Curitiba.

5. Setor Histórico

O setor histórico de Curitiba é um daqueles passeios que reúnem vários pontos turísticos de uma única vez. É lá que fica o Largo da Ordem, onde se encontram diversos edifícios históricos e marcos da cidade, como o Palácio e a Praça Garibaldi, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, a mais antiga da cidade, o Palácio Belvedere, a Igreja do Rosário, a Fonte da Memória, o Museu Paranaense, a Igreja Presbiteriana e o Memorial de Curitiba.

Dica: todo domingo, o Largo da Ordem acomoda a feirinha de antiguidades e gastronomia mais famosa de Curitiba. Se for passar o fim de semana na cidade, não deixe de conhecê-la!

Serviço
Endereço: R. Mateus Leme, 01 – São Francisco, Curitiba.
Site oficial.

6. Museu Oscar Niemeyer

Apelidado de Museu do Olho, por possuir exatamente esse formato, o Museu Oscar Niemeyer é um dos principais da cidade, e tem exposições fixas e temporárias para todos os gostos. Não deixe de dar um passeio também por seus jardins, que, aos fins de semana, viram palco de piqueniques dos moradores de Curitiba.

O ingresso inteiro custa R$ 20 e fica à venda na bilheteria física do museu.

Dica: a entrada é franca para todos às quartas-feiras. Às quintas, fica gratuita apenas nas últimas 2 horas antes do fechamento do museu. No primeiro domingo de cada mês, o visitante também pode participar gratuitamente de oficinas artísticas.

Serviço
Endereço: R. Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba.
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h.
Site oficial.

7. Centro Cívico

O bairro Centro Cívico foi inaugurado em 1953 e é a sede dos Poderes do Estado do Paraná, reunindo a Assembleia Legislativa, o Palácio Iguaçu, o Tribunal de Justiça e a Prefeitura de Curitiba.

Dica: alguns outros pontos interessantes do bairro são o Museu do Holocausto, o parque do Papa e os diversos cafés e restaurantes que abriga.

Serviço
Endereço: Praça Nossa Senhora do Salete, s/n – Centro Cívico, Curitiba.

8. Torre Panorâmica

Também conhecida como Torre da Telepar, a Torre Panorâmica possui 109 metros de altura e oferece ao visitante uma visão em 360 graus de Curitiba. Totens com informações de diversos pontos da cidade deixam a visita ainda mais rica.

Dica: o valor para subir é R$ 5 e o ingresso só pode ser comprado pessoalmente e às 18h30. O melhor horário para ir à Torre da Telepar é no finzinho da tarde, para assistir ao pôr do sol nas alturas.

Serviço
Endereço: Rua Professor Lycio Grein Castro Vellozo, 191 – Mercês, Curitiba.
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 19h.
Site oficial.

9. Bairro de Santa Felicidade

O tradicional bairro de imigração italiana de Curitiba. O melhor período para passar por lá é durante alguma festa típica, mas a região oferece um bom passeio, principalmente gastronômico, durante todo o ano.

Dica: o bairro é um passeio bom de dia, para aproveitar a arquitetura típica e conhecer um dos cafés ou das vinícolas da região. A noite, não deixe de reservar um dos jantares da sua viagem em um restaurante do bairro.

Serviço
Endereço: Av. Manoel Ribas, 6252 – Santa Felicidade, Curitiba.

10. Praça do Japão

Um passeio rápido, simples e bonito. Inaugurada em 1962, a Praça do Japão reúne um memorial japonês, um monumento de Buda, uma lanterna esculpida em pedra, lagos e uma casa inspirada na arquitetura japonesa, com direito a uma pequena loja de souvenires.

Dica: as cerca de 30 cerejeiras da praça ficam em flor no final do inverno e deixam esse ponto turístico ainda mais bonito.

Serviço
Endereço: Av. Sete de Setembro, s/n – Água Verde, Curitiba.
Site oficial.

11. Serra do Mar Paranaense

Se você é apaixonado pela natureza e não perde a chance de fazer um passeio de trem, aproveite para ir de Curitiba à cidade histórica de Moretes por este meio de transporte. O trajeto é feito diariamente e é um dos queridinhos dos turistas que vão à Curitiba.

Dica: uma boa opção é escolher um trajeto de ida de trem e voltar de van, se você acha que podem ser cansativas as quase 8h da viagem completa com a locomotiva.

Serviço
Endereço: Av. Presidente Affonso Camargo, 330 – Jardim Botânico, Curitiba.
Horário de funcionamento: segunda a quinta, 8h30 às 18h30, sexta e sábado, das 7h às 18h30 e domingos das 7h às 10h.
Ingresso: comprar aqui.
Site oficial.

12. Parque Tingui

Uma homenagem aos povos indígenas originais das terras de Curitiba, o Parque Tingui é um dos parques favoritos dos curitibanos. O local possui 380 mil m², e oferece pistas de corrida, abriga o Memorial Ucraniano, e é um cenário mágico para passar uma tarde tranquila na cidade. A entrada é gratuita.

Dica: o Parque Tingui faz parte da rota da Linha Turismo de Curitiba. Aproveite para ir de ônibus, conhecendo outros pontos turísticos da cidade.

Serviço
Endereço: Rua Melchiades Silveira do Valle, s/n – Pilarzinho, Curitiba.
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h.
Site oficial.

13. Parque Tanguá

Outro parque que é um passeio imperdível em Curitiba. Em Tanguá há ciclovia, pista de corrida, lagos, trilhas, ancoradouro, bistrô, loja e torres de observação, de onde dá para ver como o espaço é deslumbrante.

Dica: outro passeio para aproveitar o pôr do Sol. Os lagos refletem as luzes e deixam o parque ainda mais lindo.

Serviço
Endereço: Rua Oswaldo Maciel, 97 – Taboão, Curitiba.
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 18h. O bistrô funciona das 9h às 21h.
Site oficial.

14. Rua 24 horas

A Rua 24 horas deixou de ser 24 horas há mais de 10 anos, mas isso não significa que não valha o passeio. É uma travessia, que funciona como um shopping ao ar livre, coberta e estruturada com arcos metálicos e vidro.

Dica: a Rua 24 horas é uma ótima opção para quem busca um lugar para experimentar as delícias da gastronomia paranaense.

Serviço
Endereço: Rua Visconde de Nácar, s/n – Centro, Curitiba.
Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h às 22h.
Site oficial.

14. Bosque do Alemão

Uma das melhores vistas de Curitiba fica no Bosque do Alemão. Uma homenagem aos imigrantes alemães da cidade, o parque acomoda trilhas, uma réplica da Catedral de Bach e uma torre chamada Torre dos Filósofos. O acesso é gratuito.

Dica: experimente por lá o apfelstrudel, típica sobremesa com maçã dos alemães.

Serviço
Endereço: Rua Francisco Schaffer, s/n – Vista Alegre, Curitiba.
Horário de funcionamento: todos os dias, das 6h às 20h.
Site oficial.

Qual desses pontos turísticos de Curitiba você com certeza visitará quando passar pela cidade? Conte nos comentários!