20 atrações de Santiago de Compostela que enriquecerão o seu roteiro

Escrito por Sheila Almendros

Se você é um viajante que busca por destinos históricos provavelmente já ouviu falar sobre Santiago de Compostela. A capital da Galiza, na Espanha, teve a sua região central eleita como Patrimônio Mundial da Unesco, em 1985, por abrigar edifícios medievais inspiradores, e que certamente chamarão a sua atenção.

A popularidade de Santiago de Compostela atinge um nível internacional, principalmente entre os cristãos, por possuir uma das rotas de peregrinação mais importantes do mundo. E é aqui neste post que você conhecerá um pouco dessa história e os pontos turísticos mais importantes da cidade, que certamente não poderão faltar em seu roteiro durante a sua viagem:

1. Monte do Gozo

Este é o primeiro monumento que os turistas avistam ao chegar em Santiago de Compostela, e o nome dado a ele é uma referência a alegria que os peregrinos sentem ao terminarem a sua jornada. Aproveite a visita para ter a melhor vista da cúpula da Catedral de São Tiago, o cartão postal da cidade.

2. Museu e Catedral de Santiago de Compostela

Foto: iStock

Este templo católico é o destino principal dos peregrinos cristãos que percorrem o caminho da Compostela, pois abriga o túmulo do apóstolo Santiago Maior, padroeiro da Espanha. Sua construção de estilo romântico e com referências renascentistas, góticas e barrocas também possui um museu homônimo, com um rico acervo formado por diversas obras artísticas e arqueológicas da época romana e moderna.

3. Pazo de Raxoi

Situado na Praça do Obradoiro, bem de frente para a Catedral de Santiago, o Pazo (ou Paço) de Raxoi é a sede do governo de Santiago de Compostela e também da Junta da Galiza. Sua arquitetura neoclássica possui uma representação da batalha de Clavijo, e também da figura do padroeiro da Espanha. Prepare-se para tirar belíssimas fotografias deste edifício histórico.

4. Mosteiro de São Martinho Pinário

Construído em 1102, o Mosteiro de São Martinho Pinário passou por diversas restaurações e reformas ao longo dos anos, e hoje apresenta uma arquitetura com influências neoclássicas, renascentistas e barrocas. Aproveite para conhecer também a Universidade de Santiago de Compostela, o Arquivo Histórico Diocesano e o Instituto Teológico Compostelano, que ficam no mesmo edifício — tours guiadas são as mais recomendadas, para você conhecer a fundo a história do local.

5. Museu do Povo Galego

Conheça a história da sociedade galega tradicional neste museu fundado em 1977, com uma mostra permanente distribuída entre alguns espaços, dentre eles “O Mar”, “O Campo”, “Os Ofícios”, “Música”, “Traje”, “Habitat” e “Arquitetura e Sociedade”. Há ainda um setor específico para receber exposições itinerantes, auditório, biblioteca e um arquivo gráfico e sonoro. Para mais informações, acesse o site do museu clicando aqui.

6. Cidade da Cultura da Galiza

Programe-se para conferir exposições, concertos, projetos culturais entre outros eventos neste espaço arquitetônico esplendoroso assinado por Peter Eisenman, construído no topo do Monte Gaia. No mesmo complexo há ainda uma biblioteca e o Museu da Galícia — uma boa maneira de apreciar a cultura local e ainda, de quebra, ter a melhor vista da região. Confira a programação para ver o que vai rolar por lá durante a sua viagem e não deixe de incluir esta atração em seu roteiro.

7. Mercado de Abastos de Santiago

O Mercado de Abastos é a segunda atração mais visitada em Santiago de Compostela, perdendo só para a Catedral. Isso porque além de poder comprar diversas iguarias tradicionais da região, o turista ainda se deliciará com a gastronomia local no Abastos 2.0, localizado na parte externa do histórico edifício. Aberto de segunda a sábado, das 7h às 15h.

8. Convento de São Domingos de Bonaval

Não deixe de conferir de pertinho a arquitetura deste convento, construído no século XIII e marcado pelos estilos gótico, barroco e neoclássico. Aproveite para tirar muitas fotos da fachada principal, com o escudo dos condes de Altamira e da tripla escada helicoidal, assinada pelo arquiteto Domingo de Andrade.

9. Parque de Bonaval

Aproveite o passeio até o convento para visitar também o Parque Bonaval, onde o edifício foi construído. A área verde, muito frequentada não só por turistas, como também por moradores, é o local ideal para avistar o pôr do sol, que se despede do dia entre os telhados das casas e torres da Catedral de Santiago de Compostela.

10. Alameda Park – As Duas Marias

No coração de Santiago de Compostela está o Parque Alameda (Alameda Park), com mais de 90 espécies de plantas, espalhadas por seus jardins bem cuidados. Neste local, o que mais chama a atenção dos turistas é a estátua “As Duas Marias”, localizada logo na entrada, representando as famosas irmãs perseguidas por suas opiniões políticas durante a Guerra Civil Espanhola. Ambas se vestiam com roupas coloridas e passeavam em silêncio pelo parque todos os dias às 14h, para protestar contra a repressão daquela época.

11. Museu Pilgrimage e Santiago

Foto: Reprodução / Museos de Galicia

Peregrinos que percorrem o caminho de Santiago não podem deixar de conhecer este museu, para entender melhor toda a história e tradição da rota mais famosa da Europa, através de representações iconográficas. A entrada é gratuita aos sábados depois das 14h30 e também durante o dia todo aos domingos.

12. Centro Galego de Arte Contemporânea

Com um acervo permanente formado por mais de 400 peças de diversos segmentos, o Centro Galego de Arte Contemporânea tem como intuito facilitar o acesso do público à cultura, através de exposições musicais, artes cênicas, cinema e pintura. A estrutura do edifício conta com um auditório, biblioteca, cafeteria, salas administrativas e um espaço exclusivo para abrigar exposições e eventos temporários. Aberto todos os dias das 11h às 20h, com entrada gratuita.

13. Colegiada de Santa Maria de Sar

No interior desta igreja de arquitetura romântica, localizada às margens do rio Sar, está o Museu de Arte Sacra de Santa Maria a Real de Sar, que narra a vida da comunidade monástica daquela região. Anteriormente, o edifício serviu como mosteiro da Ordem de Santo Agostinho, e a visita vale não só pela sua história, mas também por sua arquitetura única.

14. Convento de São Paio de Antealtares

Este edifício histórico, construído no ano de 830 na Praça da Quintana (uma das mais antigas da cidade), já serviu como mosteiro, como igreja, e hoje abriga uma comunidade de freiras bentas de clausura. Não deixe de observar os pequenos detalhes de sua arquitetura, como a fachada da Via Sacra e da Portada dos Carros. É de cair o queixo!

15. Arco de Mazarelos

O Arco de Mazarelos, situado na praça homônima, é a única entrada medieval ainda existente em Santiago de Compostela, construída em granito junto com as outras extintas entradas: Porta da Pena, Camiño (Caminho Francês), Mámoa, Porta Faxeira, Trinidade (ou A Mahía) e a Porta de Sofrades. Sua estrutura foi mantida e adaptada a evolução arquitetônica de seu entorno, sendo um marco histórico muito visitado na cidade.

16. Praza da Quintana

Foto: Reprodução / Donicela11

Incluir a agitada Praça da Quintana (Praza da Quintana) em seu roteiro é praticamente uma obrigação, já que por lá estão os principais pontos turísticos da cidade. É também o local onde turistas e moradores apreciam a movimentação tomando uma deliciosa bebida quente em um dos muitos cafés da região. Você não vai querer perder, não é mesmo?

17. Pazo de San Lourenzo de Trasouto

O edifício construído em 1216 para servir como templo religioso também já foi moradia dos condes de Altamira, e atualmente funciona como um restaurante e espaço para eventos. Passear pelo jardim deste Patrimônio Artístico Nacional e apreciar a sua arquitetura (que mais parece uma obra de arte) é como voltar ao tempo!

18. Museu Casa de la Troya

Casa de la Troya foi uma pensão de estudantes que ficou muito conhecida na Espanha por ser o cenário de um romance popular escrito por Alejandro Pérez Lugín. Nos anos 1960, o local teve suas atividades encerradas, e em 1993, transformado em museu. A visita guiada de 30 minutos pode ser feita em grupos de até 15 pessoas, de terça a domingo.

19. Praza de Cervantes

A Praça de Cervantes (Praza de Cervantes), que já foi chamada de Fórum no século XII por ser um ponto de reunião entre os munícipes e o prefeito, também abriga diversos pontos turísticos populares, como o museu Casa de la Troya, a Igreja de San Martiño Pinario e o convento de San Francisco. Alguns barzinhos e lojas também estão dispostos em seu entorno — um convite irrecusável para bater perna durante uma tarde. O que acha?

20. Castelo da Rocha Forte

Conhecido também como Castelo dos Churruchaos, este sítio arqueológico em processo de escavação desde 2001 é uma atração imperdível para o viajante que adora visitar ruínas cheias de história. Localizada na Paróquia de Conxo, o local servia como refúgio dos arcebispos de Compostela, entre os séculos XIII e XV, e foi catalogado como Bem de Interesse Cultural.

Depois de uma viagem como esta, certamente você voltará cheio de histórias para contar, não acha?

PARA VOCÊ