7 atividades que fazem de Rifaina o destino para amantes de natureza

Por                                
Em 01.12.21

Um pequeno município no estado de São Paulo, com menos de 4 mil habitantes, que se tornou destino para viajantes, por causa da natureza e espaços culturais. É assim que podemos definir Rifaina, que reúne uma praia de água doce, represa e muitas atividades de ecoturismo pelas paisagens incríveis desta região, que é conhecida pelas fazendas de café. Embarque nesta viagem rumo ao interior de São Paulo.

Publicidade

Índice do conteúdo:

Onde fica Rifaina

Rifaina está no nordeste do estado de São Paulo e faz divisa com Minas Gerais, na cidade de Sacramento. O município está a cerca de 460 km da capital São Paulo, 350 km de Brotas, 230 km de Olímpia, 180 km de Ribeirão Preto e 70 km de Franca. Se você parte de Minas Gerais, Rifaina está, aproximadamente, a 100 km de Araxá e a 460 km da capital Belo Horizonte.

Como chegar

A melhor maneira de chegar até Rifaina é por carro, para aproveitar as atrações da região. Para isso, basta fazer uma viagem pelas rodovias Cândido Portinari (SP-334) e MG-428 (Rodovia Franca-Araxá).Se quiser ir de avião, você pode pegar um voo até o aeroporto da capital de São Paulo ou aeroporto de Ribeirão Preto, que possui algumas opções saindo de destinos do Brasil e de lá, fazer uma road trip.

Agora que você já sabe onde fica e como chegar até Rifaina, veja o que fazer por lá.

O que fazer em Rifaina

As atividades em Rifaina são realizadas ao ar livre e predominantemente de ecoturismo. Veja as opções:

1. Prainha de Rifaina

Para entender essa atração turística, é preciso saber da história. Na década de 70, a Represa de Jaguara inundou parte da cidade de Rifaina, formando um lago artificial. Com o tempo, o local se tornou um ponto de encontro de moradores e turistas que visitavam a cidade, nascendo a Praia de Rifaina. Com 1,5 km de extensão, a praia é o local para praticar esportes náuticos, mergulhos, andar de lancha e tomar sol nas margens. Píer e quiosques foram inseridos ao longo da praia artificial de Rifaina.

2. Trekking e Trilhas

É possível fazer trilhas, como a do Morro do Chapéu, com percurso de 5 km. As paisagens no topo do morro são incríveis e valem a caminhada, inclusive para famílias. Agora se você é fã de trekking, aquelas caminhadas com paradas para dormir, pode fazer o caminho até o Distrito de Igaçaba em um trajeto de 15 km. É possível fazer outras atividades, como essa em percursos na região: a trilha da Furna de São Pedro na cidade de Pedregulho e o Aqqua Trekking, trilha com a travessia em rio, sobre o Ribeirão São Pedro. Geralmente os trajetos são em matas fechadas e a melhor maneira de fazer essas atividades é com a contratação de guias.

Publicidade

3. Mergulho na Ilha do Amor e visita ao Paredão do Estreito

A Ilha do Amor é o ponto de encontro para praticar mergulho. Há diferentes empresas que organizam passeios até a ilha, passando pelo famoso Paredão do Estreito ou também chamado de canyons de Rifaina. A Ilha do Amor está localizada na Represa de Jaguara e não é muito grande. O passeio custa cerca de R$300, com equipamentos e deslocamento incluso e o visitante pode mergulhar em profundidades de 5 m a 40 m. Os preços para o mergulho podem variar e a atividade pode não acontecer em algumas épocas do ano.

4. Cachoeiras

As cachoeiras são acessadas por trilhas, que podem ser realizadas a pé ou de bicicleta. Inclusive, muitos grupos de pedal fazem esses passeios. As cachoeiras mais famosas da região são do Taquari, do Azulinho, Pedroso e da Caveira. Durante esses passeios, há a possibilidade de praticar atividades de ecoturismo, como boia cross ou descer o rio de caiaque.

5. Parque Náutico na Represa de Jaguara

A represa de Jaguara está entre as cidades de Rifaina (SP) e Jaguara (MG). Nela, é possível passear de lancha e até fazer alguns mergulhos pela região. A represa está localizada dentro do Parque Náutico de Jaguara, um complexo com hotel, restaurante e espaços para esportes aquáticos. No seu entorno há trilhas, espaços verdes e a Usina Hidrelétrica. Esta última pode ser visitada mediante agendamento. E tem também o templo ecumênico piramidal, para quem gosta de turismo religioso.

6. Observação de aves

A prefeitura, juntamente com organizações parceiras, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), criaram um programa de observação de aves coordenado por um biólogo. As aves são catalogadas e o programa recebe visitantes e turistas mediante agendamento para a atividade. Geralmente a observação é feita a olho nu e com binóculos.

7. Gruta dos Palhares

Em Sacramento, fica a Gruta dos Palhares, um dos destinos para quem passa por Rifaina. O visitante pode ir até a frente da caverna e aproveitar a infraestrutura (piscina, restaurante e sorveteria) e também tirar fotos. É possível entrar apenas no salão principal para ver ninhos de pássaros e paisagens incríveis. Para adentrar mais na gruta, somente com autorização especial.

Você também pode acompanhar algumas apresentações musicais no teatro de Arena que fica próximo à prainha de Rifaina. Essas são as atrações principais na cidade e ao redor, mas é possível visitar outros locais em Sacramento e Araxá, regiões turísticas de Minas Gerais.

Dicas e informações importantes ao visitar Rifaina

É importante saber algumas dicas de Rifaina para não se estressar durante o passeio:

  • Contrate guias: Muitas atrações são realizadas em locais escondidos e até perigosos, como nas trilhas e na Ilha do Amor. Por isso, para você não se perder e até para entender sobre as atrações, procure guias ou companhias especializadas em roteiros na região.
  • Em dia de chuva, mude a programação: Como todas as atividades na cidade são realizadas ao ar livre, visitar Rifaina em dias chuvosos não é a melhor opção. Você não vai conseguir fazer muita coisa, podendo até ser perigoso, principalmente nas trilhas.
  • Infraestrutura em desenvolvimento: Por ser uma cidade do interior, Rifaina não possui diversas opções relacionadas a infraestrutura, como restaurantes e lojas. Por isso, muitas pessoas se hospedam em cidades próximas e fazem um bate e volta para conhecer a região. Porém, se você gosta do clima de cidade do interior, fique por ali mesmo.

Anote essas dicas para aproveitar todas as opções de lazer neste pequeno município turístico.

Onde se hospedar

As hospedagens mais frequentadas não ficam especificamente em Rifaina, mas em rodovias ou cidades próximas. Confira:

Publicidade

  • Pousada do Porto – $: A hospedagem se define como uma pousada SPA, com 8 acomodações e uma comida deliciosa.
  • Hotel Manacá – $$: Localizado em Sacramento, na divisa de Rifaina. O hotel oferece quartos confortáveis e aconchegantes, ideal para uma noite tranquila.
  • Hotel Jaguara – $$: Localizado em Jaguara (MG), a 10 km de Rifaina. Essa é uma opção de hospedagem que oferece um quarto simples, mas aconchegante. Está dentro do Parque de Jaguara, às margens da represa de mesmo nome.
  • Pousada da Pedra – $$$: A pousada fica localizada na Estrada da Cachoeirinha, a uns 5 km do centro de Rifaina. A hospedagem possui uma excelente infraestrutura na região, com quartos aconchegantes, bar, piscinas e píer para lanchas.

Há outras opções de pousadas na região, muitas de moradores que decidem empreender e que oferecem opções de quartos simples para passar a noite. Entre elas estão a Pousada Mala e Cuia, Pousada Caraíba e Pousada Mandevilla.

12 fotos encantadoras de Rifaina

Veja fotos dos atrativos turísticos desta região rodeada por natureza:

1. Rifaina é um lugar para se aventurar…

2. Ver o paredão do Estreito

3. Apreciar a natureza

4. Praticar mergulho

5. Visitar a Gruta dos Palhares

6. Observar pássaros

7. Visitar Cachoeiras

8. Visitar a usina hidrelétrica de Jaguara

9. Praticar esportes aquáticos

10. Hospedar em hotéis da região

11. Apreciar as paisagens incríveis

12. Brindar o ano novo no Cafe de La Musique Rifaina, que abre somente na virada do ano

Gostou de conhecer essa cidade rodeada por natureza e atividades de ecoturismo? Agora você pode descobrir um guia completo sobre o turismo ecológico no Brasil, para programar melhor a sua viagem.